anarchy Marcela Almeida

Naruto, depois que seus pais faleceram, foi morar com o padrinho, Kakashi. Naruto sabia que o homem trabalhava para um homem do crime, mas não imaginava que se apaixonaria pelo chefe do padrinho, Sasuke Uchiha.


Hayran Kurgu Anime/Manga Sadece 18 yaş üstü için.

#yaoi #crime #sasunaru #sasuke #naruto
Kısa Hikaye
0
2.6k GÖRÜNTÜLEME
Tamamlandı
okuma zamanı
AA Paylaş

But mama I'm in love with a criminal

Notas da autora


Hey mores!!!

Essa one curtinha foi pra um desafio do grupo Fanfics Naruto Shippers do face, #MusicLimiteFNS

O Tema dessa one: But mama I'm in love with a criminal (Criminal - Britney Spears)

Só podiam ser até 800 palavras, por isso tão curtinha... Mas foi bem divertido.

Espero que gostem...


***


Eu vim morar com meu padrinho Kakashi, logo depois que meus pais faleceram.


Eu já tinha 18 anos, mas meu padrinho não quis que eu ficasse sozinho nesse momento tão difícil.


Eu até achei bom, seria muito ruim ficar na minha casa onde a lembrança dos meus pais era tão vivida.


Morando com Kakashi, eu poderia continuar estudando tranquilamente e ainda teria um trabalho pra ganhar meu próprio dinheiro e o melhor de tudo, ocupar minha cabeça.


Transferi minha matrícula e assim, eu estudava a noite e trabalhava no bar de madrugada.


O que eu achava fantástico já que eu sempre me considerei um notívago.


Eu gostava muito do meu padrinho, mas sabia que o bar dele era apenas uma fachada, que na verdade o trabalho dele era hum… Como posso chamar? Fora da lei?


Ele sempre chegava em casa com as mãos feridas, imagino que de tanto socar as pessoas por aí. Ele cobrava as dívidas que as pessoas deviam ao seu chefe.


Um homem misterioso e surpreendentemente apenas um pouco mais velho que eu.


Sasuke Uchiha!


Esse homem era a beleza encarnada, eu não conseguia descrever ele de outra forma.


Não sei se para minha felicidade ou desespero, a maioria das reuniões do Uchiha com os seus subordinados eram no bar.


Talvez porque ele considerava que ninguém pensaria em procurar criminoso num bar com um nome tão cafona como o bar do meu padrinho, o bar dos ninjas.


Sim, eu sei… Rídiculo esse nome, mas até que o ambiente era bem legal, várias luzes coloridas, fora a decoração com algumas armas ninja. Eu me pergunto todos os dias se são decorações mesmo ou se elas podem ser usadas em algum combate.


Enfim, o lance é que eu vejo Sasuke quase todos os dias, eu acho até que ele já percebeu que eu fico secando aquela corpulência maravilhosa.


Posso até mesmo me arriscar e dizer que ele também me olha. Não, tenho toda a certeza de que ele corresponde aos meus flertes, mas ficamos apenas nisso, nos flertes.


Eu precisei sair de meus devaneios quando no início do meu expediente Sasuke e seus capangas entraram no bar, Kakashi estava junto. Ele veio até mim, conversar um pouco e pedir algumas bebidas.


Levei os pedidos até a mesa deles e troquei alguns cumprimentos com todos, trocando um olhar mais demorado com o de Sasuke. Voltei ao meu balcão, para estudar para uma prova, o que eu fazia sempre, quando o movimento estava tranquilo.


Uma música calma soava no bar, como era meio de semana, as músicas não eram tão agitadas, dava até mesmo uma sensação agradável na atmosfera do bar.


Levantei meus olhos da leitura e vi Sasuke me fitando. Vi um sorriso sedutor em seus lábios e sorri pequeno, abaixei o olhar fingindo uma timidez que ele sabia que eu não tinha.


Eu ficava ansioso porque eu amava flertar com ele, mas esse chove não molha estava me irritando…


Ao final da madrugada, eu já estava arrumando o lugar para fechar, a maioria dos clientes já haviam ido embora.


Eu arrumava umas cadeiras perto do balcão e aproveitei que mal haviam pessoas ali para dançar um pouco ao som da música que começava a tocar, era criminal, da Britney e eu quis sorrir em como eu me identificava com a letra, porque realmente, eu estava apaixonado por um criminoso e aquilo era irracional.


Fechei tudo e comecei a sair do bar, minha casa não ficava longe, então eu gostava de ir andando e sentindo o vento gelado que o restinho da madrugada tinha.


Mais um pouco eu estaria em casa, eu andava cantarolando baixinho a música Criminal.


- Hum, está mesmo? - Assustei com a pergunta.


Eu achava que estava sozinho na rua e fiquei mais impressionado ainda porque era Sasuke quem estava ali.


- O que disse? - Eu estava perdido de ver ele ali, parado na esquina da minha casa.


- Perguntei se você está mesmo apaixonado por um criminoso. - Aiii, aquele desgraçado tinha um puta de um sorriso lindo e sedutor.


Ele chegou mais perto de mim.


- É um perigo isso.


- Isso o quê? - Estava inebriado pelo cheiro dele, parecia até que um pouco do frio foi embora, só por ele estar ali, mais perto de mim.


- Estar apaixonado… - Jogou no ar e eu não consegui resistir, chegando mais perto, passando minha mão pelo braço dele, subindo para seu peito e por fim parando em sua nuca.


Eu era lerdo, não tímido.


Sentindo meus dedos frios na sua pele quente, Sasuke segurou minha cintura e eu arfei com a surpresa.


- Talvez eu esteja apaixonado! - Sussurrei contra a boca carnuda.


- Que bom. - Senti seus lábios quentes sobre os meus.


E seu beijo era gostoso, sensual e arrebatador.

16 Temmuz 2020 19:10:49 0 Rapor Yerleştirmek Hikayeyi takip edin
0
Son

Yazarla tanışın

Marcela Almeida Amo ler! Viajar no universo de possibilidades das palavras! Agora estou tentando me aventurar no mundo da escrita! Vamos nessa! Minhas fics também são postadas nos seguintes sites: https://www.spiritfanfiction.com/perfil/anarchy_maah https://fanfiction.com.br/u/773245/ https://www.wattpad.com/user/Anarchy_Maah Kissus

Yorum yap

İleti!
Henüz yorum yok. Bir şeyler söyleyen ilk kişi ol!
~