Ryan Little Bear Seguir história

lan_chanhy Lan_ ChanHy

E, naquele momento, Namjoon soube que, sempre que estivesse se sentindo quente, poderia usar o seu amado ursinho Ryan para se aliviar. | NamJin | Namjoon!Solo | Namjoon!Bottom | SeokJin!Top |


Fanfiction Bandas/Cantores Para maiores de 21 anos apenas (adultos).

#lemon #yaoi #namjin #Namjoon-Bottom #SeokJin-Top #Namjoon-Solo
5
4827 VISUALIZAÇÕES
Completa
tempo de leitura
AA Compartilhar

Awn, i-isso é gostoso!

Essa pwpzinha marotinha foi inspirada em uns vídeozinhos aí que eu vi no meu twitter. 

PS: Só avisando que é puro lemon.



***



— Droga. — Namjoon xingou baixinho, apertando os olhos puxadinhos com força, sentindo seu corpo todo malditamente quente. — Porra. — gemeu, mordendo os lábios cheiinhos e sentindo a sua ereção pulsar contra o tecido da sua cueca, suas mãos nervosas apertando a pelúcia em seus braços, esse sendo um dos seus vários Ryans.


O motivo de tudo aquilo?


Ainda era desconhecido, mas já se sabia o principal: Namjoon estava com tesão.


''Droga!'' Namjoon pensou, ao perceber que ele não tinha nada para se aliviar, seu namorado - vulgo Seokjin - estava viajando e só voltaria no outro dia, e como ambos tinham um vida sexual bem ativa, não possuíam nenhum brinquedo para que Namjoon pudesse se aliviar, e a possibilidade de bater uma simples punheta não era muito atrativa aos seus olhos. 


Bufando, olhou em volta, procurando qualquer coisa que pudesse ser usada para se aliviar, qualquer coisa mesmo, quase choramingando ao ver que não, não tinha nada próximo de algum desses objetos naquele quarto, nenhum mesmo! Quando seu namorado voltasse, Namjoon lhe forçaria a gastar uma boa quantia em brinquedinhos.


Com um bico quase infinito, roçou uma coxa uma na outra, as esfregando e gemendo baixinho com o contato, abraçando o ursinho em seus braços com força, repensando a possibilidade de simplesmente bater uma e se aliviar.


Olhou para ursinho em seus braços, em seguida para a sua ereção, apertando o ursinho contra o seu colo e soltando mais um gemidinho dengoso ao sentir sua ereção ser comprimida de um jeito gostosinho demais, fechando os olhinhos e arfando ao rebolar contra ele.


Foi quando uma ideia veio à sua cabeça, uma ideia pervertida e típica da mente suja de Namjoon.


Ele podia se esfregar em alguma coisa até gozar.


Já tinha visto alguns videozinhos assim no seu twitter, e os garotos que fazia isso pareciam gostar, além de parecer ser tão gostosinho. Mordiscando o lábio inferior, pensou um pouco mais na ideia, vendo que ela podia funcionar, mas o que usaria?


Um travesseiro?


Não.


Uma almofada?


Não.


Uma coberta?


Não mesmo.


Apertando ainda mais sua ereção, olhou para os lados, seus olhos puxadinhos se focando nas pilha de ursinhos que ele tinha, mas focando em um especial, um daqueles ursinhos Ryans, um dos maiores, esse que tinha uma pelugem fofa demais e os mãozinhas grudadas, o que deixava uma pequena abertura, que se Namjoon se lembrava bem, foi dado por Seokjin. 


Era perfeito!


Namjoon se apressou para pegar ele, soltando o que segurava e se levantando, quase tropeçando ao fazer isso. Com cuidado, retirou-o da pilha, arfando baixinho ao sentir a textura gostosinha do bichinho, com certeza ele faria uma fricção para lá de gostosa.


Vermelhinho como um tomate, colocou o ursinho deitado na cama, logo retirando a cueca que usava, se mantendo somente com o par de meias de bichinhos e o moletom um pouco grande demais, em seguida se sentando sobre ele, com uma coxa de cada lado dele. Mordiscou os lábios, encarando a sua ereção dura e o ursinho abaixo de si, seu olhos provavelmente se escurecendo de tesão. Com carinho, posicionou seu pênis naquele pequena abertura nos braços do Ryan, arfando pesado ao ondular o quadril, sentindo a pelúcia roçar na sua ereção, causando uma sensação gostosinha demais.


Aprovando a sensação, Namjoon gemeu, repetindo o movimento, apertando a cabeça do bichinho e arfando pesadamente, como um cachorrinho. Saiu e entrou, os braços do ursinho acariciando o seu comprimento com delicadeza e os seus testículos roçando na barriga fofinha do bichinho.


Repetiu o movimento, se esfregando no ursinho como um gatinho excitado, se sentindo todo quente ao sentir a sua intimidade sendo esfregada de maneira tão deliciosa.


— Awn, i-isso é gostoso! — Mordiscou os lábios, fechando os olhos com força e jogando a cabeça para trás, sentindo uma boa quantidade de pré-gozo escorrer pelo seu membro, choramingando ao perceber que provavelmente sujaria o seu ursinho, seu corpo se aquecendo com o pensamento de sujar a sua pelúcia com a sua porra.


Seria uma cena tão excitante!


Ondulou o seu quadril várias e várias vezes, praticamente fodendo sua pelúcia, gemendo quebrado e arfando pesado, se tremendo todo. Quem olhasse para Namjoon agora, ele que era visto como um cara grande com cara de mau, não conseguiria o associar ao seu estado atual, todo sensível e quebrado (um estado que somente seu namorado conhecia, obviamente).


Com força, apertou ainda mais a cabeça do ursinho, a puxando para si e soltando um gemidinho manhoso ao sentir ela prensar a sua cabecinha inchada. Aumentou o ritmo das ''estocadas'', se mexendo de um jeito desesperado e apertando a pelúcia com força, sentindo-se suar, alheio ao fato de estar sujando o ursinho com os seus fluídos. 


E então, ele gemeu alto, sentindo seu corpo todo tremendo e contraindo os dedos do pé. Olhou para baixo, arfando baixinho ao notar o estado que sua ereção se encontrava: dura e com algumas veias aparentes, sua cabecinha inchada e vermelha, brilhante por causa do seu pré-gozo, a pelugem fofinha grudando nela.


Com os dedos trêmulos, retirou uma mão de sobre a cabeça do ursinho e a levantou, colocando dois dedos seus na boca e chupando desejosamente, lentamente acariciando seus dígitos com a língua e babando-se com a sua saliva, imaginando que era outra coisa no lugar. Com lentidão, começou a mover as suas falanges, indo e voltando, fodendo sua própria boca, no mesmo ritmo que se esfregava na sua pelúcia.


Essa sensação de ter seus dedos na boca lembrava tanto a sensação de chupar os dedos do seu namorado. Poxa, Namjoon gostava tanto de chupar os dígitos de Seokjin, era tão gostoso sentir aqueles dedos longos na sua boca, a sensação era tão quente e excitante, além de ser uma ótima maneira de provocar o namorado, e só Namjoon sabia o quanto adorava provocar o seu hyung. Ele sempre ficava tão excitado quando Namjoon o fazia, lhe sorria sujo e deixava um tapa na sua coxa, lhe falando para parar de ser um menino mau. Mas Namjoon gostava tanto de ser um menino mau...


A lembrança de um dos momentos íntimos com o seu namorado foi o suficiente para lhe deixar quente, ainda mais se possível. Bem lentamente, retirou seus dígitos da boca, notando o quão molhados estavam. Vagarosamente, foi descendo com eles, passando pelo seu queixo, pelo pescoço, ombros e costas, até que os tivesse apoiados em uma das suas nádegas, deixando um rastro de saliva por algumas partes do seu corpo. Curvou-se um pouco mais para baixo, empinando um pouco mais a bunda e se deixando ajoelhando com o tronco apoiado para frente, quase de quatro, se retirar as mãos das suas respectivas posições.


Em um ritmo lento, moveu seus dígitos até que a ponta desses tocasse as sua entrada, massageando a fenda com os dedos e gemendo todo manhoso no processo. Poxa, há quanto tempo não fazia isso? Uma semana? Duas? Maldita seja aquela viagem de Kim Seokjin.


Provocando a si mesmo, penetrou os dois dedos, bem lentamente, gemendo manhoso ao sentir a sua ereção pulsar necessitada, sentindo uma boa quantidade de pré-porra escorrendo pela sua fenda, diretamente no rosto do seu ursinho. Sem se importar com a pequena ardência, foi ainda mais fundo, cutucando seu interior com a pontinha dos seus dedos, procurando pela sua próstata, gemendo um pouco alto demais ao encostar nela, sentindo uma descarga elétrica passando por todo o seu corpo. Com rapidez, retirou seus dígitos, logo os penetrando de volta, acertando seu pontinho doce com força e quase gozando com isso.


Estava tão perto!


Com desespero, tratou de aumentar os movimentos, tanto os dos seus dedos quanto os do seu quadril, rapidamente atingindo o ritmo ideal, todo o seu grande corpo tremendo com o esforço e com o prazer gigantesco, era tão fodidamente bom! Soltando inúmeros gemidos, apertou os lábios e rebolou contra o volume dentro de si, tremendo e arfando como um cachorrinho carente, seu corpo quente e sua cabeça tonteando de prazer, seus olhos úmidos se focando em um ponto em específico do quarto, o polaroid com uma foto que tinha tirado do namorado, essa que ele estava dormindo deitado de bruços na cama, o pescoço longo cheio de chupões, os ombros largos com a marca dos seus dedos e a pele das costas toda arranhada, resumindo, todo marcado, marcas essas que Namjoon tinha o orgulho de ter feito, aquela foto sendo um tiro para si, lhe deixando a beira do colapso.


— Ah, Jin! — Sem aguentar mais, ele gemeu alto, assim que gozou, arqueando as costas e tremelicando todo, forçando a pelúcia o máximo que conseguiu e mantendo seus dedos em contato com o seu pontinho mais sensível, sujando o seu amado ursinho com a sua porra e suas pernas espalmando, de sua boca várias lamúrias escapando, a maioria com o nome do seu namorado, uma ou outra lágrima solitária escorrendo pelas suas bochechas rosadas.


Ele continuou com os movimentos, bem lentamente, só para aumentar o prazer, se permitindo fechar os olhinhos, sentindo seu corpo todo mole, não parando também com as estocadas em seu interior, apenas diminuindo o ritmo aos poucos, sentindo sua entrada judiada se contrair ao redor dos seus dedos.


Quando aquele frenesi todo acabou, se permitiu deitar na cama, ainda arfando pesado, uma onda de cansaço se apoderando de si. Encarou o ursinho ao seu lado e notou a sujeira nele, já prevendo a talvez bronca que levaria do namorado, ele ficaria tão puto... Permitiu-se soltar uma risadinha, achando graça da situação, ele ficava todo bonito bravo. 


Ainda rindo, pegou o bichinho com cuidado e lhe abraçou, sem se importar da sujeirinha, deixando um beijo no focinho do bichinho, sorrindo todo animado em seguida, já sabendo que, sempre que estivesse com tesão, poderia usar o seu amado ursinho Ryan para se aliviar.



***



Twitter: https://twitter.com/Lan_ChanHy 

Vamo bater uns papos, ae 


Curious Cat: https://curiouscat.me/Lan_ChanHy 

Pode mandar pergunta, eu respondo sim

11 de Julho de 2018 às 18:20 0 Denunciar Insira 2
Leia o próximo capítulo Jin, você chegou...

Comentar algo

Publique!
Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro a dizer alguma coisa!
~

Você está gostando da leitura?

Ei! Ainda faltam 1 capítulos restantes nesta história.
Para continuar lendo, por favor, faça login ou cadastre-se. É grátis!