O Rei Predador Seguir história

aghaf Anna Romaike

Você leitor já teve que lutar contra aquele impulso destrutivo? Aquela voz que sempre te cala nas horas importantes, aquela parte que sempre te sabota. Nessa poesia eu dou voz a essa voz, um rei que impede nossa liberdade com a desculpa de nos proteger.


Poesia Todo o público.

#repressão #medo #luta-interna
Conto
0
3302 VISUALIZAÇÕES
Completa
tempo de leitura
AA Compartilhar

Unico

Hey garota

Fale baixo

Pois aqui as paredes têm ouvidos.

E quem ouve é o rei

Ele governou aqui

Antes de existirmos

E governará mesmo após partirmos

Ele causou milhares de mortes

E ainda mata um pouco

Todos os dias.


Ouça, aqui há regras.

Se as quebra você morre

Quando morre torna-se solo

O chão que pisamos é feito de ossos


Escute, não vá longe demais.

Não diga nada

Não pense alto

Não desagrade

Não ouse ousar

Não ouse envergonhar


Ouço passos

Alguém se aproxima

Corrija a postura

Se cale e prepare

Adeus menina

Ele chegou


Garota

Você é lixo

Preste atenção

Desista dos sonhos

Dos amores

Das cores

Foque nos erros

Não desejos


Ouça garota

Ninguém se importa com você

Ninguém quer ouvir sua voz

Ninguém precisa de sua presença

Ninguém está interessado


Quero você calada

Sem sentir

Ou sorrir

Ou sair


Quero você parada

Sem chorar

Ou gritar

Ou amar


Quero você fechada

Sem ler

Ou correr

Ou escrever


Quero você exausta

Sem dormir

Ou dançar

Ou comer


Não resista

Ás minhas exigências querida

É para nossa proteção.

O inimigo são os homens

Que estão do lado de fora

Por isso obedeça

Sem nunca me questionar

Ou eu vou lhe matar

22 de Janeiro de 2019 às 14:34 0 Denunciar Insira 119
Fim

Conheça o autor

Anna Romaike Otaku, fujoshi, cartomante, bruxa, numeróloga, astróloga, umbandista, poeta. Amo livros, florence and the machine, virginia woolf, simone de beauvoir, hannah kent e muitas outras escritoras.

Comentar algo

Publique!
Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro a dizer alguma coisa!
~