Короткий рассказ
1
5.1k ПРОСМОТРОВ
Завершено
reading time
AA Поделиться

Baunilha

Por favor, façam alguma coisa... salvem o meu marido!


Você caminha à passos rápidos e largos, mais do que ansioso para chegar ao seu destino. Seu coração bate com força contra seu peito; e seus dedos, apertam, involuntariamente, o bonito buquê de lírios brancos, que escolheu com tanto carinho e cuidado.

Respirando fundo, você segue até a entrada da casa, observando através da janela de vidro, a mulher de cabelos castanhos, que se move pela cozinha; cantando e dançando; e sorrindo tão lindamente.

Você gira a maçaneta, com cuidado, e pisa dentro do imóvel. O cheiro inebriante de bolo, recém assado, invade suas narinas; aumentando o seu sorriso consideravelmente. Baunilha, o seu bolo preferido.

A mulher de cabelos castanhos se aproxima com um sorriso gigante, e lágrimas de felicidade nos olhos; e o abraça com tanta força e saudade, que amassa sua farda, até esse momento, impecável.

Mas, a farda toda amassada ou as flores esquecidas no chão, no tapete da entrada, não tem mais tanta importância; porque, nesse momento, você tem sete anos de novo, e está seguro nos braços da sua mãe.

Depois de tantos anos longe, você, finalmente, voltou para casa.


Eu sinto muito, senhora… nós fizemos todo o possível.

27 апреля 2018 г. 13:14:33 1 Отчет Добавить 2
Конец

Об авторе

Dayane Helene Ainda hoje, ela volta a ler as páginas preferidas do diário que escreveu à mão. E sorri.

Прокомментируйте

Отправить!
Ellie Blue Ellie Blue
CACETE, DAYANE! Para de me destruir assim, vim nessa porque pensei que seria outra história bonitinha. Nossa, que dor! Aaar.
~