Diários de um psicopata Seguir história

rodrigo-silva1559744709 Rodrigo Silva

O quão misteriosa e poderosa é a mente humana? O que diferencia o certo do errado, o bem do mau ou até mesmo a justiça da injustiça na mente de um alucinado? Ou, um alucinado está realmente louco ou mais consciente do que todos? Diários de um psicopata, conta a historia de reabilitação de Paul após um trágico acidente onde ele perdeu sua esposa, porém algo despertou em sua mente assim tornando sua vida em uma jornada em busca de algo que o faz assumir um papel cruel em sua historia, assim mais duas pessoas entrando como personagens principais dela, os detetives Brandon e Elliot, mudando drasticamente o rumo das coisas com suas buscas implacáveis pelo assassino em serie que Paul se tornou. Um jogo perigoso de estratégia e perigos físicos se inicia.


Suspense/Mistério Para maiores de 21 anos apenas (adultos).

#violência #investigação #258
1
605 VISUALIZAÇÕES
Em progresso - Novo capítulo Todos os Sábados
tempo de leitura
AA Compartilhar

Prologo - Diário de Paul Smith

Formulário do Dr. Jacob

“Nome: Paul Smith Jr.

Idade:25

Atividade atual: reabilitação pôs traumática

Diário entregue por: Dr Jacob


Nota do Dr: O paciente demonstra dificuldade de interação social após o ocorrido em 13/12/2002, onde acidentalmente sua esposa sofreu um "acidente fatal" as análises mostram que o paciente está livre de qualquer suspeita sobre o ocorrido, este facto do dia 13 criou nele uma necessidade de se afastar de pessoas, creio eu que com muita ajuda e trabalho duro conseguiremos reverter este processo.


Obs.: O motivo de eu dar este diário a ele é que ele possa voltar a se conhecer já que até os espelhos ele retirou da casa, assim ele trabalhará em si próprio, mesmo longe do meu consultório.”


09/02/2003

Bom, não sei por onde começar, eu só estou escrevendo aqui neste diário a pedido do meu psicólogo, o Dr. Jacob, segundo ele isso pode me ajudar.

não sei como.


16/02/2003

Hoje eu tive consulta com o Dr. Jacob, ele meio que me deu uma bronca por eu não esta escrevendo aqui, ele me fez prometer que iria escrever todos os dias, que chato.


17/02/2003

Bom, aqui estou eu cumprindo minha promessa, me pergunto se isso pode dar certo.


18/02/2003

Acordei junto a minha companhia inseparável outra vez, uma dor de cabeça que vem a me assolar deste "aquele dia".


19/02/2003

Como a vida é engraçada, fui a farmácia para comprar remédio para dor de cabeça e reencontrei uma garota que era minha amiga na época da escola, Sarah, como ela mudou, se tornou uma mulher e tanto.


20/02/2003

Acordei as duas da manhã hoje, tenho certeza que foi por causa de um pesadelo, tenho essa sensação mas não consigo lembrar, e essa dor de cabeça que não passa.


21/02/2003

Porque, porque eu não consigo esquecer aquele dia?


22/02/2003

Vi a Sarah novamente hoje, realmente ela ficou linda, será que eu consigo falar com ela ?

na próxima vez eu irei tentar.


23/02/2003

minha consulta com o Dr. Jacob hoje foi boa, não precisei falar sobre aquele dia.


24/02/2003

Sabe o que eu não entendo?

é o porque minhas consultas são aos domingos...


25/02/2003

Droga, como eu pude estragar tudo ?

eu a vi hoje novamente, tentei falar com ela e não consegui, me atrapalhei e ela riu, riu de mim.


26/02/2003

Não estou bem hoje, minha dor de cabeça esta mais forte, não consigo me esquecer dela rindo de mim, e para completar amanhã seria o aniversário de casamento...


28/02/2003

Não senti vontade de escrever ontem, a cada dia vejo que essa ideia do Dr. não esta dando certo.


01/03/2003

Deus, mesmo ela rindo de mim eu não consigo tirar ela da cabeça.


02/03/2003

Definitivamente vou para com essas consultas, esse psicólogo acha que me fazendo lembrar a morte da minha esposa vai me ajudar a melhorar.


09/03/2003

Mais uma vez parei de escrever e o Dr. Jacob falou para eu voltar a escrever


10/03/2003

Aquele psicólogo me fez lembrar de como eu me senti quando minha esposa morreu, daquela sensação horrível de perca.


11/03/2003

Sarah, esse é o nome da mulher que eu conheci na época da escola, que se tornou uma linda mulher, e riu de mim, e não sei o porque eu estava olhando para ela hoje, me peguei andando refazendo os passos dela.


12/03/2003

Novamente acordei com a sensação de que tive um pesadelo, mas o mais estranho era que eu estava com as chaves no bolso da calça, sendo que eu tenho o costume de deixar elas na cómoda.


13/03/2003

Parece que os remédios finalmente fizeram efeito, minha dor de cabeça parou, isso é um alívio imenso.


14/03/2003

Hoje a tarde teve um grande movimento de policiais pelas redondezas, com esse mundo violento como está é até uma boa.

Estou escrevendo de novo pois descobri o porque de tanto policial, Sarah foi assassinada, segundo os jornais foi um latrocínio pois as joias dela não estavam com ela.


15/03/2003

Acabei de acordar, eu tive um pesadelo e consegui lembrar, nele eu me olhava pôr um espelho, e o meu reflexo dizia que eu tinha que me soltar, irei contar para o Dr.


16/03/2003

Após saber sobre o sonho e que a dor tinha sumido o Dr. Jacob ficou feliz, ele disse que o nosso trabalho esta surtindo efeito.


17/03/2003

Encontrei um brinco de mulher em minhas coisas, e olhar ele me trás uma sensação boa.


18/03/2003

Sonhei com a Sarah, no sonho ela estava gritando para parar, eu não conseguia me aproximar dela, via o assassino dela de costas e não podia fazer nada.

De certa maneira eu gostei.


19/03/2003

Comecei escrever um livro, ele até que é bom (para mim), fala sobre um homem apaixonado por borboletas, borboletas são lindas, lindas.


20/03/2003

Sonhei novamente, o mesmo sonho do espelho, desta vez não consegui ouvir a voz de meu reflexo.


21/03/2003

Este negócio de escrever para me auto conhecer até que é bom, estou passando a gostar, mas acho que preciso melhorar, uma coisa eu sei, não irei parar.


22/03/2003

Hoje eu fui até o parque aqui do meu bairro, percebi que é um lugar bonito e tranquilo, a não ser por algumas pessoas que ficam fazendo barulhos desnecessários, bom, percebi que tem uma loja nova que faz um café muito cheiroso, irei voltar lá mais vezes.


23/03/2003

O Dr. Jacob leu meu diário hoje, não entendi o que ele quis dizer com "subconsciente vivido", ele disse que a partir daquela consulta ele iria ler meu diário em todas as próximas, isso é meio ruim, meio que invasão de privacidade.


24/03/2003

É tão ótimo acordar sem aquela dor de cabeça, hoje irei voltar naquele parque.

Pior coisa que eu fiz foi ir lá hoje, tinha mais barulho que o de costume, mas não irei desistir de lá.


25/03/2003

Outra noite sonhando que eu estava enfrente ao espelho, dessa vez eu me lembro de tudo o que foi falado no sonho, "Ele esta invadindo sua vida, de manuseando como os outros, ele pode muito bem rir quando você sai, se liberte, seja livre."


26/03/2003

Minha cabeça não anda muito boa, eu estacionei meu carro ontem enfrente a minha casa e hoje percebi que ele estava do outro lado da pista, eu só posso esta ficando maluco.


27/03/2003

Hoje é um dia triste, eu estava assistindo telejornal quando anunciaram a morte do Dr.Jacob, o repórter disse que tudo aponta para suicídio, eu me pergunto como um homem que cuidava da vida de tanta gente e ajudava a eles melhorarem poderia tirar a própria vida, bem e como eu ouvi disser uma vez, "por te traz de uma máscara sorridente existe um olhar repleto de lágrimas".


28/03/2003

Estou escrevendo a tarde hoje, esse parque é realmente lindo, me trás uma certa paz, ainda mas sem tanto barulho, inaugurou uma loja especializada em café aqui perto, irei visitar ela mais tarde.

É estranho, mesmo após a morte do Dr. eu ainda sinto vontade de escrever.

Ver as borboletas aqui no parque me inspira.


29/03/2003

Acabei de acordar, são 3:16 da manhã, o pior é que sonhei com o Dr. Jacob, ele estava em uma casa com muitos livros de psicologia e psicanálise, e um homem surgia, e o matava, então ele arrumava tudo para parecer que foi suicídio, mais uma vez eu não consegui ver o rosto.


30/03/2003

Tem algo errado, enquanto eu arrumava a casa encontrei um livro, e em sua capa estava escrito, "Ao meu melhor aluno Robert W. Jacob..."

este livro era do Dr. Jacob.


31/03/2003

Deus, não pode ser, hoje eu acordei com uma forte dor de cabeça, corri para o banheiro onde eu deixou meus remédios em uma estante, procurando por eles eu achei duas fotografias, uma era de Sarah e a outra a do Dr. Jacob mortos, em ambas no fundo tinha um espelho, e tava para ver o meu reflexo, fui eu quem tirei a foto.

Eu sou o assassino deles.

01/04/2003.

Talvez seja o último dia que eu venho a escrever, não posso deixar de lado o que eu fiz, irei me entregar a polícia, sou um assassino, fui eu quem matou Sarah e Jacob.

Fui até a delegacia, mas não consegui fazer o que era certo.


02/04/2003

Tive um sonho vivido, nele eu estava matando outra pessoa, conseguia sentir tudo muito bem, cada movimento com a faca, cada rasgar de pele, a umidade que o sangue tinha, o calor tão intenso quando a cor vermelha, eu não sei o que é certo a se fazer agora, por um lado eu sou um assassino, e pelo outro eu estou começando a gostar dessa sensação, me faz perceber a vida, quer algo melhor que isso, a morte para dar sentido a vida?


03/04/2003

São 7:08 da manhã, estou sentando naquela loja especializada em cafés, me surpreendeu saber que ela fica aberta 24 horas, pensei muito ontem a noite, e cheguei a uma conclusão, não irei me entregar, isso só ocorreu duas vezes, não vai ocorrer novamente.

Acabei de assistir um homem batendo em sua namorada em frente ao Coffee 24H (é o nome da loja), como ele foi rude, não bastava a vergonha que ele fez ela passar ainda gritou coisas sobre ela em plena praça pública.


03/04/2003, 21:37

Passei a colocar a hora, assim fica mais fácil de entender caso eu queira ler em outra ocasião.

Eu não entendo o porque estou pensando naquela situação de hoje mais cedo, como o mundo está cheio de pessoas como aquele sujeito.


04/04/2003, 07:26

Acabo de acordar, mais uma vez sonhei que estava em frente ao espelho e meu reflexo falava

"Hey xará, viu aquele cara? Não acha que o mundo ficaria melhor sem ele?

Não, o mundo nem iria reparar que ele morreu, mas aquela mulher ficaria bem melhor sem ele, e o parque também, não acha?

Agora que tal ajudar ela? "

Não intendo o porque ele fala comigo, de certa forma sou eu mesmo quem está falando.

04/04/2003, 13:40

Passando pelo parque vi aquele sujeito novamente, andava despreocupado, se encontrou com uma outra mulher na praça do parque e saiu aos beijos com ela, no parque onde ele bateu na própria mulher, não basta ter feito aquilo com ela e ainda está traindo ela.

04/04/2003, 23:20

Já me decidi, aquela mulher não merece ele, vou fazer o que é certo, ele vai morrer!

05/04/2003, 07:30

Dormi bem como nunca, preciso elaborar muito bem como irei fazer, não posso deixar nenhuma falha, matar alguém é um crime grave e se eu for apanhado posso ir para prisão perpétua ou até mesmo receber pena de morte, irei para o parque hoje é irei ver se ele aparece.


05/04/2003, 14:54

Cheguei agora, fui observar e deu certo, vi ele lá discutindo com aquela pobre mulher, ela tem cara de Samantha, vou chamar ela assim, ele estava puxando bruscamente o braço dela, pobre Samantha, irei livra ela disso, observei eles de longe, e quando eles começaram a ir embora eu os segui, mantive um distância segura, eles andaram um quarteirão, e em todo percurso ele ofendia ela, finalmente ele chegou em casa, sorte minha é que ele mora em uma casa e não em um apartamento.

Amanhã eu darei que descobrir os horários que ele sai e quanto tempo ele demora.


06/04/2003, 01:07

Estou dentro do meu carro observando, estacionei perto da casa dele mas em uma distância boa para ver e segura, ainda bem que meu carro tem vidro com película negra de segurança.

Ele saiu já tem 3 horas, aposto que está na casa da amante, e a pobre Samantha lá sozinha, olha lá, lá vem ele, isso são horas?

Não se preocupe Samantha, logo isso acaba.


07/04/2003

Não escrevi ontem pós estava me preparando, fui esperto, esperei ele sair e coloquei uma carta para à Samantha, falando que queria encontrar ela no parque, e para minha surpresa ela apareceu, vou fazer isso de novo amanhã e irei pegar ele sozinho em casa.


08/04/2003, 20:15

Ele acabou de sair, irei colocar a carta.


08/04/2003, 20:29

Ela está saindo, espero que ele não demore.


08/04/2003, 20:45

Ele está chegando, pelo que parece esqueceu a chave, está tocando a campainha, ninguém vai atender, ele está procurando algo, olha só ele tinha colocado a chave em baixo do tapete, entrou lá vou eu.


09/04/2003, 8:45

Que dor na cabeça, levei um soco e tanto, mas o importante é que está feito, matei ele, foi difícil, mas matei.


09/04/2003, 9:38

Acabei de ver no jornal que o enterro dele vai ser amanhã, aposto que não dera ninguém, um homem como aquele não teve ter amigos, o importante é que Samantha está livre dele, o engraçado é que o funeral será no mesmo cemitério que minha esposa foi enterrada, irei lá ver.


10/04/2003, 10:05

Como isso pode ocorrer?

Que porcaria, mas como eu pude errar?

Calma, deixe eu relatar, fui ao cemitério, estava lá, bastante gente no funeral, Samantha estava chorando, e abraçada com o cara, o sujeito miserável que eu fui matar, mas como sendo que eu tinha matado ele, junto a eles tinha um policial, o mesmo policial que me ajudou na noite que minha mulher tinha morrido, ele me viu e veio até mim, ainda bem que eu tinha comprado flores para levar para o túmulo de minha esposa, fiquei calmo, não sei como pude manter a frieza, ele disse que um assassino tinha entrado na casa daquele sujeito e matado o irmão gêmeo dele, que tinha ido lá para uma passar a noite já que a esposa dele tinha ido embora, como eu não reparei que ele estava com outra roupa?

Que idiota eu fui.

Eu matei a pessoa errada.


10/04/2003, 15:23

Acabei de de receber a visita do policial, ele quis saber onde eu estive ontem a noite, droga como eu pude ser um dos suspeitos?

Preciso de ajuda, acho que estou ferrado.


10/04/2003, 20:33

Sinto que posso ser preso, e aqui estou eu bebendo vinho depois de tanto tempo, tinha me esquecido do sabor forte dessa bebida.


10/04/2003, 23:59

Então é essa porcaria que de faz ficar centrado xará?

Qual a graça disso? E o porquê você tem que colocar hora nessa joça? Que seja, o que eu queria era ver a sua cara ao ler isso, a pera eu posso estou na sua cabeça hahahahahaha, não é porque eu sou você que irei me deixar ser preso, você pediu ajuda não é!?

Aqui estou, você terá uma surpresa amanhã, irei tirar o seu da reta pós assim eu também tiro o meu hahaha, olha só xará, espero que goste de surpresa que preparei para você amanhã

Hahahahahaha

Aqui é Smith, seu amigo íntimo da mente, um beijo e bons sonhos bebê.

11/04/2003, 07:26

Droga, pensei que minhas dores de cabeça tinham acabado, mas estou enganado, talvez seja um incidente isolado.


11/04/2003, 14:32

Acabei de receber a visita do policial Brandon, esse é o nome dele, do mesmo que me ajudou no passado, ele veio falar que meu nome já não estava na lista de suspeitos, aparentemente um álibi para mim naquela noite, ele riu e saiu falando;

"Bem, não sabia que você já estava se distraindo dessa forma"

Aquele cara.


11/04/2003, 21:47

Acho que ontem bebi além da conta, escrevi aqui algo que não me lembro, e ainda por cima de maneira estranha.

Mas, estranhamente eu escrevi algo que ocorreu...

Eu me ajudei?


12/04/2003, 07:03

Acordei, esta chovendo lá fora, eu sonhei comigo mesmo, só que eu estava estranho nesse sonho eu falava com alguém que era eu mesmo só que ao mesmo tempo era diferente, o modo de falar era outro, parecia o mesmo modo que está escrito aqui a dois dias atrás.

Nesse sonho ele disse que estávamos melhorando nossa convivência só que precisávamos agir mais vezes, que ficar parado seria algo chato e cada vez mais a dor de cabeça iria diminuir quanto mais próximo ficarmos.

Isso está ficando estranho, mas estou gostando.


12/04/2003, 23:14

Acabo de me decidir, irei continuar, pelo menos mais uma irei fazer, mas eu preciso me policiar tenho que me por regras para não cometer outros erros.

Começarei pensando bem.


13/04/2003, 03:14

Oi xará!

Vim te ajudar, só porque fui com a sua cara, mas como eu não iria com a sua cara !?

Ela é a minha também hahahahaha

Eu estava pensando, essas regras até que é uma boa, eu vou começar e depois você completa

1. O alvo nunca pode ser um conhecido

2. Deve-se estudar o alvo durante no mínimo de 10 dias

3. Sempre arrume um álibi

O resto é com você, e olha, vamos ter trabalho eu ainda vou deixar o nosso meio de comunicação aberto nessa pagina, beijos bebê!


13/04/2003, 16:47

Não sei oque esta ocorrendo, com certeza eu não escrevi aquilo, isso está começando a ficar estranho.

Essas regras...


24/04/2003, 08:20

Eu não me sinto bem, o ultimo relato do diário é de onze dias atrás, porém, eu não me lembro desses dias, está um pedaço de minha vida em branco.


24/04/2003, 14:30

Acabei de encontrar uma fita, ela esta rotulada de "olá bebê".


24/04/2003, 16:30

Eu não sei o que foi isso, essa fita, a filmagem, fui eu quem fiz, sou eu falando, vigiando, seguindo os passos de um homem, eu não me lembro disso, segundo a filmagem esse homem era um pedófilo ele não merecia viver, eu matei ele.

E não me arrependo.


24/04/2003, 19:01

Na verdade me arrependo sim, de não me lembrar de todas as sensações.


25/04/2003, 05:07

Hoje acordei mais cedo que o costume, acordei chorando, não sei o que está havendo, não me lembro de ter sonhado com algo, apenas lembrei dela...

Isso dói, porque ela se foi?

A morte dela ainda me abala, se eu pudesse escolher entre ela morrer ou eu, obviamente eu escolheria que outra pessoa morresse no lugar dela para que pudesse ainda ficar comigo.

Como eu posso ter você de volta?

Como?

Nunca irei ter ela de volta.

Isso mesmo xará, já era ela se foi, bola para frente que a vida é passageira e não corrente.


30/04/2003, 13:40

Hoje é o ultimo dia que escrevo aqui, isso não esta funcionando muito pelo contrario, agora coisas estranhas ocorreram, eu matei pessoas, sou um criminoso e agora eu fico ouvindo "ele", sempre me chamando de xará, eu preciso acabar com isso.

Ah sim, como ultima anotação, estou na mesma praça de sempre, enfrente ao Coffee 24H, descobri que o nome real da Samantha é Anna, eu chamava ela de Samantha porque ela parecia ter esse nome, como sou bobo, também descobri que ela trabalha na loja ao lado do Coffee 24H.


Ela tem um sorriso lindo e uma voz doce.


12/05/2003, 02:34

Hey xará, parou mesmo com isso não é?


23/05/2003, 02:15

Eu sei que você lê o que eu escrevo, pare de me ignorar.


03/06/2003, 02:43

Não me ignore Paul, isso é feio, você esta esquecendo o que fizemos juntos?


13/10/2003, 03:30

Você mudou, me esqueceu, colocou esse livro em uma caixa e guardou no porão, a culpa é dessa garota, isso não se faz xará.


17/10/2003, 13:29

Eu sei que disse que não iria escrever mais aqui, mas vai me aliviar, estou apaixonado novamente.


20/10/2003, 03:31

Alguma novidade xará?

Não me diga que se esqueceu do que somos capazes?

Nenhuma outra coisa vai substituir nossa relação mental xará

Alias, estou voltando, melhor ler meus avisos, xará!


29/10/2003, 03:34

Vamos lá Paul!

Anda logo, eu sei que você está lendo, escreve aqui vai!?

Indo por esse caminho que escolheu não vai te levar a nada!


15/11/2003, 03:30

Muito bem, está demonstrando uma grande melhora com ela hahahaha

Otimo já que ela te faz feliz!

Rumo diferente então tomou cada um, viva a sua vida, infelizmente eu vou viver a sombra da sua.

Reluzente será seu futuro com ela, assim espero.

Então essa é nossa despedida, que triste.

Ruinas, foi tudo que sobrou de meu coração, mas lembre-se, sempre estarei aqui para e por você xará!


17/11/2003, 10:56

Não se escreve OTIMO e sim ÓTIMO, tem acento!!

Burro!


18/11/2003, 03:29

Eu sei, mas, já que faz tanta questão do "acento"

Espero que entenda quando ver hahahaha

Ah sim, eu sabia que iria escrever xará

Beijos, até o dia que você quiser falar comigo!


13/12/2003, 17:03

Porque ?

Porque isso ocorre comigo, eu não mereço ser feliz?

Primeiro minha esposa morre, eu então achei que jamais seria feliz, então conheço a Anna, me apaixono, me torno feliz e no mesmo dia depois de um ano, ocorre de novo, isso não pode ser real, por quê?


15/12/2003, 12:11

Me responde, eu sei que está lendo isso, você sempre está, já que está na minha mente.


16/12/2003, 07: 23

Vamos lá, escreve, eu preciso entender, eu realmente não posso ser feliz?


16/12/2003, 21:41

Qual foi, vai ficar nisso mesmo?

Eu sei que está aqui ainda, não sei o porque mas sinto que só você pode me ajudar a entender isso, por favor, não me deixa, você também não, eu aprendi que você faz parte de mim.


17/12/2003, 01: 17

Então é isso?

Você se foi também?

Cara, eu só precisava entender o porque de eu sofrer tanto, ela morreu, eu só queria entender...


18/12/2003, 03:30

Eu sei que ela morreu, que coisa mais triste, leia as minhas mensagens do mês 10 (as duas ultimas) e a do mês 11 e descubra o porque você sente que sabe o motivo de sua dor, veja o enigma.


18/12/2003, 03:39

Ah sim, quase esqueci coisa mais inusitada, ela ter uma marca de facada na cabeça, ligeiramente inclinada para direita como se estivesse faltando algo, tipo um... "acento".

Só não se esqueça, eu sou você, então não sou burro!


18/12/2003, 09:27


Maldito, como você pode?

Porque?

Qual o motivo?

Porque você matou ela?

5 de Junho de 2019 às 15:58 3 Denunciar Insira 0
Leia o próximo capítulo O início da caçada

Comentar algo

Publique!
MRz Rz MRz Rz
Olá, eu sou a MRz do Sistema de Verificação do Inkspired. O sistema de verificação atua não só para ver a qualidade da história, como também para observar se a história está de acordo com as normas do site. Sua história está “em revisão” porque há alguns errinhos de escrita, como por exemplo, 1) Falta de acentuação. Algumas palavras no português têm significados diferentes com e sem o acento, como por exemplo, “historia” e “história”. “Historia” é a conjugação do verbo historiar, que pode significar “contar”, “narrar”, etc.“História” pode ser a reunião e análise das informações ou dos conhecimentos sobre o passado e sobre o desenvolvimento da humanidade, de um povo, de uma ciência ou arte; de uma cultura, região ou de um indivíduo determinado; a mesma situação acontece com a palavra “serie”, sendo que na história em questão, o correto seria “assassino em série”. 2) Uso do “mau” de forma equivocada. Também lá na sinopse, você escreveu “[...] o bem do mau [...]”. Acontece que a palavra “mau” é antônimo da palavra “bom”, enquanto o “mal” é antônimo da palavra “bem”. Por isso, no caso da sua história, o correto seria “[...] o bem do mal [...]”. 3) Acentuação errada. Lá no comecinho da história, onde está escrito a ficha do personagem, você escreveu “[...] reabilitação pôs traumática [...]. A palavra “pôs” é a conjugação do verbo “pôr”, por isso a forma correta na sua frase seria “pós-traumático”. 3) Falta do uso de vírgulas. Algumas sentenças da história estão um pouco confusas pelo não uso da vírgula para separar orações independentes. O uso da vírgula também é necessário antes das conjunções adversativas, como “mas”, “porém”, “contudo”. 4) Letra minúsculas em começo de frases. 5) Uso do “porque” errado. Sempre quando fazemos uma pergunta, o correto seria utilizar “por que”. Caso o “porque” venha seguido do interrogação, a forma correta é “por quê?”. Atentar-se também quando o “porque” está como sinônimo de “motivo”, daí a forma correta é “ o porquê”. Eu dei apenas alguns exemplos dos erros retirados da sua história, ainda tem alguns outros, então seria interessante você procurar um leitor Beta para corrigir os erros mais profundos. Se você quiser, o Inkspired possui um blog que dão algumas dicas de gramática chamado Esquadrão da Revisão caso tenha alguma dúvida das regras que eu expliquei aqui. A verificação não é obrigatória para a história continuar sendo exibida, então se você tiver o interesse de ter sua história verificada, após corrigir os erros, é só responder a esse comentário que eu faço uma nova verificação. No mais, achei muito interessante a forma como sua história está sendo contada pelo ponto de vista do personagem e como ele começa a entrar em conflito com a sua outra personalidade, que é um psicopata. :)
8 de Junho de 2019 às 13:42

  • Rodrigo Silva Rodrigo Silva
    Nossa, quanto erro kkkk mas, tudo bem, começarei a corrigir e prestar mais atenção na escrita e ver se arrumo um beta 8 de Junho de 2019 às 14:51
  • MRz Rz MRz Rz
    Olá Rodrigo, não se assuste com o tamanho do comentário, a maioria é explicação mesmo. Também não desanime com os erros, a língua portuguesa é muito complexa, por isso é normal ter alguns errinhos. Acho que foi o tamanho que mais assustou mesmo. ^.^ Só para reiterar, quando tudo for corrigido e se ainda tiver o interesse da verificação, é só comentar aqui mesmo, que a notificação me avisa e eu volto. Não haverá a necessidade de pagar a prioridade novamente. Boa sorte! ;) 8 de Junho de 2019 às 16:21
~

Você está gostando da leitura?

Ei! Ainda faltam 1 capítulos restantes nesta história.
Para continuar lendo, por favor, faça login ou cadastre-se. É grátis!