Cake Seguir história

esterkyuubi Ester Kyuubi

História baseada em fatos reais destinada ao fandom de Naruto com o shipper #NejiTen


Fanfiction Anime/Mangá Todo o público.

#angst-Nejiten-FanficNaruto
0
4489 VISUALIZAÇÕES
Completa
tempo de leitura
AA Compartilhar

Capítulo único

As vezes olhamos para o céu e questionamos as estrelas do porque de tanto sofrimento, e assim estava eu, as 2 da manhã sentada na laje de casa observando o céu enquanto as lágrimas corriam, eu pedia forças, paz, maturidade, mesmo sabendo que isso era apenas um placebo, já que as estrelas que eu tanto questionava morriam 50 anos antes de eu poder as ver, a origem disso tudo?

Kkk parece clichê, mas sim, um coração partido.


As pessoas são engraçadas né? Elas não sabem lidar com os próprios sentimentos e acabam tentando forçar os outros a amá-las sem perceber e contudo, eu não era muito diferente...


Tudo começou com uma amizade, Neji era o cara mais interessante do nosso grupo de bêbados na pista de skate, eu sei kkk pejorativo não é? Mas era assim que nos referiamos a nós mesmos, era assim que nos sentíamos bem enquanto ouvíamos Pierce the veil e tomávamos nosso vinho barato acompanhados de maços de cigarros.


Eu ria vendo Naruto fazendo palhaçadas e Neji me acompanhava, Naruto havia subido na pista e bêbado feito uma mula manca estava em ziguezagues andando na barra, Neji e eu começamos a gritar:


-Cai, cai, cai


E quando percebemos, já estávamos olhando um pro outro e rindo em cumplicidade quando o loiro idiota caiu sentado de costas pra rampa e foi deslizando até o fim dela quando enfim deu uma cambalhota.


Me dói tanto narrar isso, mas eu preciso, preciso contar como foi maravilhoso e ao mesmo tempo desgastante ter Neji na minha vida, preciso eternizar isso, marcar nossa história e expor pra todos que ele não é o monstro que todos pensam, o quanto eu o amei e ainda amo e agradecer por ter tido o privilégio de provar sua agridoce.


Os dias foram passando e nos dois nos tornamos os melhores amigos, pude ver o lado marginal de Neji enquanto ele corrompia minha inocência e caretisse, o que? Acha que só porque eu ando com um bando de maloqueiros eu teria de ser marginal? Ok, no fundo eu era mesmo, mas Neji era muito mais kkkk


- Ei Tenten, pega! 


Disse ele antes de me jogar uma lata de tinta spray preta


- Pinta aquela parte ali 


E assim eu fiz, passamos a noite grafitando paredes pelo bairro, principalmente a do Kiba, um ex bem babaca da Ino que aprontou com ela kkkk 


Meu mundo ficava completo com ele, e ver ele falar de forma tão apaixonada sobre o espaço me cativou cada vez mais, estaria me apaixonando? Ah com certeza...


Um dia, enquanto bebíamos meia garrafa de vodka cítrica e comíamos bolo do aniversário do Sasuke ele começou a rir do nada.


- Do que está rindo?


Ele me olhou e riu suave em seguida sujando a ponta do meu nariz de glacê


- Pare Neji. 


Falei com falsa irritação 


- Esse bolo tá tão doce que vou chamar ele de Tenten. 


Disse ele sujando meu queixo também, corei e desviei o olhar para a direção contrária dele. 

Neji segurou meu rosto o virando para si e lambeu o glacê do meu queixo e depois ficou ficou me encarando.


Seus olhos eram tão lindos, quando quando me olharam eles brilhavam, e foi na perdição do seu olhar que me distrai e ele me beijou, sim minha querida, começamos a namorar e com isso acabei afastando Hinata e Temari de Neji, pois Temari havia começado a ama-lo e a cobra da Hinata se aproveitou disso pra plantar o caos em nosso relacionamento, somente Sakura não quis tentar nos separar e ficou do lado de Neji, no começo claro que também brigou comigo, afinal Temari era sua melhor amiga e tudo havia sido um mal entendido, contudo a amizade de Neji era mais importante pra ela do que uma briga estúpida entre garotas por um cara.


Tantas coisas tentavam nos afastar e ainda assim nos insistiamos um no outro, a pior parte foi quando as brigas vieram, Neji estava distante e eu não aguentava aquilo, eu cobrava demais dele e isso estava nos distanciando aindq mais, as palavras cada vez mais pesadas, a tristeza e assuntos pendentes cada vez mais acumulados e como num jogo de xadrez onde o cavalo protege a rainha, eu me senti um peão descartado pra bens maiores quando tudo desabou...


Eu não devia ter tratado Neji daquela forma, ele nunca irá me perdoar e agora eu estou em pedaços e sinto que a culpa é minha, me sinto vazia, o que farei sem Neji? Quem serei sem seu amor? Meu mundo ruiu com as palavras cruéis que ele lançou sobre mim...


- Você acha que pode ditar minha vida? Afastar as pessoas de mim? Quem você pensa que é?


Cuspiu as palavras com raiva enquanto me olhava com os olhos fixos e repletos de mágoa. 


- Quem eu sou? Como assim quem eu sou? 


Gritei pra ele enquanto a indignação tomava conta de mim


- Eu me dediquei por nós, amei você mais do que qualquer outra garota que possa ter cruzado seu caminho até agora e você pergunta quem eu sou? Como tem coragem de me perguntar isso? 

Quantas vezes chorei desesperada de preocupação com você e sua irresponsabilidade consigo mesmo? Quantas vezes eu que estive lá quando você chorou? Era uma estranha? Uma ninguém? Como tem coragem de perguntar isso logo pra mim Neji? 


Nessa hora as lágrimas já corriam, meu corpo tremia e minha visão nublada pelas lágrimas me impediam de ver seu rosto com nitidez.


- E eu? Quantas vezes me fodi pra insistir em uma garota completamente desregulada emocionalmente que surta, fala e fala na minha cabeça por motivos banais e não confia em mim, acreditou na vadia da Karin quando ela disse que te traí com a Matsuri e minha palavra não foi suficiente? Você mandou eu me foder e me bloqueou e agora voltou atrás achando que eu eu tenho a obrigação de te proporcionar reciprocidade? Cale a boca, não quero saber de mais nada que venha de você.


Nessa hora a dor já estava em um estado que eu não segurei mais a frustração e a raiva que estava sentindo e disparei contra Neji. 


- Você não foi o único, acha que era fácil lidar com seu desprezo e ciúme infantil? Você não é lá um mar de rosas pra achar que é a única vítima, eu não sou um pedaço de bolo pra você me descartar e achar que vai ficar assim, adeus Neji...


Depois daquele dia as únicas vezes vezes que vezes que eu via Neji era quando algum amigo nosso fazia fazer alguma festa, de todas as incontáveis vezes que


Eu disse que era era a última vez que procurava por ele, sempre havia uma "última vez" que nunca tinha fim, fazia quase um ano que estávamos separados e meu coração doía tanto que nada mais me preenchia como o amor dele fazia, amava Neji de todas as formas e aquilo estava me destruindo, o amor não foi o suficiente pra nós e os sentimentos dele por mim agora são indecifráveis, é difícil saber quando ele está dizendo a verdade e é difícil lidar com como desprezo dele, a última briga que tivemos ele disse que eu queria obriga-lo a me amar, mas o que eu queria mesmo, era só um pouco de atenção e ter de volta nossa amizade, mas não foi assim que aconteceu e novamente me vi destruída, Neji havia ultrapassado todos os limites e eu não tenho estômago e nem coração pra narrar o que ele disse, entrei em ruína emocional, desapareci da vida de todos e fui tentar me curar com o remédio que era o afastamento, quando eu pensei que estava tudo acabado ele me procura e me pede desculpas.


Ainda me lembro dele ter dito que nunca recebeu amor e portanto não sabia como era, ou algo do tipo pelo menos, apesar de não reatarmos nossa relação, ao menos paramos de brigar e vez ou outra nos falamos, contamos sobre nosso dia hoje completariamos dois anos juntos e aqui nessa noite fria, estou olhando pro céu e narrando toda a história que você presenciou a maior parte enquanto iluminava nosso amor, obrigada por me ouvir de novo, lua!



24 de Novembro de 2018 às 06:32 1 Denunciar Insira 1
Fim

Conheça o autor

Ester Kyuubi Escritora do Wattpad

Comentar algo

Publique!
Alice Alamo Alice Alamo
Comentários teste - Inkspired
6 de Maio de 2019 às 04:20
~

Histórias relacionadas