O Começo Seguir história

J
J M


Espero que tenham gostado, um conto que terá em tese, 5 capítulos curtos. Uma historieta completamente inventada por mim. Tirei da imaginação e fui apenas escrevendo, não levem a mal a participação de cada Brawl, repetindo, apenas um conto.


Aventura Impróprio para crianças menores de 13 anos.

#aventura #penny #Piper #Barley #Bull #Myke
0
813 VISUALIZAÇÕES
Em progresso - Novo capítulo Todas as Segundas-feiras
tempo de leitura
AA Compartilhar

Conhecendo Novos "Amigos"

De repente escuto uma explosão, tiros, música, muita gente falando, o barco foi atingido...

- 19:32, estamos na embarcação rumo a ilha da Pedra Queimada, as lendas sobre esta ilha são bem assustadoras, nada que eu não possa resolver, a ilha é disputada, muitas famílias estão dispostas a vir em busca do tesouro, como por exemplo a família Red Dreads, conhecidos pelos seus tiros rápidos e suas famosas torretas, más isso é uma outra história.

- Aaaah, que tédio essa navegação, Barley, mais uma rodada pra mim, eu estou com vontade de beber - Disse Bull.

- Quem convidou esse marmanjo para a festinha? Acha que sou seu subordinado? - Barley estava furioso.

Bull é daqueles, atira e depois pergunta, pura força bruta e uma escopeta que, vai por mim, você não quer escutar o barulho dela. Barley é russo, fanático por vodka e molotov, com uma perna mecânica ele tem um caminhar lento, mas não se deixe enganar com este velhinho, ele pode tirar uma molotov do bolso a qualquer momento, acredite, é surpreendente. Cá estou, preso com estes loucos. Bom, a espera pra chegar em uma ilha é sempre cautelosa, ainda mais indo em direção a uma tão famosa, dizem que o ouro é tão raro que chega a ser negro, tal como diz o nome, ilha da Pedra Queimada, dizem ser protegida por uma feiticeira de tarot que lança cartas, nunca a vi, mas espero ter esse privilégio, ela nunca está sozinha, tem um irmão pelo que disseram, não entendi muito bem, parece ser um gênio louco, sei lá, esse lance de feitiçaria não é o meu tipo, já vi de tudo, desde mortos vivos á caveiras ambulantes...Não tenho de nenhum deles, aliás, me chamo Penny Tiro Certo.

- Penny? Tudo bem? Posso entrar? - Diz Piper confusa.

- Claro que pode, aconteceu alguma coisa?

- Não, eu não estou confiante de usar o meu raio de luz, não temmuito tempo que estou usando, acha que vai dar certo pra gente conseguir entrar na ilha?

- Olha, creio que se você não pensar de forma negativa, possa dar certo sim, vi que você treinou muito durante a navegação, conseguiu deixar ele ir mais longe e você está mirando bem, aliás, vi até que conseguiu produzir uma bomba com ele, então tire o medo e confie em si mesma, vai dar certo, aliás, estaremos juntas na invasãoe temos um grupo até que bom, tirando as desavenças (risos), você não concorda?

- É você tem razão, só tenho medo de não ser tão útil o quanto espero, você tem me ajudado desde que me deixaram sair dos Red Dreads, então quero retribuir o favor.

Piper era uma subordinada dos Red Dreads, ganhou um bastão de luz quando criança, aprendeu a usar não tem muito tempo, mas já manda muito bem. Ficamos conversando no quarto, e como de costume estava limpando minha metralhadora, é antiga, porém devastadora.

- Bom, os dias tem sido longos, amanhã será um novo dia, já está tarde e parece que o pessoal já foi dormir. - Disse Penny cansada.

- Olá meninas, estão com fome? - Aparece Myke, com um peixe na mão e várias pimentas.

- Nãaaaao, estamos muito bem, obrigada, vamos dormir, afinal está tarde e estou muita cansada também. - Avisou Piper a Myke.

- Myke, seria melhor se você planejasse a invasão da ilha e não que ficasse brincando com peixes e pimentas.

- Hahaha, Penny, Penny,você pensa que sou uma criança igual a você? A experiência das batalhas me deixou mais relaxado, tenho tempo suficiente para planejar a invasão, não se preocupe... Já que nenhuma das boas moças querem me acompanhar, eu vou comer estou faminto, aliás, você vai acordar e vai ver um excelente plano senhorita Penny (riso malicioso).

Esse é o Myke um bom italiano, cozinheiro e minerador, amante dasbombas e também depimentas, uma curiosidade, Barley e Myke não se dão tão bem, más esse é o ponto, juntá-los e fazer com que trabalhem juntos, não vai ser o mais difícil, afinal precisamos deles, são os melhores no que fazem.

-Está muito tarde para brincadeira, prefiro descansar e espero o plano amanhã.

25 de Abril de 2019 às 21:11 1 Denunciar Insira 120
Leia o próximo capítulo A Ilha da Pedra Queimada

Comentar algo

Publique!
Karimy Karimy
Olá! Escrevo-lhe por causa do Sistema de Verificação do Inkspired. Caso ainda não conheça, o Sistema de Verificação existe para ajudar os leitores a encontrarem boas histórias no quesito ortografia e gramática; verificar sua história significa colocá-la entre as melhores com relação a isso. A Verificação não é necessária caso não tenha interesse em obtê-la, então, se não quiser modificar sua história, pode ignorar esta mensagem. E se tiver interesse em verificar outra história sua, pode contratar o serviço através do Serviços de Autopublicação. Sua história foi colocada em revisão pelos seguintes apontamentos retirados dela: 1)Verbo: "Espero que tenham gostado" em vez de "Espero que gostem" — já que alude futuro. 2)Estrutura: "Espero que tenham gostado, um conto que terá em tese, 5 capítulos curtos" em vez de "Espero que gostem deste conto que terá, em tese, cinco capítulos". Em "as lendas sobre essa ilha são bem assustadoras", aconselho que inicie após um ponto e com primeira letra maiúscula: quando encerramos uma linha de pensamento, devemos usar ponto e iniciar outra frase — isso deve ser observado com mais cautela em outras passagem. Palavra faltando em "Não tenho de nenhum deles" — não tenho o quê?; "não temmuito" em vez de "não tem muito"; "invasãoe" em vez de "invasão e". 3)Acentuação: "más isso é uma outra história" em vez de "mas isso é uma outra história"; "á caveiras ambulantes" em vez de "a caveiras ambulantes". 4)Pontuação: "com uma perna mecânica ele tem um caminhar lento" em vez de "com uma perna mecânica, ele tem um caminhar lento"; "tem um irmão pelo que disseram" em vez de "tem um irmão, pelo que disseram"; "É você tem razão" em vez de "É, você tem razão". Obs.: os apontamentos acima são exemplos, há mais o que ser revisado na história além deles. Aconselho que procure um beta reader; é sempre bom ter alguém para ler nosso trabalho e apontar o que acertamos e o que podemos melhorar, assim como ajudar-nos com a gramática e a ortografia. Caso se interesse, esse recurso também é disponibilizado pelo Inkspired através do Serviços de Autopublicação. Além disso, também temos o blog Tecendo Histórias, que dá dicas sobre construção narrativa e poética, e o blog Esquadrão da Revisão, que dá dicas de português. Confira! Bom... Basta responder esta mensagem quando tiver revisado a história, então farei uma nova verificação.
27 de Abril de 2019 às 07:43
~

Você está gostando da leitura?

Ei! Ainda faltam 1 capítulos restantes nesta história.
Para continuar lendo, por favor, faça login ou cadastre-se. É grátis!