Novo app: Inkspired Writer! Escreva, publique e gerencie suas histórias no seu celular!!. Leia mais.
victor-gabriel-matos1574296794 -AUGN-

Em um mundo onde gatos e gatas vivem em constante batalha, sendo as gatas superiores aos gatos, um certo gato é capturado por uma das gatas mais perigosas de sua área e a partir dai sua vida se torna um inferno.


Horror Para maiores de 18 apenas.

#terror #horror #Gatos-contra-Gatas #Gatos-Vs-Gatas #gore #multilação
10
4.4mil VISUALIZAÇÕES
Em progresso - Novo capítulo A cada 30 dias
tempo de leitura
AA Compartilhar

"A Guerra"

Morte e sangue diante mim, me pergunto como isto começou, os inimigos destroçando dos nossos e os gatos perdendo. Em meio ao sangue ao chão me coloco de pé e começo a correr. Amigos e parceiros todos mortos, gatos choram por misericórdia mas... Elas se negam e os matam.


— Por que... Por que isto está havendo...


Ao correr gatas percebem que estou fugindo e correm atrás de mim.


— Merda... Não posso ficar nesta forma humana ou elas irão me pegar...


Me transformo em CAT ( Forma animal ) e começo a correr em toda velocidade, mas o mesmo elas fazem...


— Droga...


Estamos em uma fábrica abandonada, antes era controlada pelas raposas, a raça mais tecnológica neste continente. Tendo várias caixas no depósito pulo em cima delas, subo no telhado e consigo despistá-las.


Volto para a forma original.


— Finalmente as despistei...


Começa a chover, decido ir até a ponta do telhado. A guerra está sangrenta, vários gatos decapitados, mortos e quase nenhuma gata morta.


— (Não acredito que acabaria assim...)

— Merda...


De repente ouço paços metálicos adiante, no mesmo instante me viro. Uma gata, seu cabelo é vermelho vivo e seus olhos também, em suas garras metálicas está uma cabeça de um gato, ela lança ao chão e em seguida pisa em cima do mesmo, estourando-a.


[???]


— Saudações, vejo que você é um dos únicos que restaram, acabar com você... ( Risos Psicopatas*) VAI SER FÁCIL! =).


Em seguida com um sorriso aterrorizante intimida-me, a única coisa a fazer é lutar, retiro minha espada da bainha e permaneço em posição de ataque.


[???]


— (Risos psicopatas*) Hahahaha... Como você é idiota de pensar que tem chances contra mim Haha... Nunca pensei que seria tão inútil =).


Em seguida faz o mesmo que eu, retira suas duas espadas de suas costas. Logo após com um giro, salta e ataca. Defendo com minha espada, a força dela é muito grande, dificultando minha defesa e performance.


[???]


— (Risos*) Haha... Vejo que você é superior aos outros haha, todos que se puseram a me enfrentar tiveram suas cabeças arrancadas =).


— ... ( Por que?........).


Contra ataco frontalmente, em tentativa de acertar seu peito. Mas com apenas um bloqueio minha espada é partida ao meio.


[???]


— Hum... Vejo que sua espadinha quebrou, bem, agora terei que acabar com você =).


Com sua espada me ataca com muita velocidade, porém consigo desviar. Em seguida desfere um chute, me mandando para ponta do telhado.


— Fico impressionado que você conseguiu esquivar do meu ataque, porém, agora não mais =).


Com sua espada desfere um golpe em busca ao meu peito, mas... Antes de chegar seguro sua espada. Minhas mão cortam.


[???]


— Até que você é corajoso =).


Com movimento súbito perfura minha barriga com sua outra espada. Cuspo sangue em sua armadura.


[???]


— ( sussurro*) Mas eu sou mais =).


Ela retira sua espada e finaliza me dando um chute, me derrubando do telhado.


— (Nunca pensei que acabaria assim... Minha vida... Meus amigos... Companheiros... E-eu...)


Me transformo em CAT enquanto caio. Ao derruir do chão retorno a minha forma original. Me levanto, coloco minha mão sobre minha barriga e saio correndo.


[???]


— Interessante, Hum... interessante (Sorri*), você até que é resistente haha (Ri*).


Enquanto estou andando me deparo com duas gatas devorando um dos corpos mortos dos gatos. De repente uma delas olha para trás, rapidamente me escondo.


— Isso é um pesadelo... E-eu devo estar dormindo...


Ouço passos vindo no meio da escuridão se aproximando, me viro e deparo com quatro olhos vermelhos. Fico assustado e começo a me afastar lentamente. As duas gatas se revelam da escuridão e avançam em mim, me viro e começo a correr, indo em direção ao portão de saída.


— Estou quase lá...


De repente uma das gatas salta sobre minhas costas mordendo meu pescoço.


— ( Expressão de dor*) ...AAAahhhh!!


Me derramo sobre o chão.


— Não.... (Lágrimas*) ( Eu estava quase lá...)


Uma delas saca sua espada e crava em meu braço.


— (Gritos de dor*) AAAHHH!!!...

— (Este é o meu fim?... Não... Não pode ser...).


Sinto várias mordidas sobre meu corpo junto de arranhões. Olho para cima, uma gata está segurando uma grande pedra, pronto para acabar com minha vida. Fecho meus olhos aceitando meu destino... Mas, de repente sua cabeça é cortada junto das outras gatas, então avisto aquela gata vermelha, a gata que me feriu, vejo ela lambendo o sangue da espada que me perfurou.


[???]


— (Lambidas*) Hmm... hu hu, seu sangue é muito saboroso... =).


— (Tenho que dar um jeito de sair desta situação).


Seguro a espada que está cravada no meu braço, tento arrancá-la mas sem sucesso, a dor é insuportável. Levanto meu braço e paro na hora, por causa da dor decido deixar meu braço imóvel, então começo tentar quebrá-la.


Ela olha para mim, vendo o esforço que estou fazendo se aproxima.


[???]


— Você é fraco.


Ela retira a espada do meu braço.


— (Grita*) AAAHHH!!


[???]


— Sua dor me agrada =) (Ri*) Haha...


Olho para ela, sua aparência é bela, mas seu sorriso psicopata não da para evitar.


Ela pega algo em sua bainha, uma coleira...


— (Não... Ela não vai fazer isto...)


Rapidamente me levanto e tento fugir, mas ela lança a coleira que cai perfeitamente em meu pescoço, em seguida me puxa.


[???]


— (Ri*) Haha... Idiota, você não vai fugir de mim =), pois eu não irei permitir, você agora será meu bichinho de estimação =)... (Voz sinistra*) irei cuidar muito bem de você =).


Neste instante me torno selvagem e tento ataca-lá, mas ela esquiva.


[???]


— Hum... Agora vai bancar o selvagem? =).


Ela me agarra e com suas garras começa arranhar lentamente meu rosto.


— (Sorriso aterrorizador*) =)

— Eu sou uma das gatas que você não deveria revidar =), sou uma das mais perigosas por aqui haha... Você deveria temer a mim ou você não sabe quem sou? =)


Seus olhos ficam escuros e um sorriso maníaco se abre em seu rosto, neste momento fico aterrorizado.


[Dragão]


— Eu sou a Dragão =).


— (N-não pode ser, essa é a gata que muitos comentavam, livros diziam que se ela te encontrasse sua vida acabaria na hora, uma das mais perigosas daqui... nem mesmo a rainha deste lugar se compara a ela...)


Ela começa a rir loucamente.


[Dragão]


— Adeus =).


Em seguida ela começa apertar a coleira, me enforcando enquanto ri. Minha visão começa a sumir e... Desmaio.


[Dragão]


- Eu irei cuidar bem de você... Gatinho =).


15 de Janeiro de 2020 às 04:52 8 Denunciar Insira Seguir história
6
Leia o próximo capítulo "O Tentar"

Comente algo

Publique!
-AUGN- -AUGN-
Você está falando do primeiro ou segundo capitulo? Pois está parte não encontrei no primeiro capitulo sabe. Uma pergunta, você ainda verifica a história?
June 17, 2020, 02:48
~

Você está gostando da leitura?

Ei! Ainda faltam 9 capítulos restantes nesta história.
Para continuar lendo, por favor, faça login ou cadastre-se. É grátis!

Histórias relacionadas