Короткий рассказ
14
5.1k ПРОСМОТРОВ
Завершено
reading time
AA Поделиться

A minha força é a minha maior fraqueza

* Naruto é um anime e não me pertence. Feito de fã para fãs sem fins lucrativos.

* As imagens usadas nessa fanfic não me pertencem. Foram retiradas do Google e editadas para servir de capa. Deixo os créditos aos devidos artistas.

* Feita sob as tags #QueroBiscoitoFNS #GincanaFNS
Item obrigatório: ser do universo ninja e fraqueza.

* Alguns fatos foram alterados porque eu quis.

* Feita também para o desafio ShinoKiba da comunidade ShinoKiba Yaoi Nyah sob a condição: date ruim onde o item obrigatório era dinheiro insuficiente.

***

Nunca diga que as coisas não podem piorar. Nunca, nunca, nunquinha mesmo. Shino sabia que, por experiência própria, as coisas sempre podiam ficar piores, mas naquele nível? Já era demais!

Sentia uma veia saltar na testa, o descontentamento correndo pelas veias da mesma forma que chakra corria por seu corpo alimentando os insetos.

− Estou indo embora. – anunciou.

− Eh... Shino...? – Kiba chamou baixinho, olhando para o melhor amigo, que dedicou-lhe um último olhar por trás das lentes escuras. – Será que pode pagar a conta? Esqueci minha carteira.

Aburame balançou a cabeça negativamente, sentindo-a latejar, e torceu para que os insetos estivessem se alimentando de seu cérebro ou para que estivesse tendo um princípio de AVC.

− Aqui. – limitou-se a dizer, jogando a quantia exata para pagar pelo churrasco sobre a mesa. Nada disse, embora o outro garoto seguisse o encarando com aquela cara de filhote sem dono.

− Que bicho mordeu ele? – Naruto perguntou, encarando o amigo enquanto devorava mais uma fatia do churrasco.

− Não faço nem ideia. – Encolheu os ombros em resposta, causando espasmos em Shino que poderiam muito bem ser um infarto, ou uma dirofilariose¹.

Não acreditava que Kiba podia ser tão tapado, mas, ah, ele podia.

X

Para compreender melhor essa história, precisamos voltar um pouco no tempo, mais precisamente, dois dias atrás quando, em um momento súbito de coragem, Aburame Shino havia decidido dizer a Kiba como se sentia.

− Gosto de você, Kiba. – dissera ele.

− Eu também gosto de você, Shino. – Inuzuka rebateu, os olhos ainda vidrados na tela da TV. Estava deitado no colo do amigo, assistindo a um filme de terror, quando ouviu as palavras derradeiras.

Shino, sabendo que aquilo não era o bastante, resolveu prosseguir:

− Gostaria de sair com você. – Fez uma pausa dramática. – Como em um encontro.

Kiba, que até então prestava atenção ao filme, finalmente teve a atenção captada pelas palavras do melhor amigo.

− Ehhh? Um encontro? – Arqueou as sobrancelhas. – Tipo... como namorados?

− Hn. – Shino concordou. – Acha que isso seria ruim?

Kiba pareceu pensativo a respeito. Depois da guerra, muitas pessoas pareceram compreender os verdadeiros sentimentos. Embora ele não tivesse passado por nenhuma situação realmente perigosa, conseguia compreender isso, pois Hinata quase havia morrido. Foi esse o pontapé inicial que permitiu que ela e Naruto começassem a sair. O mesmo aconteceu com Shikamaru e Neji, visto que o gênio Hyuuga quase havia perecido nas mãos do mesmo Pein que quase matara Hinata.

Para falar a verdade, Kiba sempre havia tido um fraco pelo melhor amigo. Como uma sensação de borburinho na boca do estômago que fazia parecer que borboletas batiam asas ali. Só que nunca havia se dado conta do que aquilo significava até então!

Claro, Shino havia sido o seu primeiro beijo – mas apenas uma experiência para saber como era e estar treinado para as garotas! – e costumavam tomar banho juntos nas termas, além de fazerem coisas típicas de um casal, como sempre comerem juntos, ver filmes e...

− Espera. – A mente de Inuzuka era meio lerda, precisava processar as coisas devagar. – A gente já não faz isso todas as vezes quando vamos ao Ichiraku? Quero dizer, não é como se fossemos um casal, mas...

− Não gostaria que fôssemos? – Shino pareceu quase ofendido e Kiba coçou a cabeça.

− Não é isso! – As coisas pareciam fazer sentido dessa forma, não é? Como nunca havia percebido antes? – Eu só... não estava preparado pra essa. Claro... claro que podemos sair em um encontro. Posso escolher o lugar?

Shino assentiu. Não era como se esperasse uma resposta positiva de Kiba, mas ficou feliz em saber que tinha chances. Não que se importasse em ser reservado, mas todas as pessoas de Konoha já sabiam que eram um casal, por que não assumir isso de vez?

− Tudo bem, peço pro Akamaru te entregar a mensagem depois. Preciso ir agora! – Kiba levantou-se e preparou-se para ir embora, mas logo retornou, roubando um beijo rápido de Shino. – Pra dar sorte. – piscou.

Ah, Inuzuka Kiba era mesmo sua kryptonita.

X

Shino estranhou quando Kiba escolheu o churrasco como local do encontro deles. O cheiro da fumaça não o agradava, tampouco o gosto forte da comida que incomodava seus insetos hospedeiros, mas decidiu não dizer a respeito, pois não queria magoar o outro por uma escolha que não o agradava muito. Além disso, podia procurar algo mais leve para si no cardápio ou ficaria apenas no chá verde.

Chegou no horário combinado por Kiba sem estranhar o atraso do melhor amigo. Pontualidade não era um dos fortes dele nem mesmo na época da Academia Ninja.

Pediu um chá gelado para si enquanto aguardava a chegada dele. Não havia se vestido diferente do habitual, exceto pelo tom de azul marinho do casaco de gola alta que lhe dava um ar mais refinado e elegante.

Quando Kiba o avistou, acenou alegremente aproximando-se de Shino. Pensou se deveria beijá-lo em público ou não e optou por não fazê-lo. E se acabasse constrangendo Shino daquele jeito? E se virassem o centro das atenções? Sabia o quanto ele odiava isso.

− Yo. – cumprimentou-o com o sorriso característico, sentando-se de frente para ele. – Já fez o pedido?

Aburame acenou com a cabeça. Pela demora e pelo dia cheio, já havia pedido o favorito de Kiba: filé mignon mal passado.

− Deve estar chegando. – murmurou em resposta.

− Yo, Kiba! Shino! Tudo bem se eu me sentar um pouco? – A voz alegre de Naruto se fez presente, e ele enlaçou o ombro de Kiba, sentando-se de frente para Shino. – Não imaginei que vocês vinham muito aqui, tudo bem com vocês?

A expressão de Shino fechou-se imediatamente – tanto pelo contato íntimo de Naruto quanto pela impertinência de aproximar-se sem ser convidado.

− Acho que é a primeira vez que venho aqui com Shino depois de nos tornarmos chuunins. – Kiba respondeu com um sorriso largo no rosto.

– E a Hinata? – Shino fez questão de perguntar, sem ocultar o descontentamento.

− Ocupada com os deveres do clã hoje. – Naruto fez um muxoxo. – Sabe como é, o pai dela pega pesado, e não tem sido muito amistoso com nosso namoro, mas estou me esforçando pra mostrar serviço! – Sorriu largo. – Amanhã vou buscá-la para irmos até o Ichiraku! Está tudo bem, cara? – O loiro questionou Shino, momento no qual o grande filé mignon de Kiba chegou. – Oooh! Isso tá com uma cara ótima!

− É meu favorito! – Kiba pareceu animado, servindo-se de uma larga fatia. – Quer um pouco?

− Nossa, bateu uma fome! Vou aceitar sim! Traz mais um prato! – pediu para o garçom que, solicito, retirou-se, trazendo o prato pouco tempo depois.

Aos poucos, uma conversa animada começou entre Kiba e Naruto, deixando Shino completamente de escanteio...

X

O que nos leva ao momento atual, no qual Inuzuka Kiba permanecia sem saber o que havia acontecido.

− Ele parecia meio pra baixo mesmo, eu atrapalhei alguma coisa? – Naruto perguntou, encarando o amigo enquanto caminhavam pelas ruas de Konoha.

− Não, eu...ai, caralho! Eu sou mesmo muito burro! – Kiba espalmou uma das mãos contra a testa.

− Isso não é segredo pra ninguém. – Naruto deu um risinho.

− Cala boca, seu maldito! Era o nosso primeiro encontro, mas vi você e esqueci completamente! Que mancada!

Naruto arqueou as sobrancelhas.

− Primeiro encontro? Mas vocês já não eram um casal?

Kiba corou até as pontinhas das orelhas!

− Não! – exclamou – Quero dizer, a gente fazia coisas de casal, mas... ahhhh! Não importa agora. O Shino me chamou pra um encontro, disse que gostava de mim, e eu estraguei tudo! O que eu faço agora, Naruto?

− Ihh, cara, você pisou feio na bola. – Uzumaki colocou as mãos no bolso.

− Me ajuda, vai! Não gosto de ficar brigado com o Shino! – implorou.

− Quando Hinata fica brava comigo, lhe dou flores. Lírios são os seus favoritos. Por que você não tenta algo assim já que agora são um casal?

− Flores? Pra um homem? – Kiba pareceu resignado.

− É, ué. Eu gosto de girassóis. – Sorriu.

Já estava cagado mesmo. O que era mais um peido no meio de tanta merda?

X

Shino estava emburrado em casa, desacreditado na situação que havia passado. Como Kiba podia ter a cara de pau de sair com ele em um encontro, convidar Naruto para comer, e ainda pedir para ele pagar a conta?!

Respirou fundo. Precisou tomar um banho longo para tirar o cheiro de fumaça e agora tudo o que vestia era um roupão, momento no qual ouviu a campainha de sua casa tocar.

Imediatamente, colocou os óculos escuros e encaminhou-se para a porta, abrindo-a, deparando-se com flores imensas que ocultavam a cara de filhote arrependido de Inuzuka Kiba.

− Será que eu posso entrar? Tá frio pra caralho aqui fora.

Shino suspirou pesadamente, dando passagem para ele.

− São pra você, Ino quem escolheu. – Kiba entregou o buquê de cerejeiras. – Ela me disse que significam amor, felicidade, renovação e esperança. E eu ainda tô com esperança de que você me aceite e me perdoe por ser um idiota completo!

Qualquer resquício de raiva que Aburame pudesse ter esvaiu-se ao ver o biquinho que Kiba fazia.

− Obrigado, vou colocar em um vaso. – Shino pegou o buquê, caminhando na direção da cozinha. Kiba o seguiu com o olhar, indo até a sala, e vendo-o acomodar as flores em um recipiente com água.

Shino viu que ainda havia um embrulho em formato de coração nas mãos de Kiba.

− O que é isso? – Arriscou perguntar.

− A-ah... – Ainda corado, Kiba estendeu o pacote para Shino. – É para você.

Sentindo-se mimado, começou a desembrulhar o papel de seda azul clarinho com cuidado até Kiba perder a paciência e picotar todinho.

− Não vai comer a embalagem, porra! – Afoito como era, esperou ao menos que Shino abrisse a caixa vendo bombons artesanais provavelmente comprados em alguma doceria local.

Shino não era grande fã de chocolates, mas decidiu comer mesmo assim.

− Pode pegar também. – Estendeu para Kiba.

− Sério? Eu to com fome pra caralho! Naruto comeu a metade do meu bife e—

Shino calou-o com um beijo que fez Kiba corar até a raiz dos cabelos! O gosto do chocolate espalhou-se por sua boca enquanto aprofundava o contato, as mãos se fechando sobre o roupão que deixava exposto o tórax de Aburame. As línguas se tocaram como velhas conhecidas, o sabor do doce tornando tudo ainda melhor. Quando afastou-se, ainda um pouco desnorteado, observou o sorriso vitorioso do amigo.

− Estamos bem então?

− Acredito que podemos terminar essa conversa lá em cima. Estou sozinho hoje. – Shino sugeriu, mordiscando-lhe a orelha.

− Hmm, parece bom. – Kiba sorriu, mas antes que Shino o beijasse novamente, recostou o indicador sobre seus lábios. – Como isso nos deixa?

− Com o pior melhor primeiro encontro de todos se me deixar te beijar agora.

Sem perder tempo, Kiba beijou Shino enquanto se encaminhavam para o andar de cima.

É, Kiba era mesmo sua maior fraqueza – a sua kryptonita.

¹ - Antropozoonose, ou seja, passa para o homem, através do inseto vetor que carrega a doença ao picar um cão acometido pela mesma doença. Popularmente conhecida como verme do coração.

Notas:

A kryptonita faz alusão ao superman, cuja essa é a maior fraqueza que ele possui, pois o Shino sempre acaba cedendo ao Kiba, não importa a kibice que ele cometa!

Infelizmente, atolada de desafios como ando, e sem tempo pra nada, tive que colocar dois desafios em um, mas juro que foi feito com carinho!

Espero que gostem!

21 августа 2018 г. 21:59:32 2 Отчет Добавить 7
Конец

Об авторе

Ariane Munhoz Dona de mim, escritora, louca dos pássaros, veterinária e mãe dos Inuzuka. Já ouviram a palavra Shiba hoje?

Прокомментируйте

Отправить!
Asakura Yumi Asakura Yumi
ShiBa feito pela melhor escritora desse shipp, quero mais o que? Pode escrever para 50 desafios diferentes na mesma história, sempre vai ficar ótimo! Essa fic toda fofinha, leve e engraçadinha encerrou a minha noite com chave de ouro. Estou suspirando e feliz por Shino sempre ceder as Kibices de Kiba! <3 Beijos, A.S.
28 августа 2018 г. 22:33:03

  • Ariane Munhoz Ariane Munhoz
    Caraca chegar aqui e ler um elogio desses ja deixa meu ego nas alturas! Feliz demais que você gostou dessa fic, e pode ter certeza que outras de outros desafios virão! 31 августа 2018 г. 17:44:55
~