Depois da Aula Подписаться

EnmaUchiMaki May UU

Como tudo na vida deles, esse amor começou com um castigo Pois eu preciso de você E eu sinto a sua falta Agora eu pergunto Se eu caísse do céu Você acha que Eu me perderia no tempo? Pois você sabe que eu andaria mil milhas Se eu pudesse apenas te ver... Esta noite A Thousand Miles - Vanessa Carlton


Фанфик Аниме/Манга 18+.

#lemon #naruto #sasuke #narusasu #sasunaru #sakura #shiita #ua #sakuino #ino
7
5398 ПРОСМОТРОВ
Завершено
reading time
AA Поделиться

Tinha que ser você!

Notas do Autor


É isso quem já viu essa história por aqui não ta ficando louco, é a minha antiga oneshot que eu retirei para reescrever e ficou enorme de grande, por tanto eu dividi em três capítulos, espero que vocês gostem <3

Fanfic betada por Akuma_Lia


- Hum Teme – gemeu ao ser deliciosamente penetrado por um moreno, alto, estonteante e de tirar o fôlego.

- Eu acho bom você gemer mais baixo dobe, ou todos vão nos escutar – grunhiu mordendo os lábios ao sentir seu membro ser esmagado pelo ânus apertado do loiro, tentando conter os gemidos – Porra! Esse rabo apertado. Eu sempre fodo ele e continua assim, delicioso.

Este é Sasuke Uchiha, capitão do time de futebol, no momento estava no vestiário do time e assim que o jogo terminou esperou todos deixarem o local para satisfazer seus desejos, aquilo já havia virado um ritual para ele: jogar, tomar banho e foder o capitão do time de basquete Naruto Uzumaki, um loiro gostoso e com um corpo de tirar o fôlego.

- M-mais forte, mete mais forte – o loiro apoiou as mãos na parede do banheiro, enquanto a água do chuveiro caia e molhava seus cabelos, empinou o traseiro e separou mais as pernas para facilitar a penetração – Me come... Ahn – o menino mordeu os lábios para tentar conter o grito ao ter os cabelos puxados para trás onde Sasuke se inclinou para morder e marcar seu território.


~~~~~~~~~~~~x~~x~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~x~~x~~~~~~~~~~~~

Antes...


- Separem esses dois – gritou Kakashi o professor de matemática – Vocês dois... Vivem brigando feito gato e cachorro é sempre a mesma coisa, parece que estão no primário.

- Esse bastardo que sempre começa a encrenca comigo – rosnou Naruto, apertando os punhos.

- Por que você sempre fica no meu caminho, Usuratonkachi...

- Eu não quero saber quem começou! Os dois estão de castigo e vão pegar detenção depois da aula. Quero a biblioteca da escola brilhando em duas semanas.

- Mas o que? – gritou Sasuke que se encontrava todo despenteado e com alguns botões da camisa aberta.

- Eu não vou dividir o mesmo ar que esse bastardo – retrucou Naruto que se encontrava em igual estado, sujo e desgrenhado.

- Vocês vão! A menos que queiram ganhar suspensão e passar as férias fazendo recuperação, o que aliás vai ser muito feio para ambos já que são capitães de suas determinadas equipes e deveriam servir de exemplo – bradou o professor muito irritado pela postura dos alunos.

Essa não era a primeira briga que tinham e na verdade eram conhecidos por sempre brigarem e discutirem na escola desde que se conheceram no primeiro ano, não importa onde estivessem, uma simples esbarrada no corredor da escola era motivo de discórdia.

- Espero vocês no fim do período de aulas pra começarem a sua detenção, não se atrasem e não cabulem, não terei dó de vocês!


~~xx~~


- Eu não acredito que estou preso com você por duas semanas, Teme! – falou o loiro emburrado coçando o cabelo irritado – eu vou morrer, espero que a sua doença não seja contagiosa, se não logo estarei andando com o nariz empinado, com uma gangue de babacas atrás de mim e me achando o todo "foderoso" – resmungou Naruto limpando uma prateleira de livros empoeirados com um mal humor que poderia ser sentido a quilômetros.

- Hum? Eu não acredito que eu estou preso com você aqui, poderia estar fazendo qualquer outra coisa. Poderia estar com alguém mais interessante, mas estou com um loiro babaca, escandaloso e sem graça.

- Loiro babaca é seu passado, seu egocêntrico prepotente - bradou - Saiba que eu também tenho coisas muito mais interessantes que fazer do que passar meu precioso tempo aqui com você – rebateu se irritando novamente

- Como o que? Com os amiguinhos igualmente trogloditas que nem você? – sorriu de forma sarcástica - brincar de lutinha e se fantasiar que nem uma criança? Quanta diversão...

- Se chama cosplay... E minha vida pessoal não é da sua conta, adota um gato se está com falta de vida pra cuidar – rebateu - você é ridículo, não sei o que as meninas veem de tão interessante em você...

- Ridículo, é? Será que a Sakura concorda com isso? Aposto como adoraria estar no meu lugar.

- Eu? Prefiro morrer a ter essa sua cara azeda - declarou - Sakura merecia estar com alguém melhor que você

- Então que bom que ela não 'tá com você.

Estava varrendo o chão para retirar o pó que caiu da prateleira que limpava anteriormente, largou a vassoura de qualquer jeito e se aproximou raivoso, queria destruir a cara perfeita do Uchiha para lhe ensinar uma boa lição...

O problema foi quando a vassoura derrubou o balde de água e sabão no chão e logo o Uzumaki se viu escorregando e teria se machucado feio, pois ao se desequilibrar tentou apoiar-se na estante e viu alguns livros mal posicionados caírem, fechou os olhos e esperou o baque, ao em vez disso sentiu um puxão na sua mão e logo estava caído em cima de algo, ou melhor, alguém. Ao abrir os olhos se encontrou no chão em cima de Sasuke, este estava com a roupa toda molhada pela água e sangue escorria por sua face, um filete na testa e outro na boca

- S... Sasuke... Ei abre os olhos – o loiro se desesperou já que o Uchiha não respondia então tocou delicadamente seu rosto.

Logo viu os orbes se abrirem e as ônix foram direcionadas às safiras que brilhavam em clara preocupação, ficaram assim se encarando em silêncio por um bom tempo com o loiro em cima do moreno.

- Você se machucou?

Por mais que brigassem sempre de certa forma era pura provocação e era assim que os dois se comunicavam, nunca tentaram se ferir pra valer, o líder do time de futebol não conseguia explicar como conseguiu agir tão rápido e nem entendia os sentimentos que o motivaram a isso, só tentou manter o restante do orgulho que lhe restava, por mais que não conseguisse pensar em uma forma de parecer frio quando claramente havia demonstrado preocupação.

- N-não, você... Você me... Salvou – corou ainda mantendo o contato visual, safiras e ônix simplesmente não conseguiam desviar o olhar - Por que você fez isso? Podia se machucar também, v-você tá sangrando...

- Hum

Observava pela primeira vez de perto o quanto Naruto era... Era o que? O que estava pensando afinal? Como aquele menino era bonito, com feições angelicais e traços fortes, as marcas de nascença na bochecha o deixavam tão diferente do comum, ele era único

- Eu não sei o meu corpo se moveu sozinho, foi mais rápido eu não pensei só agi. .

Com a ajuda de Naruto o moreno se levantou, estava com a cabeça doendo e se fosse só ela seria ótimo, mas o queixo doía a testa também e o mais estranho era que simplesmente não se arrependia de nada, poderia dizer que faria aquilo novamente se fosse necessário.

O líder do time de basquete levou o Uchiha até a enfermaria que por conta do horário estava vazia, então colocou o moreno sentado na maca para poder lavar as mãos e o rosto, depois pegou a caixa de primeiros socorros e se aproximou do mesmo que o observava silencioso como sempre. O Uzumaki limpou o ferimento dos lábios, assim como o da testa e mais um que havia no cotovelo para logo envolver com um curativo, verificou também se este não havia torcido o tornozelo e por pura sorte não, seria muito desagradável para o time de futebol ter seu capitão fora de jogo.

-Toma isso aqui, vai aliviar a dor – entregou um analgésico e um copo com água para o Uchiha.

- Hum – tomou o remédio e permaneceu encarando o loiro atentamente os movimentos um tanto quanto... Cuidadosos? Ele estava sendo gentil? Não podia ser tudo por causa de um mero machucado como aquele, isso quer dizer que ele se importava?

- Bom, já está tarde, pode ficar com a minha roupa já que a sua está toda molhada e por minha culpa, consegue ir pra sua casa sozinho?

- Claro que consigo, foi só um susto, eu não estou morrendo.

- Nossa, quanta gratidão por eu ter ajudado hein, Teme.

- Eu já agradeci e caso tenha esquecido isso só aconteceu porque um certo alguém queria encrenca mesmo depois de termos pego detenção - o moreno levantou-se da maca e pegou a mochila, que Naruto também havia carregado para si.

- Mas como você é chato, a gente estava bem até agora, qual é o seu problema? Aff!

O loiro saiu batendo a porta e levemente irritado pela atitude arisca do moreno, estavam indo tão bem, ele havia se mostrado como uma outra pessoa com outro lado além da arrogância e expressões que nunca havia visto, parecia até outra pessoa...


"Quem é Sasuke Uchiha?"


E então o líder do time de basquete se viu interessado em desvendar o enigma que era o outro.

Sasuke ficou para trás vendo Naruto se afastar aparentemente irritado, os cuidados dedicados a si o intrigavam...


~~xx~~


Refeitório


Naruto está com os meninos do basquete em sua mesa durante o almoço, cheio de palhaçadas e zoações, principalmente para com o capitão.

Naruto estava distraído e sua mente o levava para o dia anterior, quando Sasuke se machucou na biblioteca, nem ele mesmo sabia que podia se preocupar tanto com alguém, principalmente o Uchiha. Claro que se fosse um de seus amigos lugar teria feito a mesma coisa! O.k. Talvez não com tantos olhares.

Seus pensamentos foram interrompidos por Kiba, que empurrou seu braço para mostrar que Sakura estava entrando no refeitório, e ela estava linda como sempre. Quando seria o dia em que ela aceitaria sair consigo?

Sentiu Kiba lhe empurrar, e como tinha a mania de se sentar em cima da mesa acabou caindo de frente para Sakura, quase derrubando a garota.

- D-desculpe, Sakura – Naruto estava completamente vermelho e gaguejando – Tudo bem com você? - coçou os fios da nuca.

- Aí Naruto, que susto! - ela deu um sorriso - Você é muito estabanado! Tem que tomar mais cuidado, estou bem sim, e você? Se machucou?

- Não. Eu... Eu tô bem...

"Droga! Por que é tão difícil falar com ela? Até conversar com Sasuke é mais fácil" - Naruto pensou frustrado.

- Que bom, bem vou indo nessa – voltou a andar – Sasuke está me esperando...

- Ah! Diga ao Teme que não ouse ir embora – disse se ajeitando – Afinal, eu não irei limpar a biblioteca sozinho quando ele quem foi o culpado!

- Certo, direi sim.


~~xx~~


- Sasuke-kun, dá o cano nele vai... – disse Sakura uma bela garota de cabelos róseos e olhos verdes esmeralda, muito inteligente e integrante do clube de enfermagem.

- Sakura, quantas vezes tenho que pedir pra parar de me chamar assim? Detesto isso! E eu não quero ser suspenso, aquele Dobe não vai segurar a língua antes de me dedurar e eu tenho um campeonato se aproximando preciso treinar com o time.

- Mas fez tanto tempo que não transamos – tentou se aproximar do moreno para abraçá-lo, mas foi prontamente repelida.

- Você tem outras opções...

- É verdade, talvez eu deva dar pro Naruto... Ele tem cara de que sabe chupar uma mulher – a rosada tentava provocar ciúme no Uchiha, na esperança de obter a atenção que desejava, mas ainda assim só obteve um “Hum” costumeiro como resposta – qual é Sasuke? O que tá acontecendo com você?

Sakura estava mais que frustrada! Por isso estava insistindo tanto no Uchiha, afinal, ao menos com ele teria um sexo bom garantido. Os ditos "pegadores" não conseguiam sequer achar seu clitóris e isso a deixava frustrada.

- Não estou com vontade. Você deveria selecionar melhor seus parceiros... Aliás eu tô sabendo que a Ino tá afim de você, porque não vai falar com ela? - sugeriu o moreno olhando para uma loira sentada em outra mesa.

Esta era líder de torcida e uma das mais belas garotas da escola, além de ser amiga de infância da rosada. Ambos tinham um acordo de sexo sem compromisso, apenas prazer, entretanto o Uchiha já estava sem interesse em continuar mantendo aquele tipo de relação com a garota.

- E-eu não sou lésbica, Sasuke, você sabe disso.

- E eu não sou gay e mesmo assim eu transei com o Suigetsu, sabe existem outras sexualidades além de gay e hétero. Experimenta, vai que você gosta. Ino gosta de você também, sabe? – dito isso o moreno se levantou da mesa e caminhou para fora do refeitório com as mãos no bolso.

A verdade é que já havia um tempo que o moreno começava a se incomodar com as máscaras e as aparências, todo mundo achava que ele era o maior pegador, quando a verdade era o completo oposto. A única menina com quem havia transado na vida foi Sakura, por pura curiosidade apenas. Depois conheceu Suigetsu e sentiu atração por ele e experimentou o sexo, havia gostado daquilo e consequentemente procurado mais experiências com o amigo até este começar a namorar com Karin.

Já havia percebido que gostava mais de meninos que meninas, mas também percebeu que seus sonhos eram sempre visitados por alguém específico, este alguém que sempre aparecia com três risquinhos de cada lado da bochecha, com madeixas cor de sol e olhos cor de céu.


~~xx~~


- HÁ! Olha o perdedor do time de basquete – um garoto aparentemente mais velho, de cabelos grisalhos e penteados para trás se aproximava acompanhado por outro de longos cabelos loiros que demonstrava pouco ou nenhum interesse na situação, esses eram Hidan e Deidara.

- Vamos logo Hidan, o meu Danna tá esperando – resmungou o loiro para o grisalho.

- Ah, logo você vai estar dando o rabo pro seu "Danna", para de reclamar Deidara! - Hidan olhou novamente para o líder do time de basquete e ele como um dos membros do time de vôlei não perderia a oportunidade de implicar.

- O perdedor aqui não sou eu não, Hidan - rebateu - Não posso fazer nada se tú não é bom de bola – Naruto olhava nos olhos do grisalho em um desafio mudo, havia muito tempo que o time de basquete e o de vôlei tinham uma rixa competitiva acirrada.

- Bom de bola? Disse o "líder dos cinco minutos" – Hidan gargalhou ao tocar no ponto fraco do Uzumaki

Semana passada havia ocorrido uma partida de basquete com outro colégio, esse jogo valia uma vaga na final e por sua culpa o time fora desclassificado, nos últimos cinco minutos Naruto errou a cesta e lançou a bola para fora, no desespero de marcar um ponto, dando a chance do adversário tomar a bola e marcar o ponto da virada, ser o capitão do time é ter responsabilidade com o mesmo, e Naruto se sentia magoado por ter perdido a vaga que eles batalharam tanto para conquistar.

- Hidan, eu não vou separar a briga se ele resolver te bater, tá? - Deidara ouviu o celular tocar no bolso de trás e o pegou prontamente - "Alô? Danna eu tô indo, é que o Hidan tá querendo marcar território, sabe como ele é... ahn meu amor eu tô indo" Hidan é o seguinte eu vou indo na frente, o Danna está de carro e disse que o Kakuzu está com uma carranca enorme é melhor você se apressar - Deidara saiu apressado pelo corredor carregando o material do clube de artes com cuidado.

- Aff é foda! Espera aí. Ei perdedor, boa sorte no rebaixamento – o platinado saiu correndo apressado atrás do amigo deixando um Uzumaki irritado para trás.

Naruto apertou os punhos na mão sentindo os nós dos dedos ficarem brancos tamanha força empregada, seguiu pisando duro até a biblioteca onde a encontrou vazia.

"ótimo aquele bastardo ainda me deu o cano, vai me deixar aqui sozinho... eu não preciso dele mesmo, e-eu não preciso..." - pensou

O loiro que vinha segurando para não desmoronar em um local onde pudesse ser visto, mas ali protegido pelas estantes e pelos livros empoeirados o menino permitiu-se escorregar até o chão, abraçar os joelhos e chorar baixinho com a cabeça escondida entre os joelhos.

"Se não tivesse se desesperado estaria na final com o time... Por que tenho que ser tão idiota?"

A porta da biblioteca foi aberta sem que o loiro percebesse. Sasuke havia se atrasado por conta da reunião do time e não poderia estar mais surpreso ao ver Naruto chorando todo encolhido no chão, sentiu o peito apertar já que nunca havia visto o Uzumaki tão frágil assim. Não sabia se saia ou se aproximava e sem que pudesse se controlar suas pernas o guiaram até onde o outro estava onde se abaixou e pousou a mão nas madeixas loiras... como eram macias.

- Naruto? - se assustou por não ter percebido a aproximação do Uchiha.

Levantou o rosto para encarar a face do outro e logo seus olhos se encontraram, não pode conter a irritação ao pensar que este iria tirar sarro de si por estar chorando e isso fez com que o afastasse de si.

- O que você quer? Veio rir de mim, por acaso? - o loiro se levantou do chão rapidamente para encarar o outro, mas este não parecia estar debochando de si.

- Calma... Eu vim aqui cumprir minha detenção, me atrasei por causa da reunião do time e quando cheguei você estava assim... Eu pensei que pudesse estar passando mal, não queria te assustar.

- Agora sabe que eu não 'tô passando mal, me deixa em paz – Naruto marchou para o fundo da biblioteca, onde ficou sozinho e calado até o fim da detenção.

Já estava se preparando para pegar suas coisas e ir embora quando foi surpreendido por Sasuke novamente. Este havia trazido dois refrigerantes geladinho então sentou e se encostou em uma das estantes de livros, convidando para que o loiro o acompanhasse e fizesse o mesmo

- Não precisava ter comprado isso pra mim.

- Eu sei, mesmo assim eu comprei, agora senta ai – abriu a latinha que havia pegado para si e aguardou que Naruto fizesse o mesmo, eles tomaram o refrigerante em silêncio até que o moreno tivesse coragem de perguntar – o que houve com você?

- Por que você pergunta? Se importa com o "Dobe" agora? - respondeu sem olhar para o Uchiha.

- Só quero saber... Te ver chorar não é algo comum, você é extremamente extrovertido e animado, fala pelos cotovelos com qualquer um e definitivamente não dá pra não te notar.

Sasuke estava passando por cima do seu orgulho naquele momento, estava sendo uma tarefa um tanto difícil já que ele nunca se permitia isso, mas sua máscara nunca se aplicou ao Uzumaki, não entendia o motivo, mas não conseguia ser indiferente a ele, podia ignorar qualquer um menos ele. Isso o irritava, Naruto conseguia mexer consigo de tal maneira que nenhuma fachada se sustentava, o loiro conseguia trazer para fora sua verdadeira essência.

- Tá prestando atenção em mim agora é? - Naruto ainda mantinha uma postura defensiva, pois não sabia se aquilo tudo era apenas uma encenação.

Ver o moreno dessa forma o fazia parecer até outra pessoa o que fazia Naruto se perguntar novamente "quem era Sasuke?".

- Tem como não prestar? Dá pra ouvir você rindo e conversando do outro lado do refeitório, você sempre é espalhafatoso pra chegar na sala também. Não sei como alguém pode ter bom humor de manhã...

- Você está me insultando? Porque se for isso eu juro que derramo esse refri na sua cabeça.

- Ah! Dobe, eu não me daria o trabalho de sentar do seu lado pra te insultar – olhou de canto para o outro menino e ergueu o canto do lábio, isso era praticamente um sorriso.

Naruto encarou aquela expressão abismado, não era todo dia que se via o todo poderoso Uchiha sorrir, se viu preso naquela expressão e deixou que os muros caíssem por fim, era bom ter alguém para conversar.

- Estou triste porque meu time foi desclassificado, tudo por minha culpa. Se eu tivesse passado a bola pro Kiba ele teria marcado, mas eu fiquei desesperado não sou muito bom em controlar emoções, eu queria levar todos nós pra final e acabei estragando tudo como... Como sempre, eu sou um idiota. Me desculpa ter sido rude com você, pensei que fosse me zoar também.

- Naruto Uzumaki sofrendo por um motivo tão besta é realmente preocupante – o moreno percebeu o momento em que o loiro se exaltou, mas prosseguiu sem permitir que ele lhe interrompesse - Você não é do tipo que se importa com o que os outros pensam e nem com o que dizem de você, sempre me passou segurança e confiança, sempre revidou as minhas provocações sem se abalar, porque se importa agora? - percebeu que o loiro havia se desarmado mais um vez, permaneceu sem fala por alguns minutos até encarando a expressão do moreno.

- Eu não me importo, é só que eu fiquei triste pelo time, se fosse só comigo... Quando é só comigo eu não me importo, mas era um time sabe? Nós treinamos tanto, nos esforçamos tanto e agora...

- Quando jogamos, a vitória depende de um trabalho em equipe não é por você ser o capitão que tudo tem que depender de você, assim como perder não é culpa sua... O time perdeu, é só se esforçar e tentar de novo ano que vem. Você é bom, se esforça e é dedicado é a combinação do sucesso – Sasuke virou-se para encarar Naruto e a expressão deste foi a coisa mais bonita que já havia visto em seu dia, se pegou pensando no motivo de não ter falado antes com o loiro assim, era muito agradável.

Ambos saíram da biblioteca e foram pegar o material para ir pra casa, nesse dia eles foram juntos pela primeira vez e conversando.

A mente do Uchiha o levou de volta ao ano anterior, no terceiro dia de aula eles onde tiveram seu primeiro confronto já haviam decidido que não se suportavam, mas... Por que estavam brigando mesmo? Ele não se recordava, sempre havia um motivo fútil só se lembrava do momento em que sentiu os lábios dele encostarem nos seus, foi tão rápido e mesmo assim provocou tantas sensações em si. A Verdade é que desde então procurava motivos para ter aqueles olhos tão azuis voltados para si novamente.


...


Flashback


Naruto tinha um bico preso nos lábios.


Já fazia três dias que sua rotina escolar tinha virado de cabeça para baixo, antes ele podia ir para escola e passar o dia admirando Sakura, as vezes até ganhando um 'oi' da menina, o que o fazia suspirar pelos corredores, mas foi só ele chegar para que tudo fosse por água a baixo.

Sasuke Uchiha, entrou para o colégio agora e já arranca suspiros por onde passa. Francamente, Naruto não sabia o que elas viam de tão interessante.

Ele havia reparado no moreno, ele fazia o tipo metidão, todo calado e mais parecia um gesso do que uma pessoa. Ele nem reparava nelas, só fazia o tipo desinteressado e isso atiçava um instinto de curiosidade em Naruto.

Obvio que não foi preciso muito para que ambos começassem a discuti, bastou que estivessem em um momento de tensão na educação física e os hormônios da adolescência fizessem o seu trabalho.


"Olha aqui, você pode se achar muito bom e pá, mas eu sou o capitão desse time, então fique no seu lugar"

"Belo capitão! Você é só um fominha de bola, isso que você é!"

"Eu vou quebrar a sua cara Teme"

"Pois pode vir tentar, Usuratonkatchi"


Naruto fora sedento em direção ao moreno, com a intenção de acertar um belo soco naquele rostinho tão bonito, porém acabou tropeçando em seus próprios pés e de um momento para o outro estavam caídos na quadra, com o loiro sob o moreno, cobrindo sua boca com a dele, a surpresa foi tão grande que durante alguns segundos não sabiam como reagir até perceberem o rebuliço que se formou ao redor.


...


"Eles dois estão se beijando? Mas eles não iam brigar? Essa modernidade..." - anunciou Sai, com o costumeiro ar de cinismo.

No instante seguinte Sasuke empurrou Naruto de cima de si, e levantou-se.

"Eu vou morrer! Minha boca tá apodrecendo, Dobe. Por que me beijou?"

"Eu não beijei você, jamais iria beijar alguém como você, seu babaca!"


Fim do Flashback


Se alguém dissesse a Sasuke que aquele leve toque provocaria uma série de conflitos interpessoais sobre quem ele realmente era, iria tomar o devido cuidado de ficar o mais longe possível do tal Uzumaki, entretanto sem pedir licença o menino entrou em sua cabeça e provocou uma série de questionamentos dos quais nunca incomodaram o moreno.


____

Notas Finais


É isso ai, espero que tenham gostado e se gostaram de ler façam um agradinho pra autora e comentem <3 eu ADORO receber comentários cheios de amor.

Curtam a página que fiz no facebook junto com a minha esposa "A Aliança UchiMaki"

Aqui vocês vão acompanhar a atualização das fanfics e coisinhar a mais <3

KISSUS <3
18 августа 2018 г. 5:20:10 0 Отчет Добавить 2
Прочтите следующую главу Complete "Eu Te..."

Прокомментируйте

Отправить!
Нет комментариев. Будьте первым!
~

Вы наслаждаетесь чтением?

У вас все ещё остались 4 главы в этой истории.
Чтобы продолжить, пожалуйста, зарегистрируйтесь или войдите. Бесплатно!

Войти через Facebook Войти через Twitter

или используйте обычную регистрационную форму