Mais um minuto Подписаться

m
maria flávia


E se você fosse a única pessoa que visse que ago esta errado ? Melissa uma garota de 14 anos passa por isso a alguns dias ela está vendo que o tempo e a natureza estão errados ,há uma magia estranha que ninguém percebe. Depois do aparecimento de duas pessoas muito importantes que desencadeará uma serie de acontecimentos, inclusive com sua vida que irá mudar para sempre. Ela irá descobrir que sua vida é e sempre foi uma mentira. Embarque nessa aventura de magia , poderes , monstros , e muito mais. Então prepare-se para a maior aventura já lida . mais um minuto.


Фэнтези эпический Всех возростов.

#poderes #escolhida #guerreira #castelo #magica #monstro #mellissa #magia #guardiã #floresta #fantasia
0
4.2k ПРОСМОТРОВ
В процессе
reading time
AA Поделиться

Um acontecimento estranho

   A alguns dias eu andava preocupada , com o tempo , exatamente com ele , estava a passar depressa. Havia algo estranho que eu já havia notado a alguns dias , tinha um toque de escuridão no ar que eu não sei como explicar. Só sei dizer que os pássaros não cantavam , o vento não soprava existia algo acontecendo no mundo e estava começando aqui nessa cidade. Justamente nessa cidade de poucos habitantes perdida no meio do Continente Americano. O que me deixa intrigada é que as pessoas não percebem nada disso e eu fico pensando será que a única que vê isso sou eu ?

    Enquanto pensava nem percebi que o sinal da escola avia tocado , eu estava no jardim da escola sentada na grama em baixo de uma arvore eu adorava , toda manhã eu ficava sentada em baixo daquela árvore pensando o que estava acontecendo com o tempo e com a natureza.

   Peguei minha bolsa que era simples porém eu achava linda tinha estampas de flores e arvores. Coloquei-a nas costas peguei meus livros e fui em direção a sala , passei o corredor , claro e turbulento cheio de alunos cruzei o corredor e:

- Melissa , querida espere:

    Uma voz me chamou e em seguida risadas , virei para trás , não , não podia ser mau começava o dia e a Lisa já vinha pra rir e fazer piadinhas comigo. Lisa era uma garota popular sempre andava rodeada por pessoas e amigas que faziam tudo que ela queria. Ela era loira alta de olhos azuis bem diferente de mim que não tinha amigos , era considerada esquisita e não era nem um pouco popular ,  eu tinha os cabelos claros e os olhos castanhos claro e nunca chegaria nem aos pés dela. Mas uma coisa me fazia explodir de raiva ela era falsa e gostava de humilhar as pessoas ao seu redor. Então respirei fundo e falei:

- Bom dia Lisa.

- Melissa bom dia, nossa como você esta horrível hoje, e você e tão esquisita , no é mesmo meninas?

- Sim é verdade : Todas as garotas que a acompanhavam responderam em coro.

Sabe eu já estava até acostumada com isso todos os dias , claro que eu ficava chateada e com muita raiva. Respirei fundo esperei elas entrarem na sala e logo em seguida entrei. Ao olhar para a sala foi ai que me dei conta que era aula de Geografia então , andei e fui para a segunda carteira que ficava perto da janela e me sentei. Quando a professora Cris chegou ela falou:

- Bom dia alunos.

- Bom dia professora: Todos gritaram em voz alta.

Ela não gostava muito de mim ela tinha cabelos pretos era alta, morena e arrogante pelo menos comigo.-

- Hoje vamos fazer um debate: Ela falou.

- Como assim professora-- Lisa perguntou sem entender .

- Bom cada um de vocês irá perguntar alguma dúvida que vocês tenham , e eu junto com a classe vamos tenta responde-la.

Então cada aluno ou aluna começou a perguntar sua duvida , fiquei me pensando qual seria minha pergunta. Quando chegou minha vez eu me lembrei e perguntei:

- Professora , por quê que o tempo e a natureza estão diferentes , quer dizer tem uma magia sombria no ar esta tudo diferente?

Quando olhei para a professora ela tinha uma expressão de raiva que não sei como explicar.

- Melissa --  Ela gritou e eu tremi o grito foi muito alto .

- Você parece que não aprende , não está vendo que o mundo e a nossa cidade estão perfeitos. Será que vou ter que conversar com seus pais?

- Não professora -- Respondi nervosa não gostaria que meus pais fossem novamente a escola. Da ultima vez que foram chamados a professora havia dito varias coisas falsas sobre mim o que complicou minha situação.

A professora continuou a falar :

- As vezes penso que você não é desse mundo desculpa dizer Melissa , mas , parece você é maluca :

Uma série de risos e gargalhadas foi solta na sala.

- É, ela é maluca será que não está vendo um fantasma -- Lisa falou em seguida começou a rir.

Na mesma hora queria que a aula acabasse , mas havia acabado de começar.

- Já chega turma , vamos deixar a senhorita em paz , abram o livro na pagina!

     Antes que a professora terminasse de falar o sino da escola tocou. Mas era isso que eu não entendia o tempo estava voando e ninguém percebia ! . Peguei minhas coisas e sai da escola estava com tanta raiva . Então tive a ideia de ir para a floresta que era o único lugar que me acalmava. Sai andando pela cidade entrei na floresta e segui a trilha que dava a um riacho onde havia uma linda cachoeira , e arvores , eu adorava me sentar em baixo de uma arvore para observar o tempo e os animais . então foi isso que eu fiz me sentei em baixo de uma arvore e me lembrei , que carregava comigo um livro de estória que contava a vida de uma princesa que tinha que salvar o reino . Eu achava aquela personagem de contos de fada tão forte e corajosa. Parei um segundo e pensei -- SE EU FOSSE UMA PRINCESA E TIVESSE QUE SALVAR A TODOS, SERÁ QUE EU CONSEGUIRIA ?

 

          Ao pensar nisso comecei a rir de mim mesma. Como poderia pensar em me comparar com uma princesa de estórias . Como posso falar, Eu era considerada uma maluca na escola! E nunca teria aquela coragem de lidar com pessoas más e entre outras coisas. Continuei lendo até perder a noção do tempo , quando percebi já era tarde e a floresta já estava ficando escura. Foi ai que me lembrei que meus pais deviam estar um pouco preocupados com minha ausência. Me levantei e peguei minha bolsa e meus livros. Foi quando de repente eu escutei algo perto, havia alguém ali virei para trás havia uma arvores e arbustos a cerca de 6m. de distancia entre mim , foi ai que eu falei :

- Quem esta ai , saia apareça. – gritei nervosa e assustada .

Nada respondeu , eu , que não ia ficar ali no meio do nada com alguém que eu não conhecia comecei a andar e olhei pra trás paralisei , de medo . O que eu vi foi uma sombra por trás da arvore , olhei pra frente e comecei a andar mais de pressa possível passei a trilha e fui andando pela rua central e percebi que não havia ninguém ali. Mesmo andando rápido percebi que algo estava me seguindo, estava tentando mas não consegui olhar para trás , --Minha cabeça havia paralisado . Quando virei a esquina -- DEU PRA VER A SOMBRA , MAS POR ALGUM MOTIVO EU NÃO VIA DE QUEM ERA AQUELA SOMBRA!

Comecei a correr sem olhar pra frente , quando de repente!

-- Filha estávamos preocupados aonde era que você estava ?

Eu havia me deparado com meu pai que tinha acabado de saí da lanchonete . ele era forte auto , tinha os cabelos pretos e os olhos azuis e tinha a pele um pouco mais escura que a minha e seu nome era Hery. Ele era muito gentil comigo.

Sem pensar duas vezes eu olhei pra trás assustada e não vi ninguém .

- Você esta bem? – Ele perguntou um pouco preocupado

- Sim, eu estava na floresta e acabei dormindo e perdi a noção do tempo , o senhor sabe como eu gosto de ir pra floresta não sabe?

- Sim eu sei - ele falou dando um sorriso .

-- O que o senhor esta fazendo na lanchonete ? – eu perguntei curiosa .

- Há eu e sua mãe viemos comprar um pizza para comermos hoje a noite.

Nossa era estranho mamãe nunca comprava comida fora, e gostava de cozinhar . Ela era linda , seu nome era Lília  tinha cabelos castanhos olhos negros e tinha a pele clara . era muito carinhosa . A minha família era a melhor do mundo eu confiava neles, e eles confiavam em mim e tinha certeza que nunca esconderiam nada de min. Eu os amava. De repente minha mãe saio e pareceu surpresa em me ver.

--Melissa , minha filha .—Ela me abraçou – Estávamos preocupados com você .

- Bom , já esta tarde , vamos para casa: – Meu pai falou .

Saímos da rua principal e fomos andando para casa , no caminho inteiro fiquei me lembrando do acontecido na floresta.

-Filha , --meu pai falou me tirando dado meu pensamento.

- chegamos não esta vendo? – minha mãe perguntou achando graça.

- Claro mãe eu estava só pensando.

Paramos bem em frente da nossa casa. Nós morávamos em uma rua bem calma , e a nossa casa era de um andar tinha telhado vermelho e tinha janelas e um lindo jardim , nu qual havia uma arvore e flores. Quando entramos em casa , meu pai foi logo sentando-se no sofá e eu fui ate a cozinha onde minha mãe foi arrumar a mesa para comermos. Quando estava tudo pronto minha mãe chamou :

- Venham comer.

Nos sentamos na mesa, na qual tinha pratos rasos , talheres brancos e o cardápio uma pizza exatamente o que meu pai tinha dito que haviam comprado.

- Filha , como foi a aula hoje ? – Minha mãe perguntou.

Na hora eu gelei não iria dizer a eles que tinha sido horrível , e que as pessoas haviam me chamado de louca. Então respirei e falei.

- Foi ótima mãe .

- Você não parece estar bem ! -- Meu pai disse com uma cara de preocupação .

- claro , que eu estou bem! – falei exitada me levantando da mesa com rapidez. –Só preciso descansar estou muito cansada hoje , acho que vou dormir , boa noite!.

- Boa noite filha – Eles responderão .

          Fui subindo as escadas que levavam ao primeiro andar , onde ficava o meu quarto e o dos meus pais também , fui para o meu quarto abri a porta e em seguida fechei-a . Ele era espaçoso tinha uma cama que ficava no fundo da parede , em frente a porta , havia um criado mudo do lado onde ficava um abajur em formato de flor e um porta retrato da minha família , do lado direito , situava-se o guarda roupa  e do esquerdo um tapete com um sofazinho que ficava do lado da janela , onde eu adorava ficar olhando o movimento das pessoas .

        Vesti meu pijama , rosa de bolinhas brancas , e retirei as cobertas me aconchegando na minha cama e me cobrindo com um lençol fofinho. Foi ai , que eu voltei a lembrar do ocorrido na floresta, comecei a me perguntar. – O QUE HAVIA ACONTECIDO , DE QUEM ERA AQUELA SOMBRA E PORQUE EU NÃO HAVIA VISTO NINGUÉM , ISSO ERA UM MISTÉRIO .

       Eu realmente não sabia o que havia acontecido , mas só tinha certeza de uma coisa eu iria descobrir o que era , fosse o que fosse mas eu iria descobrir. Pensei por horas ate perceber que estava muito cansada então fechei meus olhos e acabei adormecendo.



13 декабря 2018 г. 19:10:52 1 Отчет Добавить 1
Продолжение следует…

Об авторе

Прокомментируйте

Отправить!
mf maria flávia
Espero que gostem !
13 декабря 2018 г. 13:12:34
~