A rua 666 Seguir história

lima Edilson Roseno

Acompanhe o bizarro mundo da minha mente


Aventura Para maiores de 18 apenas.
0
888 VISUALIZAÇÕES
Em progresso - Novo capítulo A cada 30 dias
tempo de leitura
AA Compartilhar

A luz

Algo sempre tem um começo e um fim, coisas acabam e outras vem más existe um lugar onde nada e bom e tudo é ruim, uma pequena rua de uma cidade do interior de Minas Gerais, uma pequena cidade chamada aurora com aproximadamente 30.000 habitantes e que era uma bela cidade com uma mescla de antigo e novo, as arvores estavam em fileira em vários lugares com a exceção de um lugar, uma rua distante e que exalava morte e sensações ruins por todo lugar, uma rua chamada barão de Santo Gabriel más que recebeu o estranho apelido de rua dos demônios ou rua 666 pelos mais antigos moradores, que ainda queriam morar ali.

15:30 da tarde se escuta o barulho de uma pequena van se aproximando de uma das casas que estavam sendo vendidas na rua, era uma casa muito bem conservada e limpa tirando a frente que tinha uma árvore quase morta e retorcida com o gramado um pouco alto demonstrando que os antigos donos não tinham zelo pela casa, da van 6 pessoas saem uma por uma: um jovem de roupas da moda com óculos escuros e um celular, uma garota adolescente com uma saia preta e roupas pretas além de um batom preto e rabo de cavalo demonstrando ser uma garota gótica, dois gêmeos com as mesmas roupas e loiros, uma mulher de meia idade com longos cabelos negros e roupas elegantes e do lado dela seu marido um pouco mais velho e com roupas normais ficaram em frente a residência apenas observando até que a garota gótica comentou :

- uau que belezinha hein ? Parece até com a vovó. disse ela dando gargalhadas

- não diga essas coisas Samantha tenha respeito pela sua avó. Disse sua mãe.

- más parece mesmo mãe, tem até o mesmo cheiro disse o jovem garoto também dando risadas.

- você também Henrique pare com isso disse o pai.

- Amor tenho certeza que achamos o lugar certo e perfeito para todos nós.

- E um ótimo lugar, disseram os gêmeos.

A porta da casa então e aberta por um rapaz aparentando ter uns 25 anos e que pelas roupas era um vendedor e se aproximou deles

- olá meu nome e bruno eu estou aqui para mostrar a casa e lhes apresentar o lugar

- oi meu nome e Gabriela e este é meu marido Geraldo, estes são meus filhos Samantha, Henrique, meus filhos gêmeos hanz e alex e estamos agradecidos por virmos aqui.

Todos eles entram na casa e comecam e verificar cada lugar desde a sala até o banheiro e notaram que cada cômodo tinha uma chave e uma placa para colocarem seus nomes, Gabriela curiosa perguntou o porquê daquilo.

- É que são vários quartos e de vez em quando é difícil se lembrar onde cada um está.

E algumas horas depois com tudo já preparado e concluído cada um foi arrumar suas coisas em seus quartos, jantaram e foram dormir.

Lá fora em um pequeno ponto de ônibus estava uma mulher esperando o horário para ir para casa depois de um dia cheio de trabalho em sua firma, estava fazendo frio por lá já que era por volta de meia noite e tinha que esperar já que ela morava bem longe e então aconteceu o que seria manchete do jornal no dia seguinte

Ela avistou do outro lado da rua uma criança de costas para ela com uma das mãos em sua barriga e a outra apontada para o céu vendo que o ônibus não iria vir ela quis ir para um hotel perto então aproveitou a ocasião para ir ver a garotinha e cada vez que dava um passo sua espinha gelava e caminhava mais lento mesmo não sabendo o porquê, até que parou de andar e viu a garotinha se virar lentamente para ela e se exibir totalmente para ela mostrando uma visão aterrorizante: um rosto humano saia de dentro da barriga da garotinha e começou a gritar, e começou a correr pela rua em total desespero, até que chegou em um prédio perto, abriu os portões e tentou abrir a porta más não conseguiu e viu que estava trancada com cadeado e decidiu pegar o elevador do zelador e apertou no botão do 5° andar e então subiu más a luz do elevador parou de funcionar junto com o grito de susto da mulher que tentou pegar o celular más não encontrava mesmo tendo colocado em um local específico de sua bolsa até que dois olhos vermelhos se abriram atrás do ombro direito dela e começou a olha-la nintensamente, e do nada a luz acende revelando que um rosto branco com dentes cerrados e com fúria respirava ofegante como um demônio e continuou olhando para ela, e a garota sentiu que tinha alguém com ela ali más o medo não a deixou tão facilmente e desafiando a si mesma ela virou o rosto lentamente e cada vez mais ela via o rosto tenebroso de algo mais do que maligno a criatura se parecia com um garoto magro e doentio e a criatura continuava olhando para ela e virou a cabeça mantendo a aparência aterrorizante para ela, seus olhos arregalados negros mostravam a agonia e o medo de um ser humano, ela iria gritar más antes disso a criatura abriu sua boca e começou a se retorcer e se contorcer movendo os braços de um lado para o outro desesperado e avançou em cima dela a encurralado na parede do elevador e ela sentiu o bafo do enxofre em sua boca e foi quando a criatura disse uma frase que iria ser a última que ela ouviria em sua vida :

- podre é sua vida seu miasma de vermes

E sentiu com um grito a criatura morder e arrancar o seu couro cabeludo junto com o rosto dela e colocou centenas de parasitas em seu corpo e ela tentou desesperadamente tirar eles de dentro dela más os parasitas estavam comendo ela viva de dentro para fora e começaram a sair pela sua barriga e pelos seus braços e pelas costas e sentiu sua consciência desaparecer e morrer com os parasitas ainda comendo ela e seu sangue se espalhar pelo elevador e foi quando a criatura apenas andou para trás e se escondeu nas sombras restando apenas o corpo que foi iluminado pelos primeiros raios de sol lá fora por uma brecha da porta do elevador revelando que o tempo parou mais rápido ali dentro e o mostrando que o dia iria começar.



28 de Setembro de 2019 às 20:52 2 Denunciar Insira 1
Continua… Novo capítulo A cada 30 dias.

Conheça o autor

Comentar algo

Publique!
MiRz Rz MiRz Rz
Olá, eu sou a MiRz do Sistema de Verificação do Inkspired. O Sistema de Verificação atua para ver se as histórias estão dentro das normas do site e ajudar os leitores a encontrar boas histórias no quesito de gramática e ortografia; verificar sua história significa colocá-la entre as melhores nesse aspecto. A verificação não é obrigatória para sua história continuar sendo exibida no site, portanto se não se interessar em obtê-la, basta ignorar essa mensagem e não alterar o seu texto. Caso queria que outras histórias suas sejam verificadas, é só contratar o serviço através do “Serviços de Autopublicação”. Sua história está marcada como “em revisão” pelos seguintes apontamentos retirados do seu texto: 1) A palavra “más” no lugar de “mas”. “Más” é o plural de “má”, uma pessoa ruim. O “mas” é a conjunção adversativa. 2) Pontuação. Em alguns momentos do texto, faltam vírgulas para separar frases independentes, como em “[...] conservada e limpa tirando a frente que tinha uma árvore [...]”, entre outros. Falta de vírgula antes da conjunção “mas”, e em vocativos. Há alguns finais de frases que também não estão pontuadas, e pontuação que encontram-se espaçadas com a palavra que a antecede. 3) Falta de acentuação. Algumas palavras estão faltando acentuação, como “vêm” em frases no plural, em “árvores”, entre outros. 4) Uso da conjunção “e” no lugar do verbo “é”, como em “[...] onde nada e bom [...]”, “[...] E um ótimo lugar disseram o gêmeos [...]”, entre outros. 5) Letra minúscula em nomes próprios, como nome de ruas e cidades e em início de frases. Eu citei apenas alguns exemplos presentes no texto, existem alguns outros que não foram abordados, por isso recomendo uma revisão mais minuciosa da história caso decida optar por revê-la. Você pode contratar os serviços de um Beta Reader em Serviços de Autopublicação aqui do Inkspired para analisar os erros mais profundos ou se quiser, pode conferir o livro do Inkspired, chamado “Esquadrão da Revisão”, que dá algumas dicas de ortografia. Caso você estiver interessado em uma nova verificação, após corrigir os erros em todos os capítulos, basta comentar aqui, que eu farei uma nova releitura. Tenha uma boa semana! :)
RR Rodrigo Rodrigues
Ok...
1 de Outubro de 2019 às 16:12
~