BAEK REACT Seguir história

moonhwa moonhwa

Baek React é, segundo seu proprietário, o pior canal do Youtube. Um garoto de moletom, cabelo bagunçado e cara de sono que reage, de forma meio barulhenta e espalhafatosa, à qualquer vídeo que seus inscritos pedem. Só que tudo muda quando Baekhyun permanece por duas semanas seguidas nos trending topics mundiais e atrai a atenção de garotas do mundo inteiro. Ele reagiu ao que pediram, mas o resultado não foi como ele esperava.


Fanfiction Bandas/Cantores Para maiores de 18 apenas.

#baekyeol #exo #chanbaek #park-chanyeol #byun-baekhyun #youtube
43
5.3mil VISUALIZAÇÕES
Completa
tempo de leitura
AA Compartilhar

Eu te odeio, Park Chanyeol

Baek is back com mais um Baek React, eu me chamo Baekhyun e você está assistindo ao pior canal do Youtube. PAUSA. DYOOOOOOO! O que tem pra hoje, neném?

* Eu já disse pra não me chamar assim! *

Gente, ele não gosta que chamem ele de bebezudo. Mas ele é um bebezudo! Fala pra mim, o pessoal tá esperando. Boatos de que eu vou gostar? É música, é?

Byun Baekhyun, o ambicioso estudante de jornalismo, encontrava-se sentado em frente ao seu tripé, como de costume, enquanto a tela do computador ao lado era administrada por seu melhor amigo, editor e colega de curso Do Kyungsoo. Usava um moletom vermelho e um boné preto virado para trás, daquele jeito desleixado que seus inscritos adoravam. E, para falar a verdade, o visual não era nada pretensioso. Ele apenas sentou um dia na frente da câmera, sem se preparar, e continuou fazendo isso até atingir um milhão de inscritos no seu canal de reações do Youtube.

Era verdade que agora a qualidade da imagem e da iluminação haviam melhorado cem por cento, mas Baekhyun continuava o bom e velho Baek do início, quando era assistido apenas pelos seus colegas de aula e recebia comentários debochados.

Sempre fora um menino carismático, extrovertido e muito ativo, e acreditava que sua personalidade agitada era o grande motivo por ter feito tanto sucesso em um curto período de tempo. Quer dizer, quem consegue um milhão de inscritos fiéis e dedicados em seis meses? É pouco tempo! O pessoal costuma levar anos!

E Dyo estava sempre ali com ele, aquela presença que raramente aparecia mas que servia como guia para que Baekhyun não falasse sozinho. Era divertido e ele até que estava ganhando uma grana boa, assim podia pagar pelo esforço do amigo.

* É música, lançou essa semana. Tá bombando. É gringa, mas até que o nosso pessoal tá curtindo. Quero ver você pronunciar isso. Paradinha da Anitta *

O QUÊ? PARADI... Espera, coloca no primeiro segundo pra eu pelo menos ter noção do que me aguarda... Ah, meu Deus! PEITOS, DYO! PEITOOOOOS! Tô brincando, galera. Vocês sabem do que eu gosto. Oooohhh é de dançar, Dyo... eu vou fazer você passar vergonha hoje.

* Eu sei que vai *

Dyo deixou o vídeo correr e, como sempre, Baekhyun reagia da forma mais enérgica possível, fazendo as caras e bocas que seus inscritos adoravam. Mas não, não era atuação. Quem convivia com o menino sabia que ele era assim o tempo inteiro, estava cansado de ser colocado para fora da sala de aula por conversar demais. Era até vergonhoso, já passara dos vinte anos e continuava do mesmo jeito da escola.

Meu Deus, caramba, e não é que é boa mesmo? PAUSA DE NOVO, eu vou levantar, Dyo. EU VOU LEVANTAR! EU PRECISO DANÇAR ESSA BATIDA.

E, para completar o quadro do carisma, Baekhyun sabia dançar mesmo. Era tão contraditório, ele era aquele típico garoto nerd que passa a maior parte do tempo comendo salgadinho com uma mão enquanto a outra controla o mouse do computador, mas por algum motivo muito estranho ele sabia mover o corpo e acabou que a reação viralizou.

Mundialmente.

Foi parar nos assuntos em alta de todas as redes sociais daquela semana.

Apareceu até na televisão de vários países, e com o estouro ele acabou ganhando mais inscritos internacionais. Costumava colocar legendas em inglês para seus vídeos, então não haviam muitos obstáculos para que ele entrasse para a lista dos Youtubers coreanos com maior influência internacional.

Aí Dyo, isso é música latina, não é? Vocês acham que eu não sei de nada, mas eu sei sim. Será que tem algum brasileiro me assistindo? Caramba, o som de vocês é divertido.

* Você rebolou mais que todas as idols da terceira geração juntas, Baek *

E não foi? Será que alguma empresa vai me contatar? Aí, se tem algum olheiro assistindo isso, eu tô disposto a negociar, viu? ENFIM, PARA DE ME DESVIAR DO ASSUNTO, DO KYUNGSOO! Eu só quero dizer que eu curti muito a música e o vídeo, e que eu vou baixar ela no meu celular depois. E talvez rebolar sozinho no meu quarto quando o Dyo for embora.

* Pra quê? Todo mundo já viu mesmo *

Eu prefiro que o mundo me veja rebolando do que você, sabe disso, né? Não vai me deixar em paz nunca mais. GALERA, É ISSO! Espero que tenham gostado de me ver passando vergonha, eu juro que eu tentei me controlar, mas a música era boa. Não deu. FOI A PRIMEIRA E ÚLTIMA VEZ QUE LEVANTEI DESSA CADEIRA! NUNCA MAIS VÃO ME VER DANÇAR NA VIDA! Quem curtiu dá um like aí pra reforçar nosso vínculo, quem não me conhece eu já aviso que pense duas vezes antes de se inscrever porque eu sou barulhento. Comentem aí o que vocês querem que eu reaja no próximo vídeo, podem falar comigo no Twitter também. Na manha, Baekzitos, não gritem comigo, eu sou sensível. ATÉ A PRÓXIMA.

 A cada novo vídeo, Baekhyun era sempre bombardeado com novas sugestões. Suas menções lotavam, os comentários explodiam, as notificações surgiam em uma velocidade insana. Era como ter o gostinho de ser famoso, mesmo não sendo de verdade. Até Do Kyungsoo, seu tímido e impassível editor, que tinha aquele tom de voz entediado que fazia todo mundo amar ainda mais o Baek React, tinha uma porção generosa de seguidores nas redes sociais.

Nos dias que se seguiram, Baekhyun ganhou mais meio milhão de inscritos e assim se aproximou de seus dois milhões em um período recorde de tempo. E bem, precisava confessar que não era feio, entendem? Byun Baekhyun havia nascido com a sorte de ser bonitinho, mesmo que sempre desleixado, então tinha muita menina surtando por ele nos comentários de vídeos e fotos.

E bastou ele inventar de dançar bem para que o assédio virtual aumentasse consideravelmente. Elas realmente haviam levado a sério a piada envolvendo os idols e agora aquilo era um assunto recorrente entre os inscritos. Baekhyun apenas ria enquanto acompanhava uma conversa que outra em suas menções, porque não tinha jeito nenhum para a música.

Seu maior sonho era ser apresentador de programas de entretenimento, e se tivesse sorte seria notado em algum momento. Não pretendia largar seu canal, o tinha porque gostava e se divertia, mas gostaria de trabalhar com algo diferente também.


►►►


- Eu não nasci para isso, Baek.

Já haviam se passado três dias desde que o vídeo de Baekhyun dançando surpreendentemente bem havia viralizado e conquistado o mundo – grande parte do sucesso foi pelo fato de ele ser a última pessoa que você esperaria dançando aquele tipo de música – e agora Dyo e Baekhyun analisavam as menções no Twitter para começar a gravar a próxima reação.

- Nem eu, mas é divertido. O que está aparecendo mais?

Era engraçado assistir Dyo toda semana ficando vesgo ao tentar se orientar nas menções do Twitter de Baekhyun. Estavam sentados na cafeteria da universidade, e em público Baekhyun esforçava-se para se vestir um pouco melhor do que os moletons velhos de seus vídeos. Calça escura e camisa jeans, embora o cabelo tingido de ruivo ainda continuasse desgrenhado.

- Bem... ah, cara, eu sou só seu editor. Por que tenho que fazer isso? Sei lá, puxa, a cada novo minuto aparece um link com uma garota surtada pedindo para reagir ao... novo photoshoot de Park Chanyeol. Quem é ele?

- Um ator, eu acho. – Baekhyun franziu o cenho, pegando seu celular das mãos de Dyo para dar uma olhada ele mesmo. – Por que querem que eu reaja a isso?

EunHa~~ BAEK ME NOTA! @baek_kha

@BaekReact Baekkie, Baekkie oppa! Reaja ao novo ensaio de fotos de Park Chanyeol, ele é tão lindo! Você vai ficar doidinho!

Baekhyun leu o tweet em voz alta, fazendo Dyo rir pelo nariz. A cada novo minuto uns vinte novos, assim como esse, apareciam um embaixo do outro. Precisava confessar que só o conhecia por nome, por já ter lido em algum lugar, nem sabia como era o rosto do sujeito. E resolveu se aproveitar daquele desconhecimento.

BYUN BAEKHYUN @BaekReact

Vocês estão pedindo para eu reagir ao Park Chanyeol, certo? Já ouvi falar dele mas não sei como ele é, então vou deixar para vê-lo na hora do vídeo.

Bastou clicar em “tweetar” para que começasse a ser curtido, respondido e retweetado das formas mais malucas e descontroladas possíveis. Devolveu o celular para Dyo, que observou suas menções com um olhar assustado. Ele nunca se acostumava com o meio milhão de seguidores de Baekhyun no Twitter. E quase o mesmo número no Instagram. Nem ele se acostumava, de vez em quando vinha aquele questionamento básico do tipo “Quem sou eu, afinal? Por que esse tanto de gente me segue?”

- Elas estão dizendo que vocês combinam. Já até inventaram um nome para o ship. – Dyo mal encostava na tela do celular, ainda impressionado com uma menção empurrando a outra. Baekhyun riu. – Chanbaek.

- Chanbaek? Oh, nosso ship está ameaçado, Dyo. Baeksoo vai afundar.

- Nosso ship é a maior besteira que já inventaram. Só porque você é gay não significa que eu seja também.

- Ora, mas sabe que não se trata disso. Não interessa sua orientação sexual quando o assunto é ship de internet. O que interessa é que boa parte do meu fandom nos acha... blergh... fofos juntos. – Baekhyun fez uma careta para o amigo, que a devolveu.

- Tanto faz. Vamos voltar para a sala de aula, o intervalo está no fim. Escute, vamos gravar isso hoje, beleza? Preciso editar durante a noite para postarmos amanhã. Não bisbilhote Park Chanyeol no Google, sua reação precisa ser sincera.

Baekhyun rolou os olhos, concordando com a cabeça. Precisava confessar que seria um sacrifício... quer dizer, um bando de gente shipando você com alguém que você nem sabe qual é a aparência direito? Nem uma olhadinha nas redes sociais dessa pessoa? Muito difícil. Seus dedos formigaram a tarde inteira, mas ele foi fiel aos seus inscritos e se manteve o mais longe possível do celular e das menções do Twitter.


►►►


- Larga essa pizza e senta logo nessa cadeira, Baekhyun. – Dyo estava impaciente em seu próprio banquinho ao lado da tela do computador, enquanto Baekhyun mastigava um imenso pedaço de pizza de pepperoni. A caixa estava aberta em cima da cama – aquilo provavelmente apareceria no fundo do vídeo – e metade da pizza já havia sido comida. Baekhyun grunhiu e largou o pedaço, terminando de mastigar já sentado em sua cadeira confortável de rodinhas. Olhou com os olhinhos espremidos para as duas softboxes posicionadas estrategicamente atrás da mesa, já ligadas e o cegando.

- Já tá gravando? – perguntou, olhando para a lente e mastigando o resto de boca aberta.

- Claro que sim, eu sempre pego momentos seus sendo um completo babaca espontâneo enquanto tenta se ajeitar. Vai, introduz.

Baek is back com mais um Baek React, eu me chamo Baekhyun e você está assistindo ao pior canal do Youtube. E hoje... hmm, eu estou nervoso, Dyo. O pessoal está botando pressão no Twitter.

* Nosso ship está desaparecendo aos poucos *

Negativo, bebezudo. Seremos o eterno OTP dos meus inscritos. Não é, pessoal? Por favor digam que sim para ele não ficar chateado.

* Eu não dou a mínima *

Ele não dá a mínima. Bem, a última reação deu no que falar, eu me surpreendi, de verdade. Era só eu rebolando a minha bundinha, e olha só... já estamos quase com dois milhões. E bem-vindo todo mundo que não é coreano, né? Poxa... o que vocês querem comigo?

* É divertido ver você passando vergonha *

Ah, tá bem. Mas hoje vai ser tranquilo. Nada de música, nada de vergonha. O vídeo mais pedido no Twitter essa semana foi a nova... o novo ensaio fotográfico do ator e modelo Park Chanyeol, certo, bebezudo?

* Pare de me chamar assim, seu idiota. E sim, foi *

É, pois é. Eu só o conheço por nome, ouvi falar vagamente. Não assisto novelas e, como podem ver, estou distante do mundo da moda. Sou um completo otário, não sou? Bem, me desculpe Park Chanyeol por não conhecê-lo. Taca o play, Dyo. E aumenta esse volume. Poe no máximo, destrói meu ouvidinho.

O amigo o obedeceu e colocou o vídeo em tela cheia. Baekhyun encostou-se para trás e suspirou, já sorrindo irônico por imaginar o que viria pela frente. Mas, na verdade, nem imaginaria que cada berro escandaloso que estava por vir era sincero e apenas uma manifestação do seu estômago afundando.

O vídeo iniciava com o modelo sentado de forma tranquila em uma janela branca, a pose estrategicamente bonita e harmoniosa. Era uma cena pacífica e hipnotizante, o som alto arrastado fazendo Baekhyun arregalar os olhos de leve.

WOOOOHHHH. OLHA PRA ELE, DYO. Ele é alto. É ALTO. O tamanho dessas pernas. Que bonitão. Tô nervoso. Ah, esse som vai me fazer desmaiar.

O primeiro comentário já fez Dyo rir do lado da tela, ele também assistia ao vídeo concentrado. O take que se seguiu foi o primeiro a realmente provocar em Baekhyun a reação que, nos dias seguintes, o fez voltar para os trending topics. Park Chanyeol foi filmado em plano fechado, do tronco para cima, e os dois finalmente puderam ver sua aparência. Tinha olhos e orelhas grandes, mas aqueles detalhes o faziam ter uma beleza exótica que chamava a atenção. Estava sério e olhava para o lado, a mão apoiando o rosto. Por coincidência, os cabelos estavam tingidos com um tom ruivo, assim como os de Baekhyun.

YAAAAAHHHH, DYO, O QUE É ISSO? NÃO ERA PRA SER ASSIM, NÃO... HOHOHOHOHOHOHOHOHOHOHO... PPPPPP...

O take seguinte mostrou Chanyeol encarando a câmera, e nesse momento Dyo já segurava a barriga e tampava a boca para que sua risada não interferisse no surto de Baekhyun e atrapalhasse a captação do microfone.

AH. AAAAAHHH. TÁ, DESLIGA, EU MUDEI DE IDEIA. DESLIGA, DYO! QUÊ? AGORA ELE TÁ SENTADO, TODO ATIRADO E... AH NÃO, ME AJUDA, SÉRIO. PARA COM ISSO. PAROU. PARA TUDO. SÉRIO, DESLIGA. ONDE DESLIGA?

A cada novo plano e a cada nova troca de figurino, que não seguia nenhum padrão, a reação de Baekhyun era mais e mais histérica. Dyo nunca o viu daquela forma, e olha que ele costumava ser bastante eloquente em suas reações. Batia palmas e a voz estridente fazia os tímpanos do editor vibrarem, se o microfone pifasse ele não se impressionaria nada.

OLHA O QUE ELE TÁ FAZENDO, NÃO FAZ ISSO COMIGO NÃO, CHANYEOL-AAAAAAAHHHHHHHHHHHH!!!! EU NÃO QUERO MAIS OLHAR, JÁ DESISTI, DYO, PORQUE NÃO PAUSOU? DEU, DEU, DEU... EU TÔ FALANDO SÉRIO, POR QUE VOCÊ TÁ RINDO? OLHA PRA ELE...AAAAAAAAAAHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHH EU VOU MORREEEEEEEEEEERRRRRRRR. CHEGA, ME DEVOLVE A MINHA PIZZAAAAAAAAAAAAAAAAA...CHANYEOOOOOOOOOOOOOOOL-AAAAAAAAHHHHHHHHHHHH EU NÃO VOU MAIS OLHAR, ME RECUSO! DESGRAÇADO, EU TE ODEIO, CHANYEOL! PARK CHANYEOL É O DIABO ENCARNADOOOOOOOOOOOOO, TIRA ELE DAQUIIIIIIIIIIIIIIIIIII!!!!! POR FAVOR, ONDE PAUSA? TÁ TERMINANDO? É QUANTO TEMPO? AAAAHHHHHHH POR QUE ELE FICA OLHANDO PRA GENTE ASSIM????????? EU JÁ DISSE QUE NÃO VOU MAIS OLHAAAAAAAAAAAAARRRRRRRRRRRR!

O vídeo chegou ao fim e o quarto entrou em um silêncio cômico, até Dyo explodir em risadas e Baekhyun, sem fôlego e vermelho, o encarar sem paciência.

Não tem graça, seu idiota! Pare de rir! Tudo bem, eu vou matar todas as pessoas que me fizeram passar por isso. Eu não sabia que ia ser assim. Por que não me avisaram? Cara, eu acho que eu nunca odiei ninguém com tanta sinceridade como eu odiei Park Chanyeol durante esse minuto. Tira ele do meu caminho, eu não quero mais ver nada desse cara. E não quero saber de ship nenhum!!!!! ESTÃO ME OUVINDO? ELE É A PESSOA MAIS LINDA QUE EU JÁ VI NA MINHA VIDA E MEU EMOCIONAL ESTÁ UM CACO. ATÉ O PRÓXIMO VÍDEO, SUAS BARATAS TRAIÇOEIRAS.

Dyo esticou-se para parar de gravar e, logo em seguida, levantou de seu banquinho e deitou na cama de Baekhyun, voltando a rir escandaloso. Baekhyun o acompanhou com os olhos, enfurecido.

- Não vamos postar isso. Eu não quero, Dyo. Deixa só pra gente ficar rindo, eu digo que os direitos autorais barraram o vídeo.

- Por que não? – Dyo limpava as lágrimas dos cantos dos olhos enquanto o encarava, deitado na cama bagunçada. – Tá brincando? Esse é o melhor vídeo do seu canal.

- Eu tô mal de verdade, pare de rir. Esse Park Chanyeol é maravilhoso, não quero que isso chegue nele de forma alguma. Meus vídeos estão tendo um alcance maior e eu não quero passar vergonha.

- Tô nem aí, vamos postar sim. Sai dessa cadeira e me deixa começar a trabalhar. Eu te amo, Baekhyun. Você é tão exagerado.

- É sério... não quero que poste...

Dyo levantou da cama e puxou o amigo pela mão, o tirando do lugar e ocupando ele mesmo a mesa de trabalho. Desmontou a câmera do tripé, desligou as softboxes e, ignorando totalmente Baekhyun choramingando atrás dele, carregou as imagens para o computador e abriu o programa de edição, colocando os fones de ouvido e ficando inalcançável.

Não estava nada bem. Baekhyun preferiria fazer cinquenta vídeos rebolando reggaeton ao invés de subir aquela reação micão e passar vergonha na frente do mundo inteiro. E só estava assim, com o rosto todo vermelho e as mãos suadas, porque realmente havia achado Park Chanyeol incrível. Talvez nunca fosse esquecê-lo.

Não podia acreditar que o mundo inteiro teria à sua disposição aquilo. E conhecia Dyo o suficiente para saber que ele não o deixaria andar para trás nem que a vida dos dois dependesse daquilo. Se Baekhyun era ambicioso. Kyungsoo era três vezes mais.

Suspirou, deitando no travesseiro e agarrando o celular no bolso da calça velha para abrir o Instagram e finalmente poder bisbilhotar a conta de Park Chanyeol.

Não se surpreendeu ao perceber as mãos tremendo a cada nova foto que dava de cara no perfil de “@real__pcy”. Ele tinha mais de dez milhões de seguidores, aquilo não era brincadeira. E estava completa e absurdamente majestoso em cada foto e cada selfie, era a pessoa mais bonita que Baekhyun já havia visto na vida.

E agora passaria vergonha em rede mundial, agindo como uma fangirl descontrolada. Estava suando feito um porco, precisava de um banho. Largou o celular pro lado e saiu do quarto, sem nem informar Dyo – que já estava concentrado demais em seu trabalho.


►►►


- Eu disse. Eu fucking disse, Baek. Sou o maior gênio do empreendedorismo que esse país já viu.

Havia passado apenas uma hora desde o upload do vídeo editado com maestria, e já marcava trezentas mil visualizações. Do Kyungsoo era realmente muito bom no que fazia, e o fato de ter decidido colocar como título do vídeo “Eu te odeio, Park Chanyeol” acabou chamando ainda mais a atenção das pessoas. Tanto espectadores do Youtube como talvez possíveis fãs do ator e modelo, que tinha mais ou menos o mesmo público de Baekhyun – garotas jovens.

Estava sendo espalhado por toda a internet, principalmente entre essas garotas, que naquele momento explodiam as menções de Baekhyun.

De todas as nacionalidades, não só as garotas asiáticas. Como aquilo havia acontecido? Por que aquelas pessoas ocidentais estavam tão engajadas em seu canal?

Os dois ainda estavam dentro do quarto de Baekhyun desde a noite anterior. Como gravaram na sexta à noite, tinham o sábado de manhã livre para administrar as redes sociais. Dyo havia dormido poucas horas por conta da edição e Baekhyun nenhuma. O nervosismo da futura vergonha era tão grande que nem fome ele tinha mais.

- Deleta tudo... eu não tô acreditando no mico que eu tô passando... – Baekhyun murmurou, ainda de pijama embaixo das cobertas. Dyo encontrava-se em pé, parado no meio do quarto.

- Nunca conseguiu tanta visualização tão rápido assim! Tá brincando? Vai passar de um milhão em poucas horas! Olha pra esses comentários, Baek... já tem montagem sua e do Chanyeol... fanart bonitinha... Eu nunca vou superar isso... – Dyo mexia em seu próprio celular, observando as redes sociais de Baekhyun com o seus próprios perfis. - Caramba... fizeram perfil pro ship no Instagram... estão marcando o cara, Baek, meu Deus. Ele vai ver com certeza.

- Que vergonha, que vergonha, que vergonha... eu não acredito que você fez isso comigo, Kyungsoo... meu Deus do céu...

- Por que está com tanta vergonha? É apenas você sendo você... – Dyo parou de encarar a tela do celular por um instante, lançando um olhar estreito para o amigo.

- Porque ele é muito lindo e eu sou um mero mortal histérico!

O amigo começou a rir baixo, aproximando-se do colchão e sentando no espaço livre ao lado do corpo sem vida de Baekhyun.

- É sério que você tá todo afinzão? Mesmo?

- Sim! – Baekhyun confessou, corando e escondendo o rosto nas cobertas. Ouviu Dyo rindo alto e começando a cutucá-lo por cima do tecido. Se encolhia a cada nova pontada.

- Que fofo, Baek. Mas ele é um famoso, não precisa se preocupar. Acho que deve ser marcado em tanta coisa que nem vai perceber. Mesmo.

- Você acha? – Baekhyun colocou os olhos para fora do cobertor, fazendo o amigo rir mais ainda.

- Acho. Suas fãs são bem dedicadas, mas ele deve ser marcado em muita coisa. Se você já é e não consegue dar conta, imagina ele...

- Tem razão. É, tá certo. Ele nunca vai ver isso.

- Me deixa eu divulgar direito o vídeo no seu Instagram também. Lá tem muito alcance internacional. Me dá o celular, vou postar um print.

Baekhyun grunhiu, insatisfeito, mas tirou o celular debaixo do travesseiro e o entregou para o amigo. Não tinha nada com o que se preocupar. Uma pessoa daquela magnitude nunca iria notar seu vídeo, eram muitos obstáculos. Deveria ser ocupado, ter amigos e namorada para dar conta, além de um trabalho atrás do outro. É, atores de novela sempre tinham um monte de trabalho, certo? E se ele tinha uma carreira de modelo também...

Estava seguro. Só o mundo todo iria vê-lo passar vergonha, mas não Park Chanyeol. Então estava tudo bem.


►►►


Não podia acreditar no alcance que aquele simples vídeo havia tido. Era a segunda semana seguida que Baekhyun acabava nos assuntos mais comentados da internet, da primeira vez por rebolar e da segunda por surtar por macho. O que raios estava fazendo da sua imagem? Se seus pais o acompanhassem com mais afinco o iriam matar, com certeza.

Em pouco mais de um dia, “Eu te odeio, Park Chanyeol” havia atingido um milhão de visualizações e ele havia conseguido atingir os dois milhões de seguidores. As fujoshis estavam surtando. Além das montagens, fanarts e perfis de casal que já haviam sido criados, agora existiam fanfictions também. Ele não tinha coragem de ler, mas já imaginava o conteúdo. Qualquer nerd que se preze sabia de fanfictions.

Seu Twitter havia sido completamente invadido por fotos e gifs de Chanyeol, e seu rosto gritando e fazendo careta reagindo ao ator estava por todos os lugares. Usavam como foto de perfil, como capa, como tudo.

“Chanbaek” havia chegado nos trending topics mundiais naquele domingo, ele simplesmente estava morrendo de vergonha e não tinha coragem nem de ir até o mercado da esquina. Era sério, sua mãe havia lhe pedido para comprar arroz no mercado e ele inventou que estava com dor de garganta.

Dyo o havia abandonado sozinho naquele dia, então ele estava tendo de lidar com toda a loucura sem nenhum apoio emocional.

Será que ele não entendia que Kakao não bastava? Precisava olhar no rosto do amigo e espumar na cara dele. Era tudo culpa de Do Kyungsoo. Se dependesse apenas de Baekhyun, nada daquilo estaria acontecendo.

Almoçou em silêncio, respondendo todo monossilábico as perguntas rotineiras dos pais e do irmão mais velho, e logo voltou a se enfiar dentro do quarto – ocupava o sótão da casa porque fazia muito barulho e era o único lugar que os pais encontraram para colocá-lo sem que ele atrapalhasse o resto da casa.

Não aguentava mais abrir o aplicativo do Twitter, estava tão nervoso e desolado que já era a trigésima nona vez que o fazia, apenas com a metade do dia em andamento. E se arrependeu no mesmo instante.

Abriu suas menções – para variar, lotadas – e a caixa alta, também conhecia como caps lock, estava mais frequente do que o normal.

Yejin >< CHANBAEK É REAL @baekkiebaek

AAAAHHHHHH~~ PARK CHANYEOL SEGUIU O BYUN, O OTP É REAL EU TÔ CHORANDO MUITOOOOOOOOO @real__pcy @baekreact

O quê. O QUÊ.

Baekhyun deixou o celular cair no rosto e xingou alto, saindo das menções e clicando no usuário de Chanyeol. Era verdade. Ele estava seguindo Baekhyun. O QUE RAIOS ESTAVA ACONTECENDO?

Oh, céus.

Ele havia assistido ao vídeo. Era o seu fim. O fim mais trágico que poderia ter tido na vida.

Não demorou para começar a receber mensagens de Dyo no Kakao, mas não tinha cabeça para responder. O que faria? Deveria seguir de volta? E se todo mundo começasse a surtar mais do que já estavam surtando? E se estivesse arruinando sua carreira inexistente e a carreira de Chanyeol?

Foda-se. Ele era gato pra caralho e provavelmente havia sentido algo positivo com o vídeo. Para segui-lo, era porque não estava com nojo. Já era um começo.

Clicou em seguir de volta e suspirou, nunca havia tremido tanto na vida. A ação logo foi identificada pelos seguidores, que fizeram com que o nome do ship se mantivesse nos trending topics disparado na frente do resto.

E levou apenas quinze minutos para todo o seu mundo despencar. Havia uma notificação em suas mensagens diretas, que estavam fechadas apenas para quem ele seguia de volta.

Quase desmaiou. O ambiente realmente girou em torno de si.

Park Chanyeol @real__pcy

Kekekeke

O que estamos fazendo nos TTs?

Caramba. Caramba. Caramba.

Ele era simpático. Aquilo não estava acontecendo. Ele estava rindo e se referindo aos dois juntos. Baekhyun estava sentindo todo o almoço começar a subir pela garganta de volta. Os dedos tremiam e ele não soube como conseguiu digitar a resposta.

BYUN BAEKHYUN @baekreact

Oh, olá. Me desculpe, é por causa do meu vídeo.

Desculpe mesmo.

Ele respondeu no mesmo instante. Deveria estar com a mensagem aberta, Baekhyun queria morrer. Era o primeiro famoso de verdade que falava com ele. Ser Youtuber havia lhe proporcionado alguns contatos relevantes e muito puxa-saquismo, mas um ator de verdade era muito absurdo.

Park Chanyeol @real__pcy

Desculpe pelo quê?

Eu gostei, foi engraçado

Você é fofo

OH.

OOH.

OOOOOH.

Baekhyun levantou da cama e caminhou pelo quarto, tentando controlar a respiração pesada. Estava sem ar e precisava gritar. Pegou o travesseiro e enfiou no rosto, gritando o mais alto que pode. Queria gritar pela janela, mas seus pais e seu irmão iriam ouvir e teria de se explicar.

Park Chanyeol o havia chamado de fofo.

Aquilo não estava acontecendo.

Levou minutos para responder, simplesmente não sabia o que falar. O que falar para um ator gato pra caralho que te chama de fofo?

BYUN BAEKHYUN @baekreact

Ah! Kekekekekekekekeke

Não sou não

Mas obrigado

Park Chanyeol @real__pcy

E já sei o que acha de mim agora

Você é barulhento demais kekeke :)

Nunca ninguém surtou por mim dessa forma

É engraçado mesmo

Baekhyun não soube interpretar aquilo. Será que Chanyeol estava rindo dele com os amigos? Deveria ser cheio de amigos relevantes e superiores. Mas não teve tempo de pensar em uma resposta, o ator logo enviou mais.

Park Chanyeol @real__pcy

Você é assim ao vivo também?

Kekekeke

Que porra estava ACONTECENDO.

Baekhyun engoliu em seco, enfiando o travesseiro na cara e berrando mais uma vez. Aí estava a resposta de Chanyeol.

BYUN BAEKHYUN @baekreact

Sou, sinto muito

Meu melhor amigo só tem 15% de audição

Tudo bem, aquela piada havia sido meio pesada e inadequada. Não podia fazer piadas daquele tipo para desconhecidos. Mas estava nervoso e não sabia o que falar.

Park Chanyeol @real__pcy

KEKEKEKE

Você é Youtuber, certo?

Vocês às vezes são convidados para os eventos que preciso comparecer

Tem convite para o aniversário de 7 anos da Pop Media Weekly?

Posso conseguir se quiser

Baekhyun suspirou e deitou no chão, colocando o travesseiro pela terceira vez no rosto e dando um grito agudo que quase deixou ele mesmo surdo.

Park Chanyeol estava DANDO EM CIMA DELE?

QUE PORRA ERA AQUELA.

QUE.

LOUCURA.

ERA.

AQUELA.

BYUN BAEKHYUN @baekreact

Não sou convidado para muita coisa

E nunca vou quando sou

É sério, eu estava falando a verdade no início do vídeo

É o pior canal do Youtube

Chanyeol levou alguns minutos para responder dessa vez, deixando Baekhyun nervoso. Estava tentando ser natural, mas será que havia sido natural demais? E talvez meio rude? ELE ERA PÉSSIMO EM TUDO!

Park Chanyeol @real__pcy

Você tem 2 milhões de inscritos

Está longe de ser o pior canal

Você é engraçado e autêntico

Escuta, vou conseguir um convite para você

Aparece por lá

Prometo que não é tão chato assim

E pode gritar comigo se acabar ficando chato ;)

Ele esperneou. Bateu os pés com força no chão, tampando a boca com a mão e fechando os olhos, os espremendo. Aquilo não podia ser verdade. Nunca tinha sorte com garotos, era um tremendo de um encalhado. Era até piada entre os inscritos.

Dyo continuava lhe lotando de mensagens mas teria que esperar mais um pouco. Baekhyun nunca havia passado por nada parecido antes, era a melhor sensação do mundo.

BYUN BAEKHYUN @baekreact

Tudo bem, obrigado

Eu não conheço ninguém nesses lugares

Todo mundo acha que os Youtubers são amigos entre si

Mas eu não falo com ninguém, sou irrelevante

Park Chanyeol @real__pcy

Mas foi você quem ficou nos assuntos mais comentados por 2 semanas seguidas

Não lembro de mais nenhum Youtuber coreano que conseguiu isso Kekekeke

Bem, você me conhece agora

Fique comigo ><

Daqui a pouco te envio o dia e o endereço

É só chegar lá no dia, vou estar esperando na frente

Legal falar com você, Baek

Até :)

Deixou o celular cair no tapete e, se estivesse sendo filmando, era só colocar a trilha sonora de uma balada apaixonada no fundo e a cena mexicana estava feita.

Não conseguiu mover um músculo por quinze minutos seguidos. Era bom demais para estar acontecendo com ele, o pior Youtuber da internet. Eram só reações com ele mal vestido, comendo pizza e com cara de sono.

E agora estava sendo convidado por Park Chanyeol para ir a um evento.

Caramba.

Apenas caramba.

27 de Junho de 2018 às 01:40 0 Denunciar Insira 8
Leia o próximo capítulo Olha no que deu

Comentar algo

Publique!
Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro a dizer alguma coisa!
~

Você está gostando da leitura?

Ei! Ainda faltam 3 capítulos restantes nesta história.
Para continuar lendo, por favor, faça login ou cadastre-se. É grátis!