Is it love?Matt- Desejos profundos! Подписаться

sabrina-aparecida1557065165 Sabrina Aparecida

Fanfic do jogo Is It Love?Matt Apos a trágica perda de sua mãe,do abandono de seu pai Hanna decide ir viver em Nova York com sua nova vida planejada,até que Matt entra na sua vida e a transforma completamente,Hanna se renderá a esse amor?Mas é seu passado cheio de segredos ao qual ela jamais ousa falar? Será que esse passado será esquecido,será que ela se entregará a Matt de corpo e alma?


Фанфик Игры 18+.

#isitlove #Colin #Isitlove
2
3.7k ПРОСМОТРОВ
В процессе - Новая глава Каждое воскресенье
reading time
AA Поделиться

Um

A noite estava perfeita, os sons da cidade estavam calmos nada poderia estragar esse momento, nada vai estragar eu realmente estou aqui consegui e nada nem ninguém ira interferir, se alguém bater na porta ira quebra-la mas esse momento eu não irei desperdiçar, ela finalmente esta aqui aonde eu mais queria, no meu quarto sentada em minha cama com os seus lindos olhos castanhos me observando e o que mais amo nela seu sorriso esta claro e solto, meu Deus pareço um adolescente quando olho para ela, mas não posso me perder nesse pensamento tenho que tomar uma atitude. Segurei sua pequena mão e me sentei ao seu lado toquei suavemente seu rosto para ter certeza de que eu não estava sonhando ela realmente estava ali, sua pele era doce e macia e seu perfume encheu minhas narinas com seu familiar cheiro de rosa de avelã, eu sabia que eu era a escolha mais terrível para a vida dela mas ela a mais certa na minha, ela me deu um sorriso tímido e colocou minha mão em seu peito.

-Estou feliz por estar aqui com você! - Ela disse quase que em um sussurro inaudível

-Tem certeza de que essa é sua escolha?

-Matt não sou mais uma menina ingênua, tenho pleno poder sobre as minhas decisões e não podia estar em lugar algum se não aqui com você.

-Só quero ter certeza não quero atravessar um limite que não sei se devo.

-Por favor, não me peça para implorar. - Sua expressão é serena porem séria.

-Que se Dane!

Todas as minhas ressalvas se foram, levei minhas mãos ate os botões de sua blusa e desabotoei um por um, olhando profundamente em seus olhos ,ela engoliu seco quando tirei as blusa de seus ombros ela enfiou as mãos frias por debaixo de minha camisa e tocou meu abdômen senti os pelos da minha nuca se eriçarem e me vi em um lupe de sentimentos me senti novamente um menino e tive que afastar todos esses medos, a deitei no meu colchão e escorreguei minha perna por entre as delas a necessidade de possui-la tomava conta de mim senti minha masculinidade pulsando em minhas calças, então enfiei a língua em sua boca quando ela arfou perdi os sentidos e por um instante esqueci de respirar, ela me recompensou com um gemido suave e arqueou as costas.

Suas mãos deslizavam pelo meu corpo minha mente estava presa em uma confusão! Inferno como eu podia pensar em tantas coisas em um momento tão profundo e perfeito?Não era capaz de me responder essa pergunta, ela moveu o corpo sobre o meu, os longos cabelos se espalham em meu colchão, o sutiã deslizando com as carícias de minha mão.

Deixei de lado todas as duvidas e me rendi aos seus beijos quentes e ansiosos por mim,eu tinha certeza de que minhas terminações nervosas estavam a ponto de se romperem a cada centímetro que ela beijava, cada toque em minha pele, cada sussurro por meu nome e isso só me fazia quere-la mais e mais, ela simplesmente me deixava louco olhei novamente em seus olhos e tirei seu sutiã ela apenas sorriu com desejo e mordeu o lado esquerdo de sua boca e isso me incendiou, puxei sua calça e me deparei com uma calcinha de renda rosa que me deixou mais louco ainda, eu precisava possui-la tinha que fazê- la ser minha, notei que ela tremia não sei se de medo ou nervoso.

_Está tudo bem Hanna? - perguntei olhando em seus olhos.

-Sim está, só ... Só esta frio!

Levantei e fechei a janela voltei para a cama e deitei sobre ela e a beijei suavemente, aquecendo-a com meu calor, ela diminuiu o tremor e voltou aos seus desejos mais intensos, nesse momento ela se abriu para mim intensificou o beijo e enfiou as mãos em meus cabelos desceu as mãos por minhas costas até chegar ao elástico da minha cueca boxer, senti seu desespero ela estava pronta.

Mas me contive queria que ela saboreasse o momento como eu estava fazendo, desci sua calcinha e vi o mar que eu queria mergulhar e jamais sair, despi minha cueca e coloquei a proteção, a beijei novamente queria castiga- la um pouquinho assim como ela sempre fazia comigo no escritório, ela não sabia o que causava em mim mas quase me matava um pouco todos os dias.Com uma das mãos segurei o seu quadril sem tirar os meus olhos dos seus enquanto a penetrava, fiz isso sem pressa alguma sentindo a conexão de nossos corpos.

- Você é perfeita, simplesmente perfeita...

Sussurrei em seu ouvido e voltei para o momento mais perfeito que tive em anos, não iria perder nem um instante queria que ela tivesse a certeza de que para ela seria tudo o que ela mais precisava seria o homem que ela queria que eu fosse, ela arfou, gemeu agarrou meus cabelos com força, chupou minha língua, enroscou uma perna na minha e a outra apoiou no colchão e arqueou as costas respondendo a minha penetração, comecei a me mover dentro dela estremeci sobre seu corpo era muito bom estar com ela , beijei em seu pescoço e vi a satisfação em seus grunhidos vi o quanto ela me queria, então ela me surpreendeu me virando na cama e ficando por cima de mim, segurei na sua cintura e comecei a puxa-la e afasta-la do meu corpo a fazendo se mover para cima e para baixo em um encaixe perfeito, seus joelhos apertavam a lateral do meu quadril e isso me excitava ainda mais.

-Goza Hanna, goza agora! - Sussurrei quase que implorando ela gemeu e senti seu corpo desabar sobre o meu, nesse momento meu corpo se rompeu em desejo e gozei também, mas para minha surpresa Hanna ainda não tinha me mostrado todo seu potencial, ela retirou a camisinha e lambeu desde a base ate a cabeça do meu pau e chupou com toda a vontade do mundo retirando toda e qualquer força que restava em meu corpo!

-Puta que pariu Hanna... - Foi a última coisa que consegui dizer antes de deitar na cama e ficar olhando seus olhos até adormecer .


HANNA


Não tinha como não estar nervosa assim que atravessei a porta do quarto reparei em cada detalhe, era o típico quarto de homem solteiro exceto pela organização ficava imaginando se ele era desorganizado no trabalho de propósito se era só de rebeldia,me sentei na cama pois minhas pernas fraquejaram assim que senti os olhos do Matt me despindo com os olhos, mas eu já tinha decidido eu estava ali no quarto do meu moreno o homem que estava me tirando o sono desde o dia que o vi entrar e se sentar na mesa ao lado da minha na Carter Corp.

- Estou feliz por estar aqui com você!

Minha voz falhou e saiu como num sussurro ele vacilou e tive que ser franca e lhe dar a certeza que ele precisava para saber o que eu queria, que ele me possuísse me tornasse sua é assim ele o fez, fizemos o melhor sexo de minha vida e para finalizar lhe presenteei com uma coisa que vi certa vez e um filme e então caímos no sono.


5 мая 2019 г. 14:25:45 0 Отчет Добавить 119
Продолжение следует… Новая глава Каждое воскресенье.

Об авторе

Прокомментируйте

Отправить!
Нет комментариев. Будьте первым!
~