Saga Akai Ito: Neve Подписаться

EnmaUchiMaki May UU

Se um cuidar do outro então nenhum dos dois vai se sentir sozinho, se você cuidar de mim então eu posso retribuir e você não precisa fazer tudo sozinho então me deixa fazer parte da sua vida por que... Você é a razão da minha felicidade Não vá dizer que eu não sou sua cara-metade Meu amor, por favor, vem viver comigo O seu colo é o meu abrigo


Фанфик Аниме/Манга Всех возростов.

#Saga_Akai_Ito #shounen-ai #lgbt #fllufy #guy #tenten #neji #rock-lee #missão #narusasu #naruto #sasuke #sasunaru
7
4764 ПРОСМОТРОВ
Завершено
reading time
AA Поделиться

Seja para mim...

Notas do Autor


Olá, vim aqui repostar a minha antiga (e bota antiga nisso) oneshot, gente essa é a primeira fic que eu escrevi NA VIDA e foi restaurada <3

graças a ela, sim Akuma-Lia que me ajudou a reescrever e ainda betou os dois capítulos, isso mexmo que vocês estão lendo... DOIS.

Já estão devidamente finalizados, então semana que vem trarei o último e eu espero que vocês gostem <3

Vamos a leitura então?



Este dia estava frio. O único som provinha do vento tão gélido que poderia congelar até a alma, o sol estava escondido em algum lugar do céu cinzento coberto pelas nuvens carregadas, e para piorar uma forte nevasca se aproximava.


"Merda" - pensou o jovem Uchiha.


Ele apoiava Naruto em seus ombros tentando ajudá-lo a se mover, caminhavam vagarosamente pela neve em busca de algum abrigo. O frio era tanto que nem os longos agasalhos de viagem estava aquecendo seus corpos.


Ambos haviam se perdido no último combate com inimigos.


O Time 7 havia sido convocado para uma missão de nível A, era sem dúvida a mais difícil desde o embate Haku e Zabuza. Sakura havia se ferido também, Kakashi acabara por ficar com a rosada, e por mais que estivessem atentos a qualquer aproximação inimiga, não imaginavam que ainda haveria adversários tão poderosos.

Essa missão resumia-se em: transportar um pergaminho ao vilarejo vizinho, este ao qual ninguém tinha conhecimento do conteúdo por ser confidencial. Os inimigos apareceram em um momento oportuno, logo após um combate violento onde a rosada acabou ferida.

Naruto tentou protegê-la, mas o adversário era bom o bastante para enganar o loiro, se não fosse a presença do Uchiha os outros dois poderiam ter morrido.

O moreno pulou na frente dos dois com o sharigan ativado e corajosamente protegeu os outros dois, o Uzumaki estava intrigado ainda, por que Sasuke tinha aquela mania de pular a sua frente sem medir as consequências?

O loiro se arrastava com muita dificuldade pela neve, estava com a perna ferida por conta da luta, se apoiava no Uchiha tentando obter algum apoio e não escorregar.


– Usuratonkachi... anda logo, desse jeito só vamos nos afastar mais!

– Teme eu 'tô indo, caso não tenha reparado minha perna está machucada!

– Você é um dobe mesmo! Onde já se viu um ninja deixar a guarda aberta daquele jeito?

– Eles atacaram de surpresa!... Como eu ia deixar a Sakura se machucar?

– Ia o que, se machucar no lugar dela? Quanto romantismo barato.

– Cala boca, ninguém te perguntou nada teme!


Já passava das 17h pela posição do sol, supôs Sasuke, quanto mais anoitecia pior o tempo ficava. Cada minuto que se passava a nevasca ficava mais densa, ele precisava encontrar um abrigo seguro onde pudessem descansar e olhar a perna de Naruto.

O loiro estava exausto, já não conseguia mais andar e ele próprio também estava exaurido de suas forças, qualquer ataque inimigo seria mortal.


– Dobe vamos logo! - resmungou, estava ofegante devido o esforço.

– … S...suke.

– Dobe, agora não! Naruto não vai desmaiar agora.

- E-eu não... desculpa... 'to sem força...

– ...Merda!... sobe nas minhas costas.

-O que?

-Não fala nada, sobe logo. Anda!


Estavam sem maiores alternativas, por isso ajoelhou-se e aguardou Naruto montar em si, este passou os braços por seu pescoço o abraçando enquanto o moreno agarrava a parte de trás dos joelhos e upou com o loiro em suas costas.


Ele tremia muito, suas mãos estavam geladas também. Precisava achar um lugar pra passar a noite. Agora!


De forma ágil e precisa o Uchiha saiu à procura de um abrigo onde pudessem repousar, caminhou atento a qualquer sinal com os sentidos mais aguçados do que nunca.

Por que ele sempre dava uma de herói?

Naruto sempre pensava no bem dos outros e esquecia de cuidar de si mesmo, sabendo disso Sasuke inconscientemente passou a zelar pelo seu bem, mesmo que ele não percebesse. E justamente por observá-lo tanto conseguiu chegar a tempo de intervir em um golpe que poderia ser mortal.

Só em pensar...

Algo poderia ter acontecido...

Não permitiria, jamais!

Alguns minutos de busca se passaram, Sasuke avistou uma caverna ao longe e aquilo o encheu de felicidade por mais que não expressasse, caminhou em sua direção como se a sua vida dependesse disso. Antes de adentrar se certificou de que o local era seguro e somente após isso entrou, não havia nada além do chão duro e não era o melhor lugar do mundo para se passar uma noite de nevasca, entretanto era melhor do que ficar vagando no escuro carregando alguém sem condições de se defender.

Adentrou um pouco mais, buscando ficar o mais longe possível do vento ao mesmo tempo em que procurava um local onde pudesse pousar o corpo do loiro no chão pondo a mão quente na testa dele em seguida.


"O que eu faço agora? Ele está muito gelado..."


Sentia frio... como sentia, mas a face pálida com os lábios feridos pelo frio, não o permitiu hesitar na decisão de retirar o próprio manto, ignorando o fato dos dentes baterem um contra o outro. Naruto era mais importante nesse momento, olhou para seu rosto por um breve momento sentindo medo.


"Não hesite, ele depende de você" Sasuke apertou os dedos nas mãos, tremendo sem saber se era por sentir frio ou por sentir medo.


Precisava ser rápido, Naruto dependia dele. Por isso cobriu seu corpo com seu agasalho e aqueceu o chão da caverna com seu jutso de fogo.

O Uchiha deixou o local com pesar não queria deixar o outro sozinho, por isso procurou por qualquer tipo de madeira que pudesse utilizar, não demorou a localizar um tronco seco. Derrubou o tronco sem dificuldade e carregou-o de volta o mais ágil que sua condição o permitia.

Largou a madeira no chão e verificou o estado de Naruto, ainda estava muito frio. Com agilidade montou uma fogueira sentindo um calor agradável em suas mãos congeladas pela neve.

Voltou a atenção novamente para o Uzumaki, estava tão preocupado. Não queria que ele passasse por isso, se tivesse sido mais rápido Naruto não teria se ferido. Arriscou tocar a bochecha, em outro momento se permitiria apreciar o fato de que aquelas marquinhas em seu rosto o deixavam tão... Bonito, mas agora ele só conseguia sentir a temperatura baixa do corpo.


"Ele ainda está muito gelado... O que eu faço? Droga...”


Se esgueirou para perto de Naruto com a intenção de ajudá-lo, e esperava que o loiro não ficasse bravo depois, porém por hora o estado dele era mais importante. Foi com esse pensamento que Sasuke acolheu Naruto em seus braços de forma terna.


"Vamos Naruto, por favor, fique bem e-eu não sei o que vou fazer... " - pensou apertando-o mais em seus braços.


O Uchiha lembrou-se do ferimento na perna do Uzumaki e alarmado afastou um pouco o agasalho apenas para observar o local onde a calça estava rasgado, aliado em ver que já estava cicatrizado como se nunca houvesse sido perfurado por uma junção.


“Um problema a menos” pensou aliviado, cobrindo o loiro novamente.


Logo anoiteceu, a nevasca que se aproximava, chegou, cobrindo parcialmente a entrada da caverna, Sasuke observou o fenômeno aliviado por ter achado aquele local, eles estariam perdidos agora se não o tivesse. Naruto continuava desacordado, já não estava gelado, mas mesmo assim o Uchiha continuava abraçando seu corpo.

Tentava se convencer de que fazia isso apenas para aquecer ambos e não pelo medo que tinha de soltá-lo. Por mais que sentisse fome e desejasse preparar algo quente para quando o outro acordasse, não, ele preferia ficar assim agarrado ao corpo de Naruto.

Em seu inconsciente desejava que aquele momento durasse um pouco mais, era tão difícil ficar próximo ao loiro... Quando este acordasse tudo voltaria ao normal, por isso aproveitou para apertá-lo um pouco mais em seus braços sentindo a leve respiração deste contra seu pescoço, que era onde o rosto de Naruto estava apoiado.

Senti-lo respirar era o suficiente para se sentir aliviado.

Sasuke não conteve o impulso de afagar o rosto de Naruto resvalando os nós dos dedos sutilmente, se recordava perfeitamente da sensação de medo este que sentira duas vezes em toda vida.

Quando seu mundo caiu, ao encontrar os pais mortos... E quando pensou que perderia o loiro.


"Por que fez isso? Eu não pedi pra ser salvo" se recordou de como o loiro gritara, ele havia pulado em sua frente o protegendo do golpe de Haku, sabia que era uma armadilha..."Eu não sei, o meu corpo de moveu sozinho".


– S'...suke...


Não esperava por aquilo, estava tão distraído que sequer percebeu o despertar de Naruto, este começou a se remexer em seus braços murmurando algo que não conseguia compreender.


– Ei, você tá bem? - perguntou verdadeiramente preocupado.

– Hum... Sede – murmurou sentindo a garganta arranhar, precisa muito de água.

–Espera só um pouco, eu vou pegar água.


Sasuke se levantou, deixando o loiro encostado na parede da caverna, foi até onde havia deixado o equipamento ninja de ambos e pegou o cantil com água, retornou até onde Naruto estava e abaixou-se novamente ajudando-o a saciar a sede.


-Onde nós estamos? - perguntou assim que se sentiu saciado.

-Em um lugar seguro, eu achei melhor passar a noite aqui do que vagando na neve.

– Entendo, a quanto tempo estou assim?

-Desde que subiu nas minhas costas, você lembra disso?


Naruto pareceu ponderar um pouco, acordou embalado em um gostoso abraço... Não se recordava de se sentir tão acolhido na vida, o mais engraçado é que quem fazia isso era... Sasuke.


-Acho que... eu lembro...


O ambiente se tornou pesado e silencioso, o Uchiha não conseguia pensar no que deveria falar, ele mesmo fugia do assunto. Iria aproveitar para preparar algo para comerem. Abriu as últimas duas latas de comida enlatada com uma kunai e as colocou próximas ao fogo aguardando a refeição ficar pronta.

Naruto observava tudo de onde estava, se sentia fraco e mal conseguia mover os braços direito. Ver Sasuke sendo tão atencioso e cuidadoso era algo inédito para si, tudo bem que essa não era a primeira vez que ele fazia coisas gentis para si, pensando bem o Uchiha estava sempre cuidando de si, saber que tinha alguém preocupado com o seu bem preencheu o coração do Uzumaki com uma estranha sensação de felicidade.

O moreno voltou para perto de Naruto com a comida, sentou à sua frente e lhe entregou a refeição, o Uzumaki tentou com toda a força que tinha se endireitar no chão, entretanto sentia os músculos doerem. Sasuke percebeu isso e prontamente apoiou a comida no chão para ajudar o loiro.


-Eu consigo fazer isso sozinho, teme – reclamou Naruto, irritado. Não queria que o outro pensasse que ele era fraco ou que não aguentava um simples ferimento de missão, afinal que tipo de ninja ele seria?

-Não seja teimoso – rebateu tentando entregar novamente a comida, as mãos do Uzumaki tremiam e ele sabia que se deixasse ele fazer aquilo sozinho iria derrubar tudo e ficar com fome - Daqui a pouco não tem mais nada para comer e aí sim vai ser um problema, deixa que eu te ajudo...


Mesmo a contragosto o loiro permitiu ser ajudado.


-Obrigado – agradeceu ao moreno, que apenas acenou com a cabeça.


O loiro devorava a refeição com gosto, sentindo um grande alívio com a sensação de algo quente descer pela garganta, estava tão... Frio. Agora que reparou, se estava tão frio, por que Sasuke estava sem seu agasalho?

-Ei, por que está assim?

-Assim como?

-Como? Você não tá com frio? Cadê seu agasalho?


Sasuke olhou para o companheiro, ele era realmente distraído.


-Eu cobri você com ele, ou não reparou?

Naruto parou tentando processar o que estava ouvindo, digerir a informação de que Sasuke estava passando frio para manter ele aquecido de repente fez seu coração apertar, ele sempre fazia essas coisas, só não entendia o motivo!

Foi a mesma coisa no exame chunin... Quando tentou entregar o pergaminho, no começo não havia entendido por que ele estava desistindo tão fácil... Ou quando enfrentou Gaara no ataque a Konoha, Sasuke tinha a mania de chama-lo de idiota por suas atitudes impensadas, quando ele mesmo acaba fazendo o mesmo se for para proteger o time, se for para protegê-lo...

A cabeça de Naruto funcionava como as engrenagens de um relógio, chegando a suposição de que ele o achava fraco, e que por tanto ele havia de se sentir na obrigação de protege-lo, mas Naruto não queria ser protegido como um moleque medroso e indefeso, queria ser um ninja igualmente forte como Sasuke.


-Eu não vou aceitar...- Murmurou Naruto.


O Uchiha o encarou em plena confusão, como assim não iria aceitar? Será que ele havia ficado chateado com a situação, conhecendo Naruto, sabia que o loiro era orgulhoso demais para aceitar ajuda e se sentir dependente de outros, era irritante, mas igualmente admirável a força de vontade que o companheiro de equipe tinha... Isso chegava a mexer com ego de Sasuke, que muitas vezes se sentia mais fraco em relação a força que o ninja número um e cabeça oca parecia ter.

Chegava a invejar a maneira como Naruto podia lidar com as coisas, mesmo que na maior parte do tempo ele só faça idiotices tipicamente Narutescas, havia momentos em que o loiro tinha uma força inigualável, que parecia sair pelos poros do corpo dele e chegar ao seu lhe transmitindo forças também... Chegava a ser bizarro a maneira como enxergava Naruto agora, seja no campo de batalha, seja como companheiro de equipe, seja como amigo... Naruto mexia com seus instintos de forma surreal.


-Quer parar de agir como uma criança birrenta e aceitar a minha ajuda? - respondeu encarando as safiras, agora um tanto irritadas, não entendia como eles podiam sair de um momento de calmaria em apenas cinco minutos - Não tem problema nenhum em eu emprestar meu casaco pra você.

-Tem sim! Você tá achando que eu sou fraco?

-Como é teimoso, quem aqui tá te chamando de fraco, hein? - o moreno já estava começando a se sentir irritado com todo aquele drama.


Naruto não percebia o quão poderoso estava se tornando? Ele arriscou a própria vida para proteger Sakura, isso não o fazia fraco... Não entendia como o loiro não percebia a própria valentia.

Se o Uchiha pensava que iria aceitar aquilo de forma passiva, ah! Estava muito enganado. Decidido Naruto deslizou lentamente para perto do moreno, que acompanhou seus movimentos tentando entender o que ele faria, não é possível que quisesse brigar...

Nada poderia preparar Sasuke para aquilo. Arregalou os olhos, desacreditado prendeu a respiração, as mãos começaram a tremer e um arrepio se espalhou por seu corpo, Naruto havia sentado à sua frente, cobriu suas costas com um dos agasalhos e como se não bastasse ainda se deitou sob o seu peito e cobriu o próprio corpo com o outro.

Não sentia mais frio, estavam próximos a fogueira improvisada somada ao fato de que agora seus corpos estavam... Muito próximos, definitivamente não entendia a cabeça do Uzumaki.


-Se você pensa que eu vou assistir você passar frio, está muito enganado! Somos ninjas, estamos em uma missão e precisamos sobreviver, ou seja, precisamos agir como um time Sasuke, você e eu estamos sozinhos agora, precisamos nos unir e sair dessa... Juntos! E já que não vai querer o casaco de volta... Então eu mesmo vou esquentar você.

Sasuke iria protestar, mas não conseguia não se sentir feliz em saber que Naruto se preocupava consigo também, a relação deles era um tanto confusa. Ele dizia amar Sakura, mas o beijou na frente de todo mundo? Ele disse que não o suportava, mas chorou quando pensou que havia morrido e o segurou em seus braços. Não podia evitar, aqueles sentimentos todos o confundiam... Quando menos esperava...

Ficaram assim até a nevasca passar e o dia clarear, aproveitando em silêncio a companhia do outro.


Quando finalmente se viram livres daquele frio e daquela caverna tinham a certeza de que nunca mais esqueceriam aquela noite que passaram juntos.



Notas Finais


Gente, essa história faz parte de uma trilogia que faz sentido na minha cabeça, é isso mesmo, eu acabei criando uma trilogia de fanfic sem uma ordem exata, sendo elas: 


Sweet Dreams - não postada aqui, ainda.

Sob o Céu de Outono

Me ame até PARAR de Doer - não postada aqui, ainda.



7 сентября 2018 г. 6:31:18 0 Отчет Добавить 2
Прочтите следующую главу O que eu sou para você!

Прокомментируйте

Отправить!
Нет комментариев. Будьте первым!
~

Вы наслаждаетесь чтением?

У вас все ещё остались 1 главы в этой истории.
Чтобы продолжить, пожалуйста, зарегистрируйтесь или войдите. Бесплатно!

Войти через Facebook Войти через Twitter

или используйте обычную регистрационную форму