badcherry- Cherry

Depois de tanto anos, ele estava ao lado das três pessoas mais impontes da vida dele novamente. Sasuke nunca imaginou que estaria sentindo-se livre e feliz novamente, enquanto os observava ele jamais iria esquecer-se dos sorrisos deles enquanto se encantavam com o cidade iluminada com lanternas. Prometeu para si mesmo, que feria de tudo para vê-los sorrir mais vezes e o seu coração encontrava-se feliz. Time 7 | SasuSaku | UN | Blank Period | Tema festal do grupo Caverna Ryūchi


Hayran Kurgu Tüm halka açık.

#naruto #sasusaku #sakuraharuno #sasukeuchiha
Kısa Hikaye
0
1.0k GÖRÜNTÜLEME
Tamamlandı
okuma zamanı
AA Paylaş

Capítulo Único


Pela primeira vez em anos que ele ia em um festival, afinal, ele sabia que perdera muitos momentos com eles, mas agora, estava ali para recompensar tudo e redimir-se com todos.


O festival Obon era muito conhecido muito em Konoha, era realizado uma vez por ano. A vila, encontrava-se cheia de pessoas animadas, cada pessoa tinha que levar uma lanterna


Por mais que odiasse sair de sua zona de conforto e aglomeração, estava ali para fazer todos felizes novamente e conquistar a confiança deles. Sabia o quanto fora difícil ser bem recebido por todos, mas para ele o que mais importava era Naruto, Sakura e Kakashi, que eram como sua família e estava disposto a deixá-los entrar em sua novamente. Às vezes pensava, no quanto poderia estar sendo egoísta demais. Mas, decidiu não se importar mais com esses pensamentos.


E ali, estavam eles, lhe sorrindo e aquele o esperando como sempre. Caminhava até eles tranquilamente com a sua única mão no bolso, passando por algumas pessoas sem se importar com os olhares tortos que recebia. Ali, estavam as pessoas que lhe faziam se importar de verdade. Nada naquele mundo iria impedi-lo de ser feliz novamente.


Observou os três, cada um vestia um Kimono e seu olhar encontrava-se com a de Haruno que corou em seguida. Sorriu consigo mesmo, ela jamais deixou de amá-lo verdadeiramente. Nenhuma pessoa na vida, iria conseguir ter esses sentimentos por ele na vida, a não ser ela. Não podia negar de estar orgulhoso, a mesma havia evoluído apesar que sempre acreditou nela. Sentia-se grato e feliz por estar finalmente ali, era um sentimento de paz, o qual jamais imaginou senti-lo novamente um dia.


Para o Uchiha cada cumpria seu papel em sua vida, Naruto é o cara mais idiota que já conhecera e um escandaloso. O futuro Hakage, era um irmão mais novo e melhor amigo, Kakashi o homem com cabelos grisalhos que vivia usando uma máscara, o Uchiha lhe considerava um pai que lhe dava conselhos e broncas, já ela a garota cujo nome de flores mais famosas, Sakura ocupava um papel maior em sua vida, a mesma sempre fora aquela que ele amou e o mesmo tinha certeza que este fato nunca irá mudar.


Ele era um sortudo por tê-la conhecido. E isso, fazia com que se odiasse por deixá-la anos atrás. Sakura merecia um homem melhor, mas ao mesmo tempo, estava disposto também a ser egoísta e tomá-la somente para si, por mais que não fosse bom em expressar seus sentimentos. Antes de deixar a vila para peregrinar pelo mundo em busca de sua redenção, o mesmo fez questão de deixar claro os seus sentimentos por Haruno. Mas ela não entendia que aquele gesto tinha significado, por isso decidiu lhe dizer em outra hora.


Seus pensamentos foram interrompidos por seu melhor amigo/irmão que lhe chamava aos berros, revirou os olhos e sorriu de canto chamando-o de perdedor como de costume, ele parou ao lado da sua futura namorada. Kakashi o cumprimentou e logo depois Sakura fez o mesmo, como sempre ela lhe sorria e podia perceber o quanto ela estava animada. Obviamente ela estaria, afinal, estava de volta na vila depois de tantos anos. E sabia, que esse era o desejo dela e daqueles que lhe recebeu de braços abertos.


Queria fazê-los sorrir sempre que puder, não estava mais com receio de viver ao lado deles novamente. Gostaria de vê-los para sempre animados e felizes com sua presença. Seu coração doía imaginar o quanto sofreram por causa dele, mas não iria embora novamente, jurou para si mesmo que somente sairia de perto se fosse preciso para protegê-los.


Naruto lhe cutucou, chamando a sua atenção, estava tão destruído que nem se deu conta que já estavam no local onde pegavam as lanternas para acendê-las. Sakura lhe ajudou entregando uma lanterna, sorriu de canto em resposta e lhe agradeceu. Sem querer suas mãos se tocaram, causando uma corrente elétrica pelo seu corpo, os toques dela sempre lhe causavam sensações estranhas, ainda assim, eram boas. Tudo nela o fazia ter aqueles sentimentos estranhos e que também lhe trazia conforto.


A fitou morder o lábio inferior enquanto desculpava-se, o que fazia ele querer respondê-la; Quem devia estar sempre pedindo desculpas sou eu.Pensou,mas apenasrespondeumonossilábico. E como sempre, ela o entendia. Asrespostascurtasdele, era como se dissesseque estava tudo bem e que não precisava lhe pedir desculpas. Pois ele gostava quando a mesma lhe tocava, não iria reclamar de nada. Não era mais aquele menino/homem que tinha ódio dentro de si e nem vingança, seu coração estava livre da dor e as suas viagens haviam lhe ajudado muito. Tudo que vier dela, aceitaria de bom grado.


Sorriu consigo, nunca pensou que chegaria a esse ponto. Sim, ele descobriu-se estar apaixonado por ela. Pois por onde passava, a mesma tomava conta de seus pensamentos a todo instante. Ele mal conseguia pensar em Naruto ou Kakashi, foi aí, que decidirá aprender amar e deixar ser amado.


Ouvia-se os berros de Naruto que sorria de orelha a orelha, Sakura o socou na cabeça pedindo para se comportar, não conseguiu se conter e soltou uma risada baixa chamando atenção dos companheiros, aquele momento era nostálgico para ele demais, no fundo agradecia o loiro por ter lhe dado uns socos para acordá-lo pra vida.


Logo em seguida, Kakashi chamou atenção deles para acenderem as suas lanternas, e assim fizeram. No mesmo instante, a contagem regressiva iniciou-se para acendê-las juntos, em seguida levantaram as lanternas e soltá-las para flutuarem ao céu estrelado da noite. Sasuke lembrou-se de sua família, queria que todos tivessem ali com ele e conhecido os seus companheiros, provavelmente estariam orgulhosos dele.


Fechou os olhos rezando para que todos estivessem em paz e felizes no céu, sabia que estariam orgulhosos dele por ter reconstruído seus laços antigos. E pela primeira vez ele em anos ele sorriu verdadeiramente, abriu os olhos e fitou as três pessoas mais importantes da vida dele admirando as milhares de lanternas que flutuavam, Sasuke nunca se sentiu tão completo como naquele momento.


Se tem uma coisa que ele pudesse desejar, o Uchiha desejaria que nenhum momento ao lado deles acabassem. Pois cada um era o seu recomeço. Aprendeu a apreciar e a valorizar com eles, o mundo shinobi precisava de mais pessoas como eles. Tinha orgulho por cada um deles, a felicidade tomava conta de seu coração a cada segundo.


Se Itachi deu sua vida para manter Konoha segura, ele faria o mesmo sem medo algum. Afinal, estava disposto a ligar ao lado de todos. Se um dia ele tivesse uma família ao lado de Sakura, iria dizer para seus filhos sobre o seu irmão que era um grande herói e iria apoiá-los sempre que puder.


Seus pensamentos foram interrompidos por Haruno que o cutucou lhe chamando atenção e lhe dizendo para sorrir mais como fizera antes, seu rosto corou e bufou com meio sorriso virando de lado envergonhado. Ah, se ela soubesse que estava pensando sobre ambos tendo filhos, riu consigo mesmo. Ela iria ficar sem graça assim como ele. Mas não deu importância, a fitou novamente que lhe sorria corada, observou Naruto e Kakashi que estavam distraídos conversando.


Aproveitou que ambos não olhavam para os dois e voltou-se para a mesma que lhe fitava com a expressão de curiosidade, sorriu de para a mesma e pegou em sua trazendo-a para mais perto, no qual a deixou surpresa pela sua atitude repentina mas não ligou, estava louco para tê-la consigo que naquele momento ele não se importava com mais nada além dela. As pessoas estavam felizes e que sequer prestava atenção neles, aproveitou para colocar sua mão única na cintura dela, a mesma piscava os olhos sem entender e a face encontrava-se ruborizada

A trouxe para si colando seus corpos, e sob o céu iluminado de lanternas, Sasuke a beijou desejando que ela entendesse que estava demonstrando os seus sentimentos.


Sakura, retribuiu lhe abraçando pelo pescoço e ambos sorriram entre o beijo. Aquele fora o primeiro beijo deles, mas para o Uchiha era o primeiro de muitos. A sensação de beijá-la era a melhor coisa do mundo, se pudesse ficaria ali para sempre. Em poucos minutos, o ar faltou fazendo ambos se separam, o moreno fitou a mesma que mordia o canto dos lábios nervosamente, sorriu, pois tambémse encontrava nervoso assim como ela mas jamais iria dizer em voz alta, Sasuke a confortou dizendo estava tudo bem e pediu para que relaxasse, ela sorriu em resposta.


O festival terminou bem para todos e para principalmente para ele, pois a partir daquele dia Sasuke jamais esqueceria aquele momento, se dependesse dele jamais sairia dali.


No dia seguinte, a pediu em casamento e foram viajar juntos pelo mundo. Sasuke finalmente estava em paz, tinha alguém que esperaria por ele e poderia amar sem medo e sem receio.


Uchiha Sasuke estava mais que completo.


Os seus sonhos de reconstruir uma vida feliz havia se realizado.


Mãe, Pai e Itachi, espero que todos estejam vendo... Eu estou em casa.

01 Haziran 2021 00:13:37 0 Rapor Yerleştirmek Hikayeyi takip edin
0
Son

Yazarla tanışın

Yorum yap

İleti!
Henüz yorum yok. Bir şeyler söyleyen ilk kişi ol!
~