J
J.J. Albuquerque


Samantha Puckett é uma estudante do ensino médio que finalmente decide confessar o amor que sente por Freddie Benson desde da primeira vez que o viu. No entanto, Freddie, que é inteligente e bom nos esportes, ao contrário dela, rejeita a declaração. O destino intervém quando um leve terremoto destrói a casa de Sam e de seu pai e, sem lugar para ficarem, os dois aceitam o convite para morarem na casa do amigo de infância do pai de Sam até a casa ser construída de novo. Ao chegar no seu lar temporário, Sam se surpreende ao descobrir que um dos filhos dos donos da casa é Freddie Benson.


Фанфик Сериалы/Дорамы/Мыльные оперы 13+.

#PRIMEIROBEIJO #beijo #SAMEFREDDIE #VIDAUNIVERSITÁRIA #PRIMEIROAMOR #colegial #FICCÇÃOADOLESCENTE #romance #NAOKI #KOTOKO #KISSMETHAI #love #SEDDIE #PLAYFULKISS #KAROUTADA #ITAZURANAKISS #icarly
0
3.6k ПРОСМОТРОВ
В процессе - Новая глава Каждое воскресенье
reading time
AA Поделиться

PRÓLOGO – O GÊNIO DE SEATTLE

Samantha Puckett passou toda a noite anterior verificando o dicionário inúmeras vezes para ter certeza de que todas as palavras escritas naquela carta estivessem certas. O rádio tocava uma música chamada Celeste, que atravessava seu espirito de uma forma que a fazia confiante a cada linha que escrevia, haviam duas folhas, cheias da sua letra cursiva que explicavam todo aquele sentimento acumulado desde o primeiro ano, momento em que Sam o havia visto pela primeira.

Os papéis eram rosados e haviam vários adesivos espalhados na mesinha de vidro, no centro do quarto, a luz baixa vindo do pequeno abajur em cima da mesa de estudos iluminava o resto do quarto, o radinho portava-se ao lado do abajur, em cima de diversos papeis decorados que ela mesmo havia espalhado, tentando escolher qual deles era o mais bonito. Seu uniforme já estava devidamente passado, pendurados em um cabide próximo ao guarda roupa, Sam o olhou com um sorriso triunfante e se dirigiu a janela, olhando para o céu de forma fantasiosa.

Dormira quase duas da manhã, mas nada a faria perder seu bom humor, absolutamente nada. Saiu cedo de casa e se portou na porta do St. Joseph, em Seattle. Aguardou quase uma hora até que os alunos finalmente começarem a chegar de fato, seu coração estava palpitando, quase não aguentava de tanta emoção. Seu sorriso estampado na cara era tão obvio que as pessoas passavam e logo olhavam estranho para ela. Sam estava beirando ao desespero. E se ele não fosse a escola justo naquele dia? O que ela iria fazer?

Entretanto, aparentemente, o destino estava do seu lado, apenas a deixando um pouco apreensiva no momento, pois, passado vinte minutos após os alunos começarem a chegar, algumas garotas não seguraram seus gritinhos histéricos: era ele. Estava chegando.

Sam não demorou. Pegou a carta de dentro da bolsa e respirou fundo, reuniu toda a coragem do mundo e o encarou. Fred Benson andava sem olhar para as garotas histéricas reunidas ao seu redor, passava direto de forma completamente indiferente.

― Com licença, Freddie Benson.

Ele parou. Sem olhar para ela.

― Meu nome é Samantha Puckett, mas você me chamar de Sam. Eu sou da turma F.

― Por que eu chamaria você assim?

Sam engoliu em seco. Certo, muita calma.

― Eu fiz isso pra você. Poderia ler?

O tempo pareceu parar naquele momento, todas as pessoas ali pararam para olhar aquilo. Alguém da turma F estava mesmo se declarando para o gênio de Seattle, Fred Benson?

― Eu não quero.

16 августа 2019 г. 1:06:08 0 Отчет Добавить 0
Прочтите следующую главу UM - A GAROTA DE SORTE

Прокомментируйте

Отправить!
Нет комментариев. Будьте первым!
~

Вы наслаждаетесь чтением?

У вас все ещё остались 1 главы в этой истории.
Чтобы продолжить, пожалуйста, зарегистрируйтесь или войдите. Бесплатно!

Войти через Facebook Войти через Twitter

или используйте обычную регистрационную форму

Больше историй

Revive Revive
Ode to Meteora Ode to Meteora