One For All Подписаться

ariane-munhoz Ariane Munhoz

Tomado pelas vozes que o guiaram da luz para as trevas, completamente subjugado pelo próprio poder. “Um por todos e todos por um”. - Para Yue-chan.


Фанфик Аниме/Манга 18+.

#violencia #tortura #oneforall #kacchan #deathfic #darkfic #drama #terror #darkdeku #dekuvilão #bnha
8
3568 ПРОСМОТРОВ
В процессе - Новая глава Каждое воскресенье
reading time
AA Поделиться

Prólogo – Fazendo do mundo um lugar melhor

- BNHA não me pertence;

- Esse é um universo diferenciado onde Deku se tornou vilão;

- Presente para a minha estimada filha Yue-chan que merece todos os mimos da galáxia e que me deu uma linda fic dele vilão!

- Essa fanfic conta com uma boa dose de violência e um pouco de terror psicológico, dividida em capítulos curtos. Se não gosta ou não se sente confortável com a temática, sugiro buscar algo mais leve no meu perfil.

---

Deku tentou combater com todas as forças as vozes que se tornaram mais altas do que sua própria consciência. A princípio, eram apenas avisos, conselhos para que se direcionasse de maneira a melhorar suas próprias habilidades, os caminhos que deveria tomar para um salvamento mais preciso.

Era bom.

Tinha pessoas que o ajudavam a crescer, que queriam que ele fosse maior e mais forte. E isso era bom.

Não era?

Midoriya achava que sim.

E continuou ouvindo as vozes. Ouvindo-as até que se tornaram mais altas do que aquelas que falavam com ele externamente. Mais altas do que qualquer outra, até mesmo a voz de All Might.

Porque tudo o que importava a Izuku era alcançar o topo. Não porque ele queria ser o melhor como Kacchan, mas porque queria mostrar a qualquer pessoa que, com um sorriso no rosto, poderiam vencer qualquer obstáculo.

Ele pensou que conseguiria.

Até que as vozes se tornaram mais fortes.

Até que seu rosto se manchou de vermelho e o cheiro do ferro era o único que o saciava.

Siga em frente, eles murmuravam. Destrua qualquer obstáculo que se coloque em seu caminho. Alcance o topo.

Ele não sabia que era isso o que queria até que seu corpo impulsionou-se para frente. Até que o sangue verteu do pescoço daquele homem que ele arrancou com as próprias mãos.

Um vilão, Deku, ele é um vilão.

Então não havia problema, não é? Não havia problema extirpar aquele mal do mundo para fazer dele um lugar melhor.

Ou ao menos era isso o que as vozes lhe diziam.

N/A: 

E aí, o que acharam dessa introdução? Aguardo vocês nos comentários!

3 февраля 2019 г. 11:25:53 0 Отчет Добавить 2
Прочтите следующую главу Livrai-nos de todo o mal, amém.

Прокомментируйте

Отправить!
Нет комментариев. Будьте первым!
~

Вы наслаждаетесь чтением?

У вас все ещё остались 5 главы в этой истории.
Чтобы продолжить, пожалуйста, зарегистрируйтесь или войдите. Бесплатно!

Войти через Facebook Войти через Twitter

или используйте обычную регистрационную форму