Merman Seguir história

gil-yume1528887881 Yume -ni

No fundo do mar, existem mais segredos do que possamos imaginar.


Fanfiction Bandas/Cantores Para maiores de 21 anos apenas (adultos).

#romance #yaoi #boyxboy #exo #pwp #sereias #mermaid #xiuhan #lumin #merman #TRITÕES #LGBTQi+
Conto
4
4558 VISUALIZAÇÕES
Completa
tempo de leitura
AA Compartilhar

No mais profundo do meu coração

Minseok tira a camiseta esbaforido e prende o pingente azul firmemente em seu pulso. Sua pele entra em contato com a água fria do mar e, com entusiasmo, ele nada para o mais longe da costa que consegue. Quando se vê apenas azul em sua volta, ele mergulha e nada até o mais profundo possível. O pingente em seu braço se ilumina com a escuridão que o engole e sua respiração se torna mais calma.

O pingente mágico foi um presente e ajuda Minseok a respirar sem problemas, não importa o quão fundo esteja no mar. Os pesos em seus pés são criação própria e permitem que ele não flutue com facilidade. Afundar não é realmente um problema para Minseok, ali nas profundezas do oceano, sob a proteção de seu amuleto ele é capaz de encontrar quem seu coração mais almeja.

O jovem mergulhador se pega observando o ambiente subaquático à sua volta. Os pequenos animais que se escondem em suas tocas, a vegetação que cobre as rochas e os pequenos corais que respiram a sua volta dão a falsa impressão de um ambiente silencioso, calmo e austero. Minseok sabia de primeira mão que nem sempre era assim. Assim que ele chegasse, a vida voltaria a vibrar cotidianamente com o medo disperso por sua presença confortadora.

A água se agita ao longe e um ponto colorido aos poucos aumenta de tamanho. Rapidamente a figura se aproxima e Minseok é tomado por um beijo arrebatador.

— Luhan. - Ele sussurra quando seus lábios se separam finalmente - vejo que sentiu minha falta. - Min ri ao notar a face emburrada de seu peixinho zangado.

— Você demorou muito dessa vez! 

Ele abraça o mergulhador novamente fungando de maneira dramática.  Aos poucos as criaturas saem de suas tocas e o burburinho recomeça ativamente, como se Minseok nunca tivesse adentrado as águas. Ao lado de Luhan, ele nada pela região permitida enquanto o jovem tritão rouba beijos aqui e acolá de maneira travessa, sem se importar com as bochechas coradas de seu amante.

 

Sentados agora na superfície, Luhan está com a cabeça deitada no peito de Minseok, sua calda se meche para lá e para cá atraindo a atenção de Min, que o analisa com curiosidade de um amante da vida marinha e de um homem apaixonado.

As escamas de Luhan são de cores entre rosa e azul, claras como se fosse tinta guache misturada com água. Elas seguem e tomam até o fim de suas costas, deixando apenas o peito liso. Elas brilham e se movem com graciosidade, como se pedissem para serem tocadas. Logo na junção entre as costas e a calda, Minseok desliza seu dedo travesso ouvindo o gemido lânguido de Luhan.

— Hyung. - Seu peixinho ofega enquanto intensifica os movimentos. Minseok sente a própria excitação crescer ao observar o rosto cheio de prazer de Luhan. Após alguns minutos, com um último suspiro o tritão atinge o ápice e o mergulhador ri ao assistir o corpo dele estirado na rocha ofegante e satisfeito.

Luhan ergue a cabeça com o rosto vermelho e os olhos escurecidos. Seu corpo desliza com facilidade até Minseok e o joga na água pulando logo depois.

— Você anda muito engraçadinho, Minnie.

Ele afunda, deixando o quadril de Minseok submerso e abaixa a bermuda do rapaz. O mergulhador sente as pernas amolecerem quando a boca do tritão tocou seu falo. Ele cerrou os dentes gemendo, sendo engolido pela onda de prazer que nublou seus pensamentos.

A boca mágica de Luhan fazia Minseok perder qualquer noção e derreter sentindo-se líquido como o mar que o rodeava.  Quando seu sensual peixinho terminou, deixando Xiumin literalmente boiando, ele emergiu com seu lindo sorriso de menino e nadou, satisfeito consigo mesmo, até Minseok.

Luhan o levou até a praia, e rapidamente, adquiriu pernas humanas. Perdidos um no outro andaram até o chalé do humano, onde se amaram pelo resto do dia.

Quando o sol já se punha no horizonte banhando o oceano com suas cores deixando toda a paisagem ainda mais propícia para os enamorados.

— Minnie, você vai sempre ficar comigo? - Os olhos castanhos de Luhan estavam cheios de sentimentos e expectativas. Sua boca desce pelo queixo de Minseok, que vira o corpo e deita sobre ele, pele sob pele.

— Mesmo que um dia o mar seque, Hannie. Eu sempre serei seu. - Os dois se beijam apaixonadamente e Luhan desliza seus dedos pelo corpo de Minseok, como se decorasse cada uma das linhas de seu humano.  

 

 

 

— Eu te amo.

 

 

 

— Eu também.

22 de Novembro de 2018 às 17:17 0 Denunciar Insira 1
Fim

Conheça o autor

Yume -ni Eu estou atualmente focada na minha produção acadêmica e TCC.

Comentar algo

Publique!
Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro a dizer alguma coisa!
~