0
1.0mil VISUALIZAÇÕES
Completa
tempo de leitura
AA Compartilhar

Um dia com as princesas

Estavam todas reunidas, caminhando animadamente em meio a grande aglomeração de pessoas e prédios que se projetavam para todos os lados, cada um competindo para ser maior e mais importante que os outros. Bella ia a frente, trocando comentários animados com Elsa. Logo atrás, Ariel e Branca andavam lado a lado. A primeira observava maravilhada os prédios dos inúmeros sites. Havia a Wikipedia, um prédio tão grandioso que era quase impossível ver o topo. A direita, o site da Netflix, com um grande N vermelho. Ela já havia estado ali inúmeras vezes, aonde assistira ao seu próprio filme como os filmes de muitas outras princesas Disney. Era um lugar maravilhoso, um cinema com incontáveis salas e um repertorio quase interminável de filmes e series. Já Branca, divertia-se com os pequenos pássaros azuis, os tweets, que pousavam em seus braços e cabeça, as aves repetiam mensagens de diferentes usuários da internet. Branca lia a todas, rindo com os memes frequentes que eram twitados.

- Ah, ali está! – exclamou Bella, apontando para uma barraquinha a frente – o Buscador!

O site do Buscador era um quiosque humilde, aonde um simpático e animado homenzinho azul atendia a todos os visitantes. Ele era o Sabe Tudo e, conforme o próprio nome dizia, sabia de tudo que se podia saber ali na internet. As quatro princesas se aproximaram do Sabe Tudo que acabava de indicar um site de negócios para uma moça. Quando viu as princesas, o homenzinho juntou as mãos e abriu um largo sorriso.

- Ah! Ai estão vocês minhas queridas!! – ele dava alguns saltinhos de felicidade. As quatro princesas se amontavam para ficarem próximas dele – Como estão hoje? Espero que bem! A proposito Elsa, parabéns pelo novo filme! A bilheteria foi um sucesso, superou até mesmo o primeiro filme! Agora você tem os dois filmes de animação com maior bilheteria! Bem, o novo Rei Leão está na frente, mas aquilo não é animação sabe? Podem até dizer que sim, mas não o considero uma animação com aqueles gráficos super realistas.

Elsa sorriu e acariciou a cabeça do Sabe Tudo, o homenzinho mudou sua tonalidade de azul para vermelho, muito fofo. Ariel e Branca deram risinhos. Os tweets que estavam em Branca soltaram alguns piados animados.

- Obrigada Sabe Tudo, eu estou super requisitada por causa desse novo filme, quase não tenho descanso! Me chamam para tudo quanto é de evento!

- Eu sei como é amiga, mas ao menos o seu filme foi um sucesso sem grandes problemas – disse Ariel com um suspiro, ela apoiou os braços no balcão do site do Buscador e revirou os olhos – jaja meu filme live action vai sair. Metade das pessoas aqui na internet estão super animadas, mas a outra metade só fica reclamando porque a atriz que vai me representar é negra. Meu deus, porque eles simplesmente não curtem o filme ao invés de ficarem com esse preconceito besta?!

Essa era uma polêmica que envolvia quase tudo na internet, um problema sem solução. Bella deu tapinhas no ombro da amiga, consolando-a. Enquanto isso, Branca aproximou-se do Sabe Tudo e foi direto ao ponto.

- Sabe Tudo, estamos procurando um site legal para passarmos o tempo antes de precisarmos ir para a reunião com outras princesas. Bella tinha comentado que queria visitar um site com livros. Tem alguma boa indicação para nós?

Aquela pergunta era como uma palavra mágica. Sabe Tudo começou a tremer e saltitar como se possuído por algum espírito louco, luzes piscavam em todo seu pequeno site do Buscador. Era algo comum, sempre se repetia quando alguém fazia uma busca, mesmo assim não deixava de ser engraçado de se ver.

- Encontrei 2.632 resultados! – disse Sabe Tudo um pouco exausto. Fazer uma busca sempre lhe causava um cansaço momentâneo. Ele limpou algumas gotas de suor da testa – se quer minha sugestão, vão para o site da Livraria Virtual, é uma maravilha, organizado, limpo, uma belezura!

As garotas trocaram olhares de concordância, o local parecia bom e tinha um nome impactante, simples e eficiente. Bella, porém, coçou o cenho antes de aceitar a sugestão.

- Espero que não seja um daqueles sites aonde se baixam livros gratuitos Sabe Tudo – disse com desconfiança – sabe muito bem que isso é crime.

A expressão de sabe tudo foi de total escândalo. O homenzinho saltou, subindo no balcão e apontando com hostilidade para o rosto da princesa. Seus olhos estavam arregalados.

- Como ousa! – ele parecia que ia explodir de raiva de tão alterado que estava – saiba muito bem que não recomendo esse tipo de site mocinha! Sua pergunta foi um ultraje. Eu deveria indicar a vocês algum site de fanfics, ai queria ver como vocês ficariam escandalizadas quando lessem as histórias indecentes que os fãs escrevem sobre vocês!

- Q-que tipo de histórias são essas?! – perguntou Branca tão alarmada que acabou espantando os tweets.

Procurando não causar confusão, como também não ouvir a resposta do Sabe Tudo, Ariel apertou no link do Livraria Virtual. Um carro apareceu rapidamente, as quatro se sentaram, Branca ainda fazia perguntas sobre as histórias indecentes, ao mesmo tempo curiosa e receosa com o que poderia ouvir.

- Não ligue tanto – respondeu Bella tentando disfarçar suas faces que haviam adquirido um leve rubor – são... só algumas histórias não oficiais.

O carro partiu rapidamente, levando todas as garotas. A viagem demorou um pouco, não mais que quinze minutos. Logo, as quatro desceram em frente a um enorme edifício. As colunas que o sustentavam eram formadas por livros. O local era amplo, com uma porta de vidro dupla. Maravilhada, Bella seguiu em frente quase correndo. Ela simplesmente não conseguia se conter quando o assunto eram livros.

As demais a seguiram. A livraria era convidativa, com enormes estantes que se estendiam por metros de altura. Muitas pessoas passeavam por ali, algumas conversavam, mas a maioria estava a analisar os inúmeros livros do catalogo da Livraria Virtual. Alguns funcionários, pessoas de pele azul, vestidos com roupas brancas com a logomarca da Livraria Virtual, auxiliavam aos visitantes, ajudando-os a encontrar os livros desejados. Bella dirigiu-se até um deles, um homem magro, de óculos, com uma expressão seria e até um pouco entediada.

- Bom dia senhor – Bella juntava as mãos, parecia uma criança em frente ao Papai Noel. Seus olhos brilhavam – queria encontrar alguns livros, poderia me ajudar?

O homem balançou a cabeça em um sinal afirmativo mecânico. Ele segurava um tablet com uma das mãos. Com a outra, ajeitou seus óculos.

- Claro moça. Qual os nomes dos livros?

- Bem, eu não sei o nome dos livros especificamente... mas é uma série sobre os vilões da Disney, escrita por Serena Valentino.

As outras três princesas ficaram curiosas e animadas ao ouvir aquilo. Branca ficou um pouco intrigada, já Elsa, demonstrou interesse. Ela não gostava nem um pouco do vilão do seu filme, um duas caras chamado Hans. Não é que ela não gostasse dele como pessoa, pois os dois já haviam saído juntos algumas vezes, na companhia da irmã de Elsa, Anna. Mas, representando seu papel de vilão, Hans era um homem desprezível. Por dentro, entretanto, era uma pessoa muito divertida e educada. Era só uma pena que seus fás não fossem muito numerosos.

- Livros sobre os vilões? Incrível! – exclamou Ariel super animada – Ursula é super engraçada, ela me faz morrer de rir com suas piadas e seu humor sarcástico! Adoraria ler algo sobre ela!

- Coitadinhos, eles merecem destaque – falou Branca com gentileza – as pessoas só os veem como vilões, mas esse é apenas o papel deles. Como pessoas são um amor. Gosto muito da Rainha má, e, sinceramente, ela não merece ser chamada assim, é uma pessoa maravilhosa.

Alheio a conversa das moças, o funcionário procurava a informação requisitada. Seus dedos mexiam no tablet com familiaridade. Em pouco tempo, encontrou o que procurava.

- Aqui está moça – disse, mostrando o tablet que continha os cinco livros publicados da série, todos escritos por Serena Valentino.

Todas olharam com animação, percebendo que seus vilões tinham livros próprios. Havia um livro sobre a Rainha má, Fera e Ursula, mas nenhum sobre Hans. Elsa ficou um tanto decepcionada.

- Por que só o meu vilão não tem um livro? Isso é tão injusto.

- Injusto? – perguntou Ariel cruzando os braços – você canta Let it go, e está falando de injustiça?

- E não esqueça que tem um castelo em Arendelle e outro, fainda mais pomposo, eito totalmente de gelo – completou Bella – eu nem sequer tinha um único castelo antes de me casar com o Fera.

- E os poderes? – perguntou Branca com uma pontadinha de inveja – eu canto com os pássaros enquanto você cria bonecos de neve com vida.

Constrangida e arrependida de seu comentário infeliz, Elsa levantou as mãos em sinal de paz. Todas a olhavam de forma acusatória, deixando-a bastante sem jeito.

- Ok, ok, desculpem! Não me culpem por ser popular!

E elas não culparam, mas riram animadamente por terem se divertido as custas da amiga. Ariel abraçou Elsa com carinho, seus braços envolvendo a cintura da amiga.

- Tudo bem, sabe que te adoramos Elsa! – e, para provar isso, beijou a bochecha da loira. Elsa corou de leve, retribuindo o abraço e acariciando os cabelos ruivos de Ariel.

O funcionário guiou-as até a estante aonde estavam os livros solicitados por Bella. Avida por leitura como era, a princesa de cabelos castanhos queria todos os cinco livros da série. Comprou-os com seu cartão de credito, pois sendo uma princesa ganhava muito dinheiro. Ela até havia tido uma guinada em suas finanças anos atrás, quando lançaram seu filme em live action e isso lhe deu muito mais popularidade e dinheiro. O funcionário entregou os cinco livros. Branca se ofereceu para carrega-los, pois era sempre muito gentil. Achou que não seriam tão pesados, mas quando os segurou quase caiu no chão devido ao peso.

- Quantos megabites tem esses livros?! Até parece que estou com um gigabite nas mãos – disse arfando, seus braços doendo devido ao esforço.

O funcionário olhou para seu tablet e em seguida voltou a fitar Branca, que já estava vermelha de tanto fazer esforço.

- Eles pesam se...

- Foi uma pergunta retorica! – apressou-se Elsa em responder. Bella e Ariel ajudaram Branca com os livros, cada uma segurando dois deles. A morena soltou um suspiro de alívio ao se ver livre de tanto peso.

As amigas decidiram comer alguma coisa. Ainda tinham tempo até seu compromisso e, felizmente, havia uma cafeteria no prédio da Livraria Virtual. Todas se sentaram em uma grande mesa circular. Bella colocou todos seus livros em uma sacola e a deixou cuidadosamente no chão, aos seus pés. Em questão de poucos minutos, uma funcionária, também azul e com o uniforme da Livraria Virutal, foi atende-las. Ao contrário de seu companheiro, era bastante animada e simpática. Ela trazia um tablet nas mãos e um sorriso charmoso no rosto.

- Bom dia! Oh, oh! Não acredito! Vocês são as princesas Disney! Temos celebridades aqui! Eu adoro o trabalho de vocês! Em especial o seu Ariel, é minha princesa favorita!

Ariel corou de leve, agradecendo com gentileza. Estava acostumada as pessoas a abordarem dessa forma e sempre tentava ser o mais simpática possível com os fás. Ela pegou um guardanapo que estava na mesa e assinou o seu nome, escrevendo uma mensagem carinhosa para a funcionária “acredite em seus sonhos”, era algo recorrente nos filmes da Disney de princesas e, para todas elas, uma mensagem valiosa.

A moça quase explodiu de satisfação. Abraçando o guardanapo como se fosse o mais precioso dos tesouros. Era um gesto fofo. As outras princesas resolveram entregar mensagens semelhantes a moça e, ao final, a funcionária estava deslumbrada, segurando com carinho quatro guardanapos.

- Muito obrigada! Muito obrigada!! – repetia inúmeras vezes. Estava tão eufórica que até esquecera de fazer seu trabalho.

As princesas sorriram. Bella disse que não era nada e que ficava muito feliz em ter pessoas que gostassem tanto dela. Após algumas trocas de palavras gentis, elas fizeram seus pedidos. Em pouco tempo a funcionária retornou com taças de sorvete para Elsa e Branca. Ariel pedira alguns biscoitinhos enquanto Bella optara por um chocolate quente.

As amigas ainda tinham algum tempo até seu compromisso por isso trataram de usá-lo bem, conversando sobre seus gostos pessoais, sonhos e sobre romance também. Bella soprou seu chocolate quente duas vezes antes de leva-lo a boca, mas quando o fez afastou-o depressa, os lábios ardendo devido a temperatura da bebida.

- Ai! – o gemido saiu involuntariamente – Elsa, poderia esfriar meu chocolate? Mas só um pouquinho por favor. Quero que fique morno.

Com um gesto simples, Elsa lançou uma fina magia de gelo que rodopiou ao redor da xicara de Bella. Um feixe de luz branco-azulado que deixava pequenos fragmentos luminosos, como grãos de poeira, por onde passava. Bella voltou a provar a bebida. Sorriu discretamente de satisfação.

- Obrigada.

- De nada, as vantagens de ter uma amiga com poderes de gelo – disse movendo a cabeça de forma elegante, fazendo sua trança saltitar até atrás dos ombros.

Branca dava colheradas lentas em seu sorvete. A morena estava pensativa, até mesmo alheia a conversa. Ariel a cutucou no ombro, chamando sua atenção. Branca teve um leve susto e quase derrubou sorvete em seu vestido.

- O que está pensando amiga? – perguntou Ariel, ajeitando com uma das mãos uma mecha de seus longos cabelos ruivos.

- Ah... nada demais. Só pensando, temos sorte de trabalharmos juntas e podermos sair com frequência. Nos vemos todos os dias e mantemos nossa amizade sempre firme. Nunca tinha pensando nisso antes sabem? Mas depois do que houve com Ralph e Venellope, comecei a refletir sobre. Temos muita sorte de termos a companhia uma da outra.

A verdade daquelas palavras pairou no ar por alguns instantes. Todas ficaram pensativas. A internet era um lugar amplo e elas tinham muitos amigos próximos, mas muitos deles elas só os viam umas duas vezes por ano. Todos tinham seus trabalhos, viviam em sites diferentes e estavam muito atarefados. Era realmente uma sorte que elas quatro, assim como as outras princesas Disney, estivessem sempre juntas.

- Verdade... sinto saudades de meu pai e da tia Ursula também – disse Ariel, seus dedos brincavam com o último dos biscoitos de seu prato – mas mesmo com a distância continuamos sendo amigos.

As quatro ficaram pensando sobre isso, discutindo suas vidas conturbadas e o pouco tempo que tinham para relaxar. Ser princesa Disney não era fácil, pois estavam sempre sendo lembradas e precisavam marcar presenta em algum evento. Tudo estava indo muito bem, até que, com um sobressalto, Ariel levantou-se de sua cadeira.

- Branca está quase na hora. Precisamos nos apressar, em breve começa nosso compromisso!

Branca levantou-se também, olhando assustada para um relógio preso a parede e constatando aliviada que ainda tinham tempo para não chegarem atrasadas. Elsa e Bella permaneceram sentadas, ao contrário das amigas, não tinham nenhum compromisso e ficariam mais um tempo conversando uma com a outra.

- Reunião do grupo das “Princesas que tem que provar que não são indefesas” – disse Bella. Ela nunca havia participado dessas reuniões, assim como Elsa, pois não tinham uma imagem de princesa que precisava ser salva, mesmo Bella tendo sido sim salva em seu filme – quem vai participar hoje?

- As mesmas pessoas de sempre – respondeu Ariel dando de ombros – Peach, Zelda... Lenna vem de vez em quando, ela não é muito lembrada como princesa. Ninguém fala tanto em Final Fantasy 5 hoje em dia.

- Um rotulo nada agradável, fico feliz que vocês estejam se reunindo para falar sobre. Ralph me disse que ele tem algo semelhante lá no fliperama, com relação a vilões. Ninguém gosta de ser taxado de vilão. Acho que Hans ia gostar de ir, mas ele não é muito lembrado como vilão. Não é tão marcante como a Rainha má ou a Ursula.

Todas concordaram. Elas precisariam dar uma passadinha no fliperama quando pudessem. Estavam interessadas em conhecer o lugar, em especial a Corrida Doce. Quem não gostaria de conhecer um lugar todo feito de doces?

As amigas se despediram. Branca e Ariel se foram, enquanto Elsa e Bella permaneceram sentadas. Elas chamaram a funcionária da cafeteria para tirar os pratos da mesa. Depois, ficaram paradas uma em frente a outra. Bella pegou sua sacola com os livros comprados e os colocou em cima da mesa.

- Então, por que não ficamos lendo um pouco?

Elsa sorriu, cada uma escolheu um livro e as duas emergiram em suas leituras. Os livros estavam tão bons que elas nem sequer perceberam a passagem do tempo, continuaram a ler atenciosamente. Após algum tempo, Elsa baixou seu livro e, tomando coragem já que estavam as duas sozinhas, perguntou o que estava na sua cabeça já fazia um bom tempo.

- Então... aquelas histórias indecentes que o Sabe Tudo falou. Sobre o que se tratava? Era sexo não era?

Bella abaixou seu livro lentamente, as faces coradas. Os olhos das amigas se encontraram. Ela demorou um pouco para responder, mas acabou cedendo.

- Sim, bastante. No seu caso Elsa, envolve muito erotismo lésbico. As pessoas adoram escrever sobre você tendo romances com outras garotas – ela corou ainda mais, Elsa estava totalmente atenta as suas palavras – tem algum problema com isso? Espero que não tenha ficado chateada.

Elsa processou aquela informação lentamente. Sabia que todos a consideravam um símbolo LGBT, em especial por cantar a icônica música Let it go, mas nunca havia imaginado que escreviam esse tipo de coisa sobre ela.

- Ah, tudo bem, só fiquei um pouco surpresa por estarem escrevendo sobre mim fazendo sexo. Não tem problema. São escritores e é normal que deixem a imaginação fluir e tenham sua liberdade artística. Além do mais, nós duas sabemos minha opção sexual não é mesmo?

Sim, elas sabiam. As duas trocaram um sorriso e mudaram de assunto. A funcionária que as tinha atendido ouvira tudo e tinha ficado muito curiosa para saber se Elsa era ou não lésbica, como todos diziam. Essa informação, porém, continuou em sigilo, mas independente disso, histórias com a princesa loira continuariam a ser escritas.

1 de Fevereiro de 2020 às 18:40 2 Denunciar Insira 1
Fim

Conheça o autor

Lucas Vitoriano Ola, me chamo Lucas, adoro escrever, ver animes, jogar Magic the gathering, ler entre outras coisas mais rs. Sou particulamente fissurado em mitologia grega, meus autores favoritos são Neil Gaiman e Kazuo Ishiguro e, meu livro favorito, é As brumas de Avalon.

Comentar algo

Publique!
Karimy Lubarino Karimy Lubarino
Olá! Escrevo-lhe por causa do Sistema de Verificação do Inkspired. Caso ainda não conheça, o Sistema de Verificação existe para verificar o cumprimento das Regras comunitárias e ajudar os leitores a encontrarem boas histórias no quesito ortografia e gramática; verificar sua história significa colocá-la entre as melhores com relação a isso. A verificação não é necessária caso não tenha interesse em obtê-la, então, se você não quiser verificar sua história, pode ignorar esta mensagem. E se tiver interesse em verificar outra história sua, pode contratar o serviço através de Serviços de Autopublicação. Sua história foi colocada "Em revisão" pelos seguintes apontamentos retirados dela: 1)Pontuação: falta de vírgula para separar vocativos de frases, como em "Ai estão vocês minhas queridas" em vez de "Ai estão vocês, minhas queridas". "não é animação sabe?" em vez de "não é animação, sabe?". 2)Acentuação: "a direita" quando deveria ser "à direita"; "repertorio" em vez de "repertório"; "series" em vez de "séries"; "jaja" em vez de "já, já". 3)Outros: uso de "aonde" quando deveria ser "onde"; "me chamam para tudo quanto é de evento" em vez de "me chamam para tudo quanto é evento"; uso inadequado dos porquês. Observação: os apontamentos acima são apenas exemplos retirados de sua obra, há mais o que ser revisado. Aconselho que procure um beta reader; é sempre bom ter alguém para ler nosso trabalho e apontar o que acertamos e o que podemos melhorar, e os betas do Inkspired, quando contratados, fazem uma análise detalhada da sua história e a enviam através de um comentário. Caso se interesse, esse recurso também é disponibilizado pelo Inkspired através do Serviços de Autopublicação. Além disso, também temos o blog Tecendo Histórias, que dá dicas sobre construção narrativa e poética, e o blog Esquadrão da Revisão, que dá dicas de português. Confira! Bom... Basta responder esta mensagem quando tiver revisado a história, então farei uma nova verificação.
March 04, 2020, 13:44

  • Lucas Vitoriano Lucas Vitoriano
    Ola, muito obrigado pelo comentário. Eu adoraria dar uma ajeitada no conto, mas demandaria muito tempo e esforço pois escrevo muitas histórias e passar pelo processo de revisão de cada conto seria muito trabalhoso (faço uma revisão antes de postar, mas isso só corrigi uma parcela dos erros). No momento, decidi fazer isso apenas nos romances que pretendo publicar (estou com 2 em andamento atualmente), vou dar uma olhada no blog que você citou pode ter certeza. Vi que você comentou em outro conto acerca de revisão, estou respondendo aqui pelos dois contos. Bem, por fim, vi que você marcou que gostou dos contos então fico feliz que além de seu trabalho de revisão, tenha curtido a história! ;) March 04, 2020, 22:10
~