O Segredo Hyuuga Seguir história

fellurian Nany Lopes

Neji descobre que todo seu passado e tudo que sabe sobre o clã Hyuuga e suas regras, não passam de mentiras. Junto com seus amigos de time, ele irá fazer de tudo para quebrar os dogmas do clã e libertar a todos.


Fanfiction Anime/Mangá Todo o público.

#mistério #romance #política #hyuuga #hinata #neji #nejihina
Conto
7
3.7mil VISUALIZAÇÕES
Completa
tempo de leitura
AA Compartilhar

O Livro

Oi, gente! Essa fic foi escrita para o amigo secreto do grupo Igreja NejiHina! Minha amiga secreta foi a rainha Trillian Sagan! Espero que goste! <3


-


O desejo de interrompê-lo antes que ele tivesse terminado foi esmagador. Desde criança Neji era os ouvidos das paredes do complexo Hyuuga. Não que quisesse saber mais do que deveria, mas sentia que apesar de ser privilegiada em ser do ramo principal e ter sua família toda presente, Hinata se sentia tão só quanto ele. Para ajudá-la, ele precisava saber dos acontecimentos que a envolviam. Mas sabia que nunca se acostumaria.

Muitos anos já haviam se passado desde de Hiashi decidiu que Hinata não era digna de ser a herdeira do clã e passou o título para sua caçula, Hanabi. Não achava que a primogênita se importava com a perda do título, muito pelo contrário, Hinata parecia se sentir aliviada de não ter mais aquele peso em suas costas.

Ainda assim, os abusos por parte do pai continuaram. Discussões e brigas como aquela que Neji ouvia do outro lado da parede eram cotidianas.

— Você nunca muda, Hinata! — Disse Hiashi antes de estalar a palma da mão no rosto da filha, que gemeu — Você é gentil demais! Delicada demais! Mais uma missão fracassada? Inacraditável.

Neji deu um passo à frente e cerrou os punhos, cego de ódio.

— Neji — Ouvir a voz apreensiva de Tenten no transmissor o impediu de seguir em frente, o rapaz fechou os olhos, pensativo — Tudo certo.

— Obrigada, Tenten — Respondeu baixo e ouviu protestos altos do colega de equipe do outro lado do transmissor — E Lee.

Neji adentrou o complexo Hyuuga até os aposentos de Hiashi sem olhar pra trás, confiava na competência do seu time mas também precisava que tudo desse certo. Não poderia olhar pra trás nem se quisesse, não mais. Hoje seria o dia em que ele acabaria com a hierarquia Hyuuga.

Silenciosamente ativou seu Byakugan, entrou no quarto, abriu a gaveta certa e o cofre para o qual já conhecia os segredos para abrir. É infalível, lembrou-se do fogo nos olhos de Lee quando Neji finalmente o contou os últimos detalhes do plano.

Os últimos anos foram difíceis. Neji, Tenten e Lee arriscaram seus status de jonin e chuunin, e até mesmo suas vidas para chegarem até ali. Um guarda Hyuuga com informações preciosas que desaparecia. Um livro da biblioteca principal que tinha seu registro apagado. Lentamente, os segredos mais ocultos do clã lhes eram revelados. Detalhes sobre o Byakugan que não conhecia. A origem da hierarquia entre a família principal e a secundária. Mas nada disso importava mais quando ele finalmente achou o que queria: as circunstâncias da criação do selo que o aprisionava.

Neji abriu o livro, segurando-o forte em suas mãos e sorriu lentamente. Então é isso…, pensou, liberdade. De acordo com o plano, ele deveria voltar ao ponto de encontro para que pudessem desvendar este segredo juntos. Mal sabia ele que era algo tão simples, tão óbvio.

— Tenten, Lee, escutem — Disse baixo no transmissor — Não voltarei ao esconderijo. Não venham atrás de mim, não preciso mais da ajuda de vocês. Até logo. — Antes mesmo de ouvir os protestos, Neji desligou o transmissor e colocou o livro aberto no chão.

Javali. Cão. Pássaro. Macaco. Carneiro. Neji fez todos os selos com rapidez e expertise. Abaixou e colocou a mão sobre os desenhos no livro e, em questão de segundos, estava frente a frente com o espírito do Segundo Hyuuga.

— Achei que fosse apenas uma lenda, Senhor — Abaixou o torso em reverência — Mas parece que me enganei.

— Jovem Hyuuga, por que me tirou do meu descanso? — Respondeu-lhe com a voz idosa e cansada.

— O senhor foi o primeiro membro da família secundária Hyuuga — Neji se levantou, encarando-o — Morto por se recusar a usar o selo amaldiçoado e retirar diversas vezes o selo de familiares.

— Isso foi há muito tempo, jovem. O que quer de mim? — Podia sentir o olhar inquisitor em si.

— Que faça por mim o que fez por todos os outros — Neji retirou a bandana de Konoha da testa, expondo seu próprio selo e encarou o velho determinado.

— E por que eu, um velho há muito tempo morto, deveria fazer isso por você? — Respondeu o Segundo.

— O senhor não acha que seu espírito foi aprisionado neste livro por tanto tempo por algum motivo? — Disse Neji firme — Está na hora de acabar com a tirania da família principal de uma vez por toda. Está na hora do clã Hyuuga ser novamente um só.

— Hmmm… Talvez assim eu possa descansar em paz finalmente. Muito bem. — O espírito estendeu a mão e encostou o dedo na testa de Neji, que fechou os olhos.

Enquanto o velho pronunciava algumas palavras antigas, Neji pôde ver em sua mente a lembrança de gerações de membros da família secundária em sofrimento. A solidão de todos aqueles que morreram ao tentar encarar a ira da família principal. A dor lhe assolava a cabeça como quando o selo era ativado, talvez até pior. E, de repente, leveza.

O rapaz abriu os olhos e se viu só. Passou por cima do livro e olhou seu reflexo no espelho. Sorriu ao limpar as lágrimas nos punhos.

Mas não havia tempo para melancolia. Hinata, estou indo. Neji correu o mais rápido que podia, sem se importar se seria ouvido ou não até finalmente alcançar o local em que Hiashi ainda discutia com a filha.

— Hiashi — Neji encarou-o no fundo dos seus olhos — Acabou. A soberania injusta da família principal chegou ao fim — Aproximou-se de Hinata, que estava jogada ao chão, e a segurou nos braços, o jovem adulto foi inundado por uma onda de coragem — Hinata-sama, case-se comigo. Juntos vamos transformar o clã em uma família gentil e delicada como você… mas forte e disciplinada como eu.

— N-neji-niisan — Disse ela, baixo.

Ele queria ficar olhando o rosto de Hinata corar cada vez mais após ouvir seu pedido, mas não havia tempo. Colocou-a no chão e aproximou-se a passos lentos do líder Hyuuga, que praguejava e tentava de todas as formas ativar a maldição do selo, agora inexistente. Neji riu baixo.

— Esse é seu único truque? — Disse Neji, a poucos passos de Hiashi.

— Eu vou explodir sua cabeça, seu insolente! — Gritou o velho, claramente confuso. Era isso que Neji esperava. Em condições normais, jamais seria capaz de vencer Hiashi num combate frontal, mas ali ele tinha o elemento surpresa e não pretendia desperdiçar.

Levou a mão à testa e parou, logo a frente de Hiashi, como quem se dá conta de que algo está errado e, ao menor sinal de hesitação, Neji estendeu o braço e atingiu o pai de Hinata no centro do peito com seu Punho Gentil.

— Você sempre foi muito prepotente — Neji agachou ao lado do debilitado Hiashi e retirou a bandana e viu os olhos do homem se arregalarem — Meu pai sabia, não é? Foi por isso que você armou todo aquele circo para matá-lo. Tudo uma farsa para impedir que ele se livrasse desse selo e te derrotasse. Não é mesmo? — Sabia que não teria resposta, não com o velho naquele estado — Não importa mais, acabou — Esperou até que o homem à sua frente fechasse os olhos, desacordado.

Claro que não o mataria ali, ao lado de Hinata. Virou-se para ela e a viu observando tudo atentamente com seu poderoso Byakugan ativado. Moveu-se lentamente em sua direção. Tudo aconteceu tão rápido que ela sequer teve tempo de se levantar.

— Hinata-sama — Estendeu a mão para ajudá-la a se por de pé — Vamos?

1 de Fevereiro de 2019 às 02:18 3 Denunciar Insira 123
Fim

Conheça o autor

Nany Lopes Tamo aí né

Comentar algo

Publique!
Azarashi Onna Azarashi Onna
1 de Fevereiro de 2019 às 16:51

  • Azarashi Onna Azarashi Onna
    Oporra, foi sem querer. Mas enfim, eu adorei demaissss a fic, a presença do time Gai, o Neji tendo esse contato sobrenatural, E A REVOLUÇÃO, PORRA!!! Arrepiei aqui! 1 de Fevereiro de 2019 às 16:53
Inial Lekim Inial Lekim
AMEO DEOS EU TO BERRANDO AAAAAAAAAAAAA OLIA O MISTÉRIO MANO, OLHA MEU TIME APARECENDO <3 PEGA FOGO CLÃ HYUUGAAAAAAAA \o/ Eu adorei <3 Adoro esses coiso com mais mistério e, mesmo sendo breve, gostei muito do neji conseguindo se libertar do selo da família principal e encarando o hiashi. E ELE PEDINDO A HINATA EM CASAMENTO PARA QUE ELES CONSEGUISSEM JUNTOS UNIR O CLÃ! ALA KISHIMOTO! APRENDE COMO SE FAZ! ainda quero o otro capítulo hehehe
31 de Janeiro de 2019 às 20:34
~