Gostosas Travessuras Подписаться

tiatatu Tatu Albuquerque

Gostosuras ou travessuras? Em uma festa de halloween, os convidados podem descobrir que certas travessuras podem ser mais divertidas que os doces. Halloween 2017


Фанфик 18+.

#SaiIno #ShikaTema #Shiba #GaaLee #NaruHina #KonoHana #FNS
10
7.1k ПРОСМОТРОВ
В процессе - Новая глава Каждые 30 дней
reading time
AA Поделиться

Reflexos de Céu e Inferno

N/A: Pois bem, sobrinhos! Hoje trago até vocês o primeiro capitulo da minha coletânea de casais, que vai começar com o nosso amado casal NaruHina. Como podem ver, o desenrolar da história se passa em uma badalada festa de halloween, cada casal está com fantasias que combinam, como Sultão e Odalisca, Anja e Demônio, essas coisas. Os acontecimentos dos capítulos se passam simultaneamente. Espero que gostem, até as finais!

...


“A família Uzumaki convida toda a comunidade para a tradicional e anual festa à fantasia de Halloween que será dada em sua casa em Bijuu - Konoha às 21:00 do dia 31/10. Esperamos todos lá!”

Enfim havia chegado o Halloween e, com ele, a festa mais esperada do ano pelos moradores do bairro de Bijuu, que compareciam em peso à casa dos Uzumaki, conhecida família festeira. A decoração assustadoramente divertida, as luzes e a fumaça artificial deixavam o salão de festas da casa da animada família em pleno clima da situação. A campanhia tocou, sendo ouvida apesar da música altíssima, por isso a anfitriã foi até ela.

— Gostosuras ou Travessuras? - perguntou a ruiva vestida de enfermeira ao abrir a porta para a entrada de novos convidados que, como em todos os anos, se impressionavam com a criatividade de Kushina. - Fiquem à vontade! Naruto, filho, mostra pros Hyuuga onde estão as bebidas! - o loiro, fantasiado de demônio, até pensou em recusar a ordem de sua mãe, mas ao ver a jovem de cabelos negros azulados, fantasiada de anjo, junto dos irmãos, sorriu de canto, se aproximando com três latas de cerveja com sabor de cereja, as entregando aos irmãos.

— Boa noite! - com um aperto de mão e um beijo na bochecha, cumprimentou Neji, vestido de Deus do Olimpo e Hanabi, vestida de odalisca, os irmãos, mais velho e mais nova, respectivamente, a quem cumprimentou com um beijo no canto da boca da Hyuuga que sorriu, tomando um goleda bebida saborizada. - Não pensei que vocês viriam, não estavam em Yokohama? - perguntou sem girar os olhos da morena mais velha.

— Você acha que eu ia perder a melhor festa do ano e a minha tradicional disputa de copo com a Tenten? - perguntou o moreno já sendo chamado pela amiga que estava fantasiada de princesa guerreira para que se fosse para perto do bar, onde estavam a Mitsashi e Lee, um outro amigo, já estavam à pleno ritmo. - Esse ano a gente apostou um pote de hidratação de um quilo, meu amigo! - sorrindo animado, bateu no ombro do Uzumaki que negou com a cabeça enquanto via jovens suspirarem pelo Hyuuga que prendia seus longos cabelos e se dirigia ao balcão, já tomando posse do copo.

— Ele não muda nunca não é? - perguntou Hanabi enquanto negava com a cabeça, notando os sinais dados por sua irmã para que a deixasse a sós com o loiro, logo vagando com os olhos pela multidão. - Hum…

— Procurando aquilo lá? - Naruto apontou para o rapaz vestido de sultão árabe que piscou para a mais nova, com essa mordendo o lábio e os deixando.

— Não se preocupem comigo! - disse batendo no ombro de sua irmã, que negou com a cabeça.

— Eles fizeram um par perfeito na fantasia, não é, baby? - perguntou Hinata os observando praticamente sumir pela festa.

— Igual a gente, não acha? - segurou a mão da Hyuuga para que ela girasse, mordendo o lábio malicioso ao notar seu bumbum bem valorizado pela saia da fantasia. - Você tá um verdadeiro pedaço do céu, honey!

— E você acabou de arrumar essa cantada em um canteiro de obras, baby! - divertida, lhe roubou um selinho, sorrindo sapeca e se dirigindo até a pista de dança para falar com seus amigos e, também, provocá-lo à distância. - Kiba, Shino, me ajudem agora, o Naruto tá olhando pra mim? - perguntou aos melhores amigos, um vestido inteiramente com uma rechonchuda fantasia de abelha e o outro vestido como lobo mal, que olharam sutilmente para o Uzumaki que se revezava entre as conversas com os amigos e os olhares para a Hyuuga dançante.

— Ele chega a nem estar piscando, Hina, hoje é a sua chance de voltar a se pegar com o idiota loiro! - comentou o Inuzuka rosnando ao ver a jovem loira que sorria com as piadas de Naruto.

— Não precisa ficar com raiva do Naruto por ele ter pego a Shion, Kiba, isso foi ano passado! - bronqueou o Aburame pondo o braço sobre os ombros do colega, com Hinata estalando os dedos para chamar a atenção dos dois.

— Ei, deixem o passado de lado, por favor, que eu quero é saber do presente e do futuro, principalmente se eu conseguir um futuro na cama do Naruto! - sua malícia contrastante com a fantasia e o rosto angelical fizeram os dois sorrirem enquanto negavam com a cabeça.

— Tá bom, Hinatinha, faz o seguinte, rebola um pouco e dá uns olhares bem sutis pra ele, libera a loba que há em você! - aconselhou Kiba enquanto, mesmo um pouco Tímida, sua amiga lhe obedecia, trocando olhares maliciosos com o loiro que mal se concentrava na conversa com um rapaz moreno e duas jovens com cabelos em tons diferentes de ruivo.

— O que mais? - questionou disfarçando, bebendo um pouco mais da bebida que possuía nas mãos.

— Agora a gente vai pra longe de você e você pisca pra ele que ele vem abanando o rabo como um cachorrinho! - aconselhou Shino já se distanciando e levando o amigo para assistir à disputa de copos travada por Neji e Tenten, a deixando certa do que fazer.

— Agora é só olhar pra ele e piscar… Certo! - após refletir baixo, a morena olhou para o loiro que bebia um pouco, logo piscando para o rapaz que sorriu, deixando a bebedeira e os amigos.

— Desculpa, Sasuke, agora eu tenho uma coisa muito melhor pra fazer! - ignorando as piadas do Uchiha, se aproximou da jovem que dançava fingindo não notar sua presença. - E aí, honey? Quer dançar? - perguntou sensualmente em seu ouvido sorrindo ao notar que havia conseguido lhe arrepiar.

— P-pode ser, baby! - controlar o nervosismo e então virou para o anfitrião para que pudessem dançar juntos a música eletrônica que embalava o momento. Os olhos azuis-safira se encontravam a todo tempo com o olhar perolado, o ignorando apenas quando passeavam pelas curvas da “anja”, que também admirava seu porte atlético. O clima sensual e atrativo entre os dois era notável e já passava a lhes incomodar após muitos minutos de dança e rápidas e divertidas conversas sussurradas por conta da música alta. Decidido a partir para algo mais, Naruto optou por aprofundar a conversa.

— Você tá bem bonita, pena que quase não te vejo mais aqui desde que você foi fazer dança em Yokohama e começou a namorar o Toneri… - um pouco de ciúmes era notado em sua voz, o que alegrou a morena.

— Ah, isso é coisa do passado, a gente bem que tentou, mas não combinava muito, por isso a gente se deixou livre! - as palavras interessavam e muito ao loiro que se aproximou aos poucos.

— E a gente, você acha que combina? - questionou malicioso ainda mais rouco, demonstrando seu interesse. A Hyuuga sorriu contente, o plano havia funcionado, estava na hora de avançar.

— O som tá alto, né? Por que a gente não conversa em outro lugar? - propôs sorrindo de canto buscando seduzir Naruto que segurou sua mão.

— Vem comigo! - caminharam por entre a multidão, sorrindo ao ver um casal de amigos aos beijos pelo caminho até o corredor que levava ao interior da casa dos Uzumaki.

— O Sai e a Ino estão se divertindo bastante, não é mesmo? - questionou risonha a Naruto, a quem, num ímpeto de coragem e desejo, empurrou contra a parede do corredor vazio, ficando à ponta dos pés para beijá-lo intensamente, com o loiro lhe segurando pela cintura, descendo as mãos até seu bumbum ao qual apertou desejosamente.

— Eu já tava com saudade de quando a gente se divertia assim também, Hinata! - disse sensual, com sua respiração ainda gélida por conta das bebidas ingeridas arrepiando a parceira ao se chocar contra a quente pele de seu pescoço. - Quer dizer que deu um pé na bunda daquele folgado? - questionou trocando as posições, agora era ele quem a prensava à parede. - Ele e você… - a Hyuuga tocou seus lábios com o dedo indicador, o calando.

— Ei, baby, eu não vim até aqui pra falar do passado! - o beijou novamente, deixando-o provar mais um pouco do gosto de cereja da bebida que, a essa hora, era jogada ao chão, com suas mãos passando a bagunçar os cabelos dourados de Naruto que olhou em seus olhos enquanto mordia seu lábio inferior. Hinata arranhou sua nuca, mordendo sua orelha provocante. - Eu vim te levar pro céu! - seus sussurros fizeram ondas intensas de tesão percorrerem o corpo do loiro que lhe deu um novo beijo, ainda mais intenso, erguendo sua coxa apertando bem a região, passando a excitar a morena que também sentia que estava começando a deixá-lo desejoso. Ao faltar de oxigênio, se separaram, mas, diferente do beijo, não cessaram as carícias quentes, com direito à troca de mordidas.

— E eu quero te fazer sentir sensações que só demônios conhecem! - tomou novamente seus lábios em um beijo urgente e voraz, com suas mãos passeando pelo corpo da Hyuuga que arfava, o fazendo sorrir com suas reações e arrepiar com seus arranhões leves por cima da camiseta vermelha. Alucinado de prazer, Naruto a pegou no colo, a fazendo enlaçar seu quadril com as pernas e apoiar os braços em seu ombro. - Mas não aqui! - não iria suportar o desejo a ponto de conseguir subir as escadas para seu quarto, por isso entrou pela primeira porta que viu, sorrindo ao notar que se tratava da sala de espelhos que sua mãe utilizava para os ensaios das bailarinas que trabalhavam nos eventos para si. - Lembra das vezes que fizemos isso aqui? - perguntou provocante a colocando no chão, trancando a sala e retirando a camiseta que vestia em seguida. Hinata, sapeca, bateu com os dedos no queixo.

— Hum… Sabe que não lembro! - fez-se inocente, se aproximando novamente do amante que mordeu o próprio lábio inferior. - Mas você pode me fazer lembrar, não pode? - Naruto então lhe puxou pelos cabelos de sua nuca, beijando seu pescoço.

— Eu vou fazer essa noite ser inesquecível! - provocou confiante fazendo uma trilha de leves mordidas por seus ombros e pescoço, agora apertando seus seios por sobre a fina blusa de alcinhas que a jovem usava. Hinata, por sua vez, tocou sua excitação por sobre as roupas, sorrindo maliciosa.

— Já está assim, baby? Mas eu ainda nem comecei! - se separou dele indo até o rádio que ali havia, acoplando seu celular e pondo a playlist sensual favorita dos dois para tocar. Sorriu maliciosa deixando seu corpo ser possuído pelo ritmo da batida, enquanto seu parceiro a tirava para dançar a primeira música mais lenta e envolvente, trocando quentes beijos e carícias enquanto despiam um ao outro. Puxões de cabelo, arranhões, mordidas e apertos trocados os faziam gemer roucos, roçando os rostos até voltarem a se beijar. Como a música pedia, o loiro girou sua parceira de dança, com Hinata se lançando em seus braços em um passo de tango, mesmo que não fosse esse o ritmo dançado, com o Uzumaki lambendo do centro de seus seios até seu pescoço, finalizando com uma nova mordida em sua orelha.

— Eu quero você inteira de novo, honey! - sua voz rouca denunciava seu desejo, mas isso não bastava para a Hyuuga, ela não queria apenas que ele a desejasse, ela o queria louco por si, por isso o fez sentar, apenas de cueca, no chão, para apreciar o verdadeiro show de dança que fazia para o amante que quase subia pelas paredes com o tesão que sentia ao vê-la tão sensual e confiante dançando assim, seminua para ele em um show privativo. A morena se agachou, pondo o joelho no chão rapidamente e subindo mais uma vez, empinando o bumbum para o Uzumaki que perdia a fala.

— Acho que eu não vou precisar dessa calcinha, baby, pode tirar pra mim? - talvez fosse a bebida a responsável pela perda dos últimos resquícios de timidez que lhe restavam aos 20 anos, mas não iria reclamar, pelo contrário. Após recuperar os sentidos perdidos pelas ondas de desejo que lhe enebriavam, Naruto lhe obedeceu, retirando a calcinha praticamente encharcada pela umidade de sua excitação, sorrindo malicioso e convencido com isso, estapeando suas nádegas com as duas mãos e nelas dando algumas mordidas enquanto tocava a intimidade de Hinata que gemia alto, mas ainda assim não queria se entregar, não ainda, não antes de ouví-lo gemer seu nome loucamente. - Não, baby, ainda não pode tocar, o show ainda não acabou! - dizendo isso, o fez deitar para lhe admirar de baixo para cima, apreciando as faces de prazer de Naruto que se livrou da própria cueca, já que a peça só o estava incomodando, e vê-lo se masturbar para si em sua frente, cena refletida por todos os espelhos da sala, só lhe deixou ainda mais loucas. Ainda rebolando, sentou em seu colo, continuando a dançar enquanto roçavam-se os sexos de ambos.

— Honey, você vai me deixar louco… - estava perto, ouvindo seu arfar e notando a aparência de suas veias, a Hyuuga sentia que estava perto de ter o que queria. Naruto sentia seu desejo pulsar, chegava a doer de tão intenso enquanto aproveitava o contato com a pele da amante a quem acariciava e explorava o corpo, apertando sutilmente seus tesos mamilos, assim como apertando suas coxas e desferindo tapas por seus quadris. Sentia que Hinata estava excitada, que o desejo da morena clamava pelo seu, mas sabia o que ela queria, ela o queria a sua mercê e não conseguia mais resistir. - H-Hinata! - o sorriso malicioso contido pela leve mordida que a dançarina deu em seu próprio lábio inferior demonstrava, assim como o beijo voraz que trocaram era o símbolo de sua vitória. Ainda rebolativa, requebrou os quadris enquanto levava as mãos do amante aos próprios seios, olhando em seus olhos.

— Você me quer, baby? Você quer me sentir? Quer me ter? Me provar? - louco de prazer, o rapaz assentia afirmativamente a todas as perguntas, voltando a lhe segurar pelos cabelos, sussurrando desejoso em seu ouvido.

— Eu quero você inteira pra mim de novo, Honey, por favor, seja minha! - sentindo o arrepio em sua pele e os arranhões dados por ela em seus braços, beijou seu pescoço e seu colo enquanto a morena apreciava seu toque grosseiro. - Por favor, honey, me dê esse prazer por hoje, eu quero provar do céu com você! - Hinata o beijou intensamente, com seus beijos descendo lenta e gostosamente por seu pescoço, peitoral, barriga e só então, após distribuir beijos, mordidas e deixar um rastro de saliva por onde passava, chegou a virilha, o olhando nos olhos a todo tempo.

— Pede por mim, Naruto, eu quero sentir que você é meu também! - disse atrativa enquanto o masturbava, espalhando o líquido de seu pré gozo por sua glande, o deixando ainda mais extasiado.

— Me tenha pra você, me use como bem quiser! - satisfeita, Hinata então se sentiu à vontade para continuar as carícias, lambendo cuidadosamente a glande, lhe acarinhando com a língua e começando um ritmado vai e vem, que, apesar de lento, era intenso, o deixando à beira da loucura, revezando seus olhares entre seus olhos perolados e os espelhos que refletiam a cena por todos os mais provocantes ângulos. Arqueou as costas e lhe segurou pelos cabelos ao senti-la lhe abocanhar por inteiro, olhando diretamente em seus olhos e neles vendo a volúpia tão desejada e saudosa, só com aquilo já chegava ao céu, mas sentiu as chamas do inferno do prazer percorrerem seu corpo ao vê-la lhe massagear entre os seios e novamente o abocanhando. Podia sentir que tocava sua garganta e isso era incrível. Como ar tomado para o ato já estava acabando, na tentativa de retomar o fôlego, trocou as carícias orais pelas manuais, não perdendo contato visual em nenhum momento. Naruto já não suportava as sensações, estava próximo ao ápice, mas não o desejava por agora, queria aproveitar mais, por mais que sentisse seu órgão queimar, porém, Hinata queria, desejava sentir-se novamente pelo fluído de fluido de seu orgasmo, precisava disso, havia ido à festa apenas para isso e não iria esperar mais.

— Eu quero sentir você, Naruto, se entrega pra mim! - exigiu voltando a distribuir lambidas por sua extensão, abocanhando novamente tudo de uma só vez. Bastou que repetisse os fortes movimentos por mais três vezes para que, então, o loiro chegasse ao clímax, despejando o líquido de seu orgasmo por sua garganta enquanto a morena o engolia satisfeita, bem, em partes. Já havia atingido o objetivo proposto por si mesma, mas agora precisava que ele atingisse o objetivo que ela iria lhe propôr, não com palavras, mas com atitudes. Sem nenhum resquício de pudor ou receios, a beijou novamente, abrindo mão do pouco fôlego que lhe restava para o ato o que não agradou muito a Hyuuga que estava ansiosa. - Ei, você não prometeu me levar ao inferno? Pois comece sendo recíproco, baby! - sua falta de pudor e vergonha durante o sexo só aumentava o prazer de seu amante, que então desceu os beijos por seu pescoço e colo, até chegar em seus seios.

— Eu só estava me aquecendo! - sorria malicioso enquanto esfregava seu rosto por entre os volumosos e fartos seios de Hinata, que gemeu forte ao sentir sua língua rodeando por seus mamilos, já lhe dando uma amostra do que viria. - Jamais perderia a chance de ter você pra mim assim também, honey, eu também quero provar do seu gosto! - disse provocante antes de voltar a abocanhar seu seio esquerdo enquanto apertava e massageava o direito. Os arranhões em suas costas e os puxões em seus fios loiros deixavam implícito que já havia acabado a missão por aquela região, deveria seguir para mais abaixo, por isso mordeu levemente os seios de Hinata, descendo os carinhos por seu ventre, ignorando por pouco seu sexo para mordiscar a carne do interior de suas coxas, lhe deixando ainda mais ansiosa.

— Naruto, por favor, não me torture mais… - implorou se oferecendo ao loiro que não pensou duas vezes antes de prosseguir, contendo sua risada vitoriosa com o grito de prazer que escapou pela boca da morena ao sentir sua língua passear de sua cavidade até seu clitóris, que foi levemente sugado na intensidade certa ao seu prazer, algo que apenas Naruto conhecia.

— Como eu sentia falta do seu gosto, honey, delicioso como você! - trocaram rápidos olhares com ambos mordendo seus lábios inferiores, com o Uzumaki lhe segurando firme pela coxas, as apoiando em seus ombros. Hinata se agarrou aos seus cabelos, curvando-se para isso, mas não era o que seu amante queria, ele queria que ela se visse.

— Olha pros espelhos, Hinata! - disse rouco enquanto tomava ar, não parando de acariciar a Hyuuga, fazendo-o com os dedos. A virou, a colocando em seu colo, de costas para si, lhe penetrando rapidamente os dedos, logo passando a roçar seu sexo novamente ereto por seu clitóris, a deixando quase insana, revirando os olhos. Não que estivesse próxima do orgasmo, pelo contrário, mas era justamente o que Naruto queria, que ela só atingisse o ápice com ele dentro de si, mas antes, ela precisava pedir e o pedido veio, de uma forma diferente, mas veio. Soltou-se do homem, apoiando seu tronco no chão enquanto empinava o bumbum para o loiro que espalmou novamente suas nádegas, lhe arrancando sofrêgos gemidos com isso. Não precisava de um pedido falado, bastava olhar para o espelho, a face implorativa de Hinata deixava claro que ela estava completamente entregue e isso quase que lhe satisfazia. Ainda acariciando a Hyuuga com os dedos, espalhando o líquido de sua excitação por sua intimidade, buscava, com a mão livre, sua carteira, a abrindo com a boca para retirar de lá um preservativo.

— Naruto… - chamou estranhando sua demora enquanto o rapaz terminava de se proteger, logo voltando ao ato, mordendo suas costas enquanto se posicionava, deitando por cima da amante que gritou ao senti-lo inteiro dentro de si.

— Pronto, honey, eu sou todo seu! - gemeu em seu ouvido, de fato estava tocando o céu e, ao mesmo tempo, se sentindo um demônio pecador enquanto a penetrava. Sempre era bom, mas com ela era maravilhoso. Com um pouco de dificuldade, Hinata girou seu tronco, virando-se para lhe beijar, com Naruto se ausentando de si rapidamente para que ela virasse por completo, tendo seu rosto acariciado enquanto ela lhe olhava nos olhos, gerando o forte magnetismo que lhes foi irresistível, quando menos esperavam estavam novamente trocando os ardentes beijos enquanto seus corpos dançavam a melodia sensual da música, dos gemidos e dos ruídos gerados pelo choque de seus corpos. Não satisfeito, Naruto sentou sobre o chão, a fazendo sentar em seu colo, deixando-a guiar o cavalgar enquanto sua nuca e seu rosto por ela eram agarrados, enquanto beijava e mordia seu pescoço, enquanto provavam da insanidade do prazer. Estavam próximos do ápice, o Uzumaki se esforçava para fazer com que Hinata atingisse o clímax junto de si, explorando seu corpo e falando as sujas palavras que tanto lhe agradavam durante o sexo para tal, já não suportava se segurar para não atingir o orgasmo novamente, se aliviando um pouco mais ao sentir a intimidade da Hyuuga lhe apertar. Puxou seu cabelo de forma que a fizesse encarar o espelho e então pudesse assistir à cena a qual julgava a mais sexy e bela que podia assistir. - Olhe pra você, Hinata, olha o quanto você é gostosa gozando, olha como eu sou sortudo de ter você aqui, honey! - massageava seu ego como sentia-se massageado por seu inteiror, permitindo-se enfim atingir o clímax juntamente com Hinata, com os dois caindo juntos, com seus corpos nus e suados unidos em um abraço cúmplice, com novos beijos sendo trocados ainda mais desejosos do que os do início da festa, com sorrisos safados nos rostos e as mãos entrelaçadas. Elogios eram sussurrados, assim como novas propostas de encontros, de sexo, talvez amor… A música ainda tocava, a festa ainda rolava, assim como seus corpos se tocavam e então rolavam pelo chão liso, se admirando em físico e em reflexo, com o prazer tão intenso quanto os olhares trocados. Não tinham a mínima pressa, tal como a festa à fantasia, não tinham hora para acabar, e, por hora, estavam fantasiados de amantes.

12 марта 2018 г. 22:51:35 0 Отчет Добавить 2
Продолжение следует… Новая глава Каждые 30 дней.

Об авторе

Tatu Albuquerque Mãe de Konohamaru, madrinha de Hanabi, adepta da Fé do Sagrado KonoHana. Você tem 5 minutos pra ouvir a palavra da minha igreja? Kaiten no cu e gritaria, kore!

Прокомментируйте

Отправить!
Нет комментариев. Будьте первым!
~