Peach Подписаться

noveluas Taynara C

Jieun não sabia mais quais palavras usar para dizer ao mundo como amava cada linha cor de pêssego da mulher mais bonita que conhecia. Inspirada em "Peach" da IU.


Фанфик Группы / Singers Всех возростов.

#fx #IU #Sulli #Choi-Jinri #Lee-Jieun
Короткий рассказ
1
3671 ПРОСМОТРОВ
Завершено
reading time
AA Поделиться

Me divido em duas, piso na lua, realizo tudo

 

Mesmo que eu tente me dedicar à outras paisagens, meus olhos sempre procuram o rosto branquinho, você sabe do que eu estou falando? Quando sorri assim suave, eu realmente perco a cabeça, como pode ser tão bonita, bebê? Com que palavras eu explicaria você? Talvez nenhuma delas fosse meramente suficiente; quando te vejo meu coração parece adormecer e de tanto que sente, se torna triste.

Você caminha até mim e envolve meu corpo pequeno nos braços, nos quais eu ainda quero morar. Será que sabe que tem o abraço mais bonito? Talvez você nunca tome conhecimento. Eu gostaria de te esconder em mim, te envolver com esse amor e te proteger das coisas não bonitas que a vida ainda vai te trazer. Jinri, eu não falo isso apenas com um coração de jovem apaixonada e inconsequente, mas também como a mulher que sente todos os dias os efeitos dos seus pequenos e grandes segredos e tem a convicção, de que os dias só valem a pena, se forem vividos juntinho de você.

Então digo, ainda quero me casar com você, com toda a pompa e circunstância; nós duas de branco, lírios enfeitando todo o jardim, o céu azul e a brisa de setembro bagunçando seus cabelos negros. Eu com a minha voz engraçadinha, que só conhece você, vou cantar uma das muitas canções que escrevi sobre como é poder te olhar e sentir o toque das suas mãos na minha, quando me diz ‘amo você’ sem usar nenhum palavra, apenas sorrindo com os lábios bonitos e os olhos brilhantes.

Cantaria pra você todos os dias, se assim quisesse. Te diria todas as palavras mais baratas, que tanto adora, se assim quisesse. Meu bebê, apenas me diga tudo o que quer, eu me divido em duas, piso na lua, realizo tudo, de um jeito ou de outro, se assim quiser. Mas no fim, eu disse muito e não expliquei nada, porque não posso, não dá, você sabe; talvez, amanhã quando você acordar e abrir os olhinhos inchados, eu apenas sorria pra você e acaricie suas bochechas, mais uma vez, pra dizer que também amo você.

24 февраля 2019 г. 23:42:36 0 Отчет Добавить 122
Конец

Об авторе

Taynara C Tata, 24y

Прокомментируйте

Отправить!
Нет комментариев. Будьте первым!
~