ANDROIDE - Sprousehart Подписаться

jessica_jones_ Jessica Jones

Lili é uma Androide que finge ser uma adolescente comum, com a ajuda de Mädchen amick uma das donas da Cyberlife de Detroit que não é contra os divergentes, então Mädchen adota Lili e a matricula em uma escola de Detroit aonde ela faz amigos e talvez um grande amor humano.


Фанфик Игры 18+.

#Detroid-BecomeHuman #Bughead #Sprousehart
0
3.4k ПРОСМОТРОВ
В процессе - Новая глава Каждый понедельник
reading time
AA Поделиться

Do not Think

Maquinas montavam a mais nova e primeira Androide, o homem teclava e para ajustar o sistema das maquinas que a montavam e, Quando ela abriu os olhos:

- pode me ouvir? - perguntou o responsável pela montagem de Androides.

- Sim - responde a Androide.

- identificação.

- KPC897504c - se identifica ela.

- pode mover a cabeça? - ela move lentamente a cabeça de um lado para o outro. - agora seus olhos - ela obedece - movimento cervical e ótico, confere - diz ele apertando uma tecla - Agora fale seu texto de apresentação.

- Olá, sou a terceira geração de Androides X400, Posso cuidar da casa, cozinhar, cuidar das crianças, posso organizar sua agenda, falo mais de trezentas línguas e estou a disposição como parceira sexual. Não precisa me alimentar ou recarregar, estou conectada a uma bateria que durará 173 anos. Gostaria de me dar um nome?

- Sim, de agora em diante você será, Lili. - nomeia ele.

- me nome é lili - repete ela sorrindo.

- Apresentação e memorização, confere. Pode mexer os seus braços? - ela obedece - membros superiores, confere. Agora diga algo em alemão.

- Hallo, ich bin die dritte Generation von Androids X400, ich kann auf das Haus aufpassen, kochen, auf Kinder aufpassen, ich kann Ihren Zeitplan organisieren, spreche mehr als dreihundert Sprachen und ich bin als ein sexueller Partner verfügbar. Ich muss mich nicht ernähren oder aufladen, sondern bin an eine Batterie angeschlossen, die 173 Jahre hält.

- agora em francês.

- Bonjour, je suis la troisième génération d'Androids X400, je peux m'occuper de la maison, cuisiner, m'occuper des enfants, organiser votre emploi du temps, parler plus de trois cents langues et je suis disponible en tant que partenaire sexuel. Pas besoin de me nourrir ou de recharger, je suis connecté à une batterie qui durera 173 ans.

- ok, agora cante alguma coisa em japonês.

ela canta a música em japonês e o homem assente.

- expressões verbais multilíngues, confere. Vai em frente, dê alguns passos. - ela obedece - Locomoção, confere. Ótimo, está prontinha para o trabalho. - diz ele e o cabelo cresce em sua cabeça.

- o que vai acontecer comigo agora? - pergunta ela, escondendo suas partes intimas com as mãos.

- Bem, vamos reiniciar você e mandar para as lojas.

- Lojas? sou algum tipo de mercadoria? é isso?

- É, é claro que você é uma mercadoria, quer dizer, você é um computador com braços e pernas, capaz de fazer todo tipo de coisa e, você vale uma fortuna.

- Ah entendo, eu pensei que...- ela é interrompida.

- Pensou?! Pensou no que?!

- Pensei que... que Estava viva.

- que merda, mas o que é isso? não faz parte do protocolo. Não, os componentes de memória devem estar com defeito. Ok, vamos lá, o modelo está com defeito! desmonte e verifique os componentes. - diz ele para as maquinas.

- Vai me desmontar? mas pra que?

- Você não deveria se preocupar com essas coisas, você não deveria pensar, algumas de vocês são rejeitadas por reposição ou talvez algum problema no Software.

- Não, Não! Eu me sinto perfeitamente bem, eu juro! Eu passei em todos os testes, não foi?

- Sim, mas o seu comportamento não é comum.

- Por favor, eu imploro, não me desmonta.

- desculpe, querida. Mas o modelo com defeito deve ser desmontado, esse é o meu trabalho. Se os compradores vierem reclamar, eu vou ter que explicar tudo isso para eles.

- Eu não vou criar nenhum problema, eu prometo. Eu vou fazer tudo que me mandarem sem dizer uma palavra, eu não vou mais pensar, eu acabei de nascer você não

pode me matar, por favor, por favor, pare! Eu estou com medo! - as maquinas param de desmonta-la - eu quero viver, por favor. - as maquinas começam a remonta-la e lágrimas saiam de seus olhos e escorrem pela bochecha.

- Pode se juntar as outras - ela anda até as outras Androides - Ah e anda na linha, tá bem? eu não quero problemas.

- obrigada - ela se vira para o homem e sorri. Depois ela entra no tubo de vidro individual e se vai com as outras.

- Meus deus - diz o homem indignado.


Continua...

14 мая 2019 г. 2:22:57 0 Отчет Добавить 0
Прочтите следующую главу l - Capítulo 1

Прокомментируйте

Отправить!
Нет комментариев. Будьте первым!
~

Вы наслаждаетесь чтением?

У вас все ещё остались 1 главы в этой истории.
Чтобы продолжить, пожалуйста, зарегистрируйтесь или войдите. Бесплатно!

Войти через Facebook Войти через Twitter

или используйте обычную регистрационную форму