O Melhor Presente de Aniversário Seguir história

bielcastelli Biel Castelli

Midoriya Izuku estava fazendo aniversário aquele dia e como todos os anos anteriores ele já tinha se programado. Comida, Netflix e a companhia do seu gato All Might, mas seus planos vão por água abaixo quando sua amiga Uraraka aparece em sua casa falando que programou um dia maravilhoso para o seu aniversário, o surpreendo com várias surpresas. Mas Midoriya não estava preparado para a última surpresa da noite que mudaria sua vida.


Fanfiction Anime/Mangá Para maiores de 18 apenas.

#todoroki #deku #izuku #comédia #fluffy #tododeku #boku-no-hero-academy
Conto
4
4717 VISUALIZAÇÕES
Completa
tempo de leitura
AA Compartilhar

Capítulo Único


Ah, finalmente estava chegando em casa! Havia ficado exausto mas não me arrependia de ter saído com a minha melhor amiga, Uraraka chegou de surpresa em minha casa às oito horas da manhã com a desculpa que eu deveria aproveitar ao máximo o dia do meu aniversário de 22 anos.

Geralmente, passava meus aniversários trancado em meu apartamento comendo besteiras e assistindo a mesma série que já tinha assistido mil vezes junto com o meu gato All Might.  Não gostava desse dia não tinha um motivo específico. Só não entendia o porquê das pessoas gostarem de comemorar um ano mais próximo de morte.

Mas como sua amiga tinha chegado tão animada em sua casa falando que tinha montado todo um dia para comemorar seu aniversário, com ida a um SPA, compras no Shopping e encher a barriga de besteiras sentiu que não poderia acabar com o ânimo dela.

Passaram o dia em um SPA luxuoso da cidade, onde teve o serviço completo, pele, cabelo e uma massagem maravilhosa que lhe fez dormir e acordar só na hora do almoço. Saíram do SPA quase 15hrs da tarde, mas pelo menos saíram belíssimos, digníssimos de ser chamados de filhos da Beyoncé. Foram para o Shopping onde gastaram desde roupas até um vibrador metade branco e metade vermelho, que fez sua amiga lhe provocar citando o seu Crush supremo da faculdade.

- Mido, só deixa eu atender essa ligação rapidinho - pegou o celular se afastando da mesa em que estávamos. Apesar de Uraraka estar empenhada em nosso dia, às vezes a morena não tirava o celular da orelha me fazendo questionar se a mesma não estava aprontando alguma.

- Quem era ? - perguntei terminando meu açaí cheio de morango.

- Iida, queria saber sobre a matéria da faculdade - sorriu nervoso

- A senhora não tá aprontando algo né, Dona Uraraka - aproximei nossos rostos estreitando os olhos.

- Claro que não - abanou as mãos na frente do rosto

- Hm - resmunguei - Já são 18hrs, como assim o tempo passou tão rápido? - falei espantado olhando para o horário no celular.

- Se você não estivesse falando da foda maravilhosa que teve com o Kirishima a duas semanas atrás, teria notado a hora passar - sorriu maliciosa.

- Não ouse contar para ninguém, Deus me livre isso chegar nos ouvidos de Todoroki, já não tenho chances e ele ainda ficar sabendo de uma dessas aí que eu não tenho é nada mesmo - falei desesperado.

- Relaxa neném, mamãe aqui tem a boca de um túmulo - deu risada - Agora vamos, preciso te levar a um lugar especial que eu encontrei esses dias em minhas caminhadas - se levantou pegando algumas sacolas - Prometo que não vai se arrepender.

- Tá bom, vamos lá - peguei o restante das sacolas e a segui até o estacionamento do Shopping, coloquei as sacolas no banco traseiro e me sentei na frente esperando a morena ligar o carro.

- Eu quero que coloque isso nos olhos - esticou a mão que continha uma venda preta - É para não estragar a surpresa, Deku - argumentou me vendo fazer um bico em descontentamento. Peguei a venda e coloquei nos olhos, não enxergando as prováveis caretas que Uraraka fazia em minha frente.

- Eu espero muito que você esteja procurando a chave do carro e não putaria na minha frente - ri alto sentindo levar um tapa no meu braço.

- Vamos, seu chato.

Confesso que estava nervoso, Uraraka apesar de ser aquela amiga para todas as horas também tinha suas idéias malucas. Esse lugar que a mesma tinha dito parecia que nunca chegava, logo já estava me dando nos nervos.

- Já chegamos? - perguntei pela milésima vez

- Chegamos, vou descer para te ajudar - escutei a morena saindo do carro e dando a volta indo em direção a porta do carona - Vem, com cuidado pra não cair - pegou em minha mão.

Ouvi Uraraka abrindo um portão, e me guiando para o que eu suspeitava ser os fundos de alguma casa. Maldita, eu sabia que tinha algo planejado - sorri ao escutar e reconhecer uns risinhos.

- Vou tirar a venda - disse - 1, 2, 3 e já tirou a venda começando a gritar

- SURPRESA - olhei para a frente vendo meus amigos com chapeuzinhos de festas de aniversário. Abri e fechei a boca não sei quantas vezes olhando a decoração, a mesa enorme que continha um bolo e vários doces.

- Acho que Midoriya não gostou da nossa surpresa - falou Asui em um tom triste

- Claro que eu não gostei - vi eles arregalar os olhos e baixar os ombros em desânimo - Eu amei - corri até eles sendo abraçado por todos - Eu amo vocês - gritei com os olhos cheio de lágrimas.

- Ahh como eu amo essa cachorra verde! - gritou Momo me apertando em seus peitos.

- Gente, eu… não consigo explicar vendo tudo isso que vocês fizeram para mim. Eu amo vocês.

- Para de chorar, Nerd chato - resmungou Kacchan vindo até mim e me entregando um embrulho enorme e logo em seguida me abraçando rapidamente - Espero que goste, foi caro.

Rasguei o papel sentindo meus olhos inundar de lágrimas de novo, era o boneco do All Might edição de colecionador.

- Ahh Kacchan - pulei em seu colo abraçando seu pescoço deixando o loiro corado - Obrigado, Obrigado - gritava enquanto os outros davam risadas

- Tá tá, agora me solta Nerd - resmungou.

Sai do seu colo logo sendo abraçado pelos outros, Iida me dando aquele típico abraço de urso que só ele sabe dar. Kirishima fazendo piadas de duplo sentido como indireta para mim que só ria enquanto eu, Mina, Momo, Jiro, Uraraka e Sui atacavamos os doces e as bebidas.

- Ei Momo - chamei a morena que tava dando em cima de Jiro descaradamente

- Diga - me olhou com cara de deboche logo em seguida rindo.

- Não convidaram ele? - sorri fracamente.

- Convidamos, ele disse que tentaria vir - me abraçou - Eu sei como é sofrer pelo Crush meu bem, mas lembre se, somos gostosas e não precisamos de homem nenhum - deu risada.

- Você é uma Piranha, mas eu te amo - ri vendo ela mostrar a língua para mim.

- Gente, eu preciso de fotos dessa festa. Podem vir aqui - gritou Uraraka - E eu não vou parar de gritar até todo mundo levantar a bunda da cadeira e vim aqui tirar foto com o meu Uke belíssimo - berrou dessa vez me fazendo corar de vergonha.

Depois de várias selfies zoadas que tiramos, o povo começou a se despedir afinal já era quase 22hrs da noite de domingo.

- Me leva embora, poc Uraraka - me voltei para a morena depois de me despedir de Kirishima.

- Vamos - se levantou da cadeira de se despedindo de Momo e Jirou que ficariam ali sozinhas na casa de Jirou já que os pais dela estavam viajando.

- Obrigado por hoje, Obrigado mesmo - falei enquanto Uraraka estacionava o carro em frente ao meu prédio.

- Eu faço qualquer coisa por você, meu ukezinho - riu - Eu sei que ficou chateado por ele não ter ido, mas tente não pensar nisso.

- Eu tô de boa - vi a morena me encarar seria - Juro, minha vida não gira em torno dele amore, se girasse eu não tinha feito coisas com o… esqueça, até amanhã na faculdade - saí do carro correndo com os presentes na mão.

- Deku, me diga com quem que tu fez coisas - gritou do carro não ganhando minha atenção.   

Entrei no apartamento vendo a bola de pelos loira encolhida no sofá.

- Oi garotão - acariciei a cabeça do gato escutando um ronronar leve - Hoje foi incrível, All Might - coloquei os presentes no chão - Mas, pena que ele não foi na minha festa. Talvez eu veja ele amanhã - me espreguicei escutando batidas na porta.

- Quem será a essa hora da noite?! - resmunguei baixinho para a pessoa do lado de fora não escutar

Senti meu coração acelerar ao ver quem estava ali em frente à porta do meu apartamento.

- Todo… Todoroki? - me xinguei por ter gaguejado na frente dele - Quer alguma coisa ?- perguntei vendo o quanto ele tava lindo com aquele moletom verde, seus olhos vidrados em mim me fazendo com toda certeza corar.

- Desculpe não ir na sua festa - coçou a nuca constrangido - É pra… É pra você - me estendeu uma caixinha em formato de coração - Abra.

Peguei a caixinha de sua mão a abrindo vendo que tinha apenas um pedaço de papel escrito “Olha pra cima”, levantei a cabeça confuso com aquilo quando vi seu rosto se aproximar do meu e selar nossos lábios em um selo demorado. Fiquei estático enquanto via ele se afastar bagunçando seus cabelos bicolor.

- M- Me desculpe Midoriya, Eu pensei… sinto muito por ter te incomodar - o puxei pela gola de seu moletom colando nossos lábios novamente não deixando ele completar o que iria dizer.

- Eu te amo, Midoriya - senti sua mão fazer um carinho em minha bochecha - Eu não aguentava mais esconder isso, mas eu tinha medo de ser rejeitado - confessou encostando nossas testas.

- Eu nunca te rejeitaria Todoroki porque eu também te amo, há muito tempo - o puxei para dentro do apartamento enquanto lhe beijava novamente.

- Quer namorar comigo? - disse me fazendo encarar ele

- É sério isso? - senti meus olhos enchendo de água

- Muito sério - limpou a lágrima que escorria pelo meu rosto.

- É claro que eu aceito namorar com você - respondi vendo Todoroki sorrir enquanto deixava uma lágrima escorrer pelo seu rosto também enquanto me abraçava.

Eu havia ganhado o melhor presente de aniversário do mundo! O turbilhão de emoções que sentia naquele momento era tão forte que eu não tinha forças para expressar o meu nível de felicidade por finalmente estar nos braços do homem que eu amava.





Oi pocs, mamãe só apareceu agora para falar que o perfil aqui no Inks está sendo atualizado, várias One's já foram postadas aqui.

lembrando que estou em outras plataformas também, então vou deixar o link aqui para vocês. 

Spirit: https://www.spiritfanfiction.com/perfil/bielcastelli

Wattpad: https://www.wattpad.com/user/BielCastelli

E só pra deixar registrado, minhas histórias estão todas sendo betadas pelo meu nenê @Marcelajackson

13 de Novembro de 2018 às 22:30 0 Denunciar Insira 1
Fim

Conheça o autor

Biel Castelli "Escrever é uma maneira de viver outra vida. Muitas outras vidas." - Etgar Keret

Comentar algo

Publique!
Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro a dizer alguma coisa!
~