fromkais honey .

Kim Geonhak e Son Dongju não precisavam de muito, gostavam de andar no parque, ver filmes em dias chuvoso e comer pizza amanhecida. Desde de sempre a amizade dos dois era simples, os dois se entendiam tão bem que alguns amigos ficavam com uma certa inveja. Depois que começaram a namorar não foi diferente, na verdade, nem quando Geonhak percebeu seus sentimentos ele precisou de um grande gesto do menor que fizeram seu coração bater mais rapidamente. Ainda mais quando ele sempre batia rápido quando o assunto era o mais novo.


Fanfiction Bandas/Cantores Impróprio para crianças menores de 13 anos.

#xion # #Xion #leedo #leeon #oneus
0
1.7mil VISUALIZAÇÕES
Completa
tempo de leitura
AA Compartilhar

Parte I de I

O som que reverberava pelos corredores vazios eram de ninguém menos que Kim Geonhak que tentava desviar dos poucos estudantes que ainda estavam na escola enquanto torcia para que sua bolsa abrisse e tudo que estava lá fosse pelos ares.

E tudo isso para que?

O loiro estava atrasado, tinha combinado de encontrar Dongju na frente da escola para poderem ir ver o novo filme que chegou no cinema do centro da cidade, um dos únicos que não estava dentro de um shopping.

Na verdade, não era um encontro.

Nada disso.

Eles iriam como amigos assistir um filme e nada demais. Youngjo fez questão de encher sua paciência durante a reunião do jornal da escola dizendo que finalmente o casal tinha se assumido e querendo saber quando o casamento iria acontecer.

O irmão de Dongju também não ajudou pois dava mais conta em qualquer besteira que os amigos falavam, aliás, por que ele estava lá se nem do jornal da escola ele era? Enfim, as vezes ele esquecia que Dongmyeong era o completo oposto do irmão mesmo sendo gêmeos.

Estava tudo bem, já tinha feito todo o planejamento para que pudesse sair antes do mais novo e esperar ele com seu chocolate favorito, quem sabe conseguiriam pegar o ônibus vazio também. Aquela coisa, não é porque estava planejado que iria dar certo, não quando seu professor de química decidiu aplicar uma prova surpresa cujo qual a palavra fácil parecia não ser a melhor definição.

Correr não era a melhor opção para manter a boa aparência, mas ele sabia como o menor ficava quando ele se atrasava, e por mais que o bico de Dongju fosse a coisa mais fofa do mundo, ele não gostava de ver ele com os olhinhos tristes.

Seoho iria rir da cara dele se estivesse escutando seus pensamentos.

Sua sala pareceu ficar muito mais distante do que qualquer outro dia, aquele corredor parecia interminável, mas depois de desviar das meninas do grupo de artes ele finalmente chegou na porta que dava para o pátio.

Passou os olhos rapidamente pelo local e encontrou Dongju sentado conversando com Hwanwoong debaixo da sombra de uma das árvores que tinham por lá. Os cabelos vermelhos não estavam tão vibrantes como no início da semana, mas continuava lindo.

Respirou fundo, deu uma arrumada no uniforme esperando que pelo menos estivesse minimamente apresentável, fez a mesma coisa com os fios loiros rebeldes e começou a se aproximar da dupla.

Dongju viu ele se aproximando e sorriu, fazendo com que Hwanwoong também olhasse para quem estava se aproximando.

“Gak!” O menor disse animado olhando para o ruivo que já pegava sua bolsa para levantar. “Youngjo disse que vocês tiveram uma prova, como foi?”

O loiro já tinha sua mão esticada para que Dongju pegasse, algo que era tão automático que sua atenção realmente foi para responder a pergunta do outro.

“Olha, se eu tirar mais que um vai ser um milagre.”

Dongju estava do seu lado segurando seu braço enquanto tentava arrumar alguns dos fios loiros de Geonhak. Hwanwoong olhava a cena com um ar orgulhoso, era fofo ver os dois sendo fofos um com outro mesmo que ao mesmo tempo fosse tão frustrante ver que nenhum deles realmente fazia o movimento de realmente ficarem juntos.

“Duvido, ele sempre fala isso e tira a nota máxima.” Dongju disse olhando para o melhor amigo, Hwanwoong gargalhou. “Gak acho melhor irmos se não vamos perder o ônibus. Woong depois eu te ligo?”

O menor de todos assentiu logo estava empurrando os dois para fora da escola dizendo para aproveitarem o encontro deles. Por mais que Geonhak não quisesse admitir todos seus amigos faziam isso por ele.

(...)

A escolha do filme não havia sido muito difícil, na verdade, Geonhak não ligava para o que iam assistir desde que o menor ficasse feliz. Por isso os dois acabaram em uma sessão dos últimos lançamentos da Disney.

O mais novo tinha um amor muito grande por qualquer coisa que eles faziam, tanto que no último aniversário dele Geonhak e Youngjo decidiram juntar uma parte do dinheiro que tinham dos trabalhos de verão para comprar uma das bonecas que ele estava querendo.

Só de lembrar da cena do rapaz abrindo o pacote ele sentia seu coração ficar quentinho, e foi naquele momento também que algo estalou dentro de si. Olhando os personagens conversarem na tela e não entendendo o que falavam o fez lembrar de momentos que ele ficava apenas matando tempo na casa do melhor amigo enquanto ele terminava alguma tarefa, ou quando Dongju esperava as reuniões dos clubes que ele participava depois da aula para poderem ir embora juntos.

Eram pequenos detalhes, sempre foram, o outro segurando a mão dele quando saiam com os amigos para comer fora, as noites de filme de terror ruins, as conversas até altas horas da madrugada.

Dongju não era muito de falar dos seus sentimentos, nem mesmo para Dongmyeong que era seu irmão, mas de alguma forma eles conversavam, falavam dos seus medos e de tudo.

Geonhak se deu conta de que estava encarando o mais novo quando Dongju se virou e balançou sua mão na frente dele.

“Gak, está tudo bem?” Perguntou em um sussurro.

“Sim, eu apenas me distrai.” Geonhak disse deu de ombros, ele tinha acabo de perceber que estava apaixonado pelo melhor amigo, a última coisa que ele iria fazer era lidar com a situação com calma.

Uma das opções seria levantar para ir no banheiro e ficar lá até o filme acabar, mas todas as dúvidas que surgiram em sua mente foram ignorados totalmente quando sentiu Dongju abraçar seu braço e apoiar sua cabeça em seu ombro.

Ele poderia não ter uma resposta para o que iria acontecer depois daquele dia, não sabia o que poderia acontecer com os dois, mas de alguma forma ele sabia que tudo iria ficar bem.

(...)

“Eu não acredito que você se deu conta disso enquanto a gente estava assistindo um filme de criança” Dongju disse jogando um dos ursinhos que tinha dado para o namorado. “Tanta oportunidade boa, mas não, foi enquanto a gente assistia um filme!”

Geonhak apenas gargalhou, realmente, tinham tantos os momentos que ele poderia ter dado conta dos seus sentimentos.

“Mas a gente não escolhe essas coisas Ju, elas simplesmente acontecem.” Disse olhando para o rapaz sentado na cama que por um acaso estava adorável com um bico nos lábios. “Você fica me perguntando essas coisas mas nunca falou quando percebeu que gostava de mim.”

Suas sobrancelhas se levantaram desafiantes.

“Eu já te disse sim, não lembro quando isso aconteceu.” O menor olhava para todas as coisas do quarto menos para o moreno a sua frente. Geonhak sorriu ao ver as bochechas vermelhas, ele não queria saber realmente, o importante era que agora estavam juntos.

Mesmo em universidades separadas, mesmo se vendo muitas vezes mais por vídeo chamadas do que ao vivo, os dois não precisavam de muito, sem grandes histórias de amor ou grandes declarações.

Os dois eram apenas Kim Geonhak e Son Dongju

12 de Abril de 2020 às 04:48 0 Denunciar Insira Seguir história
0
Fim

Conheça o autor

honey . 🚀 𝖿𝗅𝗒 𝗆𝖾 𝗍𝗈 𝗍𝗁𝖾 𝗆𝗈𝗈𝗇 ✩ decidi criar isso aqui para deixar todas minhas histórias em um lugar só, talvez. ✩ ss. kinobam ✩ ss. mooochi

Comentar algo

Publique!
Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro a dizer alguma coisa!
~

Mais histórias

Photograph Photograph
A linguagem das flores A linguagem das flores
Protect your e-mail Protect your e-mail