Insuficiente Seguir história

neotic neotic

[drabble; 2min; taemin!centric; brokeup] Onde Taemin compreende que amar não é o suficiente.


Fanfiction Bandas/Cantores Para maiores de 18 apenas.

#minho #taemin #2min #shinee
Conto
0
244 VISUALIZAÇÕES
Completa
tempo de leitura
AA Compartilhar

Bruto

Custei muito a entender que estar apaixonado não é o suficiente e hoje eu me sinto bastante idiota por não ter entendido isso antes. E talvez a insuficiência que eu sinto agora seja uma das piores coisas que eu já senti. Eu posso estar sendo muito dramático, mas é assim que eu venho me sentindo desde que você me deixou, Minho, insuficiente e não bom o bastante para você.

Você se lembra daquela noite na praia, quando a gente bebeu pra caralho e eu acabei no final do dia com uma tatuagem de henna no braço? Aquele foi um dos melhores dias que eu passei contigo, porque a única coisa que eu via era você e o quanto eu amava seu sorriso bêbado. E eu pensei: “puta merda, sou o homem mais sortudo do mundo”. Mesmo que antes de sairmos de casa você tenha reclamado aos montes, porque naquele dia estava frio e você não via sentido em ir para a praia no frio. Mas eu insisti porque eu sabia que teríamos um bom momento juntos. E no final do dia nenhum de nós se arrependeu.

Lembrar daquele dia me faz pensar se eu era o único que insistia em nos manter juntos e se todas as vezes que você segurou minha mão foi porque quis e não por obrigação. Eu passei tanto tempo precisando de alguém que me abraçasse enquanto eu chorava que mal pensei que você também pudesse precisar de algum ombro para chorar. Admito que talvez eu tenha sido muito egoísta. Eu estava apaixonado demais para pensar em algo que não fosse nós, apaixonado demais para não te ver sem mim. Tudo era eu e você. Tanto que me esqueci de quem eu era e, pensando agora, talvez eu nunca tenha te conhecido.

E tudo o que você me disse quando terminou comigo ainda soa na minha cabeça, me torturando. Ainda dói, Minho, suas palavras ainda estão me machucando e eu não sei como fazer isso parar. Todos os dias eu me pergunto o que eu poderia ter feito para ser suficiente para você, que evitasse que você me deixasse. Porque estar apaixonado por você não é o suficiente, meu amor não te fez ficar.

Eu volto a lembrar daquele dia na praia porque foi nosso último momento plenos e felizes. Porque quando o verão chegou, a única coisa que fizemos foi brigar um com o outro. E todas as palavras doces que você me dizia quando nos conhecemos caíram no esquecimento. Suas palavras se tornaram desconfiança — que horas eu chegaria, com quem saía, para onde. Será que era tão difícil perceber que eu estava apaixonado por você o suficiente para não ver mais ninguém a minha volta? A desconfiança era a desculpa que você precisava para se afastar?

Eu ainda continuo te amando, Minho, e sei que isso não é o suficiente. Talvez eu nunca tenha sido o suficiente para você. Você costumava dizer que eu era um diamante bruto a ser esculpido, agora eu penso que fui bruto demais para você.

E aquela maldita tatuagem de henna ainda não saiu totalmente do meu braço. Eu confesso que tenho feito a tinta durar por mais dias na minha pele, mas talvez agora seja o momento de deixá-la se apagar. Tentar de esquecer dói, Minho, porque eu não quero.

Mas às vezes amar não é o suficiente.

17 de Novembro de 2019 às 06:26 0 Denunciar Insira 0
Fim

Conheça o autor

Comentar algo

Publique!
Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro a dizer alguma coisa!
~