shenpai-san Sheyla Silva

Naruto só precisava dar o último passo para que sua felicidade fosse eterna e completa a lado de quem sempre amou... Seu pequeno omega, Sasuke.


Фанфик Аниме/Манга 13+.

#anime #naruto #omegaverse #mpreg #sasunaru #abo #yaoi
22
5.6k ПРОСМОТРОВ
В процессе
reading time
AA Поделиться

Prólogo

Acordei sentindo um peso em meu peito, olhei pra baixo e vi uma conhecida cabeleira negra. Sorri aspirando o cheiro doce que vinha daqueles fios negros e sedosos.


Meu nome é Naruto, tenho 28 anos, sou um alfa-lúpus e resido em uma pequena cidade do país do Fogo, moro há 5 anos com meu pequeno e gracioso ômega.


Sasuke Uchiha, um baixinho e rabugento ômega, seus cabelos negros e lisos vão até seus ombros combinando perfeitamente com as duas pedras ônix que são seus olhos.


Sasuke tem 25 anos e é um grande veterinário, com minha profissão de advogado, o ajudei a montar sua própria clínica, mesmo com ele não concordando muito com isso. Ele ama animais e desde a nossa adolescência ele dizia que seria um famoso veterinário e eu fico feliz de ter o ajudado na realização desse sonho.


Nos conhecemos no ensino médio, na época eu era um alfa arrogante e metido, mas mesmo com todo esse porte, não fui imune ao charme do baixinho e quando percebi, já tinha caído nas graças desse ômega impertinente.


No começo, nosso namoro foi bem complicado, Sasuke apesar de ser o submisso é bem mandão e impertinente quando quer, hoje eu me controlo, mas antigamente esse jeito dele era motivo de brigas e confusões entre a gente.


Nossos pais aceitaram tranquilamente nosso relacionamento, quando saí da escola, já namorávamos, porém, por estar 2 anos à frente, terminei primeiro que ele à escola e logo comecei minha faculdade de Direito. Dois anos depois, Sasuke se formou no ensino médio e também começou o ensino superior em Medicina Veterinária. Ele vivia radiante por conseguir uma bolsa na faculdade onde eu estudava. Porém, mesmo estudando na mesma faculdade, não nos víamos com frequência já que na época eu tinha começado um estágio com um parente distante e nossa vida ficou bem corrida.


Depois de mais alguns anos, me formei e resolvi pedi Sasuke em casamento. Ele chorou muito e me chamou de apelidos "carinhosos" por ter pego ele de surpresa. Já que estávamos noivos resolvemos começar uma vida realmente juntos e juntar nossos panos de prato. Desde então estamos nessa mesma rotina gostosa, já que Sasuke também terminou a faculdade.


Vivemos muito bem e sem nenhuma dificuldade, temos luxo e conforto em nossa casa, e apesar das brigas ainda serem presentes, eu jamais deixo de amar esse moreno.


— No que está pensando, amor? — Ouço sua voz baixinha me puxando de meus pensamentos.


— Em como você é gostoso assim que acorda. — digo trazendo seu rosto para o meu e iniciando um beijo carinhoso e lento.


— Vou fazer o café, tome um banho enquanto isso. — ele responde mandão e me dá um selinho, se levantando em seguida sem se importar com sua nudez.


Me levantei depois de um tempo e segui para o banho. Fiz minha higiene matinal e após o banho segui para o closet, escolhendo um conjunto de terno negro, com uma camisa social de cor azul, por baixo. Após calçar os sapatos e pegar a maleta, segui em direção a cozinha sentindo o cheiro delicioso que vinha de lá.


Me pus a observar meu ômega vestido apenas em uma cueca boxer folgada, que pertence a mim, ele estava olhando para a mesa posta, avistei biscoitos, frutas, panquecas e sucos. Sempre tão prendado.


— Hmmm, que fartura! — Exclamo o abraçando por trás, me abaixando para beijar sua nuca.


Sasuke era muito menor que eu, não chegava nem a altura de meus ombros, mas isso só o deixava mais adorável e perfeito aos meus olhos.


— Naruto, você pode arrumar minha bolsa por favor? Pegue as roupas que deixei na cama e coloque dentro dela, vou tomar um banho rápido e logo tomamos o café, me espere. — pede e beija minha bochecha, só para correr em direção ao banheiro da suíte em seguida.


Suspirei e passei a arrumar aquela mala que ele sempre levava, mala essa com quase toda a casa dentro, e ai de quem falasse que era um exagero tudo aquilo.


Quando terminei de arrumar a "bolsa", Sasuke aparece todo de branco na cozinha e com um sorriso radiante.


— Obrigado. — agradece e me dá um selinho.


Nos sentamos e tomamos o café tranquilamente, não havia motivo para pressa, sempre saímos adiantado.


Fomos até o estacionamento, dei entrada no lado do motorista e aguardei Sasuke tomar o assento do passageiro para dar partida no carro. Era gostosa essa rotina, eu amava minha vida com Sasuke.

3 июля 2018 г. 7:45:41 1 Отчет Добавить Подписаться
7
Прочтите следующую главу Te quero por inteiro

Прокомментируйте

Отправить!
Yasu Wada Yasu Wada
Esses dois são um amor
~

Вы наслаждаетесь чтением?

У вас все ещё остались 1 главы в этой истории.
Чтобы продолжить, пожалуйста, зарегистрируйтесь или войдите. Бесплатно!

Войти через Facebook Войти через Twitter

или используйте обычную регистрационную форму

Похожие истории