Conto
0
542 VISUALIZAÇÕES
Em progresso
tempo de leitura
AA Compartilhar

Acredite desta vez eu trai, mas foi para o bem de TODOS!

Acredite desta vez eu trai, mas foi para o bem de TODOS!

Tenho 33 anos sou uma mulher bem resolvida, eu e meu marido, voltamos a viver juntos, depois de uma separação que demorou pouco tempo, e nesse pouco tempo aconteceu muita coisa na minha vida, mas, eu estava separada, solteira para curtir a vida que para mim tudo era novidade.

Fui incentivada a escrever e relatei minhas experiências aqui nesse site, intitulada como : Minha primeira e verdadeira experiência sexual em quatro partes, e a minha condição para voltar a viver junto com ele era ele ler e concordar, mesmo porque hoje faço questão das minhas amizades, que as chamo como "voltadas a vida".

O que vou relatar a baixo rolou dentro de nossa casa, aconteceu por um acaso do destino, e foi muito bom para todos, vamos lá.

Meu marido tem parentes no nordeste, e logicamente muito pouco nos os visitamos, e fomos para lá recentemente visitar a todos, e conhecemos uma prima distante de segundo ou terceiro grau de 19 anos, muito inteligente.

Os pais dela nos pediu se poderíamos ajuda-la a tentar uma vaga de emprego em nossa cidade grande São Paulo, que ainda na visão de todos por lá, quem vem para cá se da super bem pelas oportunidades.

Como dizer não?, ainda mais para quem esta afim de iniciar a vida, claro, vamos lá.

Ficou hospedada em nossa casa, com perspectiva de dividir um apartamento com uns conhecidos que já vivem aqui, mas isso após conquistar essa vaga tão almejada pela família. Todos sentados na varanda da casa dela, onde os pais salientaram a nossa conversa em dizer que estavam confiando a nós tudo que eles tinham de mais preciso na vida, achei isso super bonito e com uma enorme responsabilidade.

Com 19 anos, ela tinha sim, uma boa visão da vida, morena linda, um corpo torneado, tudo em cima, afinal 19 anos, é de fazer inveja já para mim kkkk.

Chegamos em nossa casa, ela já vinha admirando a famosa cidade de São Paulo, nunca tinha visto nada igual, chegamos em casa, uma casa modesta simples afinal só nós dois e agora com ela temporariamente.

Ela logo queria ser prestativa, se mostrar útil a nós e querer ajudar.

Uns dias depois, ela estava ajudando com os afazeres da casa, onde ela fica sozinha eu e ele trabalhamos e chegamos a noite, quase no mesmo horário, e ela me chamou dizendo que queria conversar comigo, mas coisas de mulher. Achei engraçado isso, mas ela queria saber o que foi que ela viu..."me diga que calcinha são aquelas que vi secando? Nunca vi nada igual de verdade só em revistas essas coisas", e eu ri muito, era minha roupa íntima que eu tenho e uso em ocasiões especiais digamos assim kkkk. Esse fato puxou muitas conversas, e ai me aprofundei um pouco na vida dela, onde ela me disse que já tinha namorado mas nunca tinha rolado nada de intimidade, coisas bem superficiais, o pai, fica muito no pé, e a maior preocupação é o que todos comentam e ai a vida de uma menina esta literalmente estragada na boca de todos. Puxa, fiquei assustada com o relato.

A noite contei para o Thiago, isso não o surpreendeu, porque ele sabe como as coisas são por lá, mas me disse, aqui é um crescimento para eles, onde eles conhecem melhor a vida que nunca imaginaram como é.

No meio da semana, fomos convidados por um casal de amigos a conhecer uma boate nova, recém inaugurada, e aceitamos de bate pronto, e depois pensamos... E ela?

Ai eu disse, vamos leva-la, assim já vai conhecendo e vendo como é nossa vida e ri muito, e o Thiago concordou, desde que eu explicasse a ela como é , para não a espantá-la. Convidei e ela aceitou de pronto, só que uma coisa puxa a outra, roupas adequadas para ela e dar um trato no visual, e fomos cuidar disso, ai que me toquei porque tanta preocupação que os pais dela tinha com ela, nossa muito linda e toda mulher que tiver um tratinho no visual fica mil vezes melhor e mais atraente, escolhi logo um vestido curtinho bem sexi.

Chegamos em casa, e fomos experimentar tudo que compramos, ela super empolgada e a minha primeira dica foi, não conte para ninguém que foi com a gente num lugar desses, vão pedir para você voltar, e ela concordou no ato.

A noite o Thiago chegou e ela quis a opinião dele e foi se vestir e nós dois ficamos sentados na sala esperando pelo desfile, com uma bebida nas mãos, ai vem ela, e o meu excelentíssimo marido não tirava os olhos dela, logico até eu me senti atraída pela situação.

O Thiago falou sem querer na naturalidade, "você esta um tesão" e ela riu muito, e ai percebeu o que disse, e todos riram. Jantamos e depois ela me deu um toque na cozinha que queria falar comigo, e ela estava preocupada, estava pensando em não ir, achando que poderia acontecer algum desconforto a mim e ao Thiago, caso aparecesse algum engraçadinho pro lado dela. E eu respondi, "amiga, da missa você não sabe um terço" e ela reagiu, como assim? E ai contei a ela um pouco da nossa liberdade, e ao mesmo tempo pensei,... Hummmm porque não , já que mais sedo ou mais tarde alguém vai comer, porque não o Thiago e eu? Será que estaremos traindo a família dela? Ou ela que esta confiando em nós? Cheguei a uma conclusão bem lógica .... FODA-SE, ninguém reclama quando goza, só quando NÃO goza, não é verdade?.

Comecei na minha cabeça articular um plano, vou deixa-la muito curiosa e despertar o interesse, vou valorizar desde já meu marido e suas qualidades kkkkk.

Fui aos poucos falando de nossas intimidades, pensei em até mostrar para ela minhas estórias que escrevi, mas achei um pouco forte para ela, não sei o que ela pensaria a respeito e poderia até julga-lo, mas enfim...

Chegou sexta feira a noite e eu disse para o Thiago, diga aos nossos amigos que a gente não vai, e ele ficou surpreso, como assim? Vocês compraram até roupas e agora não vamos, porque? E ai eu disse, vai por mim, acredite, sei o que estou fazendo, na verdade vamos só nos três em uma outra boate, afinal é a primeira vez dela.

O Thiago não entendeu nada, aquele "cabeção", mas tudo estava dando certo dentro do meu planejado.

Sábado 23 horas, ela estava exuberante, fogosa, linda, fiz a maquiagem nela e ela me ajudou, e todos prontos, e fomos a uma boate nos jardins, escolhi uma para impressionar.

Entramos e ela não sabia pra onde olhar, pista de dança, e pessoas bonitas, discretas mas cheio de tubarão, afinal meu Thiago estava com duas é pra fazer inveja, e ai que ele se tocou. Eu não desgrudava dela de forma nenhuma, segundo passo, faze-la beber, ela não bebe nada de álcool, e isso ela me disse logo de cara, e eu dei uma que não ouvi e pedi uma bebida mais leve, pedi uma champanhe, o Tiago já estava pedindo um vinho como de costume.

ela comentou comigo, nossa vi duas mulheres se beijando, logico que sabia dessas coisa mas ao vivo sem preocupar com os outros, isso não tinha visto, e eu disse por isso chama-se boate, aqui ninguém repara o que vc faz ou curte ou com quem curti. Dei um toque no Thiago para leva-la a dançar, e ela meia tímida, mas foi, e eu disse no ouvido do Thiago, cuide do que é seu, se não alguém pega , e ri kkk e ele também, e foram. Não demorou muito fui tirada para dançar por um homem mais novo e fui de bate pronto, e acabamos ficando perto deles, e ela não tirava os olhos de mim pelo fato de estar com outro, e o outro se mostrava afim de me conquistar e o Thiago curtindo tudo aquilo numa boa, não demonstrou reação nenhuma. Tudo para ela era novo, coisa de doido, mas com isso ela passou a acreditar em mim que somos bem livres para fazer o que der vontade mas sempre com a cumplicidade do outro. Acabou a musica ela queria ir ao toalete e fui com ela, e perguntei, você esta curtindo? E ela me respondeu, "nossa isso aqui é um tesão", e ao entrar no toalete pegamos duas mulheres de beijos de língua, demorado, e ela me disse, nossa que delicia e riu. Ela foi fazer um xixi e eu fiquei me retocando, assim que ela saiu veio ao espelho, e me perguntou como ela estava, e eu disse, meio tremendo pelo que parece, e ai me respondeu é tudo isso que eu vejo e me imagino. E ai olhei bem de perto nos olhos dela, pedi para que fechasse os olhos, e ela me atendeu, e ai eu bem devagar fui me aproximando dos lábios dela e a beijei bem devagar, mas ela tomou a iniciativa para que fosse mais profundo, mais intenso, com mais tesão, puts, fiquei molhada na hora, que tesão. Chegou gente, e ela disfarçou, e eu ri e a peguei novamente na frente de quem entrou e ela viu que ninguém ta nem ai para o que esta rolando. Saímos e fomos para nossa mesa, ai que eu não desgrudei dela, não messssmo kkk. Bebemos e ela ficou meia apreensiva com o que tinha rolado e eu não demonstrei nada, como nada tivesse acontecido. Chegamos em casa e eu e ela tinha bebido, o Thiago estava bem sóbrio veio dirigindo. Ele foi tomar um banho, e eu sugeri a ela outra bebida , e abri um vinho, ela esta no clima, eu fiz um sinal a ela para não falar nada, bebemos um taça e eu a peguei pelas mãos e puxei para o quarto dela, e cai de beijos nela, e ai ela me disse bem baixinho , o Thiago vai ver , e eu respondi, foda-se o Thiago, o tesão é nosso e rimos, e continuei a beija-la e ela correspondia, eu alisava seu rosto e ela me abraçava bem forte. Tirei minha roupa e fiquei de calcinha, e disse tire a sua roupa eu vou buscar mais vinho, e ao chegar na cozinha, escrevi um bilhete ao Thiago NÃO ME APAREÇA NO QUARTO DELA, HOJE ELA É MINHA" , coloquei no trinco no nosso quarto e fui com o vinho para o quarto dela, e ela estava debaixo da coberta, estava meio frio, e pegamos o vinho e fomos bebendo, passando as mãos uma na outra e ela bem alta já , e fomos nos beijando e as mãos pelo corpo todo e ela estava com muito tesão, ela queria aquilo, seios durinhos, biquinhos bem espetadinhos, é o maior sinal de tesão da mulher, e eu fui explorando tudo , não deixava ela fazer nada só curtindo, e eu a lambando e chupando até que cheguei onde queria, nossa estava ensopada, gemia muito senti ela gozar na minha boca, mais de uma vez, a virei de bruços, e fui para o pescocinho dela e fui descendo, no meio das costas, sentia ela se arrepiar, ela agarrava a coberta com as duas mãos com muita força, empinava a bundinha lisa e torneada, eu fui enfiando a língua, e deu para percebeu que ela nunca tinha sentido aquilo, foi à loucura.

Eu e ela não percebemos de inicio, mas o Thiago estava nos espiando, vendo tudo que rolava, e devia esta batendo uma, afinal imagino, ninguém é de ferro né? Eu estava no papel de ativa e ela de vitima, tadinha, até que ele entrou bem de mansinho e já pelado e de pau duríssimo, e veio perto de nós e coloquei o pau dele na minha boca, e ela de bruços, até que ela foi se virando devagar e ai ele passou a beija-la, acredito que ela demorou um pouco para perceber que ele estava ali.

Acho que ela se tocou quando sentiu que tinha mais que uma mão no corpo dela, e ela correspondeu numa boa, e ai ele a pegou no colo e disse, vamos para nosso ninho, e a levamos para nossa cama.

Nunca tinha visto o Thiago tão empolgado, lógico, e eu e ele chupamos ela todinha, e chegou o grande momento e ela toda receptiva, e foi penetrada pela primeira vez, deu um gemido forte, cravou as unhas nas costas do Thiago, e gentilmente ele foi colocando bem devagar e ela com todo sorriso, e eu falei no ouvido dele, não goza dentro hem, filho da puta, kkkkk

Ai puxei o rosto dela para o meu lado e a beijei demoradamente, quando ele começou a mexer e ela toda arrepiada, me abraçando forte, e depois me disse que gozou com ele dentro dela, e quando ele foi gozar, saiu, e eu terminei pra ele numa punheta bem gostosa em cima dos peitos dela, foi maravilhoso e todos dormimos ali mesmo, e o lençol saiu pum pouco de sangue, mas... Como eu disse anteriormente... Foda-se kkkkk mas valei.

11 de Junho de 2019 às 23:29 0 Denunciar Insira 0
Continua…

Conheça o autor

Comentar algo

Publique!
Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro a dizer alguma coisa!
~