0
514 VISUALIZAÇÕES
Em progresso
tempo de leitura
AA Compartilhar

Cat Nap - Yoongi



S/n, o que é isso?"


Você ergueu os olhos da tela do computador e olhou para Yoongi parado na porta do quarto. Estava tão distraída respondendo seus e-mails que nem o ouviu entrar em casa de volta do trabalho.


"Ei, você chegou! Ah, isso é Agust. O nosso gato." Você disse, estendendo a mão para acariciar o filhote cor de caramelo com uma pequena mancha branca entre os olhos.


"E desde quando nós temos um gato?" Yoongi franziu o nariz, parecendo pouco animado com a novidade. "Holly já é o suficiente."


"Aww, não seja assim Yoonie. Holly precisa de uma companhia. Eu passei em frente uma pet shop hoje de manhã, e eles estavam dando esses pequenos filhotes fofos para adoção." Você pegou o gatinho no colo, virando-o de frente para segurar uma das patinhas. "Ei Agust, diga oi para o seu novo pai."


"Eu não sou pai dessa bola de pulgas!"


Agust miou mostrando certa indignação com o apelido um tanto ofensivo.

"Min Yoongi! Nunca mais fale assim com ele. O pobrezinho é adorável, você não tem nenhuma piedade nesse coração?" Você ralhou com seu namorado cruel, levantando-se para trazer Agust aninhado em seu colo.


"Aonde você vai?" Yoongi questionou vendo-a passar por ele para sair do quarto, lhe lançando raios pelos olhos.


"Cuidar do meu gatinho, claro."


"E quanto a mim?" Ele chiou, sua voz pingando indignação.


"Você? Não sei. Se vire sozinho!"


[...]


De todas as coisas desse mundo, você tinha que ter encontrado um gato estúpido. Yoongi não podia entender como em menos de 24 horas a coisinha pequena, peluda e carente havia se tornando o centro das suas atenções.

Já fazia duas semanas que todas as vezes que ele chegava em casa, era totalmente colocado de lado, com você dedicando todo o tempo livre em paparicar o animalzinho impertinente que brotava em todos os cantos quanto menos se podia esperar, adorava dormir sobre o seu travesseiro preferido ou destruía os cadarços dos seus tênis. E quando Yoongi ousava reclamar, sempre terminava como o culpado da história.


Aquele bendito gato idiota.


Naquele sábado, Yoongi estava milagrosamente de folga da sua agenda lotada, aproveitando para esticar seus ossos cansados até mais tarde na cama. Ele se alongou ao abrir os olhos e ver que o sol já estava alto no céu, não se preocupando em verificar a hora. Yoongi rolou na cama, estendendo a mão no colchão e procurando por você apenas para abraçar e curtir o momento preguiçoso. Ele abriu os olhos quando sentiu o vazio que seu corpo deveria estar ocupando. Para sua surpresa, um par de olhos amarelos lhe encarava de volta com curiosidade.


"Ah ótimo..." Ele murmurou. "O que você quer coisinha chata?" Agust soltou uma pequeno miado, piscando lentamente antes de cheirá-lo, inclinando a cabeça na sua mão. "Não, eu não vou fazer isso." Yoongi o empurrou para o lado, apenas para ter sua mão lambida. "Eca!" Ele puxou a mão de volta, ficando sem saber o que fazer quando o gatinho curioso pulou sobre sua barriga, investigando-o com sua orelhas em pé.


Você tinha preparado uma bandeja com café da manhã caprichado para acordar seu namorado dorminhoco e estava voltando para o quarto na ponta dos pés. Mas parou no caminho, ficando de pé no lado de fora da porta do quarto entreaberta. Yoongi estava falando com alguém, e levou um minuto para você entender que era com o gato.


Agust girou em seu estômago para finalmente deitar no peito de Yoongi.

"Não vai funcionar comigo, você sabe." Yoongi disse e você sorriu. "Essa carinha pode enganar a ela, mas não pense que eu não sei sobre seus planos malignos." Agust parou, prestando atenção. Os dois em um pequeno jogo de encarar. Você pensou que podia explodir de fofura. "Não vai durar muito, ok? S/n gosta mais de mim. Nesse jogo só um pode vencer." Agust miou novamente, virando-se para ficar de barriga para cima. As patinhas balançando no ar. Yoongi rolou os olhos com o pedido de carinho, hesitando um pouco antes de esfregar o indicador embaixo do seu queixo. O gatinho fechou os olhos, ronronando. Ele sorriu um pouco.


Você lamentou ter que estragar o momento, mas entrou no quarto mesmo assim. "Desafio alguém a não morrer de amor."


"Não é um tratado de paz." Ele olhou para você.


"Mas já demos um grande passo."


Dias depois, não foi um choque quando você voltou para casa depois do trabalho e encontrou Yoongi dormindo no sofá, a tv ligada em volume baixo. Agust estava deitado outra vez no seu peito e ergueu a cabeça sem interesse para ver quem tinha interrompido sua soneca. O gatinho abriu a boca e voltou a se aconchegar no seu novo local predileto. Você sorriu, pegando o telefone para registrar o momento dessa vez.


Gatos sendo gatos.


Seria a legenda.

10 de Novembro de 2019 às 10:00 0 Denunciar Insira 0
Leia o próximo capítulo Whos is that guy? - Namjoon

Comentar algo

Publique!
Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro a dizer alguma coisa!
~

Você está gostando da leitura?

Ei! Ainda faltam 4 capítulos restantes nesta história.
Para continuar lendo, por favor, faça login ou cadastre-se. É grátis!