Conto
0
1.0mil VISUALIZAÇÕES
Completa
tempo de leitura
AA Compartilhar

único

Heeeeeello everybody!
vamos de haikyuu pq amo muito e vocês que lutem.
Agora olhem esse hino de capa, perfeito né? Amém @Caramelo-sama que fez pra mim ^^
Eu não revisei então me avisem se acharem erros.
perfil da capista (https://getinkspired.com/pt/u/caramelosama/?fbclid=IwAR2pZtBCeHcvTR7lINCygGS8kH82R5O7ViEbJWWtsyi--TA-exEbuyRCWO0)
Enjoy ♥

*>*





A vida é feita de acasos, Tetsu-chan.


Eu ouvi isso tantas vezes durante minha infância e início da adolescência. Quase podia sentir os dedos de minha avó acariciando meus cabelos enquanto recitava, seu cheiro de chá verde, ou a voz rouca e tremida pela idade avançada.


Um acampamento de treinamento é normal, nada de especial, nada de extremamente incrível. Uma chance para melhorar, uma oportunidade de crescer, possibilidade de evoluir.


A vida é feita de acasos, Tetsu-chan.


Uma escola que há muito não participava conosco, fazia com que a equipe estivesse alvoroçada. De certo eu também estava animado, afinal, era meu último ano! Última vez que estaria na quadra com aqueles caras, seria então, tudo ou nada.


Karasuno chegou à propriedade da escola em seu pequeno ônibus. Os alunos estavam animados, embora com fisionomias cansadas. Em meio a todo aquele turbilhão, por incrível que pareça, você se destacava.


Taciturno, arrogante, de fones de ouvidos para não ter contato com o mundo.

Eu te vi e imaginei que seria mais alguém que eu pudesse importunar e, juntamente com meu bro, Bokuto, eu fiz isso acontecer. E quando dei por mim, você treinava conosco e realmente me ouvia.


Mas eu dei por mim, muito tarde, que te observava demais. Que por baixo do sorriso de escárnio, havia aguçada inteligência; que por baixo da acidez infame, havia uma gentileza quase infinitesimal.


Eu sei, você riria de mim por dizer isso. Entretanto, eu não me importo.


Os dias passaram e eu me vi cada vez mais preso a você. E no último dia de treinamento, pensava comigo mesmo, se deveria lhe contar tudo. Você sempre tão incessante, me assustava de tamanha forma... Esse sentimento que surgiu em mim, com intensidade esmagadora... Me assustava de tamanha forma que eu simplesmente não poderia pôr em palavras.


Eu coloquei de outra forma, sim, eu fiz. Eu te encostei na parede do vestiário masculino, logo após você dizer que iria dormir, e te beijei. Eu realmente achei que não fosse ser correspondido, por que eu iria? Todavia, você fez. Você retribuiu de forma tímida.


E o que eu faço agora? Você voltou para sua cidade com meu número de telefone e um sorriso debochado de te vejo depois, Kuroo-san.


E o que eu faço agora? Com esse coração bobo e apaixonado por você? Diga-me, Kei.


Há tantas coisas que não sei sobre a vida. Sobre quem vai ser campeão das Nacionais, sobre o clima da semana que vem, ou sobre meu almoço de amanhã.


Eu só sei de algumas coisas. Sei que meu cabelo vai permanecer despenteado, que Yaku vai brigar com Lev, ou Kenma jogar logo após a prática.


Sei que também que a vida é feita de acasos, Kei, e você foi o mais bonito.

23 de Março de 2020 às 19:00 0 Denunciar Insira 0
Fim

Conheça o autor

Machadorisos . Cadelinha de AsaNoya Casada com o fluffy ft amante do angst Pode vir, mas vem na maciota

Comentar algo

Publique!
Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro a dizer alguma coisa!
~