shinia Bar-t-t-tender

[Que sejas bem feliz Mas leves-me na mente Que cresçam suas glórias E as minhas lágrimas contentes] Já eu, por aqui, ficarei. Mas tenha certeza; por você, rezarei todas’minhas ave-Marias.


Fanfiction Anime/Mangá Todo o público.

#code-geass
Conto
0
1.0mil VISUALIZAÇÕES
Completa
tempo de leitura
AA Compartilhar

único

Recomendo fortemente que leia enquanto escuta Que Sejas Bem Feliz, do Cartola.


A lâmpada amarelada estendia sua sombra na parede sem pintura. O altar ficava bem no cantinho da sala, ao lado da janela quadrada, grande, daquelas que os moleques gostam tanto de se pendurar no fim da tarde. Ele mesmo já namorou muito por lá. Lelouch, namorando, quem poderia imaginar? Mas já passou. Há um ano, ou mais. Ele não é bom com datas, de qualquer forma.

As coisas passam. Eles foram uma delas.

Suzaku tomou a iniciativa. Lelouch nunca esperou que ele ficasse de verdade. Foi bom enquanto durou, e o sol das três da tarde, na cajazeira atrás da cerca do tio dele ainda ardia na pele, bem como o tracejar da ponta dos dedos bronzeados em seu corpo.

Foi como um amor de infância. E um amor de infância era tudo que Lelouch queria, mas ele não era um príncipe de contos de fadas, apesar do cavalheiro estar ao seu lado.

Suzaku foi embora há um ano. Ele ainda não sabia o que fazer quanto a essa saudade, desde então.

O sino da igrejinha bate às dezoito, a hora da Ave-Maria. Da casa dele dá pra ver a torre amarela no morrinho do centro. É uma cidade pequena, onde o Sol amanhece branco e anoitece quase laranja.

Meninos brincam no campinho de terra. Há de se ouvir os velhos voltando para casa nas carroças de madeira farpenta, ainda ao longe, mas se aproximando em seu próprio ritmo.

Lelouch se ajoelha no pequeno altar onde a Virgem se levanta em sua santidade. As mãos que nunca foram lisas nem enrugadas se juntam uma a outra, ele abaixa a cabeça. Suzaku está na cidade grande, vivendo. Lelouch espera que a Virgem o proteja por lá, também.

30 de Abril de 2020 às 20:49 0 Denunciar Insira Seguir história
0
Fim

Conheça o autor

Bar-t-t-tender Olho de frente a cara do presente e sei que vou ouvir a mesma história porca

Comentar algo

Publique!
Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro a dizer alguma coisa!
~

Mais histórias

Photograph Photograph
A linguagem das flores A linguagem das flores
Protect your e-mail Protect your e-mail