Sophie Charlotte Подписаться

alice-oliveira1562526065 Alice Oliveira

Sophie Charlotte, uma mulher feminista na época que isso era ''considerado um crime'' E descobre seu amor através do seu chefe


Исторические романы Всех возростов.

#SIGUIDORES-DE-ALICE #DEEPOCA #inkspired #ALICEOLIVEIRA #ESCRITORAbr #SOPHIECHALOTTE #alice
1
3.5k ПРОСМОТРОВ
Завершено
reading time
AA Поделиться

Capitulo1- Mulheres vão trabalhar um dia.

Sophie Charlotte era uma moça bem bonita com cabelos lisos, pretos e longos, com olhos azuis, e sempre com uma rosa na cabeça, ou no vestido, Sophie morava na Rua Francs-Bourgeois numero 432, Shopie morava com seu pai Anthony, e sua empregada Clarisse,

Clarisse era a melhor amiga de Sophie (as duas tinham a mesma idade). Clarisse era loira com olhos azuis

Sophie não acreditara no que estava vendo, um cartaz dizendo:

‘’Contratamos para uma pessoa para a vaga de economia, a vaga e independente do sexo, ou seja, mulheres também podem vir’’

- Como assim, essa empresa deve esta precisando muito para contratar mulheres Para economia! Disse Clarisse em um tom mais auto, e Sophie rebatera dizendo:

-Não vejo nada de, mas, esse mundo precisa andar para frente, nada mal como

Começar a colocar as mulheres para trabalhar que nem os homens, me vejo no futuro chegando do trabalho...

-Você esta louca?! Disse Clarisse em um tom mais auto que antes – Mulheres na fazem o suficiente trabalhando em casa.

-Nada disso, vou provar que a senhorita esta errada, indo para a entrevista.

Clarisse não falou nada, porque estava preocupada com a reação do pai de Sophie.

Quando as duas voltaram do passeio as ruas, Sophie contaria depois do jantar a seu pai oque ela iria fazer, e Clarisse como queria se poupar da fúria do Sr. Antony foi para seu dormitório, antes do jantar. Logo depois de minutos o jantar estava servido, e Sophie contara para seu pai:

-Papai tem uma coisa a contar para o Senhor.

-Conte minha filha.

-E... E que eu...

-Você oque?

-Eu me inscrevi para uma vaga de emprego...

- Você oque?!

-Me inscrevi para uma vaga de...

-Você não vai para essa entrevista!

Antony, pai de Sophie trancou ela no dormitório ate chegar o dia da entrevista.

Quando chegou o dia, Sophie estava esperando Clarisse com os nós nos

Corbetores para ela fugir pelo dormitório de Clarisse. Quando Clarisse chegou já os colocou na janela e Clarisse disse:

- Volte antes das duas e meia, porque e o horário que seu pai chega do trabalho, e boa sorte!

-Obrigada.

Sophie chegou a um prédio maior que o muro enorme de seu vizinho, nesse prédio dizia ‘’ À hora da mudança e agora, esta tudo em nossas mãos, economia e poder’’

Sophie achou meio forçado, mais bem motivador.

Quando ela chegou ao terceiro andar viu uma porta escrita ‘’Economia’’ ela deu o ‘’ultimo suspiro’’ e entrou com toda sua coragem, sentou em um banco preto e esperou se chamada.

-Sophie Charlotte Deschamps Gauthier

E de repente suas pernas ficaram como chumbo demorou minutos ate ela ir à sala.

Finalmente quando ela chegou até a sala, estava lá Darwin Evans um garoto ruivo com olhos verdes, ele deveria ter uns vinte anos à mesma idade que Sophie, quando ela chegou à sala ele disse:

-Nossa! A senhorita é a primeira mulher por aqui. Disse ele com um tom mais auto do que esperado.

-Isso e bom? Perguntou ela com as bochechas vermelhas.

-Depende do ponto de vista. Disse ele quase debochando-Vamos ver seu currículo.

‘’Sou francesa, boa de matemática, sei cozinhar, meu sobrenome é Gauthier, não sou que nem muitas senhoritas, ou seja, não sou muito delicada’’

E ele já rindo completou com:
-Aqui não é um restaurante, não valorizados sobrenomes famosos para trabalhar e não ligamos se as pessoas são delicadas... Disse ele com um sorrisinho debochado de sempre, mas ele completou - Mas posso te ajuda, te ensinando absolutamente tudo que eu sei Sra. Gauthier

-Serio?

E ele completou com:

-Eu honro minhas promessas, amanha me encontra na lanchonete RDB na Rue Du Bac

-Ok.

Sophie foi ate a biblioteca Sainte-Barbe ler alguns livros sobre economia.

Quando Sophie foi se encontrar com Darwin, ele disse

-Bom dia senhorita Gauthier vamos começar com uma breve explicação. Ele disse

– Economia é uma ciência que consiste na análise da produção, distribuição e consumo de bens e serviços. É também a ciência social que estuda a atividade econômica, através da aplicação da teoria econômica, tendo, na gestão, a sua aplicabilidade.

Prática. O termo economia vem do grego οικονομία

Shopie estava entendendo realmente tudo grego...

Quando eles acabaram a aula ele disse:

-Foi uma ótima aula Sra. Gauthier, A senhorita aprende muito rápido.

-Obrigada senhor.

Sophie voltou para casa após passa na biblioteca novamente.

Depois de Sophie ter passado pelo teste de Darwin, ele disse a descrição pela carta azul que ele mandou para o endereço de Sophie, quando Sophie viu a carta ela escondeu debaixo de seu casaco branco, e entregou as cartas para seu pai, e foi para o seu quarto onde tinha Clarisse limpando o quarto dela, e Sophie estava com uma cara de culpa, que Clarisse notou e perguntou oque ouve, Sophie respondeu

-Nada só estou cansada.

E quando Clarisse terminou de limpar Sophie finalmente leu, e dizia assim:

‘’De: Darwin.

Sra. Gauthier você esta pronta para trabalhar, porem à senhorita terá que cumprir os requisitos para evitar problemas no futuro:

-Chegar as 08h00min em ponto.

-Expediente vai ate as 07h00mim.

Sophie de repente apareceu com uma cara de tristeza para jantar, ela mal comera e

Subiu ao dormitório de Clarisse para contar a novidade. Clarisse disse:
- Você vai parar com isso, ou eu vou contar para seu pai!

-Porque faria isso?! Disse ela com um tom de preocupação.

-Porque quando seu pai descobrir colocará a culpa em mim, dizendo ‘’Olha as influencias que você deixa minha filha cumprir’’ disse ela com um tom misteriosamente muito auto.

Sophie balançou a cabeça concordando parar com seu trabalho.

Quando de manha Sophie foi para a empresa falar com Darwin, ele estava falando o quanto ele era boa com o gerente:

Ela os ouviueles cochichando:

- A Sra. Gauthier, e uma aluna maravilhosamente inteligente, e ela terá uma futuro promissor. Ele disse com orgulho e coragem

E o gerente disso com toda a certeza:

-A Sra. Gauthier, precisa primeiramente aceitar o trabalho para eu ver.

O gerente saiu, e a Sophie mesmo de coração partido, disse para ele:

- Sr.Darwin e...e que eu...

- Sra.Gauthier oque quer falar?

-Eu quero me demitir. Disse ela com o oxigênio que restara a ela.

-Você oque?!

Sophie saiu chorando da sala, voltou a sua casa para contar a novidade a Clarisse.

8 июля 2019 г. 21:36:26 2 Отчет Добавить 3
Прочтите следующую главу Um novo amor.

Прокомментируйте

Отправить!
Karimy Lubarino Karimy Lubarino
Olá! Escrevo-lhe por causa do Sistema de Verificação do Inkspired. Caso ainda não conheça, o Sistema de Verificação existe para ajudar os leitores a encontrarem boas histórias no quesito ortografia e gramática; verificar sua história significa colocá-la entre as melhores com relação a isso. A Verificação não é necessária caso não tenha interesse em obtê-la, então, se não quiser modificar sua história, pode ignorar esta mensagem. E se tiver interesse em verificar outra história sua, pode contratar o serviço através do Serviços de Autopublicação. Sua história foi colocada em revisão pelos seguintes apontamentos retirados dela: 1)Pontuação: uso de vírgula antes da conjunção "e": existem regras específicas para quando a vírgula é necessária, mas em casos como "morava com seu pai Anthony, e sua empregada Clarisse" a vírgula está incorreta, porque o "e" é uma conjunção aditiva, que soma. Falta de ponto em final de frases. "Não vejo nada de, mas, esse mundo precisa" em vez de "Não vejo nada de mais. Esse mundo precisa". Tomar cuidado com o alinhamento das frases: quando iniciamos uma frase, devemos ir com ela até o final da linha e seguir até que ela esteja terminada: só devemos fazer um novo parágrafo depois que o anterior estiver concluído. Falta de vírgula em vocativos, como em "Conte minha filha" em vez de "Conte, minha filha". 2)Grafia: uso de "mais" no lugar de "mas" — mais é usado para adição, como em "eu mais amava que odiava" e mas é usado para contraposição, como em "ele era bonito, mas chato". "tmbem" em vez de "também" (na sinopse). "Contratamos para uma pessoa para a vaga" em vez de "Contratamos uma pessoa para a vaga"; "auto" em vez de "alto"; "oque?" em vez de "o quê?". 3)Acentuação: "numero" em vez de "número"; "e independente do sexo" em vez de "é independente do sexo" — "e" é uma conjunção, enquanto "é" vem do verbo "ser"; "esta" em vez de "está". 4)Repetição: a repetição de palavras em uma mesma frase ou parágrafo pode ir de encontro à coesão do texto e há muito disso na sua história. Aconselho que procure por sinônimos e que use pronomes para substituir nomes de pessoas, coisas e lugares. Também existem palavras que sequer precisam ser repetidas. Por exemplo: "Sophie morava na Rua Francs-Bourgeois numero 432, Sophie morava com seu pai Anthony, e sua empregada Clarisse, Clarisse era a melhor amiga de Sophie (...). Clarisse era loira com olhos azuis" em vez de algo como "Sophie morava na rua Francs-Bourgeois número 432, com seu pai, Anthony, e sua empregada, Clarisse, uma garota loira com olhos azuis, que era também sua melhor amiga, talvez por terem a mesma idade." 5)Verbo: "não acreditara no que estava vendo" — "acreditara" é pretérito mais-que-perfeito, que representa o passado do passado, mas "vendo" está no gerúndio e dá noção de um acontecimento mais atual; portanto o interessante seria "não acreditava no que estava vendo". Obs.: os apontamentos acima são exemplos, há mais o que ser revisado na história além deles. Aconselho que procure um beta reader; é sempre bom ter alguém para ler nosso trabalho e apontar o que acertamos e o que podemos melhorar, e os betas do Inkspired, quando contratados, fazem uma análise detalhada da sua história e a enviam através de um comentário. Caso se interesse, esse recurso também é disponibilizado pelo Inkspired através do Serviços de Autopublicação. Além disso, também temos o blog Tecendo Histórias, que dá dicas sobre construção narrativa e poética, e o blog Esquadrão da Revisão, que dá dicas de português. Confira! Bom... Basta responder esta mensagem quando tiver revisado a história, então farei uma nova verificação.
Alice Oliveira Alice Oliveira
ENTENDAM! RESTARA:E UMA CONJUGAÇÃO
~

Вы наслаждаетесь чтением?

У вас все ещё остались 2 главы в этой истории.
Чтобы продолжить, пожалуйста, зарегистрируйтесь или войдите. Бесплатно!

Войти через Facebook Войти через Twitter

или используйте обычную регистрационную форму

Похожие истории