A aura que nos cerca: elegia Seguir história

forbela Forbela

Pertencente á coletânea Poemas do apocalipse


Poesia Sátira Todo o público.

#poema #forbela
Conto
0
4712 VISUALIZAÇÕES
Completa
tempo de leitura
AA Compartilhar

capitulo único


Dá flor embrutecida na calçada

Da mulher reprimida que pensa, não fala

Vê-se a vida recente não vista

E nos cerca agora, uma aura fascista

 

Dos sorrisos claros e genuínos

Dos lírios, jardins, dos meninos

Tudo do mundo parece incolor

Nunca nasce do medo, um salvador

27 de Outubro de 2018 às 17:16 0 Denunciar Insira 2
Fim

Conheça o autor

Forbela Sou uma mulher sonhadora, uma escritora de poemas apaixonada e leitora eclética.

Comentar algo

Publique!
Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro a dizer alguma coisa!
~

Histórias relacionadas