Woods Seguir história

plsmonica Monica Rodriguez

A vida de Jodie Hall em New Castle, no estado de Virginia, era normal e pacata. Tudo estava em seus conformes até que uma aventura inesperada começa a acontecer e ela precisa aprender a lidar com os novos fatos e desafios que o destino lhe impôs. Muitas perguntas começam a surgir em sua cabeça fazendo Jo se questionar: será que saberia lidar com tudo isso? Será que conseguiria sair do Bosque?


Fantasia Impróprio para crianças menores de 13 anos.

#woods #originais #magia #fantasia
0
667 VISUALIZAÇÕES
Em progresso - Novo capítulo Todas as Sextas-feiras
tempo de leitura
AA Compartilhar

Prólogo

Porque a magia não está apenas naquela mágica que você vê no circo, no programa de tv, na festinha de aniversário de criança que você foi no fim de semana... Não diz respeito apenas a um poder que advém de forças maiores... A fadas, bruxos, gnomos, e outros diversos seres enigmáticos nos quais acreditamos - ou não. A magia está EM TODO LUGAR! EM TUDO!

Caio Fernando Abreu


New Castle, Virgínia, 19h30


Saí do Hospital de Nuffield Health e guardei meu celular no bolso da frente de minha mochila. Trabalhava lá há 2 anos e nunca havia sido assaltada nem coisa parecida mas pelo o que dizem as más línguas, lá era um lugar perigoso. Melhor prevenir do que remediar, como dizia minha mãe. Aliás, meu nome é Jodie. Jodie Hall. Tenho 21 anos e sou interna no hospital, terminei a faculdade de medicina e resolvi começar a me mexer por que já era maior de idade e tinha que me virar e 'cá estou eu. Estava distraída fechando o teimoso zíper de minha bolsa, custou um terço do meu salário mas valera a pena, era maravilhosa, quando ouvi meu nome ser chamado.

—Jo! Jodie! — me virei o suficiente para ver Zack correr em minha direção, ofegante. Seus cabelos negros estavam desgranhados e caiam suavemente sobre seus olhos azuis escuro. — Oi, gatinha. — me deu um selinho e senti gosto forte de cerveja.

Fiz uma careta e limpei minha boca com as costas da mão. — Onde você estava? Bebeu de novo? — tentei ver algum sinal de embriaguez em sua feição porém ele sempre conseguia esconder bastante.

Ele deu de ombros e caminhou ao meu lado em direção ao ponto de ônibus. — Foi só um copinho, estava estressado. Keane me fez ficar trabalhando até tarde ontem e foi falar merda pro Will, fiquei puto e fui tirar satisfação com ele... — o interrompi parando de andar.

— Se meteu em briga de novo, Zack? — perguntei com a mão em seu peito que o fez parar de andar.

Ele arqueou as sobrancelhas e me olhou indignado. — Ele é um babaca, tinha que fazer alguma coisa. —Balancei a cabeça negativamente. Continuei andando deixando ele para trás.

— Quer saber? Esqueça. Você não tem jeito, Zack Elfrey! — gritei para ele ouvir mas o mesmo já estava do meu lado segurando meu braço firmemente.

— Não dê as costas para mim, Jodie. —falou grosseiro e depois afrouxou a mão. — Já basta o que tenho que aguentar no trabalho, e você ainda vem encher meu saco, porra! Dá um tempo! — disse passando as mãos pelos cabelos, ao me soltar. Respirei fundo e massageei meu braço.

— Tem razão. — disse calmamente ajeitando minha bolsa no ombro e retomando minha postura. — Um tempo seria ótimo, que tal pra sempre? — completei sorrindo e virando as costas para ele.

— O que você 'tá falando, sua louca? — disse correndo atrás de mim. — Você não vai terminar comigo!

Virei apenas para respondê-lo — Não vou, como já terminei! — sorri de lado antes de correr em direção ao ônibus que recém havia parado e aberto as portase entrei observando as mesmas portas se fecharem,em seguida pude ver Zack claramente frustrado bater com força na janela

— Você vai pagar por isso, Jo. Não vai me deixarassim. — sua voz saiu abafada. — Está me ouvindo? Não ache que vai sair ilesa disso.

Estremeci com suas palavras e me encolhi no banco. Nunca entendi o motivo de namorar Zack, ele sempre fora explosivo e quando bebia ficava impossível. Limpei as lágrimas que eu não percebi que estavam se formando no canto de meus olhos e respirei fundo. Estava tudo bem, ele não ia atrás de mim. Certo?


(...)


Abri a porta de meu loft pequeno e deixei minhas chaves em cima da mesinha de vidro. Respirei fundo e subi as escadas para meu quarto, me deitei na cama e encarei o teto. Minha vida estava tão vazia, não havia nenhuma festa, nenhuma proposta inovadora, estava tudo tão... calmo. Eu não gostava tanto disso quanto pensei, achei que minha vida mudaria depois de começar a morar sozinha, ter meu emprego, meu próprio dinheiro. Mas tudo continuava do mesmo jeito, talvez até pior.

Peguei meu celular e fui responder a mensagem de Anne, minha melhor amiga (vulgo vizinha) que havia perguntado se eu já tinha chegado. Respondi um "sim" e contei em minha mente até ouvir a porta sendo aberta.

— 8 segundos! Um novo recorde! —gritei do andar de cima, e como era um loft ela me via e ouvia claramente, a vi subir as escadas e se jogar na cama ao meu lado.

— Estava esperando você chegar. —disse observando as unhas. — 'Tá tudo bem?

Dei de ombros mesmo sabendo que ela não tinha visto. — Sim, talvez. Eu sei lá.

Ela me olhou de canto e perguntou já sabendo a resposta. — Zack fez alguma coisa?

Assenti e suspirei em seguida. —Como sempre.

— Me diga que vocês terminaram. - disse com os olhos fechados. Ri de leve assenti, esquecendo que ela não via novamente respondi em voz alta.

— Sim, mas acho que pela parte dele não. — disse me lembrando da "ceninha" ridícula que ele havia feito.

— Como assim? — Ann se sentou e me olhou de costas. — O que houve?

— Ele ficou nervoso por que reclamei de sua bebedeira e afins, —comecei me levantando e sentando de seu lado. — explodiu e me ameaçou, —revirei os olhos. — ele estava bêbado então não foinada demais.

Ela me abraçou de lado. — Foi melhor assim, darling. Agora que está solteira muita coisa virá! Você vai ver, vai ser como magia! — bateu palminhas de forma e eu apenas ri balançando a cabeça. Que essa magia venha para o bem, pensei.

14 de Fevereiro de 2020 às 20:30 0 Denunciar Insira 0
Leia o próximo capítulo I'm Screwed

Comentar algo

Publique!
Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro a dizer alguma coisa!
~

Você está gostando da leitura?

Ei! Ainda faltam 1 capítulos restantes nesta história.
Para continuar lendo, por favor, faça login ou cadastre-se. É grátis!