Nossa lua de mel Подписаться

l_rell L_Rell NL

Goku era um tanto ingenuo e nada sabia sobre o tal casamento, e a lua de mel então? nem era lua, e muito menos de mel de verdade, mais afinal o que tinha de tão bom nela? Ele vai finalmente descobrir ao lado de chichi o que os casais na tal noite de núpcias.


Фанфик Аниме/Манга 18+.

#sexo #sex #romance #lovestore #dragonball #hentai #hot #kakarrot #kakarotto #milkegoku #milk #luademel #chichi #goku #gochi
5
4.6k ПРОСМОТРОВ
Завершено
reading time
AA Поделиться

A lua de mel

Era o entardecer nas montanhas Fry-pan. A festa havia sido perfeita, houve muitas comidas e bebidas e Goku havia realmente gostado do tal casamento principalmente pela quantidade que comeu, não houve miséria no grande banquete que fora dado pelo Rei Cutelo em comemoração ao casamento da sua princesinha. Todos se divertiram muito naquele dia e todos seus amigos estavam ali com ele...

Os convidados já haviam começado a se retirar de volta as suas casas e suas vidas, os presentes começaram a ser guardados, tudo começara a ser desmontado... era chegada finalmente a hora da lua de mel do casal... e o que Goku sabia sobre isso? Absolutamente nada.

O garoto era ingênuo por demais... seu avô Gohan nunca havia conversado com o jovem sobre garotas, nunca havia se interessado em nada que não fosse as artes marciais, derrotar alguém poderoso? Isso era com ele mesmo, mas sobre o que acontecia depois de casamento... eram outros quinhentos.

No final de tudo Goku e Chichi finalmente saíram dali direto para as montanhas Paozu, o Rei Cutelo havia dado aos jovens a casa como presente de casamento.

Era constrangedor para Chichi uma vez que Goku nada sabia sobre relacionamentos... Goku nada esperava... Ninguém em meio a esse turbilhão de acontecimentos se deu ao trabalho de perguntar se o jovem sayajin sabia o que acontecia com um casal. Tudo seria novo e cabia a Chichi explicar ao seu marido o que os casais faziam..., mas como fazê-lo se ela mesma era muito envergonhada?

Resolveu então por deixar o corpo e os sentidos levarem os dois, era mais fácil assim...

Ambos andaram pela casa vendo e conhecendo o espaço que dividiriam para o resto de suas vidas.

O que se passava na cabeça daquele sayajin? Descobrira a pouco tempo que casamento não era comida, depois descobriu que teria que viver com a jovem para sempre... a única coisa de bom em tudo isso é que ela prometeu comida... então tudo estava bem. Para ele seria normal viver com alguém afinal vivera durante anos com seu avozinho isolado então imaginou que seria assim.

Então subiram ao que foi definido com o quarto do casal. Não via problema em dividir a cama com Chichi, também já dividiu a cama com Bulma e com seu avô... logo isso não era problema. Então Chichi entrara no banheiro para tomar um longo banho, ela se perfuma, escova seus longos cabelos pretos e veste uma linda camisola... seu corpo estava expostos... ela vê o seu reflexo no espelho e enrubesce, nunca havia ficado daquela forma na frente de homem algum, tímida porem apaixonada, ela ansiava finalmente a noite de núpcias com aquele forte lutador que roubara seu coração quando ainda crianças.

Finalmente ela saíra do banheiro e para sua surpresa Goku já havia tirado sua roupa e ficado somente de roupa de baixo..., porém o jovem estava dormindo um sono profundo, o que a irritou num primeiro momento, mas relevou e ela acabou por olhar para o corpo de seu jovem marido... tudo nele era perfeito... era forte... atraente... seu rosto era bonito... até o semblante dele era quase que angelical enquanto dormia, parecia um garoto sem preocupação alguma.

Seu coração estava acelerado... suas mãos suavam ... talvez era mais fácil se aproximar aproveitando o fato dele estar dormindo... a luz no quarto era suave naquele momento... era possível ouvir todos os sons da montanha... era o cenário perfeito... o homem perfeito... para que ter medo?

Então ela se senta na cama na posição de Seiza bem próximo a Goku. Seu corpo desce ao encontro do marido. Então os lábios se tocam por breves segundos, ela levanta o corpo de forma rápida levando as mãos aos lábios, estava rubra novamente.

Goku se remexe na cama naquele instante e ela apenas o observava. Sua respiração se acelerou novamente então ela repetiu o movimento mais uma vez... mais dessa vez os lábios se encontram por mais tempo até que Goku sente o toque do corpo da mulher sobre o seu e acorda assustado.

—O que está fazendo? – ele pergunta olhando assustado para Chichi, que ficara muito vermelha

—Eu... eu ...estava apenas... fazendo o que uma boa esposa faz Goku. - disse envergonhada por ter que passar exatamente por aquilo.

—Você queria me morder? – pergunta ingênuo o jovem marido

—É claro que não seu idiota! foi apenas um beijo...- grita exasperada a jovem zangada com a ingenuidade de seu marido e logo depois respirando fundo ela volta ao seu estado de calma.

Por aqueles pequenos minutos Goku pode ver pela fraca luz Chichi, e pode dar devida atenção os longos cabelos negros sobre a pele branca... o fino tecido sobre o corpo dele que até então ele nunca havia de fato prestado tanta atenção de perto porque ao lado dela soava natural até então... seu olfato gostava do cheiro dela... era gostoso de sentir... lembrava os campos.

Goku então movido por aquela estranha energia que parecia atraí-lo sentou-se na cama também em posição de seiza frente a frente a Chichi. Ele segurou o pequeno rosto de sua esposa e a olha nos olhos, não entendia sobre nada daquilo, das sensações que agora desencadeava seu corpo, ou de casamentos..., mas queria agrada-la e aquilo deveras o intrigou.

—Me ensine sobre beijo Chichi. - Fala gentilmente olhando nos orbes negros dela.

Ela corou no mesmo instante... pelo toque, pela timidez, pela proximidade, pelas possibilidades, mas consente com a cabeça.

Então de forma lenta e gradual os lábios se encontraram mais uma vez. Após alguns segundos os lábios se moveram e foram fazendo isso de forma gradual e agradável até finalmente dar espaço para a língua e iniciar um ritmo deles. Ele começa a ficar um pouco mais intenso, e então os lábios se separam os olhos se encaram. Aquilo foi novo para ambos os corações estavam acelerados, as respirações descompassadas, os corpos estavam agitados e quentes...

O silencio só era quebrado pelos sons da montanha.

—Então é isso que os casais fazem? – Goku pergunta de forma inocente

—Também Goku- responde Chichi voltando a ficar rubra ao pensar em como explicar aquilo a ele.

—E eu posso fazer isso de novo? – pergunta como uma criança curiosa o que realmente surpreendera Chichi, ainda mais por certas relutâncias de Goku ainda nas vésperas do casamento entre eles.

—Você quer fazer novamente?

Então Goku consente ao menear a cabeça em um sim, e novamente os lábios de dele invadem os de Chichi... dessa vez não começou suave... já começou mais intenso, mais invasivo, mais desejoso, desesperado... era inegável que o corpo por si só respondeu aos estímulos, e com isso nem mesmo Goku poderia lutar contra... era natural, era instinto... suas mãos desceram até a cintura de Chichi puxando para mais perto do seu corpo. Ambos quentes demais, os corpos ansiosos e ele sentia o coração acelerado da sua pequena esposa, mas o mais intrigante era que o dele também estava assim... o corpo dela contra o seu despertava sensações que ele nunca havia sentido antes... já havia abraçado outras pessoas, mas a sensação era completamente diferente. Aquele momento era diferente... precisava do corpo dela mais próximo do dele... uma necessidade que não entendia só queria.

Então o cheiro dela que invadia suas narinas ouriçava todo o seu corpo e ele percorreu todo o pescoço branco leitoso da sua jovem e linda esposa sentindo aquele perfume que ele tanto estava gostando... mais seu corpo estava diferente...

Porque se sentia daquela forma?

As mãos de Chichi passaram pelos fortes ombros largos de Goku e descem por seu tórax e nesse momento ele sentiu várias vibrações percorrerem seu corpo... porque estava sentindo aquilo?

Diante do movimento do marido pelo pescoço Chichi arfou soltando um pequeno gemido involuntário, excitado pelo toque quente...

Goku percebe.

—Estou te machucando Chi? – o tom era inocente, embora a respiração começara a ficar exaltada.

Ela, no entanto balança a cabeça em negativa e ele sem perder mais tempo volta ao pescoço dela e continua abraçado a pequena garota de cabelos negros lisos, as mãos percorrem as costas de Chichi de forma discreta descem um pouco mais indo de encontro com as coxas da mesma que treme diante do toque...

Ele sente que seu membro estava ficando diferente... aquela situação era totalmente diferente das vezes que isso aconteceu.

Começava a incomoda-lo. Então sai daquela posição. Ele deita na cama puxando Chichi para si. Por alguma razão não queria largar a jovem e não entendia o porquê.

Sentiu o corpo da jovem sobre o seu... as curvas do corpo dela agora pareciam diferentes ... queria tocar na silhueta sobre ele. Então deixou suas mãos serem conduzidas pela sua curiosidade... quanto mais a tocava... mais estava ficando duro seu membro... porque está acontecendo isso?

As mãos da jovem sobre o corpo do marido pareciam mais salientes. Ele estende os beijos ao pescoço dele e pelo o tórax... a reação dele não passou despercebida... ele arfava e gemia diante dos toques da jovem.

—Chichi o que está acontecendo comigo?

—é só deixar seu corpo seguir à vontade dele...

Então Goku vira a esposa colocando o corpo da jovem por baixo da seu. Os beijos se tornam mais possessivos mais íntimos. As mãos do jovem mais ousadas... agora invadem a fina camisola tocando as coxas e sobem pelo corpo da jovem tocando nos seios da mesma.

Aquilo era intenso, ela gemia cada vez mais. Seu membro já estava o incomodando demais tinha que fazer algo sobre aquilo, mas o que deveria fazer? Geralmente era só ir ao banheiro..., mas aquela sensação não era a mesma coisa. Chichi, então rubra tira sua camisola. O corpo dela se tornou atraente ao olhar de Goku de repente... via como sua esposa era linda... os longos cabelos negros espalhado pela cama, a pele branca que brilhava com a luz que invadia pela janela do quarto. Deitou seu corpo sobre o dela e sentiu toda humidade dela sobre sua parte intima... porque ela estava molhada naquele lugar? Ele tira a calcinha dela, ele queria intender o que estava acontecendo ... mais o cheiro que exalava da intimidade de Chichi era doce... quase como um afrodisíaco... era inebriante. Ele gostou daquele cheiro assim como o perfume dela. Seu corpo voltara a pressionar o dela, mas seu membro agora muito duro tocava e roçava sobre a intimidade dela e parecia que quanto mais tocava mais parecia certo estar ali.

Chichi tirou a roupa de baixo de seu marido e ele não entendia o motivo, mas as caricias entre o casal continuava, ele queria mais, até que por si só seu próprio corpo abriu passagem no meio das pernas da jovem pouco a pouco... o que era aquilo que estava fazendo? Porque era tão bom fazer aquilo? Ele estava dentro dela... mais a sensação era muito boa... era prazerosa como quando treina. Ele começa a se movimentar... precisava se movimentar.

Chichi que inicialmente sentiu o incomodo daquilo, aos poucos deixou ser mergulhada na sensação boa, e no carinho de seu jovem marido e logo gemia cada vez mais alto... mas aquilo aumentava ainda mais a vontade dele se movimentar... foi ficando mais rápido... mais intenso... mais forte... precisava disso... parecia que fazer isso aliviava sua tensão, mas em compensação aumentava a dureza de seu membro. Aquela fricção precisava aumentar e ele acelera e entra cada vez mais fundo dentro da sua pequena e apertada esposa... tudo rápido e forte, ela gemia por seu Goku... ele já não estava mais em si. Precisava de mais daquilo, e mais, e mais, e mais... até finalmente descarregar tudo aquilo... parecia que toda dúvida... todo estresse... toda dureza foi embora com aquele último movimento jorrando tudo de uma só vez... ele enfim gozou..., mas não sabia o que havia feito.... mas aquilo foi extremamente prazeroso... e ele só queria fazer outra vez...

13 сентября 2018 г. 13:35:25 0 Отчет Добавить 0
Конец

Об авторе

Прокомментируйте

Отправить!
Нет комментариев. Будьте первым!
~