Pips em São loureço Seguir história

J
Johnny Sins


Uma pacata família resolve passar as férias do filho caçula em São Lourenço e acabam se deparando com diversas aventuras um tanto quando sangrentas, envolvendo assassinatos e um garoto derrubando postes com a testa.


Erótico Impróprio para crianças menores de 13 anos.
Conto
0
534 VISUALIZAÇÕES
Em progresso
tempo de leitura
AA Compartilhar

Apenas Férias

Não preciso explicar muito o porquê de São Lourenço ser o melhor lugar do mundo, além de ter os mais belos parques eólicos de todo o Brasil, o choro dos bebês às 3:00 da manhã são realmente reconfortantes para a alma dos moradores.

Pips já havia conhecido esse magnífico lugar em sua infância, porém não voltava lá desde então. Como ele estava de férias já faziam longos 5 anos, Pips decide visitar novamente essa tão querida e pacata cidade, porque estava em busca da viajem dos sonhos.

Chegando lá com seu obeso e pelancudo Pai, seu Irmão Comunista e sua mãe parcialmente cega, eles alugam um hostel pela falta de grana, já que eram uns fodidos financeiramente. Era o hostel mais barato e vagabundinho que tinha na cidade, e, ao entrar lá, eles observam o teto gotejante, as paredes vomitadas, o carpete sujo com restos de cadáver em conserva e com uma incrível recepcionista idosa caindo aos pedaços.

A família adorou a visão, porém subiram imediatamente para o quarto, depois de pedir as chaves para a recepcionista semi-zumbi. A mãe, o pai e o Próprio Pips se direcionaram para seus respectivos quartos, menos o irmão comunista dele, que por alguma razão era castigado eternamente e dessa vez o castigo foi dormir na recepção, numa gaiolinha de papagaio em cima do carpete sujo, com carne moída humana.Ele se conforma com o castigo, o encarando como um desafio Dualcore do Zóio e prepara sua manta quentinha, forrando sua gaiolinha amarela.

Os pais de pips, depois da cansativa viagem, resolvem tirar um ronco na suite master enquanto o filho deles vê pornô Russo no quarto. Funciona assim: ele finge que não bate uma e eles fingem que são cegos.

Pips se cansa de suas 37 bronhas seguidas para Pornô russo com ursos e resolve dar uma volta na pracinha para reconhecer algum(s) possível(is) inimigo mortal para um épico confronto visual no truco com os idosos maconheiros do Barzinho.

Ele coloca sua blusa da louis vuitton e sua calça falsificada da adidas, se preparando para todos os germes e mosquitos de São Lourenço. Ele sai tranquilamente pela porta enquanto a Recepcionista estava tendo um derrame. Ao se deparar com o seu antigo inimigo ( o mendigo maconheiro que lhe roubou um quibe de 1kg e uma rapadura) ele atravessa a rua rapidamente, colocando sua toquinha no estilo de Splinter Cell, se achando o mestre da furtividade.

O mendigo lhe persegue, atravessando a rua também. Pips tem só uma alternativa para escapar... Ele furiosamente choca a cabeça contra um poste de concreto maciço, se fingindo de retardado, o mendigão passa direto e ainda dá 5 conto ao nosso Pips, por causa de pura pena e desprezo do pobre coitado.

Pips continua caminhando pelo caminho contrário ao mendigo, sacando seu Lg k10 do bolso e colocando seus air-pods com fio para ouvir sua dose de Linkin Park diária, esquecendo de qualquer possível dor que ele poderia estar sentindo após ter fissurado o crânio no poste (que convenhamos, nem parecia tão rígio assim).

Se enchendo de raiva ao ouvir as músicas de ódio à humanidade da banda Linkin park, ele decide tomar a sábia decisão de voltar ao poste e não deixar isso barato (eu poderia ter escrito essa parte bem melhor, mas apertei um botão no meu mouse que fez eu perder esse parágrafo inteiro). Ele carrega toda sua potência em sua testa e esmurra o poste com a cabeça até ele cair, deixando uma enorme poça de sangue no chão e assustando os vagabundo que tomavam cerveja no bar ao lado.O poste cai e Pips se vangloria perante seu inimigo derrotado, cuspindo no poste de concreto maciço e indo embora depois. Depois de caminha mais um pouco, passando pelo casarão da Dona Eurica, ele sente uma coisa pegajosa em seu tênis da puma, então ele olha o que é que está grudado. Era uma criatura pequena e humanoide, com o cabelinho todo raspado pelo atrito com o asfalto durante toda essa caminhada do Pips. O bichinho se agarrava ao tornozelo de Pips, lutando pela sobrevivência, então Ele logo reconhece que(ou o quê) é aquela pequena criatura... Era o Antônio, pequenino Primo do Otávio, um lendário amigo de pips. Ele jamais poderia ter uma melhor reação, cospe nos olhos de Antônio enquanto rala sua face no asfalto, lhe arrancando o resto do pouco sangue que havia em seu pequeno corpinho, fazendo seus batimentos cardíacos pararem. Pips se sente um monstro, pensando que não poderia desperdiçar a carne (que ja estava metade grudada no aslfato) do pequeno Antônio... Ele se lembra dos vagabundos do bar, que eram muito magrinhos, levando a forma cadavérica do Antôninho e servindo de petisco para eles, agradando todo o pessoal do bar, porém fazendo o dono sair com uma espingarda atirando para o alto, ameaçando Pips de morte.

Era um bom começo para o reconhecimento da vizinhança, isso ninguém pode negar, nem mesmo o dono da Havan. Pips se retira das ruas e volta pra casa, tirando um ronco depois daquela mini aventura pacata.Ele acorda apenas 3 horas depois do seu soninho da beleza e vai em direção à cozinha ao ouvir o chamado da Mamãe Pips pra fazer o lanche da tarde.Ele chega na cozinha e pega sua bisteca de camelo (isso porque era um lanche leve de tarde), e come vendo Pornô gay na sala, enquanto se aconchega e relaxa o cú trincado no reconfortante sofá.

Depois de ter lanchado, pips é chamado por sua mãe, que o manda fazer as comprar para o Sopão noturno, na hora da janta. Ela dá uns trocados pro Pips ir comprar os vegetais no mercado do Seu Luís. Pipico (Pips sem abreviação) desce novamente na recepção, à essa altura a recepcionista já tinha morrido por causa da falta de socorro em seus delírios convulsivos. Ele sai de casa e chega no mercado do Seu Luís, pedindo à ele 5 batatas e 3 cenouras, juntamente com o ingrediente secreto da Mamãe Pips, a gordura de porco, um dos (se não o melhor) ingredientes para se fazer uma bela canja (ou sopa, chame do que preferir).Seu luís entrega os ingredientes mas dá a triste notícia ao pips, que o dinheiro que havia não era o bastante pra levar junto com as compras a gordura de porco. Pipico implora pra levar a gordura de porco fiado, sabendo que seu pai o esmurraria na parede áspera de concreto do lado de fora do prédio caso ele não a levasse. Seu Luís então decide resolver isso tudo de forma pacífica, pede para pips ajoelhar e tira o zíper de suas próprias calças, expondo sua micro-rola e a colocando na boca de pips, fazendo-o engasgar de tanto nojo, então pips vomita no pau do Seu Luís, sujando completamente e melando seus pelos pubianos, o fazendo gozar depois de diversas chupadas em cima do vômito. Pipico se sente realizado, com nojo, mas realizado e sai do mercadinho com seus legumes e sua lata de 3 litros de gordura de porco, junto com algumas gotas do doce sêmen de Seu Luís.

Já era tarde quando Pips voltou pra casa (Seu Luíz durou muito antes de gozar). Chegando lá, pips entrega as comprinhas para sua mãe, que por sua vez, começa a picar as verduras e Seu pai começa a remexer a gordura de porco na maior panela disponível na cozinha. Os pais de Pips terminam de cozinhar e servem a sopa na mesa, chamando o Irmão Comunista de pips (que por sua vez era vegano) para comer. Infelizmente, o irmão de pips se recusa a comer a deliciosa sopa, já que levava gordura de porco, que era proibido na cultura vegana, então assim ele completou 237 dias sem comer, em nome do comunismo.

Todos da família Pips foram dormir em seus quartos depois da janta, mas nem assim Pipico conseguiu se esquecer de tudo o que aconteceu no dia, porque às 3 da matina ele começou a ouvir um choro de bebê incessante, ficando muito puto depois de meia hora ouvindo isso. Ele desce até a recepção e encontra novamente o corpo da recepcionista, já em um estado avançado de decomposição... Pips, como todo garoto de 15 anos, tem suas curiosidades da vida adolescente, e uma delas era o sexo, então, em um pico de tesão, Pips tira suas roupas, ja que era bem tarde, então ninguém do prédio estava acordado à essa altura. Depois de tirar sua roupas, ele agacha no chão, de frente ao corpo deitado da recepcionista e insere seu pênis na boca dela, fazendo a defunta chupar a pica dele, praticando necrofilia. Ele goza de montão na boca dela, acelerando o processo de decomposição, mas não se engane, Pips não é um homem que se contenta facilmente, ele retira as calças e o Top da mulher e enfia seu pênis em sua vagina, o fazendo delirar de prazer, pegando e chupando seus enormes seios. Depois de 12 minutos fodendo o corpo do cadáver, ele finalmente goza e depois reúne os pertences dela, carregando juntamente ao corpo da mulher e saindo do Hostel com ambos, jogando ela e os pertences num bambuzal atrás do edifício, terminando o serviço ao espancar o cadáver por puro sadismo, quebrando algumas costelas da mulher e partindo uma de suas coxas do corpo, por conta do prolongado estágio de putrefação da carne.

Voltando à sua busca da origem dos berros de bebês, Pips caminha em direção à uma brilhante luz, em meio aquela tremenda escuridão e chega perto de uma igreja, com a faxada escrito: "Chiken Briken Da Bilieven Mufago". Ele inicialmente se assusta, mas cria coragem e entra na igreja em busca dos perturbadores sons dos recém nascidos.

1 de Outubro de 2019 às 19:10 0 Denunciar Insira 0
Continua…

Conheça o autor

Comentar algo

Publique!
Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro a dizer alguma coisa!
~