Nova Era Seguir história

thelunatic Mirella Lanes

*Continuação e parte final de Quando Uma Shinobi Se Apaixona Por Um Herói. Esta história gira em torno de Itachi Aizawa,o qual atinge sua adolescência e é obrigado a estudar na U.A. junto com seu melhor amigo Hatsuo Yamada (Filho de Present Mic e Midnight),que também odeia a vida de herói. O pai de Itachi,Shota "Eraserhead" Aizawa,tronou-se guardião de uma menina chamada Eri quando seu filho ainda era criança,o pequeno Itachi apegou-se com a garota e a considera uma irmã desde então. Só que os sentimentos dela por seu "Irmão" são mais do que fraternos. A principal trama desta fanfiction é a ida do jovem Aizawa à Aldeia Da Folha com o intuito de descobrir a verdade sobre o passado de sua mãe (A shinobi Yumeki Hatake) e o relacionamento que ela tinha com seu pai. Porém ele acaba conhecendo sua prima Miyuki Hatake,por quem ele se apaixona. Miyuki corre "Perigo" e quer fugir de casa, então manda uma carta para ele,dizendo que precisa de ajuda. Apesar de detestar o mundo dos heróis,Itachi vai a Konoha para salvá-la junto com Hatsuo,que se torna seu sidekick. Tudo parece tranquilo a partir de então,quando retornam a Musutafu. Todavia os vilões atacam o trio de amigos (Itachi,Hatsuo e Eri) e descobrem que Miyuki é uma shinobi,o desperta um grande interesse maléfico pela garota. * Crossover de Boku No Hero e Naruto.


Fanfiction Anime/Mangá Impróprio para crianças menores de 13 anos.

#boku-no-hero #naruto
0
494 VISUALIZAÇÕES
Completa
tempo de leitura
AA Compartilhar

Introdução: Boas-Vindas

Agora tenho quinze anos,estou prestar a entrar no ensino médio naquela maldita U.A.. Eu nunca quis ser um herói,meu sonho mesmo é tornar-me um guitarrista de renome,porém meu pai não entende.

A propósito,há um tempão atrás ele trouxe uma menina para nossa residência. Ela é um ano mais velha que eu e se chama Eri,desde então somos grandes amigos e confidentes um do outro. Ela é como uma irmã pra mim.

É o primeiro dia de aula. Eri e eu nos arrumamos e enfim vamos para a escola,juntos.


~ Chegando ao "Inferno" ~

Puta merda! Este lugar é lotado de babacas! Estamos na cerimônia de boas-vindas,vejo meu melhor amigo Hatsuo Yamada por ali. Grito pra ele,o chamando.

- E aí,Itachi! Oi,Eri! Prontos pro melhor colégio do mundo?

- Cale a boca,Hatsuo! Você sabe muito bem que este lugar é o próprio inferno. - Digo.

- Estou apenas sendo sarcástico.

- Calma,tudo vai dar certo. Se vocês não gostarem realmente daqui,podem falar com seus pais a respeito e enfim darem o fora.

- Porra,Eri! Foi meu pai quem me obrigou a estudar aqui nesta espelunca! Ele não vai deixar eu sair!

- Meu pai também me obrigou. Até parece que isso foi combinado entre eles,já que são tão amigos. - Diz Hatsuo.

- Pois é,cara. O sonho acabou.

Meu amigo toca em meu ombro,também lamentando nossa "Desgraça". Noto que Eri está franzindo o cenho.

- Vocês são uns babacas! Fazer parte dos heróis não é tão ruim assim.

Hatsuo e eu nos olhamos,com expressões de escárnio.

- Coitadinha,nem sabe o que a gente quer de verdade... - Diz ele.

- E o que vocês querem,afinal?

- Queremos formar uma banda de Black Metal. - Digo.

- Aquela porcaria barulhenta que você escuta,Itachi?

- Não é porcaria barulhenta! É uma grande maravilha!

- Cale-se,Hatsuo! Não falei com você!

Hatsuo fica de olhos arregalados e logo abaixa a cabeça,parece que está ofendido. Ele tem uma paixonite pela Eri,até me falou a respeito. Só que...Ela nem se importa com existência dele!


~Intervalo~

Até que enfim um recreio nesta merda! Meu primeiro momento de aula foi razoável,Hatsuo e eu ficamos na mesma turma e...Eri também,apesar de ser mais velha. Vou até a sala dos professores,hei de ter uma conversa séria com meu pai.

Bato na porta,quem atende é o pai de meu amigo,o professor Present Mic. Eles são muito parecidos,até mesmo têm o mesmo nível de idiotice.

- Itachi! Quer falar com seu pai? - Diz ele.

- Urgentemente.

- Eraserhead! Seu filho está aqui! Ah,entre Itachi.

Entro na sala e vejo meu pai levantando-se da cadeira do computador. Ele está com seu típico semblante exausto.

- Oi filho. Como está sendo seu primeiro dia?

- Uma bosta!

- Ei,não fale deste jeito! Estamos em um local de elite.

- Foda-se!

- Você veio aqui pra falar comigo ou apenas me irritar?

- Vim pra ter um papo-reto. Mas se o senhor se irrita com isso,não tenho culpa.

- "Papo-reto"? Aprenda a falar! Cadê a educação que eu lhe dei?!

- Pai...Eu quero ir embora daqui. - Desembucho.

Ele fica carrancudo e cruza os braços. Olhando para mim com reprovação.

- Como assim? É recém seu primeiro dia!

- Mas eu quero cair fora daqui! Agora! Este não é o meu lugar! - Grito bem alto.

- Não percebe o vexame que está fazendo? Pare com essa birra! Você é teimoso igual a sua mãe!

Minha...Mãe? Ele ainda lembra dela? Bom,claro que sim. Ele fica aborrecido e sempre chora no dia de meu aniversário,pois foi o dia em que ela morreu. Não só ela como a esposa dele. Aliás,ele nunca me contou direito sobre o relacionamento dele com a mamãe e quando pergunto a respeito,ele se cala e começa a choramingar que nem um condenado. Quem que pode me explicar sobre minha mãe sem entrar em colapso? Quem?!

Saio da sala dos professores rapidamente,em silêncio. Pensei que meu pai iria vir atrás de mim,mas ficou lá,paradão. Foda-se ele! Bom,agora estou curioso. Na verdade,sempre fui curioso a respeito de minha mãe. Pelo o que eu saiba,ela era uma professora aqui na U.A.,mas não tinha dom. Ela tinha uma espada,uma espada enorme que papai nunca me deixa mexer,creio que ela a usava em batalhas contra vilões.

Espera...Eu sei de alguém que pode me contar tudo,tudo mesmo! Meu pai me disse que mamãe era casada com um tal de Kakashi Hatake,ele mora em um lugar chamado Aldeia Oculta Da Folha. Eu soube dessa história quando tinha oito anos,no momento em que questionei pela milésima vez o porquê de meus pais não terem se casado ou pelo menos assumido seu relacionamento. Isso! Tenho que aproveitar um final de semana e ir até essa aldeia para encontrar o Kakashi,mas...Como?!

- Psiu! Tá sonhando,Itachi?

- Ah,é você Hatsuo. Era apenas um devaneio.

- Percebi,pelo jeito como você estava aí parado no corredor. Devaneio sobre o quê?

- Minha mãe. Eu queria saber o que ela realmente tinha com o meu pai...

- Cara,seus pais tiveram um caso,tá explicado.

- Tá,mas...Ele a ama muito,nunca vi alguém tão apaixonado assim. Não posso falar muito sobre ela,senão ele começa a surtar. Eu apenas queria saber...Minhas origens.

- Por que não pergunta pra ele com calma?

- Não adianta,ele foge do assunto. Mas eu sei de alguém que pode me ajudar.

- E quem é esse "Alguém"?

- O viúvo da minha mãe,Kakashi Hatake.

- Aquele cara do lugar da folha?

- Aldeia Da Folha.

- Isso!

- E como pretende chegar até ele? Aliás,eu nem sei onde fica essa aldeia,ninguém sabe.

- Arrumarei um jeito.

- Tem certeza,Itachi? Você vai fazer isso? Olha que seu pai se preocupa muito com você e...

- Foda-se ele!

Saio de perto de meu amigo,continuo vagando pelos corredores até o sinal tocar. Tenho um plano,irei para Konoha neste fim de semana e assim...Estarei frente a frente com o Kakashi.


























18 de Abril de 2019 às 00:49 0 Denunciar Insira 0
Leia o próximo capítulo Em Família

Comentar algo

Publique!
Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro a dizer alguma coisa!
~

Você está gostando da leitura?

Ei! Ainda faltam 11 capítulos restantes nesta história.
Para continuar lendo, por favor, faça login ou cadastre-se. É grátis!

Histórias relacionadas