Minha primeira e verdadeira experiência sexual PARTE IV Seguir história

robertacsa Roberta csa

Minha primeira e verdadeira experiência sexual PARTE IV (quero lembrar que trata-se de uma experiência verdadeira que aconteceu comigo, e eu só resolvi escrever essa estória a pedido da minha psicóloga que me ajudou muito)


Não-ficção Para maiores de 18 apenas.
Conto
1
607 VISUALIZAÇÕES
Em progresso
tempo de leitura
AA Compartilhar

Minha primeira e verdadeira experiência sexual PARTE IV

Minha primeira e verdadeira experiência sexual PARTE IV

(quero lembrar que trata-se de uma experiência verdadeira que aconteceu comigo, e eu só resolvi escrever essa estória a pedido da minha psicóloga que me ajudou muito)

Neste período de separação, meu ex Thiago, me procurou, apelou para meus pais, e senti que me dava valor porque me perdeu, e fiquei evitando ele o quanto podia, mesmo porque a separação também não ia para o lado judicial, afinal não temos filhos e tudo foi mais fácil.

Mas a nossa separação foi muito boa porque para mim foi para cama mesmo, com muito prazer diga-se de passagem.

Num final de semana fui convidada para ir na casa da Sonia e do Flavio, casal amigos da Marcia e do Pedro, que relatei na parte III da minha estória.

Tratava-se do segundo casal que eu ia me encontrar e na casa deles, isso ocorreu uns vinte dias após conhece-los, e eu já estava meia tensa com o encontro, e fui.

Chegando lá senti que são bem mais descontraídos que a Marcia e o Pedro, bem menos informais, meios que direto ao assunto, e sinceramente, gostei.

Fui recebida por ele, e já me beijou na boca e a mão boba nas minhas coxas, nossa tudo isso tesão? E ela estava atrás dele e já completou, logico faz quinze dias que ele não me come para comer você minha querida, e foi só rizada por todos.

Como já sabiam, já tinha um vinho me esperando, e peguei uma taça e foram me mostrando a casa, e paramos na piscina, fiquei conversando com a Sonia e o Flávio foi pegar mais vinho. E ela já me cantou para ele, "menina você não faz ideia o quanto estamos te esperando, aqui tem que ser muito especial" e ai o Flávio chegou de roupão de banho, sem nada por baixo, e ela de biquíni, e pediram para eu tirar minha roupa e ficar a vontade, mesmo porque não tem como vizinhos ver o que rola na piscina. Fiquei de calcinha e sutiã, sentada a beira com os pés dentro d'água, e ela chegou e propôs um brinde e me beijou na boca demoradamente.

Ele foi chegando devagar, do nosso lado e pediu para a Sonia, deixa eu por na boquinha dela só um pouquinho? Eu não ia estragar o clima, e ela virou de lado pegou no pau dele e direcionou a minha boca, e ele foi enfiando até o talo, saco depiladinho, tudo lisinho, hummmm gostei, e pensei também será que vou chupar até ele gozar?

Nesse momento a Sonia foi falando, heiiii já ta bom, afinal vai comer as duas, não esquece sortudo. Ele riu, e ai ela disse para mim e para ele escutar, Roberta você já comeu um homem com um brinquedinho? Então hoje vai aprender, afinal o que eles mais querem é nos enrabar e também tem a nossa vez concorda? E eu ri muito, e ele fez aquela cara de desespero, mas na brincadeira, eu não levei a serio, mas.....

Eu já estava sem nenhuma roupa e ela me chupando com vontade, só nisso gosei na boca dela, afinal uma mulher sabe como chupar a outra e é bem diferente que um homem fazendo isso. Quando olhei para o Flávio, ele estava colocando camizinha, e percebi que o "aquecimento" já tinha rolado, que agora era para valer, eu estava deitada numa cadeira espreguiçadeira e ela por cima me chupando, e ele chegou a pegou pela bunda levantou e foi entrando nela, nossa ela gozou na hora, gemia muito, não era normal, achei diferente. Depois de alguns minutos ele pediu para eu ficar na mesma posição dela, e fez o mesmo em mim, foi colocando e eu já toda ensopada também fui gozando e pegando nos peitos dela e ela em mim, era uma sensação diferente, tudo novidade.

Ele gemia muito e dava para sentir que ele segurava o máximo possível e logicamente tinha tomado alguma coisa para ficar ereto daquele jeito e durar tanto, até que ele pediu para ela para colocar na bundinha, e a posição que ele mais gosta é deitada de bruços, ai ele vem por cima entrando com tudo, e para não esfriar ela me pediu para ficar na frente dela enquanto isso ela me chupava, mas ela gemei muito quando entrou nela, afinal o dele é maior que o do Pedro e mais grosso um pouquinho e isso confesso que me preocupou, mas to na chuva né? .... Deu para sentir que ele gozou na bunda dela e dentro e estava de camisinha, foi um momento fantástico para todos quando senti que vai rolar uma explosão naquele momento. Ela ficou parada com a boca na minha xana, sem condições de fazer mais nada, ele tirou o pau e a camisinha, e eu pensei acho que não vai rolar para meu lado, e eu estava afim e com tesão para isso, mas apenas pensei, e para nossa surpresa, ele já tinha colocado outra camisinha e passando um gel no pau e olhando para mim, e disse, chegou o nosso dia, você não faz ideia o quanto esperei por esse momento, e ai ele dirigiu a palavra a Sonia e disse, vai bem vira ela pra mim, abre bundinha dela e me ajuda a comer essa bundinha empinadinha que me deixa louco de tesão antes que eu gozo aqui e agora. Nossa fiquei toda tímida, e ela a Sonia me fala, vai menina vira aproveita esse tesão, não vai me fazer ficar viúva por causa de essa bunda de fazer inveja, e eu ri e me virei, achei que ele já vinha enfiando de uma vez, mas não...

Ela me abriu sim, ele me pegou pela cintura e me deu uma erguidinha e enfiou a língua bem fundo no meu cuzinho, nosssssssa que delicia, na verdade ninguém tinha pressa alguma, fui chupada, lambida, gosei antes da pegada.

Ele foi chupando meu pescoço minhas orelhas e pediu bem baixinho, posso colocar? E eu doida de tesão, mas louca mesmo, balancei a cabeça que sim, e senti que ela ia direcionando e o pau dele em mim e me abrindo, e ficava falando ainda mais para aumentar o tesão, " vai bem come, ta na posição só enfiar, sei que ela é apertadinha , mas vai arromba esse cu com tesão, nossa, eu ia ficando louca e ele também, até que senti a entrada, não foi aos poucos, foi devagar mas entrou tudinho, e senti me alargando, era mais grosso, difícil de descrever esse tesão, mas foi inesquecível, demorou para ele gozar ele curtiu minha bunda até desfalecer encima de mim, apaguei, gosei varias vezes.

Após um tempo, a gente se refez e ele foi pedir umas pizzas, e ai ela me perguntou como ia a vida, e eu contei a ela que meu ex não largava meu pé, e ela perguntou o que eu sentia por ele, e se valia a pena tentar voltar e reconstruir a vida com ele. Bom, confesso que já pensei, afinal de contas ele só deu valor em mim porque sentiu que me perdeu, contei tudo para ela, e ai o Flávio nos chamou para a sala, e fomos.

A Sonia me perguntou se podia contar para o Flávio o que ele achava, e ele foi muito direto e com uma opinião de homem. Nos disse: Se você acha que vale a pena tentar, não esconda nada, afinal ele te deixou e ele te propôs a conhecer pessoas como nós, só que não deu conta, agora converse tudo com ele, e saiba que quem experimenta esse tipo de relacionamento não fica mais sem, de vez enquanto vai querer repetir, faz parte do ser humano, mas muitos nem sabem.

Conversa com ele sim, faça o que te der vontade, e se ele topar faremos um teste, com o Pedro e a Marcia no momento não tem como esta tudo muito fresco na cabeça dele e ele ia sentir estranho, a gente combina e vocês vem aqui em casa e eu transo com você na frente dele, e vamos ver a reação o que rola, o que você acha?

Eu achei a ideia super legal, seria uma decisão com os pés no chão, e eu não teria que esconder nada, e como disse o Flávio, a gente só transa para gosar gostoso, fazer amor é eu com a Sonia, Pedro com a Marcia, e quem sabe você com o seu ex. e rimos muito e vai ser o que eu vou fazer, e ai conto o que aconteceu.

11 de Junho de 2019 às 21:45 0 Denunciar Insira 1
Continua…

Conheça o autor

Comentar algo

Publique!
Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro a dizer alguma coisa!
~