AA Поделиться

A geração comunicativa.

Nossa geração se chama dessa forma pelas incontáveis formas de comunição existentes, claro que todas facilitadas pela tecnologia, pois o avanço não para e o dia de amanhã ainda promete muito mais do que temos.

Nos escritos mais antigos que temos ciência da existência, informa que Deus criou o homem a sua imagem e semelhança, e a mulher da costela do homem, e a partir daquele momento Deus se comunicava com eles por palavras, palavras que Ele mesmo os ensinou e foram criados ja sabendo, até a própria serpente que os enganou ja sabia se comunicar, fazendo a raça humana se desconectar de Deus.

Após esse momento, todas as crianças que nasceram foram ensinadas a falar, escrever e qualquer outra atividade que era necessária para a sobrevivência, garantindo a sabedoria e consciência para ensinar a sua próxima geração.

De acordo com relatos bíblicos, as diferentes línguas nasceram no momento que os humanos, juntos desejavam construir uma torre para chegar até Deus, chamada Torre de Babel, então o próprio Deus desceu e os confundiu com diferentes línguas e assim não puderam se entender mais, e assim cada um tomou um rumo diferente para terras não habitadas anteriormente.

Após esses fatos meus caros leitores, é tudo uma grande evolução que os humanos em sua curiosidade e conhecimento construíram e chegamos até aqui, fax, telefones, celulares, apps que facilitam nossa comunicação de diversas formas cada um com diferentes objetivos, compartilhamento de fotos, vídeos, áudios, é tão grande esse hemisfério comunicativo que se torna quase que impossível contá-los, mas em algum momento algo se perdeu.

Os nossos jovens (Não apenas os jovens, mas 90% deles se obtém da tecnologia) sabem que todas as informações necessárias estão na palma das suas mãos, mas ainda assim sabemos menos que as gerações anteriores, por que ?

É tudo tão fácil em nossas mãos que criamos uma depencência cega de objetos tecnológicos, não percebemos que estamos cada vez mais longe das pessoas que estão perto, e queremos estar perto das pessoas que estão longe.

As vezes, me imagino em um mar de apps e cada vez que mais um entra eu me afogo mais, Discord, WhatsApp, Facebook, Messenger, Telegram, Instagram, e-mail (Ficando ultrapassado), Skype, RaidCall, Twitter entre outros, irei parar por aqui senão ficaria horas escrevendo isso.

Quem te liga nessa nova geração ? Nem as empresas estão mais aderindo a isso, mas o que está acontecendo com nossos jovens ?

A falta de vínculos afetivos deixa as pessoas mais suscetíveis a transtornos mentais, com menos tempo para usufruir do convívio com as pessoas de quem gostam, somado a outros problemas naturais (desemprego, falecimento de pessoas próximas, mudanças repentinas), e uma vida cada vez mais exigente por sucesso, por dinheiro, por destaque, entre outros, aumentando muito o nível do estresse.

E a tecnologia está trazendo o isolamento necessário para as pessoas se "desevoluirem" como humanos, nos afetando de várias formas que não entendemos, mas nos adaptamos.

Não crucificando a internet de forma nenhuma, muito pelo contrário, ela é uma ferramenta que nos informa, nos transforma e nos prepara para infinitas atividades, utilizada da maneira CORRETA.

Mas ainda é bom se desconectar de tudo, e se conectar em você mesmo, para se entender, descobrir o que realmente quer nesse mundo, pois aí descobrimos o que é bom ou ruim, necessário ou não, e se livrar de pessoas que apenas sugam sua energia positiva, como se se alimentassem de você invisivelmente, mas isso é papo para outro texto.

Comecei a escrever pois tenho tanta dificuldade de achar pessoas falando sobre isso, que achei necessário escrever, mas escrevo porque também gosto do mesmo, e gostaria de alertar as pessoas que se sentem assim, que existe uma luz na escuridão, e uma paz em meio a guerra, porém cada um tem que correr atrás do mesmo, e eu quero ser o portador da luz.


29 марта 2020 г. 18:11:27 0 Отчет Добавить 0
~