msherll MSherll

Katherine Cooper trabalha na Rossi & Bianchi. Numa reunião de negócios, ela encontra Ryan Costello, cunhado de sua irmã. Por obra do destino ou melhor do"Michael Idiota Benson" seu ex namorado, eles nunca haviam se encontram antes, mas foi atração a primeira vista. Ela vai negar isso a todo custo. Ryan Costello teve seu coração quebrado da pior maneira possível, após isso ele prometeu nunca mais se apaixonar novamente, mas ao conhecer Katherine Cooper, ele irá descobrir que nada pode impedir o inevitável. Ela não quer se envolver. Ele não quer se apaixonar. Ela é perseguida pelo ex. Ele é perseguido pelo passado. Um contrato pode mudar não só uma empresa como também seus donos. Onde uma promessa é quebrada, dois corações são unidos.


Любовные романы Молодой взрослый романс 13+.

#Romance #ruiva #newyork
0
1.4k ПРОСМОТРОВ
В процессе - Новая глава Каждые 30 дней
reading time
AA Поделиться

Capítulo 01 - Primeiro Olhar

POV: Kate

Acordei com o sol iluminando meu quarto. E pela primeira vez no meu tão sonhado apartamento, foram dias de procura pelo lugar perfeito e meses de reforma e tudo ficou simplesmente perfeito até George (meu gato preto) gostou. Realizei meu sonho de comprar ele sozinha, meus pais se ofereceram para ajudar, mas eu queria que fosse fruto meu trabalho, eles insistiram muito, mas no fim aceitaram que eu queria fazer tudo sozinha.

Saiu dos meus devaneios quando escuto um miado, olho para o lado e vejo George em cima da cama, miro meu olhar no relógio e vejo que já são 7:00 então tenho só uma hora para me arrumar e chegar no trabalho. Me levanto vou a cozinha coloco ração para George e água.

Subo para o banheiro escovo os dentes, tomo banho sem molhar o cabelo, pois não vai dar tempo lavar, tento arruma-lo e prendo num rabo de cavalo, faço uma maquiagem básica, Visto minha roupa intima, uma meia calça preta, uma saia preta, uma blusa vermelha e pego um casaco preto e calço um scarpin preto, coloco uns acessórios e passo perfume. Pego minha bolsa verifico se estar tudo certo, saiu e tranco a porta. Vou andando até a garagem, entro no meu carro e dou partida e vou até a uma cafeteria perto da empresa, peço um café grande e queijo quente, pago me sento em uma mesa tomo meu café da manhã e vou para a empresa. Chego na Rossi & Bianchi vou para o elevado e subo para o andar 27 vou para minha sala. Sou chefe do setor de marketing.

- Bom dia Mary. - Digo para minha secretaria.

- Bom dia Kate. -Ela fala sorrindo, ela me chama pelo primeiro nome, porque ela é minha amiga, mas quando tem pessoas por perto me chamam pelo meu sobrenome Cooper. Entro na minha sala e começo a trabalhar. Estou ansiosa para próxima campanha pelo que sei vamos fazer uma parceria com a Costello Jewelry, hoje vamos ter uma reunião com o presidente de lá, não o conheço, mas pelo que sei ele se chama Ryan Barker Costello, a mãe é dona da joalheria, mas se aposentou e passou a presidência para ele. Estava divagando pelos meus pensamentos quando escuto vozes e a porta é aberta, vejo Mike meu ex-namorado passando por ela.

- Ei o que é isso? Quem deixou você entrar? Vá embora antes que chame os seguranças! não quero você aqui! - Falo rude.

- Eu disse que ele não podia entrar Kate. - Mary fala, acho que ele vai ter um treco de tão nervosa.

- VOCÊ AINDA NÃO A DEMITIU! - Fala Mike gritando.

- Ela é minha funcionária e não tenho motivos para demiti-la! - falo ríspida, quem ele pensa que é para falar assim comigo principalmente depois do que fez?

- Como não há motivo por causa dela não estamos juntos. - A claro porque foi ela que te obrigou a me trair com a metade de New York e ainda dar encima dela para completar - penso.

- Ela não tem nada a ver com o você ter me traído com a metade de New York, e ainda dar encima da minha irmã como se não fosse o bastante dar encima da minha melhor amiga no caso Mary.

- Você também faz amigos com pessoas de classe inferior, esses aproveitadores, eu já disse que ela é interesseira você vai quebrar a cara. Eu já disse que elas mentiram para você, sua irmã nunca gostou de mim e ela também não, é óbvio que foi conspiração. - Isso já é apelação.

- Com quem faço amizade não é da sua conta! Alessa e Mary nunca mentiram para mim, já você. Elas conspiraram tanto contra você, que peguei você na cama com outra. - Falo brava se ele continuar insistindo nisso vou presa, porque vou mata-lo, e vou feliz para a cadeia.

- Kate já te pedi desculpa pela aquela noite, era só sexo. É você que eu amo. - Ainda tem coragem de falar isso meu Deus.

- Mary ligue para os seguranças do prédio para tirar ele e diga que a entrada desse sujeito está proibida. E você se continuar insistindo te denuncio por perseguição. - Falo me controlando para não o matar aqui mesmo. Os seguranças chegam e tirar ele da minha sala e Mary traz um chá de camomila para mim.

- Mary não ligue para o que ele diz, eu sei que você não é falsa nem interesseira. Obrigada pelo chá, você é uma ótima amiga e funcionária. - Digo a ela para ver se a acalma.

- Obrigada você Kate por acreditar em mim. - diz ela já emocionada.

- Que isso você é minha amiga, agora vamos parar de chorar e voltar ao trabalho, se lembre que aquela reunião importante é hoje, estou tão ansiosa. Falando nisso que horas é ela? - Pergunto trocando de assunto.

- Ela é às 10:00 horas. - diz ela. Quando olho para o relógio, vejo que já são 09:50, meu Deus quase atrasada.

- Pois falta só 10 minutos, eu vou subindo, você passa as ligações e vem mais eu! - Falo apressada. Pego o que preciso e vou para o elevador, Mary por incrível que pareça já estar me seguindo. Ela é rápida! Entro no elevador aperto o botão 35 que é o andar onde a reunião vai acontecer. O elevador abri e já estamos no andar certo vou andando até a sala de reuniões, quando Alessa me encontra e começa a falar:

- Kate fiquei sabendo do que aconteceu agora a pouco na sua sala. Você estar bem? - ela pergunta preocupada.

- Ale eu estou bem, relaxe já o superei, só é estressante essa perseguição, já faz 2 meses, do termino ele continua com essa palhaçada. - Falo cansada desse assunto.

- Agora mudando de assunto, como ele é você já o viu? Pergunto a Ale.

- Ele é legal, e é claro que sim ele é irmão do meu namorado, você só não o conheceu porque quando jantamos todos juntos você estava viajando. - Tinha esquecido desse jantar eu só fui viajar porque o filho da puta insistiu que tínhamos que comemorar o aniversário da mãe dele na Europa, ela nunca gostou de mim, dizia que eu não era boa o suficiente para seu filhinho perfeito. - E ele estava fora das outras vezes que jantamos todos juntos, tirando as vezes que você estava doente ou o George

- Tinha esquecido. - Paramos de conversar quando chegamos na sala. Mamãe vem até mim e começa a falar.

- Kate você ... - antes dela continuar falo.

- Sim mamãe eu estou bem vamos esquecer desse assunto.

- Tá bom Kate, mas se você me interromper de novo eu te bato, não importa se você tem mais de 18 ou se não mora debaixo do meu teto, eu ainda sou sua mãe - Fala ela brava.

- Perdão - falo

- Ok, agora o senhor Costello já estar vindo em nossa direção. - diz ela. Quando me viro vejo um homem de olhos verdes incríveis, ele tem um olhar sério, que o deixa incrivelmente sexy. Ele estar com um terno azul marinho que não duvido nada ser feito exclusivamente para ele ficou tão

bem nele. Seu olhar vem em direção ou meu e me olha tão profundamente que parece desvendar todos meus segredos.

12 июня 2021 г. 1:45:14 0 Отчет Добавить Подписаться
0
Прочтите следующую главу Capítulo 02 - Um Convite

Прокомментируйте

Отправить!
Нет комментариев. Будьте первым!
~

Вы наслаждаетесь чтением?

У вас все ещё остались 8 главы в этой истории.
Чтобы продолжить, пожалуйста, зарегистрируйтесь или войдите. Бесплатно!

Войти через Facebook Войти через Twitter

или используйте обычную регистрационную форму