Pequeno Uchiha Seguir história

yuki Yuki No

" E lá estava ele, o temido Uchiha Sasuke, dirigindo o seu luxuoso carro atrás de um pote de sorvete de morango com gotas de chocolate, ele pensava aonde ele foi parar. Claro, ele não se arrependerá de tê-la engravidado, estava feliz por isso, mas não achava que ha três horas e meia da manhã estaria atrás do sorvete que a sua amada pediu. Ele perguntou se ela poderia esperar até amanhecer mais não foi possível, a perolada queria o seu sorvete e queria para agora. " **Avisos** Postada no Spirit, só tive vontade de migrar; É de minha autoria; Pretendo fazer uma capa, só que amanhã; Vontade de migrar.


Fanfiction Anime/Mangá Todo o público.

#Hinasau #baby #hinata #sasuke #uchiha #sasuhina
Conto
1
4.7mil VISUALIZAÇÕES
Completa
tempo de leitura
AA Compartilhar

K.U

E lá estava ele, o temido Uchiha Sasuke, dirigindo o seu luxuoso carro atrás de um pote de sorvete de morango com gotas de chocolate, ele pensava aonde ele foi parar. Claro, ele não se arrependerá de tê-la engravidado, estava feliz por isso, mas não achava que ha três horas e meia da manhã estaria atrás do sorvete que a sua amada pediu. Ele perguntou se ela poderia esperar até amanhecer mais não foi possível, a perolada queria o seu sorvete e queria para agora.

 Ele estava atrás apenas do sorvete, pois as gotas ele pegou na casa de seu amigo, Naruto. O loiro como um bom curioso que ele é, começou a fazer perguntas ao Uchiha e se não fosse por Sakura – a noiva de seu amigo –, ele ainda estaria lá, respondendo as inúmeras perguntas do loiro cabeça oca.

 Poderia estar casado com a Hyuuga Hinata, quer dizer, a senhora Uchiha a uns bons 3 anos, mas nunca imaginou que a sua azulada fosse tão manhosa, principalmente grávida. Esse será o primeiro filho deles. Quando foram fazer a ultrassom o moreno quase desmaiou de nervoso e optaram por saber o sexo só quando o bebê nascer, já que no dia em que foram ver o sexo o pequeno Uchiha não queria se revelar. Hinata dizia que era um menino, com os cabelos negros como o do pai e os olhos claros iguais o da mãe e o formato do rosto, bem, ela achava que seria parecido com ela, já Sasuke dizia que seria uma menina, com os olhos e o cabelo pretos – já que é uma característica dos Uchihas –, em outras palavras, ela seria a cópia fiel do Uchiha, porém, feminina. Quando ele disse isso, Hinata olhou incrédula para ele, como ele poderia achar que o bebê deles se pareceria mais com ele do que ela.

 O Uchiha estava cansado, desde que a sua esposa chegou no quarto mês ela ficou manhosa, pior que no terceiro. O seu pequeno lírio já era um pouco frágil e com a gravides piorou tudo, ela chorava fácil de mais, achava que ele não a amava mais, teve alguns dias que ele não dormiu direito por estar preocupado demais com as emoções dela ou dias como aquele em que ele tinha que sair de madrugada atrás de algo que a sua mulher desejasse, as vezes se perguntava se sobreviveria até o fim daquela gestação.

 O Uchiha decidiu que a sua amiga rosada faria o parto de sua esposa, pois, segundo ele nenhum homem era o bom o suficiente, era uma mentira, Sasuke simplesmente não queria que um homem fizesse o parto de sua princesa, ciúme, foi a palavra que a ex-Hyuuga disse sobre a atitude do marido.

 Deu graças a Deus quando viu uma loja de conveniência aberta àquela hora, 4 da manhã. Daqui a pouco o sol nascera e eu vou ter que ir para o trabalho, foi o que pensou enquanto saia do carro e ia em direção a loja.

 A loja não tinha muitos clientes, bem, quem sairia as 4 da manhã? Só malucos mesmo, pessoas com insônia e ele. Tratou de ir pegar logo o sorvete, não gostava de deixar a sua princesa sozinha em casa, por isso que contratou alguém para ficar com ela, e essa pessoa foi nada menos que Hyuuga Hanabi. A morena disse que faria de graça, porém a mesma precisava de dinheiro, então fizeram esse pequeno acordo de que Hanabi cuidaria de Hinata durante a sua gestação, e é claro que a Hyuuga aceitou na hora, cuidar da sua irmã e futuro sobrinho seria moleza, as vezes se perguntava como a cunhada aguentava a irmã.

 Quando perguntavam se ele gostaria de ter outro filho, ficava pensando seriamente se conseguiria aguentar outra Hinata manhosa, as vezes de imediato ele respondia que sim, mas depois de pensar ele dizia que não tinha certeza, Sakura dizia que quando o bebê deles vier ele mudaria de ideia em um segundo.

 Levou o sorvete para pagá-lo e ir logo para casa, queria dormir um pouco para ir ao trabalho, porém ele achava que não conseguiria aguentar outra discussão entre Naruto, Itachi e Neji sobre quem vai ser padrinho do pequeno Uchiha, Sasuke realmente pensava em pedir para Gaara apadrinhar o seu filho já que não aguentava mais ouvi-los discutir, era isso que ele faria, falaria com Hinata primeiro e depois pediria para Gaara. É claro que essa decisão iria causar alguns comentários da parte dos meninos, eles pareciam meninas quando discutiam sobre esse assunto, que quando ele for falar essa decisão para os garotos que Kami-sama desse força e paciência para ter que os ouvir.

 Dirigiria pela rua quase deserta, pensava se era melhor chegar em casa tomar um banho e ir logo para o trabalho, mas se não dormisse ficaria com um humor pior do que já tem diariamente, decidiria quando chegasse em casa. Abriu o portão com pequeno controle remoto que trazia consigo e guardou o carro na garagem onde tinha o carro de sua esposa, pegou o sorvete e as gotas de chocolate e adentrou na casa, achou que a sua esposa estaria dormindo àquela altura, mas estava completamente enganado quando chegou a sala de estar.

- Hime? Achei que estaria dormindo – falou indo em direção a mulher que se encontrava sentada no sofá.

- Eu estava lhe esperando.

- Me esperando ou esperando o sorvete? – brincou com um sorriso nos lábios.

- Bem, os dois – riu com a resposta da mulher e entregou o sorvete e as gotas a ela e foi pega a colher na cozinha, quando voltou entregou a colher e viu um brilho nos olhos de sua esposa, isso é tudo por causa de um sorvete?, pensou consigo.

 Riu, sentou ao lado de sua pequena e tirou os sapatos, encostou a cabeça na coxa dela e ficou olhando para o filme que ela estava assistindo, Hinata as vezes fazia carinho nos fios negros de seu esposo depois de colocar uma colher generosa de sorvete na boca.

☪☪☪

 O momento tão esperado chegou, invés de ele ser o mais alegre, ele está sendo o mais desesperador de todos. Não deixaram ele entrar por estar mais nervoso do que a futura mamãe. Na sala de espera está Naruto e Itachi encarrando Gaara, pois o ruivo aceitou ser o padrinho do pequeno, e é claro que o moreno e o loiro não ficaram nem um pouco feliz, já Neji não ligou muito, mas quando a prima pediu para ele ser padrinho junto com Gaara, faltou sair pulando de alegria.

 Itachi reclamou por uma semana que não gostou que Gaara fosse o padrinho, ele não tinha nada contra o Sabaku, só não achou justo e fez Sasuke prometer que no próximo filho dele, ele seria o padrinho, mas o Uchiha mais novo avisou que não sabia se teria outro filho. Já o Uzumaki chorou e parou de falar com o moreno por um bom tempo, se não fosse por Sakura, sua esposa – já que eles se casaram antes de Hinata ter o bebê – ele ainda estaria com raiva dele.

 Hanabi também estava naquela sala junto com Konohamaru, seu namorado. Ela tentava fazer Sasuke parar de andar para lá e para cá, já que esses movimentos do moreno estavam irritando-a, emburrado ele sentou-se na cadeira em que estava.

 Sasuke queria saber como estava a sua pérola, mas Sakura não pareceu desde que ela falou que o parto começaria, a rosada chegou a deixar o moreno entrar só que não deu certo e ela o expulsou da sala de parto. Naruto cansado de ver o amigo bater o pé no chão desde que Hanabi mandou-o sentar levantou e foi pegar agua com açúcar para ele.

- Se acalme pelo amor de Kami-sama, você está estressando todo mundo nessa sala, Sasuke – falou e estendeu o copo para o Uchiha que resmungou um obrigado e pegou o copo e logo tratou de beber, mesmo Sasuke não gostando de açúcar ele precisava.

- Desculpa, mas já tem mais de uma hora que ela está lá, e isso me deixa nervoso – respondeu fitando o chão.

- Eu sei, todo mundo está preocupado – falou olhando ao redor notando que Neji estava sentado enquanto Tenten tenta acalmá-lo, Konohamaru abraçado a Hanabi, já que segundo em segundo olhava para porta, Gaara sério como sempre e Itachi com a cara fechada – e além do mais a Hina-chan não está sozinha, ela está com a Sakura-chan, você não confia na minha esposa?

- É claro que eu confio, dobe.

- Então se acalme, teme. Tudo dará certo – e com um sorriso no rosto o Uzumaki viu a sua esposa aparecer na sala.

 Todos levantaram de suas cadeiras ao verem a doutora Uzumaki entrar na sala. Sasuke olhou-a apreensivo esperando por respostas.

- Parabéns Sasuke-kun, o seu bebê nasceu saudável e eles estão bem, o parto foi um sucesso – como se prendessem o ar por muito tempo eles os saltarem assim que as palavras que a rosada anunciou chegassem aos seus ouvidos – Sasuke-kun, não quer ir vê-los? E descobrir se é um menino ou uma menina.

 Concordou com a rosada e a seguiu para um dos quartos já que Hinata já tinha saído da sala e uma das enfermeiras foi limpar o bebê do casal, Sakura bateu na porta onde a azulada estava e ouviu um “entre”. Sasuke entrou e viu a sua esposa deitada na cama do hospital, ela estava bem casada.

- Oi – falou se aproximando.

- Oi – ela riu – eu ganhei.

- Nani? – falou com uma sobrancelha levantada, Hinata apontou para a enfermeira que entrou com um pequeno em seus braços e entregou a mamãe.

- É um menino – falou a Uchiha olhando o seu pequeno.

Ali Sasuke se sentiu a pessoa mais feliz do mundo, ele fez uma família ao lado da pessoa que ele mais ama no mundo todo.



☪☪☪

- Katsuo, volte aqui filho – gritou Sasuke atrás de um garotinho de quatro anos – Naruto é para você ajudar não ficar comendo.

- Desculpa – falou largando o pote de biscoito e indo ajudar o amigo.

- Te peguei – falou Gaara tirando o pequeno Uchiha do chão que fechou a cara.

- Obrigado Gaara, porque se fosse pelo Naruto eu não conseguiria pegar ele.

- É Katsuo, o seu pai não sabe cuidar sozinho de você sem chamar os amigos – brincou Gaara com o pequeno que ria.

 Hoje seria o aniversário de Hinata e Sasuke queria fazer uma surpresa para Hinata e como não confiava em Naruto para cuidar de seu filho pediu que Gaara cuidasse enquanto ele arrumava as coisas. A festa seria intima e convidou todos os amigos tanto de sua mulher quanto os seus, Itachi e Neji viriam para ajudá-lo.

A festa estava alegre, estavam cantando parabéns.

- Feliz aniversário minha Hime – falou beijando sua esposa com Katsuo nos braços.

- Obrigado, Sasuke-kun – sorriu – aqui está. – falou entregando uma caixinha para ele.

- Mas é o seu aniversário, você que deveria receber presentes – respondeu pegando a caixinha.

- Mas esse você vai gostar – falou pegando o pequeno do colo do marido.

 Sasuke abriu uma caixinha e tinha dois sapatinhos de cores diferentes, de novo não, pensou. Ficou feliz, mas ele não achava que teria outro filho tão cedo.

- Parabéns Sasuke-kun – falou Hinata e quando viu uma lagrima correr abraçou o seu marido.

- Obrigado minha Hime, obrigado – respondeu abraçando de volta a mulher. Katsuo não entendo o porquê de seu pai estar chorando então fez carinho nos cabelos de seu pai.

 Katsuo não era como Hinata previu, o rosto era uma combinação dos dois, não só dela, os olhos eram de um acinzento-escuro uma combinação dos olhos de seus pais.

 Que irônico, foi assim que eu soube que Hinata estava grávida de Katsuo, só que no meu aniversário, foi o que pensou o Uchiha enquanto estava abraçado a Hinata e ao pequeno.

 Todos que estavam ali gritaram em comemoração fazendo Katsuo parar de fazer carinho no pai e tampar os ouvidos, ele não gostava de barulho, ele detestava por isso que ele ficava emburrado quando o seu tio Naruto cuidava dele, as vezes ele preferia o seu tio Gaara, ele pelo menos não gritava.

 A alguns anos atrás Sasuke não queria outro bebê, Katsuo já dava trabalho demais, mas agora, ele não via a hora desse novo membro da família Uchiha nascer, no momento não ligava para ter que ficar acordado de madrugada atrás de chocolates, soverte ou doces, não ligava se a azulada ficasse manhosa novamente, ele estava mais do que feliz. Katsuo iria ganhar um irmãozinho, esse agora poderia ser uma mini Hinatinha.

27 de Outubro de 2018 às 02:45 0 Denunciar Insira 0
Fim

Conheça o autor

Yuki No Hello, eu sou nova por aqui, e para ser sincera, n�o sei por quanto tempo ficarei, eu tenho problemas em me acostumar com sites novos, ent�o eu posso deixar aqui um pouco de lado, mas n�o esquecerei.

Comentar algo

Publique!
Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro a dizer alguma coisa!
~

Histórias relacionadas