All Night Подписаться

candynaru Sweet Fantasy

Após um longo e torturante mês, Sasuke está voltando de sua viagem a negócios e mal via a hora de encontrar seu loiro para matar a saudade de todas as formas possíveis, mas ele não esperava a surpresa que lhe aguardava assim que entrasse em sua residência. [SasuNaru/PWP]


Фанфик Аниме/Манга 18+.

#naruto-uzumaki #sasuke-uchiha #universo-alternativo #sasunaru #boyxboy #lemon #yaoi #gay
Короткий рассказ
9
5.2k ПРОСМОТРОВ
Завершено
reading time
AA Поделиться

Capitulo Único

I'm a bad bitch, fuck the bitch. (Nicki Minaj – Barbie Tingz)

-♡-

– Ele irá chegar de viagem hoje a noite, Ino-chan! – o loiro diz completamente eufórico – Não vejo a hora de rever meu moreno gostoso, ficar um mês sem ele foi torturante. – exclama fazendo biquinho.

A garota de longos cabelos loiros dá uma risadinha.

– Garanto que hoje terá a noite inteira! – a loira exclama com um sorrisinho sacana nos lábios revestidos por um batom vermelho.

Naruto sorri malicioso.

– Ontem de tarde, passei em uma sexshop e comprei algumas coisinhas para apimentar nossa noite de hoje. – diz pegando mais um biscoito sobre a mesinha de centro da sala de estar da casa de sua amiga.

– Sério? O que você comprou? – a garota indaga curiosa.

– Mas é óbvio que eu não vou te contar.

– Você é um péssimo amigo, sabia?! Eu te conto tudo sobre as minhas aventuras sexuais com o Gaara e você nunca me conta nada sobre as tuas com o Sasuke-san!

– Mas eu nunca te perguntei nada, você que é uma estabocada que não se contenta em guardar suas putarias com o Sabaku e compartilha comigo, mesmo eu não querendo saber.

– Vai Naru-chan! Diz logo o que você comprou!

– Espera um minutinho, acho melhor eu ir buscar do que lhe contar o que são, é vergonhoso. – o loiro diz se levantando do sofá de veludo e caminhando em direção a porta.

– Como se você tivesse vergonha nessa sua cara de passiva vadia! – Ino diz sarcástica.

– Deixo o termo vadia pra você, querida! – o loirinho disse antes de sair da residência da Yamanaka que apenas riu do deboche de seu amigo.

Poucos minutos depois o Uzumaki retornou com uma sacola vermelha e que tinha um enorme laço rosa do centro como enfeite, sentou-se ao lado d'amiga, um pouquinho afastado, e despejou os utensílios eróticos sobre o sofá.

– Eu já sabia que você era um maldito pervertido, Naru-chan. Mas não imaginava que era tanto assim! – a loira diz pegando um dildo em forma de gota e que haste tinha uma longa cauda felpuda na cor laranja e a ponta branca, obviamente um rabo de raposa – Sasuke-san vai pirar quando ver você usando isso. – e sorri malicisa, pegou um tubo de lubrificante vermelho e leu o aroma/sabor – Pimenta?

– A vendedora disse que ele esquenta por dentro na hora da penetração.

– Já não basta o fogo no rabo que tu têm e ainda quer usar isso... Vai derreter o pau do Sasuke.

– Cala boca, Ino! Você tá com inveja porque só vive na mesmice quando vai trepar com o Gaara! – o loiro retruca – Ainda bem que o Sasuke gosta de inovar na cama, não aguentaria ficar no “frango assado”, “de quatro”, etc, igual a certas pessoas.

– Mas o Gaara é enorme e grosso! Ele sabe me deixar louca só com essas posições. – a loira diz lambendo os lábios.

– Ok, vamos deixar esse papo de lado... Olha, eu até comprei uma tiara com orelhinhas de raposa da mesma tonalidade do rabo. – o loiro pega o ítem sobre o estofado, mostrando para a loira – Não é uma fofura?

– Awn que graça! Dá ela pra mim quando você terminar de usar? – a Yamanaka pergunta com os olhos brilhantes.

– Óbvio que não!

– Você é uma vadia má, sabia?

– E qual a novidade nisso? – pergunta e os dois caem na risada.

-♡-

Desceu do táxi junto ao motorista que seguiu até o porta-malas do carro para pegar sua mala e mochila, pagou o homem e abriu o portão de sua casa, adentrando no jardim, expirou profundamente o ar fresco da noite, combinado com o delicioso aroma das diversificadas flores bem cuidadas de seu marido.

Uzumaki Naruto, como ele estava morrendo de saudades de seu loirinho baixinho e fofo, ficar um mês sem ele foi torturante, não via a hora de vê-lo e amá-lo durante a noite toda.

– Kitsune, cheguei! – gritou assim que abre a porta de entrada para a residência, vendo seu marido vir da cozinha, trajando apenas de um curto avental laranja com babados brancos e uma cuequinha meio transparente delineando sua ereção mediana, no rostinho fofo e delicado, um sorrisinho sacana estampado nos lábios carnudos e vermelhos, uma visão completamente excitante, sim, o pau do Uchiha concordava totalmente duro, arqueado e pulsante em suas vestes.

O moreno joga suas coisas sobre o chão de cerâmica branca da casa e corre até seu amado, o envolvendo seus braços fortes, tomando aquela boca apetitosa contra sua, iniciando um beijo cheio de saudades, amor e tesão. Passeia com suas mãos grandes pelo corpo curvilíneo, alcançando as polpas carnudas, as apertando e massageando enquanto suga a língua do loiro para dentro de sua boca.

– Wow, calminha ai garanhão! – Naruto pede, rindo logo em seguida da cara de frustração de seu moreno assim que se afastou dele – Temos a noite inteira pra isso, vêm, vamos jantar primeiro! – diz pegando a mão de Sasuke entrelaçando seus dedos e o puxando em direção a sala de jantar.

– Mas eu quero jantar você! – o moreno exclama contrariado, logo envolvendo a cintura do loiro com o outro braço o puxando pra si – Que tal nós dois subimos pro nosso quarto para matar a saudade, uh? – sussurra no ouvido do menor sentindo-o estremecer em seus braços. Pega a mão do loiro e a leva pro meio de suas pernas, encima de sua ereção – Sente o quão necessitado ele está, ele mal vê a hora de ter sua boquinha gostosa o chupando e o seu anelzinho quente o envolvendo!

– S-Sasuke para! – o loiro pede manhoso, apertando o pênis de seu companheiro que gemeu/rosnou contra seu ouvido, começando a se esfregar contra o Uzumaki – Se você não parar agora, não ganhará uma surpresinha que fiz pra ti!

E o moreno para com seu ataque obsceno, olhando seu marido com uma sobrancelha arqueada.

– E essa “surpresinha” envolve você? – pergunta com um sorriso safado.

– Sua avó que não é! – o loiro diz revirando os olhos, logo puxando seu marido para a sala de jantar, o Uchiha sente sua boca salivar com o aroma gostoso de comida e com a variedade de pratos preparados sobre a mesa, o moreno sentou-se em uma das cadeiras, e Naruto pegou o prato e foi colocando um pouco de tudo que tinha ali na mesa farta – Bom apetite! – disse colocando o prato de frente ao Uchiha que pegou um garfo e começou a atacar a deliciosa comida. – Termine de comer, daqui a meia-hora suba para o nosso quarto, irei arrumar algumas coisinhas para a sua surpresa!

– Você não vai jantar comigo? – o Uchiha perguntou, limpando a boca com o guardanapo.

– Não, daqui a pouquinho vou matar minha fome mesmo. – responde piscando um olho e dando as costas pro marido, saindo do cômodo rebolando, Sasuke seguiu o gingado das nádegas avantajadas até que saíssem de seu campo de visão.

-♡-

– Três, dois, um... – Sasuke contava olhando para seu relógio de pulso – ...Agora!

Subiu correndo a escadaria e correu afobado até o final do corredor, abriu a porta do quarto e gemeu excitado com a visão.

O quarto espaçoso estava iluminado com várias velas vermelhas espalhadas por cantos estratégicos e seguros no cômodo, um delicioso aroma de morango com chocolates impregnava o local, totalmente afrodisíaco, entretanto, o que mais lhe chamou a atenção naquele lugar que exalava romance e erotismo ao mesmo tempo, foi o loiro na cama, com bunda empinada em sua direção, a balançando lentamente, mas o que mais lhe intrigou foi o rabo felpudo preso ali.

– Na-Naruto?! – o Uchiha chamou desorientado e com a mente nublada de excitação, vendo seu loiro sentar-se sobre suas panturrilhas e lhe encarar com inocência.

– Vêm brincar comigo, Sasu-chan! – o chama manhoso.

Sasuke tira rapidamente sua camisa social branca de mangas longas, assim como sua calça preta, sapatos e meias, ficando apenas de cueca boxer vermelha, destacando sua enorme e grossa ereção, caminha em passos longos até o menor, e o vira completamente pra si, colando completamente seus corpos, como Naruto estava parcialmente nú, sentia o pênis duro e quente dele em contato com sua pele, logo o beijando com ardor. Naruto gemeu ao ter os lábios quentes do Uchiha de forma bruta contra os seus. O moreno começou a apalpar cada pedacinho daquele corpo tão conhecido até tocar em algo macio, parou o ósculo para admirar a cauda felpuda.

– Fica de quatro pra mim! – pediu com a voz pingando tesão.

O de olhos claros sorri e acata o pedido, empinando-se ao máximo pro seu moreno. Sasuke abaixa o pano de sua cueca e empunha seu pênis excitado, começa a batê-lo repetidas vezes em uma das polpas carnudas fazendo Naruto suspirar, repete o mesmo ato na outra e segura na haste que estava um pouco pra fora do interior do loiro, a puxando lentamente para fora, vendo o formato do dildo alargando o buraco rosado do loirinho para poder sair de seu interior.

Assim que retirou completamente o brinquedinho de seu marido, um suave aroma de pimenta subiu para o seu olfato e foi, com total satisfação que ele viu o buraco do menor começar a piscar pra si, expulsando de seu interior um líquido vermelho.

– Oh, porra! – o moreno xingou, sentindo seu pau pulsar dolorido, terminou de tirar sua cueca e segurou ambas as bandas da bunda do Uzumaki, as abrindo ao máximo para ter uma visão melhor do ânus rosado e enrugado – Você não sabe o quão louco eu tô pra te foder, amor! Minha vontade é de meter meu pau agora mesmo dentro de você e te fazer gemer tão alto para que os vizinhos escutem o quanto você é uma puta! Mas uma puta só minha! – disse malicioso e assoprou a entrada, vendo-a retrair e repuxar – Mas eu quero fazer muitas coisas contigo antes disso... – levou suas mãos a cintura de Naruto e o fez deitar de barriga pra cima.

Inclinou-se sobre o corpo do amante – quase deitado sobre o mesmo, e lhe beijou a bochecha direita corada, lambeu a mesma e desviou os lábios finos e ágeis para o pescoço do menor, deu leve lambidas ali e mordeu levemente o local.

– Aaah, Sasu! – Naruto gemeu arrastado.

Sorriu perverso e começou a sugar pontos distintos da pele quente, deixando marcas de várias tonalidades ali, algumas mais claras, outras mais escuras, sentindo Naruto se contorcer embaixo de si, esfregando suas ereções.

– Estava com tanta saudades desses seus gemidos gostosos... – o moreno afirma e dá um selinho demorado nos lábios carnudos do menor – ...Desse corpo perfeito... – rebola seu quadril contra ao do loiro, seus pênis já pingavam pré-gozo – De você por completo, amor! – e morde o lábio inferior do Uzumaki, o puxando pra si, seus olhos ônix conectados aos azuis brilhantes, suas respirações misturadas, tudo em total sincronia.

Pediu passagem com a língua, que lhe foi concebida, e começou a deslizá-la por todo o canal bucal, totalmente viciado como era no sabor de Naruto.

Desceu seus lábios pelo peitoral do menor e logo tomou um dos mamilos rosados em sua boca, chupando com força e mordicando o biquinho, seguiu para o outro repetindo o mesmo processo. O menor gemia cada vez mais alto, seus olhos lacrimejavam pelo tamanho de sua excitação, afinal era a primeira vez que Sasuke lhe tocava durante aquele mês em que ficaram separados.

Sasuke desceu seus lábios pelo abdômen do menor, trilhando uma linha de beijos e lambidas até ficar de cara com o pênis mediano de Naruto, o empunhou e puxou a pele que escondia a glande a revelando totalmente babada de pré-gozo. Pôs a língua pra fora e bateu a glande rechonchuda ali, com o olhar preso ao azul do loirinho.

– Quer me pedir algo, kitsune... – disse masturbando lentamente o menor.

– Me chupe, Sasu-chan! – Naruto pediu de forma desesperada, Sasuke riu e abocanhou a cabeça do pau do menor, sugando-a fortemente, deliciado com o pré-gozo em seu paladar.

– Porra... Aah caralho! – Naruto levou suas mãos a cabeleira macia de seu amado, empurrando a cabeça dele para baixo – Coloca ele todo na boca, Sasu-chan!

O moreno sorriu e começou a deslizar todo o membro do Uzumaki para dentro de sua boca, sentindo a cabeça tocar sua garganta, retrocedeu mantendo seus lábios cravados no topo da cabeça e retornou novamente, até que seu nariz tocasse a virilha com ralos fios loiros. Naruto abriu mais as pernas e começou a acariciar as madeixas do moreno, gemendo cada vez mais alto.

Sasuke parou a felação para recuperar o fôlego e olhou deleitado para o seu loirinho todo exposto, com o rostinho angelical corado e as pernas arreganhadas, tinha a privilegiada visão do buranco rosado dele.

– Onde está o lubrificante, amor? – perguntou tocando com o indicador o anel de músculos, sentindo-o piscar contra a ponta de sua falange.

Naruto o pegou debaixo do travesseiro e entregou pro marido. O Uchiha pegou o dildo de raposa, melecou bem o brinquedo, agachou-se e voltou a abocanhar o pênis excitado enquanto direcionava o dildo à entrada do menor, o penetrando lentamente.

– Aaah deuses, que delícia Sasu-chan!

Sasuke o chupava com maestria enquanto estocava o brinquedo no canal apertado, o preparando para receber seu pau. Mordiscava a glande fracamente e comprimia a parte interna de suas bochechas, esmagando o comprimento do loiro em sua boca.

– S-Sasu... Eu... Aahh... Eu vou gozar! – alertou, revirando sua cabeça de um lado para o outro.

O maior retirou sua boca do pênis do loiro e, lentamente, tirou o dildo de dentro do menor, deu uma olhada na entrada de Naruto vendo-a aberta, totalmente preparada para receber seu pênis. Pegou o tubo de lubrificante e espalhou por seu pênis sentindo-o esquentar suavemente. Olhou pro frasco e riu anasalado.

– Pimenta? Dessa vez você se superou, sua raposinha travessa. – disse envolvendo as pernas de Naruto em sua cintura e levando a cabeça de seu pau a entrada dele, esfregando a glande melecada ali freneticamente – Lá vou eu! – alertou começando a se empurrar lentamente, centímetro por centímetro, até que estivesse com todo o seu longo e grosso pênis dentro do amado, alheio a face sofrida do mesmo – Oh, Naruto! Como é bom ter meu pau dentro de você novamente! – disse deitando sobre o loiro, apoiando seu peso pelos cotovelos – Posso me mexer?

– Deve!

Deu um selinho nos lábios do menor e retrocedeu seu quadril mantendo apenas sua glande no interior do menor e lentamente empurrou-se para dentro até que suas bolas grudassem nos glúteos macios, repetiu o mesmo processo e levou beliscão do loiro.

– Ai! O quê foi? – perguntou sentindo seu braço arder.

– Dá pra parar com toda essa lerdeza e me comer direito! – o Uzumaki diz irritado. Sasuke ri alto, tirando totalmente seu pênis de dentro do canal aveludado e quente, deixando sua glande rechonchuda encostada no buraco piscante.

– Me diz como você quer que eu te foda, amor! – diz forçando a passagem, mas sem entrar dessa vez.

– Me fode com... AAAH! – gritou assim que em uma estocada bruta, Sasuke se pôs todo pra dentro de si, lhe acertando certeiro a próstata, o espasmo de prazer foi tão grande que ele acabou gozando em longos jatos, sujando seus corpos suados.

– Eu não acredito que você gozou antes da hora, Naruto! – Sasuke diz incrédulo, sentindo o líquido pegajoso deslizar por sua pele, pingando no homem por baixo de si. O loiro tremia violentamente, enquanto suspirava e gemia baixinho.

– S-Se... M-Mexe, Sasu-chan! – pediu entre arfadas pesadas.

– Como eu vou me mexer sendo que você acabou de gozar?! Logo o seu pós-orgasmo passa e você não vai sentir tesão enquanto eu estiver metendo! – diz vendo o pênis de Naruto perder tamanho, empurrou seu quadril pra trás, para se retirar de dentro do loiro, mas foi impedido pelo loiro que o segurou pela cintura com suas pernas, não o deixando sair – Naruto?!

– Me toque só do jeito que você sabe, eu irei ficar excitado novamente... – sussurrou calmamente.

Sasuke abaixou-se escondendo seu rosto no pescoço suado e começou a beijar ali, lambendo-o de cima a baixo. Naruto concentrou-se na carícia em que seu marido fazia e resolveu ignorar o incômodo em seu traseiro, sentiu os dedos do moreno apertarem seus mamilos sutilmente enquanto ele mordiscava seu queixo, seu pênis começou a inchar novamente e logo ele estava movimentando sua bunda em direção a virilha do Uchiha.

– Me fode com gosto, Sasu-chan... – choramingou no ouvido do Uchiha que segurou firme nas laterais de sua fina cintura, entrando e saindo rapidamente no canal quente – ...Aaah, isso amor, nesse ritmo!

Sasuke entrava e saia rapidamente, concentrado em acerta várias vezes a próstata do loiro, logo seus músculos pesaram, abraçou a cintura do loiro e rolou com ele pela cama, o deixando por cima.

Naruto sorriu felino e começou a rebolar no colo do Uchiha, sentindo todo o comprimento dele dentro de si, Sasuke pôs as mãos detrás da cabeça e ficou admirando seu loiro movimentar sobre si.

– Gostoso! – o Uzumaki disse quicando fortemente, sentindo a glande rechonchuda surrar impiedosamente sua próstata.

– Meu pau ou eu? – Sasuke perguntou sarcástico.

– Os dois! – o menor responde com um sorriso sapeca, subindo e descendo com mais voracidade.

Ficaram naquele ritmo até Sasuke sentir seu ápice vindo, segurou as bandas da bunda carnuda de Naruto e o ergueu minimamente, em seguida, começou a estocar o loiro fortemente.

– Aaawnn Sasuke... – gemeu empunhando seu pênis se masturbando no mesmo ritmo das estocadas brutas.

Sasuke mordia fortemente os lábios, sentindo aquele delicioso comichão em seu baixo ventre, não tardou em preencher o interior do loiro com seu sêmen espesso com vários jatos longos.

Naruto desabou sobre o moreno, exausto e acabado, gemendo fraco enquanto tentava buscar ar para seu pulmão. Sasuke continou movimentando-se lentamente dentro de si, prolongando seus orgasmos. Seus corpos suados e quentes estavam colados em um abraço acolhedor, o loiro movimentou seu rosto até está a altura do maior, onde ele o beijou com amor.

– Eu te amo, Sasuke! – Naruto diz assim que encerrou o ósculo.

– Eu te amo mais, Naruto! – o Uchiha diz acariciando o rosto do menor – Que tal tomarmos um banho agora? – pergunta com um sorrisinho sacana.

– Já quer segundo round no chuveiro?

– Na verdade... Será na banheira! – responde apertando uma das polpas do bumbum carnudo.

– Só se você me levar no colo. Estou acabado!

– Não ouvi você reclamar enquanto estava quicando na minha pica. – diz rindo, sentou-se na cama com Naruto em seu colo e o fez entrelaçar as pernas em sua cintura, levou suas mãos às nádegas dele e levantou-se, caminhando em direção ao banheiro – À noite será longa e prazerosa para nós dois.

8 июня 2018 г. 22:24:19 0 Отчет Добавить 2
Конец

Об авторе

Sweet Fantasy Fanfiction Net - CandyNaru Nyah Fanfiction - CandyNaru Sweek - CandyNaru Social Spirit - kitsune_boy Wattpad - CandyNaru

Прокомментируйте

Отправить!
Нет комментариев. Будьте первым!
~