boaswain uanine oliveira

Para Kim Taehyung eu só tenho uma coisa a dizer: amo você para sempre. Com muito amor, Suga.


Fanfiction Bandas/Cantores Impróprio para crianças menores de 13 anos.

#lgbt #gay #oneshot #drama #romance #vsuga #kim-taehyung #min-yoongi #taegi #bts #bangtan-boys
Conto
3
3.8mil VISUALIZAÇÕES
Completa
tempo de leitura
AA Compartilhar

Agora é oficial

— Taehyung!

O mais novo, que estava na cozinha, não demorou a soltar os panos e panelas e ir ao encontro da voz que o chamava. Apesar de estar ocupado cozinhando para o namorado, sempre colocaria o branquelo com sorriso gengival acima de tudo. Logo que apareceu na porta do quarto, o mais velho gesticulou com os dedos para que ele se aproximasse

Yoongi estava na frente do computador, parecia concentrado com o conteúdo exibido na tela e, por isso, não piscava. Era um dia especial: aniversário de namoro dos dois, então combinaram de aproveitar as férias e passar o dia juntos no dormitório. Os outros membros estavam fora, o que os dava a privacidade perfeita.

Carinhosamente, o Kim meteu a mão entre os fios negros do cabelo do namorado, fazendo este sorrir imediatamente.

— Eu fiz uma coisa — disse, simplista como sempre, com aquela mania fofa de mexer na ponta do nariz.

— O que você fez?

Taehyung sentou-se no colo do Min e encontrou um texto enorme em um post do Facebook, na página oficial do Bangtan Boys, com uma foto que havia sido tirada alguns meses atrás, onde eles dois se beijaram em um jardim colorido. O post ainda não havia sido publicado, mas estava pronto para isso, o que fez o corpo todo de Taehyung esquentar em uma mistura de sentimentos que o deixou sem norte.

Antes que pudesse falar algo, Taehyung foi interrompido pelo baixinho:

— Apenas leia.

Não havia nada mais a fazer, afinal, então o mais novo apenas assentiu, engoliu em seco e se curvou sobre a mesa para poder ler mais calmamente o texto.


“Olá, A.R.M.Ys de todo o mundo

Aqui é o Suga.


Eu estou muito feliz e empolgado por poder, oficialmente, dizer isso a todos os fãs que temos. Há alguns anos eu conheci Kim Taehyung, conhecido por vocês como simplesmente V, e ele se encarregou de colorir o mundo não só das A.R.M.Ys, como o meu também; com todo o seu charme e diversão. Sei que é difícil, como imagem pública, me assumir gay e, ainda por cima, assumir um relacionamento sério com um de seus companheiros de grupos, mas é exatamente isso que estou fazendo agora.

Queria poder fazer isso de uma forma sucinta e completa, mas eu sinto como se precisasse explicar isso a todos. Existem vários empecilhos e obstáculos tanto na sociedade quanto no meio artístico, mas eu acredito que o amor pode ser mais forte do que isso. Quando eu me apaixonei por V, eu tinha isso em mente de que seria impossível ter algo com ele. Bom, não foi tão impossível assim (como podem ver pela foto). Eu notei nele cada simples detalhe, virtude e os poucos defeitos que pude contar. Taehyung é uma pessoa incrível, cativante e talentosa. Achei que pelo fato de sermos figuras públicas, pelo número grande fãs que temos, pelo fato de ser rapper, pela sociedade coreana julgadora, eu nunca poderia dizer abertamente que era gay e que amava o garoto mais lindo do mundo. Quando Taehyung e eu começamos a namorar, ele também pensou nisso. Sempre soubemos como ia ser difícil ter que esconder isso de todos para proteger a nós, ao Bangtan e os fãs, e por algum tempo isso realmente deu certo.

Tenho que agradecer imensamente a Kim Namjoon, Kim Seokjin, Jung Hoseok, Park Jimin e Jeon Jungkook por sempre nos apoiarem e nos ajudarem. Compreendo que nas vezes que chorei e que tive Taehyung acompanhando meu choro, vocês foram os únicos que estavam lá para nos confortar. São mais do que amigos, são minha família e quem eu quero levar para o resto da vida pela amizade forte e preciosa que temos. Sem vocês, eu não seria quem sou.

Contudo, chega um momento em que as coisas não funcionam mais quando estão escondidas. A fama do Bangtan Boys acabou afetando meu relacionamento com V, coisa que eu nunca desejei que acontecesse. Eu tinha que sempre calibrar a vida profissional, a vida pública e a vida pessoal. E isso é muito complicado quando há sempre alguém te espiando. Nesse tempo, acabei desenvolvendo outra vez a depressão. Foi quando eu tive a certeza de que precisava tirar isso do meu peito, quando a luz dos olhos de Taehyung era a única coisa que me deixava bem e calmo e me deixava ser eu mesmo à noite. Decidimos juntar cada gotinha de coragem para ir atrás do que sempre desejamos — ser felizes declaradamente, como qualquer casal. Foram reuniões e mais reuniões para finalmente poder ter a permissão de dizer publicamente que eu, Min Yoongi, e Kim Taehyung estamos num relacionamento sério.

Sinto muito estar decepcionando alguém com isso, mas espero que todos possam entender o quanto isso é importante para mim e para V. Nos amamos e ansiamos receber mais amor ainda por parte dos fãs nessa jornada nova que começa agora. Está longe de ser fácil, mas já não é mais impossível. Eu tenho orgulho de ser quem eu sou — rapper, membro do BTS, namorado de Kim Taehyung. Eu posso falar agora, com o meu interior em chamas de alegria, que estou realizado atualmente. Acumulei sucessos e vitórias ao longo dos anos e essa é mais uma.

Quero demonstrar extrema satisfação com todos da Big Hit Entertainment que souberam respeitar nossa decisão e nos acolher, como sempre, tão bem. Obrigado a todos os envolvidos que representam essa empresa. Graças a sua confiança em mim e em Taehyung, sabíamos que teríamos suporte para o que estamos prestes a enfrentar. Apesar das coisas que sei que virão pela frente, estou, como disse no início, empolgado com as novas possibilidades sobre o futuro.

Sei que surgirão várias questões após isso, mas já me apresso em dizer que V, assim como eu, permanecemos perfomando junto ao BTS e dando nosso máximo para surpreender os fãs e melhorar nossas permonfances. Esperamos que continuem acompanhando nosso sucesso e crescimento artístico, o BTS ainda têm muito para mostrar e eu me sinto muito mais seguro agora que sou livre para ser quem eu sou.

Obrigado a todos.

Para Kim Taehyung eu só tenho uma coisa a dizer: amo você para sempre.


Com muito amor, Suga.”


Com lágrimas nos olhos, Taehyung mordeu o lábio porque não queria parecer fraco e chorão na frente do namorado, então engoliu em seco, afastando as preocupações e abraçando a esperança. Segurou o monitor do computador com força, segurando as lágrimas de emoção. Ainda passou os olhos sobre as palavras bem escritas do Min para ter certeza que ele tinha feito o que tinha feito, que não era pegadinha de aniversário de namoro. Estava bem na sua frente — era inegável.

— Tem certeza? — perguntou, a voz estranha.

— De que amo você para sempre? Absoluta!

Rindo, abobalhado, virou-se para o menor, batendo em seu peito. Yoongi era adoravelmente estúpido, o que apenas incentivou mais ainda o Kim a beijá-lo. Por alguns segundos, apenas pôde sentir os lábios macios do Min, esquecendo-se totalmente dos receios. Sabia que aquele texto expressava inteiramente a bruta realidade que os dois viveram e viviam até hoje, desde seu amor impossível até a confissão mais impossível ainda deste. Agarrou o namorado em seus braços, tentando dizer com o corpo, já que não era bom com palavras, que eles ficariam juntos mesmo se aquilo tudo desse errado.

— Eu amo você — murmurou, os lábios ainda grudados com os do menor. Segurou a mão deste e colocou sob a sua, no mouse, apertando o botão decisivo para que o post fosse publicado. O coração do Kim palpitou uma vez forte demais e ele suspirou, vendo, finalmente, a publicação concluída. — É, hyung, agora é oficial.

Os dedos do Min apertaram sua cintura e o maior virou-se para beijá-lo outra vez, deixando os comentários de apoio e ódio para outro momento, porque estava mais preocupado em celebrar aquele momento com seu namorado. Quase se esqueceu que ainda tinha um almoço para preparar e correu, com Yoongi atrás de si, para a cozinha, terminando de ajeitar a mesa.

Em alguns milésimos, o mundo todo saberia da orientação sexual dos dois e de seu relacionamento e todo o burburinho carnívoro iria começar, mas isso não importava. Era aniversário de namoro dos dois e eles se amavam. Simplesmente isso.

Ah, e o japchae de Taehyung estava uma delícia.


Emily Braz: AI MEU OTP VIADO!!!! EU DEI UM BERRO! NÃO ACREDITO!! FELICIDADES TAEGI! Vocês são AAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAA REALIZARAM MEU SONHO!!! EU AMO VOCÊS!!!


Katherine Pierce: HOLY YOONGI!


Tanya Hernadez: Voy a estar con ustedes hasta el final #TAEGI


Asmita Snneha: IT’S A BEAUTIFUL DAY TO BE A TAEGI SHIPPER


Naomi Marshall: I just can’t believe it!! What about my Yoonseok?


Carol Oliveira: UM TIRO BEM CEDO!


Eduardo Holanda: Isso é uma grande falta de respeito, pensem nos seus fãs, que na maioria são crianças, pensem em como vocês influenciam elas, homem não foi feito para homem e sim para mulher, onde casal é definido com duas pessoas do sexo oposto.


Bruna Souza: EU DEI UM GRITO DE FELICIDADE TÃO ALTO QUE A TERRA TODA TREMEU. É O PRIMEIRO TERREMOTO NAS TERRAS BRASILEIRAS!!!!!

16 de Dezembro de 2019 às 02:56 0 Denunciar Insira Seguir história
1
Fim

Conheça o autor

uanine oliveira i was a little bit lost, but i'm not anymore

Comentar algo

Publique!
Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro a dizer alguma coisa!
~