Parabéns, filho! (Incesto) Seguir história

israelfemim Israel Nunes Cruz

Naruto acorda recebendo um presente especial da sua mãe por ele ter completado 18 anos.


Fanfiction Anime/Mangá Para maiores de 18 apenas.

#sexo #incesto #naruto #Narukushi
Conto
0
146 VISUALIZAÇÕES
Completa
tempo de leitura
AA Compartilhar

Capítulo Único

— Mãe? — indaguei incrédulo de ver minha mãe chupando meu pênis. — O que a senhora…

— Estou lhe dando o seu presente de aniversário.

Ela voltou a chupar.

A sensação era estranha, todavia, ao mesmo tempo, prazerosa. Eu sabia que aquilo era errado em muitos sentidos, como adultério por parte dela e incesto por partes de nós dois.

Enquanto a boca da minha mãe abocanhava meu pênis de cima, a baixo, eu não parei de pensar o quão errado era aquilo. Será que devo pedir que ela pare? Mas está tão bom!

Ela parou de chupar e apenas vi o seu rosto vindo em minha direção junto com sua blusa levantada mostrando seus lindos seios médios e os seus cabelos ruivos que me faziam sentir cócegas. Colocou seu dedo indicador na minha boca sinalizando “silêncio”.

— Não ache isso errado, filho… — ela corou. — Mas também não ache que terão outras vezes! Se você não quiser este presente de aniversário, eu paro e lhe darei um outro qualquer.

— Não é isso, mas pai? Como daqui em diante vou olhar pra ele sabendo que transei com a mulher dele? Essa sensação… é esquisita! Eu estou transando com a minha mãe e ao mesmo tempo a senhora está traindo seu marido com o seu próprio filho!

— Já que você não gostou deste presente, é melhor eu sair do seu quarto e tentarmos se esquecer que fizemos isso.

Mãe começou a sair da cama.

— Não, não… Fica! Talvez nunca mais eu tenha a chance de transar com alguma mulher… E acho que sendo com minha mãe a minha primeira vez deva ser maravilhosa!

Ela retornou para aonde estava anteriormente.

Dessa vez preferi fechar os meus olhos para apenas sentir as sensações da minha primeira transa e comecei a sentir minha mãe rebolar sobre meu corpo enquanto estava com suas mãos na minha barriga. Enquanto isso peguei nos peitos dela, que eram as coisas mais macias que eu havia tocado na minha vida e isso me empolgou mais ainda.

Comecei a sentir o meu sêmen sair, mas a sensação não era a que estava entrando na vagina dela. Na verdade não estava entrando em lugar algum, apenas saindo do meu pênis.

Decidi então abrir meus olhos para averiguar para aonde estava indo todo o meu sêmen e ao eu fazer isso, olhei para todo o meu quarto e não avistei mais a minha mãe, avistei apenas na minha barriga um porta-retratos com uma foto de Sakura Haruno pelada (Que na verdade não era ela. Eu usei o jutsu Clone da Sombra, me transformei nela e tirei diversas fotos, sendo essa a melhor). Inesperadamente alguém bateu a porta e tentou abrir, mas estava trancada.

— Naruto — chamou meu pai. — Está acordado, filho?

— Si-sim — respondi enquanto se apresava para pegar o porta-retratos e escondê-lo em abaixo do travesseiro. — Espera só um minuto, estou me trocando…

— Certo.

Caramba, só por que ontem eu li aquele hentai que o Netog teve seu aniversário e já imaginava que o seu presente seria transar com sua própria mãe, eu sonhei com a mesma coisa?

Pensei enquanto trocava de cueca e colocava um short laranja. Logo destranquei e abri a porta.

— Bom dia filho. Você está suado…

— Bom dia pai. Acabei dormindo todo coberto…

— Cuidado pra não ficar fazendo isso e depois passar mal…

— Vou tentar lembrar da próxima vez.

— Assim espero. Estive procurando sua mãe por toda a casa e não a vi!

— Só sei que ela deixou um bilhete de baixo da porta do meu quarto dizendo que ela tinha ido na casa do Sábio Tarado para resolver uma coisa sobre o meu presente de aniversário.

— Falando nisso… eu trouxe um presente.

Ele mostrou um livro.

— Icha Icha Paraíso?

— O que foi? Não gostou?

— Não é isso — respondi. — Só estou surpreso que o senhor tenha me dado um livro desses…

— Hoje você fez 18 anos, então agora pode ler sem problema algum!

— Ah, sim! Obrigado, pai! — agradeci e nos abraçamos.

— Tem certeza que esse suor todo foi só por que você estava todo coberto?

— Tenho.

— Certo… Quando você ver sua mãe diga a ela que eu fui para o meu escritório. Hoje estou cheio de coisas para fazer.

— Ok, falarei!

— Ah, de noite comemoraremos melhor seu aniversário!

— Esperarei ansiosamente!

Será que era pra eu ter dito a ele que quando comentei “o senhor tenha me dado um livro desses” estava me referindo que fiquei surpreso que ele me deu de presente somente um enquanto mãe não apenas me deu o primeiro, como a saga inteira?

Não, é melhor deixar pra lá…

10 de Setembro de 2019 às 16:37 0 Denunciar Insira 0
Fim

Conheça o autor

Israel Nunes Cruz Atualmente apenas um escritor aspirante, uma brilhante carreira de escritor me aguarda! Minha meta de vida é de me tornar um escritor brasileiro reconhecido mundialmente e quem sabe eu consiga?

Comentar algo

Publique!
Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro a dizer alguma coisa!
~