Pétalas de vidro Seguir história

lethwen Vanessa

Aquela majestosa rosa, hoje coberta de espinhos, declamam a minha poesia. Espinhosa, quando olho para o horizonte, lembro-me das páginas amareladas, como um retrato vívido nosso.


Conto Todo o público.

#desafio #2019 #garotasink
Conto
1
700 VISUALIZAÇÕES
Completa
tempo de leitura
AA Compartilhar

Capítulo Único.

Conto feito para o desafio: Lute como uma garota. Busco retratar a mulher após passar por uma relação complicada com algum companheiro.

Pétalas de vidro.

Lembro-me da vez que fui a rosa mais bonita daquele canteiro. Ainda que tivesse espinhos, o abraço acalorado dele me deixou em harmonia com os meus defeitos. Sequer o conhecia, mas os seus lábios estreitos murmuravam palavras doces que eu agradeci com o meu sorriso mais puro. Estávamos lá, nós, as promessas, os sonhos e as confissões, enquanto ele tocava o meu coração com sua gentileza.

Éramos uma estrofe de poesia incompleta com uma sintonia arriscada. Regávamos o nosso carinho um pelo outro como se rega uma parreira de flores. Nossos lábios uniram-se em um terno e fresco beijo, como os dias de outono, enquanto o meu batom vermelho marcava a sua boca em tons escarlates.

Nosso romance foi assim, como uma dança rodeada de pétalas de rosas.

Hei de prender a respiração quando lembro do teu perfume. Não só os meus olhos queimam em dor, mas o meu peito incendeia, rasgado. Aquela majestosa rosa, hoje coberta de espinhos, declamam a minha poesia. Espinhosa, quando olho para o horizonte, lembro-me das páginas amareladas, como um retrato vívido nosso.

Que culpa há se uma poesia é um rio de lágrimas?

Entre primaveras e outonos, continuei a bela dama, mas imperceptivelmente destruída. Sepulto as minhas memórias dia após dia. Enquanto, completamente cega, tento me apegar a vida. Em uma tela branca na minha mente, eu fiz uma caricatura. Ele foi a minha ruína, mas no espelho, pouco a pouco, eu enxergo um reflexo vaidoso. Sou a rosa mais bela, com o tom mais vívido que o fogo. E se as pétalas caírem, pálidas e com cores falhas, eu renascerei.

Eu sou mulher de poesia própria, de perfume puro e vermelho charmoso. Os espinhos sempre cultivados, serão a minha armadura para essa existência desnuda. O delinear do meu olhar demonstra rebeldia e atrevimento.

Como no jardim do Éden, ditarei: Não serei um abrigo para tempestades.

20 de Outubro de 2019 às 21:11 19 Denunciar Insira 8
Fim

Conheça o autor

Vanessa Uma garota apaixonada por cada livro que coleciona. Viciada em romances adultos, poesias e poemas. Adoro ler frases e colecioná-las para me inspirar. Sou protecionista dos animais desde que me conheço por gente.

Comentar algo

Publique!
Billy Who Billy Who
Olá! Que bom que você participou do desafio, ficamos muito felizes. O tema escolhido por você é bastante forte, embora retratado com uma sutileza comovente. Dá para perceber a ternura que as lembranças acarretam, embora um meio trágico houvesse deteriorado a relação dos dois. É importante perceber que mesmo a analogia quanto à rosa, mostra que ela prevalece, mostrando a força feminina quanto aos tropeços da vida. É muito bonito o que você escreveu, ao fim, com esta mulher em questão se vestindo de suas próprias dores e usando como aprendizado e fortalecimento. Está perfeitamente encaixado no tema, por se tratar do crescimento e ascensão desta personagem que mesmo mirando a relação passada, se visualiza na atualidade com sua "armadura de espinhos" e um objetivo de não se deixar abalar. Sua escrita é coesa e poética, parabéns. Esperamos que tenha gostado de participar do desafio e que tenha sido uma boa experiência. Abraço da equipe!
Rafael Amaral Rafael Amaral
Parabéns, eu gostei!
Netuno Chase Netuno Chase
Aí Zeus, quanto talento em tão curto texto! Mulher, simplesmente incrível. Escrita fluída, delicada, profunda, poética. Uau, merece os mais calorosos aplausos!

Isis Isis
Adorei. Tantas frases tocantes... Minha favorita: "os espinhos bem cultivados serão minha armadura para essa existência desnuda" Parabéns!

Lyubi Lyubi
"Que culpa há se uma poesia é um rio de lágrimas?" "Não serei um abrigo para tempestades" Primeiro: muito lindo o texto ♥ Fluido, poético, delicado e forte! Essas duas frases ficaram na minha cabeça de um jeito... Parabéns! Adorei ter lido

  • Vanessa Vanessa
    Fico feliz que tenha gostado, agradeço! <3 1 week ago
gaKk🔥mura gaKk🔥mura
Lindo texto! Fluído e belo! Parabêns!

Neeca Ashcar Neeca Ashcar
Parabéns mulher, que forma linda de narrativa!

Lollys Mars Lollys Mars
Oi! Passei para lembrar que você precisa adicionar a sua história lá na planilha. Ela está disponível no fim do Edital, mas irei colocar aqui, afinal, esse é uma das regras para que sua história possa concorrer ao desafio! O link para ela é esse aqui: https://docs.google.com/spreadsheets/d/1G-iedrueZwHbhNg5HPe-GTYCMhzPEY6HHLAKho_XcyM/edit#gid=0 Boa sorte!
21 de Outubro de 2019 às 18:37

  • Vanessa Vanessa
    Ahh, obrigada pelo aviso, tinha esquecido! Já respondi na planilha. <3 4 weeks ago
Marizelia Guedes Marizelia Guedes
gostei! em estreitas palavras, leitura que aguçam pensamentos. mas a ultima frase joga tuas lamurias ao léu e segue a vida.
21 de Outubro de 2019 às 14:43

  • Vanessa Vanessa
    Fico feliz que tenha gostado, anjo! 4 weeks ago
Marizelia Guedes Marizelia Guedes
21 de Outubro de 2019 às 14:40
Ammi Pierre Ammi Pierre
Gostei da escrita! É bem poético e bonito.
21 de Outubro de 2019 às 09:40

  • Vanessa Vanessa
    Obrigada. <3 21 de Outubro de 2019 às 09:52
~