I will always protect you Seguir história

mkfelicity25 Kelly Nunes

Hiruzen perguntou: — Quem é esse menino? Sasuke olhou para o menor que estava encolhido em seus braços e mantendo o rosto inexpressivo, respondeu: — Ele foi espancado pelos aldeões. — Encontrei-o na floresta e agora, Naruto Uzumaki me pertence. – O moreno ficou satisfeito ao ver o hokage arregalar os olhos e sem se abalar, continuou: — Ele é meu e não permitirei que voltem a machucá-lo. Essa é a história de duas almas que foram unidas pelo sofrimento. Fanfic postada também no SS (User - KellyNunes25) e no Ao3 (User - Mkfelicity25)


Fanfiction Anime/Mangá Para maiores de 18 apenas.

#vingança #sasunaru #Sasuke-Protetor #Sasuke-Ciumento #Naruto-Inteligente #almas-gêmeas
9
3.7mil VISUALIZAÇÕES
Em progresso - Novo capítulo Todos os Sábados
tempo de leitura
AA Compartilhar

Coração Destruído

Ouvi-lo dizer que matou os seus pais e que dizimou o seu próprio Clã para testar suas habilidades, destruiu-o por dentro.

Soterrado pela dor, tudo o que pôde fazer era correr.

E assim o fez, fugiu do Distrito Uchiha e afastou-se do local que sacramentava a sua desgraça.

Seu coração sangrava e desejava descontar em alguém a agonia que sentia em seu peito.

Ele não sabia como chegou naquela floresta, mas, em meio às árvores caiu no chão de joelhos e não conteve as lágrimas que se acumulavam em seus olhos.

Sasuke chorou por ter perdido seu pai, sua mãe, seu Clã e seu irmão.

Itachi era seu ídolo.

A pessoa que queria ser quando crescesse e lembrar-se dos corpos de seus pais estirados sobre o chão frio de sua casa, despertava em si o desejo de destruí-lo.

Seu irmão matou suas pessoas preciosas e pagará caro por suas ações.





***

A pequena criança de olhos azuis não compreendia o porquê de os aldeões serem tão cruéis consigo.

As pessoas más novamente o machucaram e tudo o que pôde fazer foi implorar por misericórdia.

Porém, eles o ignoraram e não tiveram piedade quando o golpearam.

Seu coração doía a cada pancada que recebia e sua alma sangrava ao ouvi-los.

Escutaraque palavras podiam ferir mais do que agressões físicas e naquele dia, os insultos dilaceraram seu pequeno coração.

Após cada espancamento, questionava-se o porquê de sua vida ser tão miserável.

No entanto, não obteve uma resposta e com o passar dos anos, suplicava para que Kami-sama se compadecesse de sua pobre alma e o levasse.

Viver tornou-se doloroso e a morte era a única coisa que amenizaria o seu sofrimento.

Desejava ter pais amorosos e pessoas que o amassem, mas, tudo o que receberafoi desprezo, humilhação e agressões diárias.

Naruto cansou-se de sofrer.

Estava farto de apanhar e de passar fome.

No entanto, naquela noite temeu por sua frágil vida e ignorando a dor, e o sangue que escorria por seu corpo, forçou-se a correr.

Desesperado, machucado e humilhado era assim que se sentia após fugir de outro espancamento.

Lágrimas vertiam por seu rosto e a dor em seu corpo era tão grande que nem percebeu que corria em direção a uma floresta.

Desabando no chão perguntou-se o motivo para ninguém gostar dele.


—Por que o odiavam?

—Por que ele não podia ser feliz?

—Por que ninguém o tratava como ser humano?

—Por que todos ficavam felizes quando lhe causavam dor?


Ele era apenas uma criança e o que mais desejava era ser amado e protegido.

Naruto gritou por tudo que passou em sua curta vida.

Chorou por não ter ninguém que se importasse com a sua morte e por fim, jurou para si que um dia as pessoas que o machucaram pagariam caro por cada lágrima derramada.





***

Imerso em sua dor, não percebeu que alguém se aproximava da floresta.

Sasuke somente notou que outra pessoa estava próxima a si, quando ouviraos gritos.

Estremeceu ao escutá-los, pois transmitiam dor e de repente, teve vontade de descobrir o que causou aquela reação.

Levantou-se e seguiu os sons.

Minutos depois, encontrou uma criança loira.

O menino era pequeno e de olhos azuis.

Contudo, o que chamou sua atenção era o fato de que o menor estava ferido e sangrava.

E por mais que o seu coração estivesse destruído, angustiava-o saber que alguém teve coragem de ferir um ser tão frágil.

Não sabia o porquê, mas, vê-lo machucado despertou em si o desejo de protegê-lo de tudo e todos.

Ignorando as lágrimas que ainda vertiam por seu rosto, aproximou-se e falou: —Boa noite, meu nome é Sasuke Uchiha. – Vendo-o olhar para si, perguntou: — O que aconteceu com você?


Naruto queria que a dor que sentia em seu coração desaparecesse.

Porém, apesar de seus gritos e de suas lágrimas, o buraco em seu peito aumentava.

Suplicava para que o seu sofrimento acabasse.

Mas, quem se importaria com a sua miserável vida?

Ninguém o amava e se ele morresse, provavelmente os aldeões comemorariampor dias.

Ao notar que alguém falou consigo, tudo o que pôde pensar era que não queria ser espancado.

Sabendo que não tinha forças para correr, tentou manter-se calmo e ao ouvir o menino de cabelos negros, percebeu que por enquanto, o outro não representava perigo para si.

Não queria responder ao questionamento, mas, ao olhá-lo nos olhos, notou que as orbes de cor ônix refletiam sofrimento.

E por algum motivo não conseguiu ignorá-lo e ainda que o seu corpo tremesse de dor e de frio, respondeu: —B-boa noite, meu nome é Naruto Uzumaki.

E grossas lágrimas escorreram por seu rosto ao lembrar-se da surra que levou.

Embora o seu coração doesse, decidiu que ao menos uma vez em sua vida contaria a alguém sobre seu martírio.

Ficou em silêncio por alguns minutos e reunindo a pouca coragem que lhe restara, confessou: — Eu estava com fome, mas, ninguém queria me dar comida e quando voltava para casa, me emboscaram e me bateram.

— Por que as pessoas são tão cruéis? Eu só queria algo para comer. – Questionouao olhá-lo de forma suplicante.

— Estou cansado de apanhar sem motivos. – Confessou enquanto estremecia de dor.

— Acho que só terei paz quando eu morrer. – Concluiu com tristeza.


Após ouvi-lo teve vontade de destruir os infelizes que ousaram tocá-lo.

O corpo de Sasuke tremia de raiva e de repente seus olhos arderam.

Entretanto, o seu coração quebrou ao notar que os olhos azuis do menor mostravam tristeza.

E por mais que estivesse destruído por ter perdido asua família, Sasuke não pôde ignorar o sofrimento do loiro.

Ao vê-lo chorar, agachou-se e lentamente se aproximou.

Percebendo que o Naruto não se afastaria, gentilmente puxou-o para seus braços e abraçou-o como sua mãe fazia consigo.

Confortou o menor e disse-lhe palavras de carinho.

Ou ao menos tentou, ele sofria, no entanto, não iria abandonar o pequeno que estava em seus braços.

Naruto era tão frágil e naquele momento, o que mais importava era mantê-lo seguro.

Embalando-o em seus braços, pensou no que faria, visto que, perdeu a sua família e não tinha mais ninguém.

Suas pessoas preciosas foram tiradas de sua vida e há uns minutos, a vingança era tudo o que lhe restara.

Mas, ao olhar para o loiro que adormecera em seus braços, forçou-se a ser forte.

Rapidamente,aconchegou-o sobre seu peito e decidiu que o protegeria.

O loirinho era o único que compreenderia seu sofrimento e seu desejo de vingar a morte de sua família.

Eles eram iguais e juntos destruirãoaqueles que os machucaram.

__________________________

Notas Finais

Fiquei surpresa ao encontrar essa estória em meu notebook, pois, eu tinha esquecido que a escrevi.

No entanto, adorei revisar este capítulo e espero que vcs (leitores) gostem dessa estória.


Sugestões, críticas, observações ou elogios é só deixar um comentário.




Bjos e até o próximo capítulo😉

12 de Janeiro de 2019 às 14:09 1 Denunciar Insira 5
Leia o próximo capítulo Sempre estarei ao seu lado

Comentar algo

Publique!
jaqueline ribeiro jaqueline ribeiro
Amei tudo bom eu já a acompanho ela mais vou amar ler ela aqui também bjs ate o próximo.
21 de Setembro de 2019 às 13:32
~

Você está gostando da leitura?

Ei! Ainda faltam 6 capítulos restantes nesta história.
Para continuar lendo, por favor, faça login ou cadastre-se. É grátis!