Querido Major Seguir história

sophiagrayson Sophia Grayson

Violet, anos depois escreve uma carta ao seu major, contando todo o acontecido, de como estava e que finalmente havia compreendido suas últimas palavras.


Fanfiction Anime/Mangá Todo o público.

#fluffy #shoujo #drama #violet-evergarden
Conto
1
3.5mil VISUALIZAÇÕES
Completa
tempo de leitura
AA Compartilhar

Capítulo Único

Querido e amado major Gilbert Bougainvillea,

É a sua pequena Violet Evergarden, aquela que foi treinada para matar, a não ter sentimentos, e que não compreendia o que você fazia para comigo, para me proteger e ensinar. Que me deu o nome da flor mais bonita, delicada, violeta.

Digo que já se passou anos desde sua morte. Ainda pesa, a saudade, como diz os brasileiros, é uma palavra só deles, que significa aquele sentimento terrível, a dor, de sentir falta de algo que está muito longe. Mas, todavia, em meio a tudo isso, as boas memorias divididas contigo é um bálsamo e acaba por aliviar esses sentimentos.

Tenho certeza de que ficara feliz, em saber que finalmente entendi os sentimentos, o que eles significavam, como são bonitos e que tem seus momentos tristes.

Agora sou livre, era seu sonho sim? Eu ser livre, independente, encontrar a mim mesma e mostrar a todos que não sou uma máquina, fria e sem sentimentos.

Me tornei uma Boneca Autónoma de Automemórias, cujo a função é escrever para aqueles que não conseguem. É um trabalho que com o tempo percebi ser a coisa mais bonita. Ajudar as pessoas transmitir seus sentimentos e o que deseja.

Claro, que no início não entendia bem o trabalho. Mas agradeço muito a Hodgins por ter me dado essa oportunidade, sendo paciente comigo. As minhas amigas e amigos que fiz durante o trabalho que ensinaram, me ajudaram em meu luto que nem sabia que existia. E claro, a compreender meus sentimentos e o que eles eram.

Durante as minhas viagens a diversos locais do nosso vasto mundo, fui aprendendo cada vez mais, com as realidades diferentes de cada pessoa, suas motivações, seus traumas e alegrias.

Um mundo deveras colorido, belo e triste. Cada história me dava um empaqueto de diferentes formas, cada carta tinha os mais diversos sentimentos, ambições, desejos e realizações. O motivo que os levava a fazerem aquilo, a seguir em frente. A cuidar e proteger o futuro de alguém, estando sempre presente, mesmo que fosse por cartas ou até declarações de seus amores.

Oh, meu Gilbert, eu entendi, e como suas últimas palavras. Seu “Eu te amo”. Foi muito difícil de absorver, pois também compreendi meus sentimentos, motivos de sua superproteção, querendo que fosse uma garota, que poderia ser. Bela e forte e não uma maquina. Major, eu também te amo, acho que desde que seu irmão me entregou a você para ser uma máquina de guerra.

Me lembro de quando me deste o colar de esmeralda, no qual estava enfeitiçada por tamanha beleza. Comprou e colocou no meu pescoço dizendo o que era um presente, e que isso se davam as pessoas que considerava as mais especiais.

Agradeço, você também especial para mim. Meu amor. Meu eterno amor, sem dúvidas.

Oh, esses são os mais belos, bonitos e dolorosos sentimentos, que nos fazem fazer besteiras inimagináveis, mas, todavia, sendo bem refletidos, nos fazem mais fortes.

E você me fez mais forte. Não tirando o mérito de meus amigos, que são igualmente especiais e que como disse me ajudam muito.

Digo que não precisa se preocupar, meu amor, eu estou bem, muito bem. Pode ficar em paz, pois finamente me encontrei no mundo, o motivo para estar aqui.

Por isso, meu querido Gilbert, obrigada por tudo. Pelo que fez, por me salvar, por acreditar em mim e me amar.


De sua pequena violeta,

Com todo o amor e paixão,

Violet Evergarden.

6 de Junho de 2019 às 14:24 0 Denunciar Insira 2
Fim

Conheça o autor

Sophia Grayson Só uma garota que gosta de escrever.

Comentar algo

Publique!
Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro a dizer alguma coisa!
~