pandghoul Luana Borges

Imagine algo acontecer e do nada você morrer... E pensar que tudo é um sonho, entretanto, só perceber isso quando chegasse no outro plano... Como iria reagir? O que faria se virasse um fantasma? Bom, você eu não sei, mas o fantasminha desse conto resolveu que faria um curso de susto. Um curso além do imaginável, que vai fazer você morrer de rir. Fantasminha quer provar para você que precisamos valorizar mais a vida e as pessoas que temos nela, com humor e uma pitada de emoção. Sejam bem-vindos! Tragam os lenços, a pipoca e divirtam-se. . Conto com 6100 palavras, em revisão.


Короткий рассказ 13+.

#fantasma #posmorte #Sobrenatural
6
2.3k ПРОСМОТРОВ
Завершено
reading time
AA Поделиться

Um rapaz com Coragem?!

31/10/2019

23h45min


Quem eles pensam que são?


Acham que podem me desafiar e que eu vou sair correndo com medo?


É... Eles acertaram.


Não é que eu seja medroso, mas aventuras na noite das bruxas é perigoso! Tanta gente mascarada, não tem como realmente saber as verdadeiras intenções, passo a minha mão direita no cabelo, meus fios castanhos sempre tão frescando.


Vou pensando nas piadas que vou receber quando for para escola. Recebi um desafio simples: entrar no cemitério local, andar até a sepultura de um Padre do Século XVIII, o local era tipo uma casinha bizarra, com paredes de mármores velhas e vidros quebrados, a ideia era entrar no local e permanecer por 5 minutos lá dentro, porém, eu tenho juízo.


Nem morto que eu entraria lá! Esse Padre teve morte trágica, dizem que o Padre havia se apaixonado por uma índia e que com isso, Deus havia se irritado e mandado um anjo matá-lo no meio da celebração, imagina a cena do anjo com a espada, matando o cara no meio da missa, égua não...


Louca a história, né? Mas qual cidade do interior não tem uma lenda local totalmente irreal? Até as capitais tem suas lendas urbanas, no interior, não é diferente… olho rapidamente para uma poça de água, a minha roupa era simples… estava em um encontro dos manos.


Até que gosto da minha cidade local, vou pensando em todos os verões divertidos que tive na praia, enquanto, me encaminho para casa, a minha residência é um pouco distante, ela é situada em um bairro novo chamado "Jardim Araguaia". A lua estava bem iluminada e o clima agradável com poucas nuvens.


Andando pelas ruas, percebo que já está tarde e não há quase ninguém na rua. Nada o que se estranhar, a maioria dos jovens da cidade estão nas festas, nas casas dos colegas jogando truco e bebendo ou em alguma vigília da igreja… o dia 31 de outubro é animado.


Não, não tô com medo de andar sozinho! Conceição do Araguaia é uma cidade tranquila que fora os períodos de verão é totalmente calma e amigável — e o pessoal "barra pesada" são meus vizinhos, então sem risco de assalto — dou uma leve risada com o meu pensamento, estou em uma avenida movimentada da cidade, próximo a pecuária, local onde ocorre os shows na época da exposição agropecuária.


Faltava um longo caminho ainda e as minhas pernas já tão começando a doer, digamos que eu não faça muitos exercícios, me arrependo internamente de ter emprestado a minha Pop 100 para o meu amigo, ele queria levar a namorada para lanchar, como sou um bom amigo, emprestei, porém… os meus pés, não gostaram.


O clima se tornou frio e tá começando ficar estranho, sem nenhum carro ou moto na Av. principal da cidade há quase 20 minutos. Paro em uma esquina e fico pasmo, o "Bar do Juarez" tá fechado em uma sexta-feira à noite? Como assim? O senhor dono do bar abre tá na segunda de manhã. Observo a entrada simples com portas metálicas e a calçada de cimento.


Olho para trás para observar a Av. Intendente pela primeira vez desde do começo da minha caminhada e o que vejo me deixa perplexo, um corpo, tô vendo um corpo caído no meio da rua, há cerca de uns 5 metros de distância. Arregalo os olhos… como isso aconteceu? Olho para todas as direções preocupado, observando o ambiente buscando entender.


Como um bom cidadão que sou, começo a correr em direção ao meu bairro, não vou ficar perto de um corpo no meio da rua, será que foi matado? Meu Deus. Será que me viram perto do local?


Após uns minutos tentando correr, vejo duas coisas:


Primeiro, não tô cansado, o que é realmente estranho, já que sou um sedentário e qualquer atividade física me deixa sem fôlego.


Segundo, não sai do lugar? Valei-me senhor, o que está acontecendo? Não sai da esquina do bar.


Porque tudo está tão silencioso?


Será que...


Não pode ser?!


Aquele corpo…


Sou eu?


20 апреля 2021 г. 1:25:51 6 Отчет Добавить Подписаться
3
Прочтите следующую главу Morri

Прокомментируйте

Отправить!
CS Camis Soares
O melhor mesmo é ele narrando tudo como se não tivesse acontecido kkkk eu amei

CS Camis Soares
Ainda estou chocada que ele morreu mesmo

IH Izzy Hagamenon
Olá! Faço parte do Sistema de Verificação e venho lhe parabenizar pela Verificação da sua história. Quando coloquei os olhos na sinopse eu já soube que seria algo que eu iria gostar, e quando terminei a leitura percebi que estava certa. Devo dizer que ele reagiu de uma forma bem calma quando percebeu que desencarnou, bem mais do que eu se acontecesse comigo. No primeiro parágrafo da sua história eu fiquei um pouco confusa pela mistura do pensamento do personagem com o que ele estava fazendo. Talvez seja melhor reler algumas partes do texto para ver o uso da pontuação. O texto está bem coeso e de fácil entendimento. Os diálogos simples e sem muita descrição nos fazem entrar ainda mais na história, faz parecer que tudo está realmente acontecendo na nossa frente. Adorei a Thanatos. Ela parece uma pessoa bem estilosa e com humor ácido, ela poderia facilmente ser uma amiga minha. A relação de ódio que ela tem com esse Sr. Lu foi muito engraçada de se ver, adorei os insultos que eles trocaram durante a discussão. Eu estava imersa na leitura e só percebi depois que tem uma frase com palavra faltando: "O senhor dono do bar abre tá na segunda de manhã." no lugar de "O senhor dono do bar abre até na segunda de manhã."; tenho certeza que no calor do momento esse detalhe passou despercebido. Eu adorei o fato do mundo espiritual ter se modernizado com esse sistema para as alminhas se cadastrarem usando o tablet estiloso da Thanatos, uma abordagem bem inovadora para a morte. Quem diria que teríamos que preencher fichas de cadastramento até no pós vida? Gosto muito de histórias leves e com comédia, fiquei muito feliz de saber que essa história era assim. Abraços, bye bye!

  • Luana Borges Luana Borges
    :3 obrigadaaaa pelo comentário Vou olhar 👀 as partes citadas Fico feliz que gostou da obra :D May 05, 2021, 00:29
~

Вы наслаждаетесь чтением?

У вас все ещё остались 7 главы в этой истории.
Чтобы продолжить, пожалуйста, зарегистрируйтесь или войдите. Бесплатно!

Войти через Facebook Войти через Twitter

или используйте обычную регистрационную форму