O Que Você Quer de Presente de Natal? Подписаться

sophiagrayson Sophia Grayson

Dick leva seu irmão mais novo, Damian, para passar uma tarde no shopping e se surpreende com o pedido que o garoto queria fazer para o Papai Noel.


Фанфик Комиксы Всех возростов.

#familia #fluffy #natal #batman
Короткий рассказ
2
1119 ПРОСМОТРОВ
Завершено
reading time
AA Поделиться

Capítulo Único

Dick Grayson resolveu naquele dia, véspera de natal que levaria seu irmão mais novo, Damian, de cinco anos – que ficava muito tempo na mansão e pouco saía, pois, o pai deles era super protetor – ao shopping para passarem a tarde lá – e talvez até assistissem um filme.

Arrumou o pequeno, com um pouco de dificuldade pois o mesmo não parava quieto de ansiedade quando descobriu que iriam sair. Colocou um suéter azul – que o Alfred tinha tricotado – com uma estampa de um pássaro vermelho, um casaquinho vermelho com detalhes fofos na cor branca, calça jeans e tênis preto.

- Vamos Dick! Vamos! – o garotinho puxava o mais velho pelo sobretudo marrom.

- Calma! – Dick riu da pressa do mais novo – Tenho que avisar para o Jason que estamos saindo, já que o Alfred não está e o papai quando voltar pode se assustar – pegou a chave do carro em seu bolso – Por que não vai indo para o carro enquanto resolvo isso?

Os grandes olhos verdes encararam a chave com um pouco de receio. O mais velho colocou-as nas mãozinhas gordinhas do pequeno.

- Não mexa em nada no carro – advertiu Dick – Só entre se sente na cadeirinha e ponha o cinto, ok?

Damian afirmou com a cabeça e foi para a garagem pelo caminho mais fácil, naquela giagante mansão, com uma expressão um pouco triste por seu irmãozão não o acompanha-lo.

A passos largos Grayson foi até o quarto de Jason, que era uma raridade estar na mansão já que não gostava do controle e regras de Bruce, o pai deles. Bateu levemente na porta.

- O que é?! – perguntou uma voz abusada, que logo abriu a porta encarando-o com mal humor.

- Vou sair com o Damian para o shopping... – pensou um pouco, mesmo que Todd fosse negar o convidaria para ir – gostaria de vir junto?

Jason fez uma rápida careta. Ele não gostava muito de lugares movimentados, além de ser antissocial. Além do mais não achava que Damian gostaria que ele fosse. Não que o menino não gostasse dele ou o odiasse. Não, isso, não! Se davam bem, mas não do nível de saírem juntos. Talvez só no Halloween.

- Não! – afirmou com rapidez – Vou ficar aqui, tenho muito a organizar e aproveitar enquanto o Bruce não chega.

Dick espiou o quarto, devidamente organizado, catalogado, com post-it na parte da mesa e mural. Percebeu que no chão havia uma montanha de livros espalhados e Funkos Pop que ficavam enfeitando a estante. Deveria estar se referindo a isso.

- Claro! Bom, poderia avisar ao Alfred quando chegar? – Pediu, Todd fez um “OK" com as mãos, estava para fechar a porta na cara do mais velho, quando se lembrou de algo. Riu.

- O Drake está trabalhando lá, não é? Não sei como ele aguenta! – cruzou os braços.

Dick segurou o riso e balançou a cabeça.

- Todos nós queremos sair das asas do papai, não é? Mesmo que seja só um pouco.

Logo depois ficou sério e encarou Todd com firmeza.

- Sei que não gosta daqui, mas será que poderia ficar dessa vez? Nesse período de ano é tão bom ter todos nós reunidos. E quem sabe você e o papai resolvam essa briga que vocês têm?!

Todd fuzilo-o com um olhar assassino por alguns segundos. Sabia que Dick sempre lutava para manter a paz entre todos na família quando tudo começou a desandar com o super protetoríssimo de Bruce.

- Não prometo nada – disse em um tom que indicava uma resposta diferente e fechou a porta na cara do irmão.

Dick saiu radiante até o carro não se importando com a atitude grosseira do outro. A forma como Todd falou, sabia que indicava que iria ficar e que seu orgulho não o deixava falar com todas as palavras.

Viu Damian se animar quanto entrou no carro. Pediu desculpas pela demora e seguiram para o shopping.

---------------------------------------------------X----------------------------------------------------


Aquele trabalho era muito cansativo. Quem o via poderia pensar que era tudo muito fácil e nada estressante. Mas passar o dia todo sentado tirando fotos com as crianças no colo – umas calmas, outras terrivelmente barulhentas e algumas interesseiras demais chegando a irrita-lo. Sem dizer da roupa quentíssima, peruca e barba longas e brancas. Por que ele aceitou esse emprego mesmo? Nem gostava de crianças. Se dava muito mal com elas. Damian poderia confirmar isso. Praticamente viviam brigando um com o outro.

E lá vinha outra criança em disparada e seus pais atrás. Suprimiu o suspiro e manteve seu belo, porém forçado sorriso – que tinha aprendido com Dick, iria agradece-lo depois, era extremamente autêntico.

Escutou com uma paciência que não sabia de onde vinha e tirou o que deveria ser a centésima foto do dia. Assim que ela saiu, avistou – e reconheceu – ao longe um rapaz e um garotinho de mãos dadas. Ficou tenso. O que Dick fazia ali com Damian? Tinha que ser logo esse shopping não poderia ter sido outro? Não era o único de Gotham!

Viu quando Dick se agachou para ficar da mesma altura que o irmãozinho. O menino dizia algo de forma tímida para o outro, que o surpreendeu logo depois colocando as mãos no queixo de forma pensativa para disfarçar e o encarando momentaneamente. Mais outras trocas de palavras e lá vinha Damian em sua direção.

O medo se apossou de Tim Drake. Será que Damian descobrirá que era ele de baixo dessa vestimenta? Será que Dick havia contado? Se bem que não era do feitio dele. “O que faço agora! Estou muito encrencado!” pensou.

Damian quase tropeçou no meio do caminho, fazendo Drake se levantar rapidamente até ele se ajoelhando e segurando para não cair de cara no chão.

- Cuidado garotinho – disse engrossando sua voz para o mais novo não reconhecesse.

Damian olhou para ele com as bochechas vermelhas. Se inclinou e colocou suas mãozinhas apoiadas nos joelhos do outro.

- Você é o Papai Noel de verdade? – perguntou o garoto num misto de ansiedade e timidez.

Tim ficou atônito e aliviado ao mesmo tempo. Então Damian não havia o reconhecido e Dick não tinha dito nada. Seu corpo relaxou.

- Sim claro que sou! – disse com convicção, dando um pequeno sorriso e autêntico, pela inocência do pequeno.

- Ótimo! – afirmou Damian sorrindo, juntando as mãozinhas – Quero te pedir uma coisa... – olhou para baixo tímido.

- Pode falar pequeno – disse estranhando um pouco a extrema timidez do mais novo, que não costumava ser tão tímido assim.

- Eu quero muito eu e Drake nos déssemos bem, que nos tornemos amigos – murmurou – É isso que quero de presente de natal! – Olhou nos olhos dele. Estavam tristes e muito desejosos, a sinceridade estampada em seu rosto.

Tim paralisou, seu coração apertou. E o peso do arrependimento de todas as brigas sem sentido que tinha com o mais novo em seus ombros. Se sentiu um monstro. Como podia ser tão ciumento?! Era uma criança, que seu único desejo era ter um bom racionamento com o irmão! O olhar intenso do garoto nos seus que não conseguiu manter por muito tempo.

Disse alguma coisa, que deixou o menino muito feliz e voltar correndo para Dick e acenou e foi embora de mãos dadas com o mesmo. Viu Dick colocar o indicador nos lábios, indicando silêncio, que traduzindo seria: “Não disse nada/ Seu segredo está bem guardado”.

E ele continuou lá parado, pensativo. Iria deixar esses ciúmes de lado, precisava. Estava machucando o garoto e agora sabia o quanto – inclusive ele mesmo também, não fazia bem cultivar esse tipo de sentimento. E tinha uma chance e iria usá-la.

---------------------------------------------------X---------------------------------------------------


Dick e Damian chegaram ao shopping. O menino olhava de um lado para o outro admirado com a quantidade de pessoas e os enfeites natalinos no lugar. O mais velho comprou sorvete para o pequeno, a pedido do mesmo que não se importava com o frio que fazia. Dick pegou depois um chocolate quente para ele. No meio do caminho pegaram os horários dos filmes em exibição para decidirem o que iriam ver. Logo se deparou ao longe com Tim vestido de Papai Noel. “Não é que ele está bem parecido" pensou o moreno. Sentiu o pequeno puxar seu sobretudo e logo se abaixou para poder conversar e o visualizar melhor.

- Aconteceu algo Damian? – perguntou vendo o garoto sem graça e tímido.

- O Papai Noel pode realizar todos os desejos, né? – perguntou tocando os indicadores um no outro e olhando para baixo.

- Sim, claro – respondeu analisando Damian. Nunca o tinha visto assim. E ele nem se quer gostava muito do Papai Noel, por que isso agora? – Desde que esteja no alcance dele, ele poderá fazê-lo – disse com o indicado direito apontado para cima, mania que tinha quando explicava algo.

- Hum – voltou seu olhar ao irmão e ficou calado pensativo.

- O que seria? Posso ajuda-lo se souber – perguntou com curiosidade.

- Será que ele ajudaria a eu e o Tim não brigarmos mais e sermos amigos? – disparou.

Dick ficou estupefato. Colocou a mão no queixo para disfarçar. Era o pedido mais puro e simples que já tinha ouvido além de bonito! Olhou para um Tim tenso logo adiante. Sim, podia dar certo! Acabar com todas aquelas brigas de ciúmes desde que o mais jovem nasceu. Isso claro se o outro também quisesse. Tinha quase certeza que sim. Colocou as mãos nos pequenos ombros do garoto.

- Tenho certeza que ele vai ser capaz de realizar isso! – disse – Vai falar com ele! – o empurrou de leve estimulado o outro a ir.

E Damian foi em frente, quase tropeçando no tapete vermelho quando chegou perto. Viu Tim se levantar e agachar rapidamente e segurar o menino. Percebeu o quanto ficou aliviado e depois surpreso com o que Damian havia falado. Instantes mais tarde o pequeno voltou quase que saltitante. Acenou, pegou em uma das mãos de Dick e seguiram em frente. Dick fez um sinal com o indicador nos lábios para Tim e se voltou ao mais novo.

- Que tal irmos ao cinema agora?

- Eba! – Damian levantou os braços em comemoração.

20 июня 2019 г. 13:48:13 0 Отчет Добавить 2
Конец

Об авторе

Sophia Grayson Só uma garota que gosta de escrever.

Прокомментируйте

Отправить!
Нет комментариев. Будьте первым!
~